A dinastia dos capetos

A dinastia Capetiana, também Capetíngia, foi a família real que governou a França durante mais de oitocentos anos. Deveu o seu nome à alcunha do fundador, Hugo, Duque de Francia. Hugo era denominado Capeto por causa da capa curta que sempre ostentava por ser abade secular em St. Martin de Tours. Como se tratava do mais importante vassalo de Luís V de França, Hugo conseguiu fazer-se eleger rei quando da morte de Luís, em 987. A posição de Hugo Capeto não era muito forte. Governava directamente uma grande parte da França, com a capital em Paris, mas muitos dos seus vassalos, tal como os duques da Normandia, Borgonha e Aquitânia, eram quase tão poderosos como ele. Contudo, nenhum dos vassalos, isolado, dispunha da força suficiente para o derrubar nem para se aliarem uns aos outros. Depois de se ter feito eleger, Hugo Capeto assegurou-se da sucessão fazendo coroar o filho antes de morrer, prática que durou dois séculos e contribuiu para estabilidade da França. Lista de reis da dinastia dos Capetos:
• • • • • • • • • • • •

• • •

Hugo Capeto, Conde de Paris, eleito Rei de França (r. 987 - 996) Roberto II, o Pio (r. 996 - 1031) Henrique I (r. 1031 - 1060) Filipe I (r. 1060 - 1108) Luís VI, o Gordo (r. 1108 - 1137) Luís VII (r. 1137 - 1180) Filipe II Augusto (r. 1180 - 1223) Luís VIII, o Leão (r. 1223 - 1226) Luís IX (São Luís) (r. 1226 - 1270) o Branca de Castela (regente de Luís IX 1226 - 1234) Filipe III, o Ousado (r. 1271 - 1285) Filipe IV, o Belo (r. 1285 - 1314) Luís X (r. 1314 - 1316) o (Filipe, irmão de Luís X, regente em 1316 entre as mortes de Luís X e João I) João I, o Póstumo (r. 1316) (cinco dias) Filipe V, o Alto (r. 1316 - 1322) tio Carlos IV, o Belo (r. 1322 - 1328) irmão

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful