Você está na página 1de 23

m   

6 6 6 
m   
6 6 6 

¯ Definição: movimento religioso que rompeu


com a autoridade da Igreja Católica, dando
origem a novas religiões cristãs;

¯ Quando: a partir do século XVI;

¯ Onde: o movimento reformista teve mais força


na ALEMANHA, SUÍÇA e INGLATERRA;
m   
6 6 6 
¯ 6   

×   
 
  
 

 
 
  

          

 
 
  

¯ 
 
  
¯ 
 

       uvenda de
objetos santos: espinhos, objetos pessoais de
santos...)
¯ 
 
   
 sinecura do latim sine,
"sem" e cura, "cuidado͟
 

  
  
     

 
! 
m   
6 6 6 

        


            !
p
 
   
  
 

 " 
 



"  
p #
 


   $  
 

  
 $   %
 
p  &' 

 ( ) 
 

m   
6 6 6 
¯ § uteranismo  :
w  #
 , professor de
teologia, monge agostiniano,
critica o clero e a corrupção da
Igreja através de 95 teses ele
prega na porta da catedral de
Wittemberg em 1º de outubro
de 1517 denunciando os abusos
da Igreja.
m   
6 6 6 

‰ § 
§ 

 § §  § 

 § §§

      §


§ § § §
  
 
!
m   
6 6 6 

p
*  
 
   
)
 

  

 

 
    



 
  
! 
  
  

 + 





    
  
p
 " , -.$   ×w .- / 
w0
 )     ) " "   
 " 
 
! 1   
    %
 
  





  
" 
 #
 )    

  


m   
6 6 6 
¯ #
 "  2 3
 
&  )  "

×  

#
 
  p
 
 
  
 


  4564, 


p

+  
  
¯
 p
 × 

&  
 

 0 $  
¯ + 
#
  
p
 
 
  
  2 
 
¯ 4567 p 3
 
  , 
 
8 
 
9

 "
 +      

" +   3  "  
 %  
 "

 
 
  


 
m   
6 6 6 

p 
  ×   %  
    " 


 %  
 
  
p%  
  
×  


   ) +   
 3$ . 4555,
   "
 

)
 

 
 
  
: 
8×! + 
 9)

   
   
 + 
 
m   
6 6 6 
 ;   
   ,
š "  
+1
¯  

"


   $  10 #

a não ser
que seja convencido pelo testemunho da Sagrada scritura
ou por argumentos evidentes (pois não acredito nem na infalibilidade
do papa nem na dos concílios somente, visto que está claro que os
mesmos erraram muitas vezes e se contradisseram a si mesmos) ʹ a
minha convicção vem das scrituras a que me reporto, e minha
consciência está cativa na palavra de Deus ʹ nada consigo nem quero
retratar, porque é difícil, maléfica.
m   
6 6 6 

š
  
  
 
 

š  
     
 


š  

     
  

š 6  
    

   

š     
!     

š  

 
 : 
0     "
; 
m   
6 6 6 

‰ §    ,

p     


 

p   × "     


  
 #
      

p /
   

    
   
0 
 


"


 

 < =
  " 
m   
6 6 6 

p ×

      " 0   
   
    

p -  -#/ =     ->=


(
 
 ×?× = 

  

p    
 
m   
6 6 6 

‰ § 6     ,
p  

 
 
 
 
   
p (

  -
×


   
p 


 


 


;  
m   
6 6 6 

6 $ ! "    6 #


m   
6 6 6 

-
        
 

  

 
  
×   
     p
 
 $
 
 

  ,
=

 

!   -#/ 
m   
6 6 6 

p /
   
!      
"
   

 

    


p ×  

  

 
     

p   
    + 
 
  +
     

p   



  %   


 
 "  
m   
6 6 6 

‰ 6       ,

p .×   
/
 45@5) AB, 
   
         

; 
 
 
      -3
"   /   
  .  

p ×   

  ; 
# ' p  , 
 
!
   
 "  + + 
  

 



m   
6 6 6 

/     .      


  :
m   
6 6 6 
m   
6 6 6 
m   
6 6 6 
 #  C .//-/- . 
   %&   m&'#
(
   
  
  )  
*+  ,
6 6 6 
6    
      
    
      $
% &    ' 
    #  
 
" -          6  
   6 
%    
     
     

   (
    

  
 !  "
 

+    
6    )
 
.   6 
%
          

%    &  "   *
 .   
 *   

 , 
 !  (
/


 -

 &  !   


6    )
 
    +    
    (
 ,%
-
"&   &  "    *     
  
  , 
- $
 !  ,  
 - 



,  
-

6    
 + 
 

   
*    
           0
6  *  
 
      "    



,  
 -
   !  ,
 -