P. 1
curso de gestão do setor público

curso de gestão do setor público

|Views: 15.930|Likes:
Publicado porJumeinerz

More info:

Published by: Jumeinerz on Apr 28, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/26/2013

pdf

text

original

Certificação e Normas

Certificação é uma declaração de um órgão independente de que a organização sob o processo de auditoria
atende aos requisitos de uma norma especificada.

A certificação atesta que a organização tem um Sistema de Gestão da Qualidade implantado e que demonstrou
que tem capacidade para fornecer, de forma consistente, produtos e/ou serviços que atendam aos requisitos do
cliente e às leis aplicáveis, além de ampliar a satisfação do cliente pela aplicação efetiva e melhoria contínua do
Sistema.

Em 1987, a ISO publicou manuais de avaliação do sistema da
qualidade, chamadas Normas ISO Série 9000 de Padrões Internacionais
(ISO series of International Standards), que sintetizavam diversas
normas nacionais já existentes. Em 1996, foram publicadas as Normas
ISO 14000, que tratam da administração ambiental. Ambas fazem parte
de um conjunto de mais de 11.000 padrões internacionais que a ISO
produziu desde sua fundação.

A ISO não tem como missão controlar a aplicação de suas normas, que
é uma questão de entendimento voluntário entre fornecedores e seus
clientes, ou de exigência que alguns compradores fazem a seus
fornecedores. Além disso, a adesão às normas ISO é voluntária, já que
a organização não tem poder legal para obrigar sua adoção. Alguns de
seus padrões foram adotados por governos nacionais, especialmente
nas áreas da saúde, da segurança e ambiental.

página 02

Devido a sua grande aceitação, as normas ISO passaram a ser utilizadas como mecanismos de auditoria da
qualidade. Surgiram empresas especializadas nesse tipo de auditoria, que conferem certificados de
conformidade com a ISO 9000. No entanto, a certificação não é conferida pela ISO, nem em seu nome, nem
essas empresas têm qualquer delegação da ISO para fazê-lo.

Página 159 de 184

Trilhas - ILB - Educação a distância

25/03/2011

http://www17.senado.gov.br/composer/print/view/all/true

A ISO 9000 não é uma norma internacional da qualidade revolucionária. Ela é evolucionária, ou seja, evoluiu a
partir de normas de qualidade existentes e amplamente usadas. Suas origens remontam à norma militar inicial
para a qualidade, desenvolvida em 1963.

Série 9000

A família ISO 9000 de normas representa uma espécie de consenso
internacional a respeito das boas práticas
de administração da qualidade, mas não é uma garantia da qualidade de
produtos.

A família compreendia, até o ano 2000, cinco séries específicas:

página 03

A ISO 9000 serve de roteiro para implementar as demais, sendo a mais abrangente a ISO 9001 que é utilizada
pelas companhias para controlar seus sistemas de qualidade durante todo o ciclo de desenvolvimento dos
produtos, desde o projeto até o serviço.

A norma ISO 9002, antes de ser retirada no ano 2000, foi usada por companhias para as quais a ênfase estava
na produção e na instalação. Esta norma da qualidade era utilizada por empresas cujos produtos já foram
comercializados, testados, melhorados e aprovados.

A norma ISO 9003, antes de ser retirada no ano 2000, foi dirigida para companhias nas quais sistemas

Página 160 de 184

Trilhas - ILB - Educação a distância

25/03/2011

http://www17.senado.gov.br/composer/print/view/all/true

abrangentes da qualidade podiam não ser tão relevantes, a inspeção e o ensaio final do produto seriam
suficientes.

Essas séries específicas dividem-se em normas ainda mais especializadas (9004-1, 9004-2 e assim por diante).
A numeração, de 9000 até 9004, não significa uma hierarquia entre as séries.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->