Você está na página 1de 31

Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroalcooleiro - RIDESA

Universidade Federal de São Carlos - UFSCar


Centro de Ciências Agrárias - CCA
Departamento de Biotecnologia Vegetal - DBV
Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-Açúcar - PMGCA

Variedades RB
de Cana-de-Açúcar
EQUIPE - PMGCA

PROGRAMA DE MELHORAMENTO
GENÉTICO DA CANA-DE-AÇÚCAR DO CCA/UFSCar

PESQUISADORES TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS OPERACIONAIS

Antonio Cesar Salibe Carlos José Loureiro Cesar Rufino da Mata Adimilson Alves de Macedo
Antonio Ismael Bassinello Cláudio José Mendes José Adalberto da Cruz Alessandro A. dos Santos
Alfredo Seiiti Urashima Estenio Rodrigo Garcia José Roberto Barros Antonio Carlos da Silva
Eder Gustavo D. dos Santos Gustavo L. dos Santos Luiz Fernando D. Pereria Antonio Ramos de Sousa
Edjane Gonçalves de Freitas José Ivanildo da Silva Maria Aparecida F. Ciofi Aparecido Donizeti Corte
Gustavo H. R. dos Santos José Ciofi Maria Stela Scalabrin Carlos Roberto de Santana
Hermann Paulo Hoffmann Lauricema L.B. Marchetti Varlene D. Fernandes Dionizio de Oliveira
Marcos Antonio S. Vieira Luiz Plinio Zavaglia Edson Doniseti Gallo
Maria Martha Justi Lungas Lopes Menezes Francisco Timoteo Neto
Marineide M. Aguillera Maria Luiza S. Marchi Gedean Stem Gomes
Monalisa Sampaio Carneiro Odorico Diogo Gilmar Teixeira Leite
Silvana P. Meneghin Rafael Gustavo S. Alves Joao Albano Sobrinho
Regina Célia D. Rodrigues Jordelio Rodrigues Silveira
Regina H. C. Assumpção Jose Amaral dos Santos
Valdir de Oliveira Jose Devanildo Inacio
Vanessa Luz Severino Jose Geraldo Binatti
Jose Vieira Gomes
Luiz Carlos da Silva
Manoel da Silva
Milton de Assis Alves
Sidinei Bonfogo
Vitor André dos Santos
Waldemar de Oliveira Costa
VARIEDADES RB DE
CCA/UFSCar CANA-DE-AÇÚCAR
SUMÁRIO
Introdução .................................................................. 4
Empresas Conveniadas ............................................ 5
Variedades RB liberadas em março/2006 ................ 6
RB925211 ................................................................. 7
RB925268 ................................................................. 8
Novembro de 2008 RB925345 ................................................................. 9
RB935744 ............................................................... 10
Variedades RB ........................................................ 11
RB72454 ................................................................. 12
RB825336 ............................................................... 13
RB835054 ............................................................... 14
RB835089 ............................................................... 15
RB835486 ............................................................... 16
RIDESA - BRASIL
RB845210 ............................................................... 17
RB845257 ............................................................... 18
RB855035 ............................................................... 19
RB855036 ............................................................... 20
RB855113 ............................................................... 21
RB855156 ............................................................... 22
RB855453 ............................................................... 23
RB855536 ............................................................... 24
RB855546 ............................................................... 25
RB867515 ............................................................... 26
RB928064 ............................................................... 27
Características agroindustriais
de variedades RB ................................................... 28

Estação de Floração e Cruzamento - Serra do Ouro


Murici, AL.
Introdução

Em 2008 a RIDESA - REDE INTERUNIVERSITÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO DO


SETOR SUCROALCOOLEIRO completou 17 anos de atuação e, neste período, 46 novas
variedades de cana-de-açúcar foram liberadas para o setor, proporcionando uma contribuição
para manutenção dos ganhos de produtividade. Mais importante do que o número de variedades
liberadas é o nível de adoção das mesmas pelo setor produtivo. De acordo com o Censo
Varietal 2007, atualmente as variedades RB ocupam mais de 50% dos canaviais do País,
chegando em algumas regiões a representar até 70%.

A equipe do PMGCA-UFSCar, oferece ao Setor este Boletim Técnico, que fornece


informações básicas de caracterização e manejo das variedades RB mais plantadas no País.
Com estas informações, elaboradas também a partir de observações e experiências dos técnicos
das empresas conveniadas, será possível o uso das variedades RB no Centro-Sul a partir de
um razoável nível de conhecimento acumulado para a correta adoção e manejo.

Neste Boletim estão inicialmente as quatro variedades liberadas em março de 2006 e,


na seqüência, dezesseis variedades consideradas ainda de importância com base na área
plantada. Compõem este trabalho aspectos gerais das variedades, características
agroindustriais, resultados experimentais, curvas de maturação, recomendações de manejo e
o destaque de algumas características marcantes.

A equipe do Programa de Melhoramento da UFSCar agradece o apoio de todos e


espera a partir desta publicação dar mais uma contribuição na busca de contínua de ganhos
de produtividade.

Hermann Paulo Hoffmann


Professor Associado
Coordenador do PMGCA / UFSCar
EMPRESAS CONVENIADAS

1 Açucar Guarani - Unidade Cruz Alta 46 Usina Alta Mogiana 91 Usina Moema
2 Açúcar Guarani - Unidade São José 47 Usina Andrade 92 Usina Moreno - U. L. Antonio
3 Açucar Guarani - Unidade Severinia 48 Usina ARALCO 93 Usina Moreno - U. M. Aprazível
4 Açúcar Guarani - Unidade Tanabi 49 Usina Barrálcool 94 Usina Nardini
5 Associação de Capivari 50 Usina Batatais - U. Batatais 95 Usina Nova América
6 Associação de Guariba 51 Usina Batatais - Unidade Lins 96 Usina Noroeste Paulista
7 Associação de Jaú 52 Usina BIOPAV 97 Usina Pantanal
8 Associação de Porto Feliz 53 Usina Buriti 98 Usina Paraíso
9 Associação do Oeste de S. Paulo 54 Usina Campestre 99 Usina Passa Tempo
10 Associação do Vale do Mogi 55 Usina Cerradinho 100 Usina Pau D’alho
11 Azucarera Paraguay 56 Usina CLEALCO 101 Usina Pioneiros I
12 Bioenergia do Brasil 57 Usina CLEALCO II 102 Usina Pioneiros II
13 COPRODIA 58 Usina COCAL I 103 Usina Pitangueiras
14 COSAN - Unidade Barra 59 Usina COCAL II 104 Usina Potirendaba
15 COSAN - Unidade Benálcool 60 Usina Colombo - U.Sta. Adélia 105 Usina Santa Adélia
16 COSAN - Unidade Bom Retiro 61 Usina Colombo - U. Palestina 106 Usina Santa Candida
17 COSAN - Unidade Bonfim 62 Usina Colombro - U. S.Albertina 107 Usina Santa Cruz
18 COSAN - Unidade Costa Pinto 63 Usina Colorado 108 Usina Santa Elisa
19 COSAN - Unidade DESTIVALE 64 COPERB 109 Usina Santa Fé
20 COSAN - Unidade Diamante 65 Usina Continental 110 Usina Santa Helena (MS)
21 COSAN - Unidade Dois Córregos 66 Usina Cresciumal 111 Usina Santa Helena de Goiás
22 COSAN - Unidade Gasa 67 Usina da Pedra 112 Usina Santa Lúcia
23 COSAN - Unidade Ibaté 68 Usina DRACENA 113 Usina Santa Rita
24 COSAN - Unidade Igarapava 69 Usina DECOIL 114 Usina Santa Maria (Cerquilho)
25 COSAN - Unidade Ipaussu 70 Usina Della Coletta 115 Usina Santa Rosa
26 COSAN - Unidade Mundial 71 Usina EQUIPAV 116 Usina Santo Antonio
27 COSAN - Unidade Rafard 72 Usina Ester 117 Usina São Carlos
28 COSAN - Unidade Santa Helena 73 Usina Ferrari 118 Usina São Domingos
29 COSAN - Unidade São Francisco 74 Usina Floresta 119 Usina São Francisco
30 COSAN - Unidade Tamoio 75 Usina Furlan 120 Usina São João
31 COSAN - Unidade Univalem 76 Usina Generalco 121 Usina São João (SJBV)
32 Destilaria Alcídia 77 Usina Guairá 122 Usina São José da Estiva
33 Destilaria ALCOESTE 78 Usina Ibirá 123 Usina São Luiz
34 Destilaria Branco Peres 79 Usina Ipiranga - U. Descalvado 124 Usina São Luiz de Ourinhos
35 Destilaria Guaricanga 80 Usina Ipiranga - U. Mococa 125 Usina São Manoel
36 Destilaria Libra 81 Usina Ipiranga - U. Iacanga 126 Usina São Martinho
37 Destilaria Santa Ines 82 Usina Iracema 127 Usina Sonora
38 Grupo VO - Unidade Catanduva 83 Usina Itajobi 128 Usina UNIALCO
39 Grupo VO - Unidade Itapira 84 Usinas Itamarati 129 Usina Vale
40 Grupo VO - Unidade J.Bonifácio 85 Usina Jaciara 130 Usina Vale do Rosário
41 Grupo VO - Unidade Monsões 86 Usina Jardest 131 Usina Vertente
42 Usina Albertina 87 Usina Mandú 132 Usina Virálco
43 Usina Alcoazul 88 Usina Maracajú 133 Usina Vista Alegre
44 Usina Alcoolverde 89 Usina Maringá 134 Usina Zanin
45 Usina Alta Paulista 90 Usina MB 135 USINAVI
PMGCA

VARIEDADES

RB
LIBERADAS EM MARÇO - 2006

RB925211
RB925268
RB925345
RB935744

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 7


PMGCA

RB925211 (Genitores: RB855206 x ?)

Aspectos Gerais

Desenvolvimento médio, hábito de crescimento semi-


decumbente, de fácil despalha, diâmetro de colmo médio,
de cor verde amarelado e roxo amarelado quanto exposto
ao sol, com pouca cera.

21
RB925211 RB855453
18
15

12
TPH

9
6
3

0
1º C 2º C 3º C MÉDIA
Cortes

17

16

15
PC%

14

13
RB925211 RB855453
12

11
Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov

Recomendações de Manejo

Plantar em ambientes de médio a bom potencial; colher


no início e meio de safra.

Destaques

Alto teor de sacarose e alta produtividade, excelente


sanidade e excelente brotação de soqueira sob colheita
mecanizada

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 8


PMGCA

RB925268 (Genitores: RB855511 x ?)

Aspectos Gerais

Desenvolvimento médio, hábito de crescimento ereto, de


fácil despalha, diâmetro de colmo médio, e de cor amarelo-
esverdeado, com mediana cera e gema arredondada.

24
RB925268 RB72454
21
18
15
TPH
12
9
6
3
0
1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Cortes

18

16

14
PC%

12
RB925268 RB72454
10

8
Abr Mai Ago Out Nov

Recomendações de Manejo

Plantar em ambientes de médio a bom potencial, colher


no meio e final de safra.

Destaques

Material de boa colheitabilidade.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 9


PMGCA

RB925345 (Genitores: H59-1966 x ?)

Aspectos Gerais

Desenvolvimento rápido, hábito de crescimento ereto, de


difícil despalha, diâmetro de colmo médio, e de cor roxo
amarelado quando expostos aos sol, com cera, e gema
ovalada.
21
RB925345 RB855453
18
15

TPH 12

6
3

0
1º C 2º C 3º C MÉDIA
Cortes

18

16

14
PC%

12

10
RB925345 RB855453
8
Abr Mai Jul Ago Out

Recomendações de Manejo

Plantar em ambientes favoráveis, devido ao seu


comportamento em relação ao carvão; colher no inicio de
safra.

Destaques

Alto teor de sacarose, alta produtividade e alto teor de fibra


no início de safra.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 10


PMGCA

RB935744 (Genitores: RB835089 x RB765418)

Aspectos Gerais

Desenvolvimento rápido, hábito de crescimento ereto, de


fácil despalha, diâmetro de colmo médio-grosso, e de cor
marrom esverdeado, com pouca cera e gema triangular.

27
RB935744 RB72454
24
21
18
15
TPH
12
9
6
3
CARACTERÍSTICAS RB935744 0
1º C 2º C 3º C MÉDIA
Prod. Agrícola Alta
Cortes
Colheita Set-Nov

Brot. Man. Queimada Boa


20
Soca Mecaniz. Crua Boa
18
Cana planta Médio
Perfilham.
Cana soca Médio 16
PC%

Fechamento Bom 14
Tombamento Raro
12
Florescimento Raro RB935744 RB72454
10
Chochamento Pouco
PUI Curto 8
Abr Mai Jul Ago Out Nov
Exigência em Ambientes Média
Teor de sacarose Médio
Teor de fibra Médio/Alto
Carvão Resistente
Recomendações de Manejo

Ferrugem Resistente Plantar em ambientes de médio a bom potencial; colher


no final de safra.
Escaldadura Resistente
Mosaico Intermediária
Estrias vermelhas Resistente Destaques

Falsa est. vermelha Resistente Material rústico, excelente sanidade e muito produtivo.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 11


PMGCA

VARIEDADES

RB72454
RB
RB825336
RB835054
BR835089
RB835486
RB845210
RB845257
RB855035
BR855036
RB855113
RB855156
RB855453
RB855536
RB855546
RB867515
RB928064

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 12


PMGCA

RB72454
(Genitores: CP53-76 x ?)
Aspectos Gerais

Touceiramento médio, com colmos eretos, empalhados, de


diâmetro médio, e de cor verde clara, com mancha de cera
escurecida.

21
RB72454 SP70-1143
18

15

TPH 12

3
CARACTERÍSTICAS RB72454
0
Prod. Agrícola Alta 1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Colheita Set-Nov Cortes

Brot. Man. Queimada Boa 18


Soca Mecaniz. Crua Regular
Cana planta Médio 16
Perfilham.
Cana soca Médio
PC%

14
Fechamento Bom
Tombamento Raro RB72454 SP70-1143
12
Florescimento Eventual
Chochamento Ausente
10
PUI Médio Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov

Exigência em Ambientes Média


Recomendações de Manejo
Teor de sacarose Alto
Teor de fibra Médio Não plantar em épocas frias, especialmente nos solos mais
argilosos; evitar corte em julho-agosto nos solos argilosos
Carvão Intermediária e ressecados em condições de estresse hídrico. Com
Ferrugem Resistente auxílio de maturadores pode ser realizada a colheita de
cana-planta antes de julho.
Escaldadura Resistente
Mosaico Intermediário Destaques
Estrias vermelhas Suscetível
Ampla adaptabilidade e alta estabilidade; alta produtividade
Falsa est. vermelha Intermediária agrícola.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 13


PMGCA

RB825336 (Genitores: H53-3989 x ?)

Aspectos Gerais

Touceiramento altíssimo, com crescimento decumbente,


colmos semi-empalhados, de diâmetro desuniforme, de
cor verde clara, com manchas de cera escurecida.

21
RB825336 RB72454
18

15

TPH 12

0
1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Cortes

18

16
PC%

14

12
RB825336 RB72454
10
Mai Jun Jul Ago Set

Recomendações de Manejo

Colher nos primeiros meses de safra, especialmente com


maturador; pode ser colhido no meio de safra, em locais
onde há problema de brotação de soca; material
interessante para colheita mecanizada, queimada ou crua.

Destaques

Excelente brotação de soca, tolerante à seca e alto teor


de fibra.
Longevidade de corte.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 14


PMGCA

RB835054
(Genitores: RB72454 x NA56-79)

Aspectos Gerais

Touceiramento médio, com colmos eretos, pouco


empalhados, de fácil despalha, de diâmetro médio, e de
cor verde clara, com mancha de cera escurecida quando
exposta ao sol.

21
RB835054 RB855453
18

15

12
TPH
9

0
1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Cortes

18

16
PC%

14

RB835054 RB835486
12

10
Abr Mai Jun Jul Ago Set Out

Recomendações de Manejo

Evitar ambientes de baixo potencial produtivo; pode ocorrer


perdas durante a colheita mecânica no inicio de safra (cana
de 18 meses) em razão do diâmetro fino dos ponteiros.

Destaques

Bom comportamento como cana-de-ano; alta produtividade


agrícola e industrial. PUI-longo.
Difícil florescimento.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 15


PMGCA

RB835089
(Genitores: RB72454 x NA56-79)
Aspectos Gerais

Touceiramento ralo, com colmos eretos, pouco


empalhados, de fácil despalha, de diâmetro médio, e de
cor esverdeada, que se torna marron quando exposta ao
sol, coberta com cera.
21
RB835089 RB72454
18

15

TPH 12

3
CARACTERÍSTICAS RB835089
0
Prod. Agrícola Alta 1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Colheita Set-Nov Cortes

Brot. Man. Queimada Boa


18
Soca Mecaniz. Crua Regular
Cana planta Baixo 16
Perfilham.
Cana soca Médio 14
PC%

Fechamento Regular
12
Tombamento Eventual
RB835089 RB72454
Florescimento Eventual 10

Chochamento Pouco
8
PUI Curto Mai Jun Jul Ago Set Out Nov
Exigência em Ambientes Baixa / Média
Teor de sacarose Médio
Teor de fibra Médio Recomendações de Manejo
Carvão Resistente
Plantar em solos arenosos em regiões com disponibilidade
Ferrugem Resistente de água; colher no meio e final de safra.

Escaldadura Intermediária
Mosaico Resistente Destaques
Estrias vermelhas Resistente
Alta produtividade agrícola; ampla adaptabilidade e
Falsa est. vermelha Resistente estabilidade.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 16


PMGCA

RB835486 (Genitores: L60-14 x ?)

Aspectos Gerais

Touceiramento ralo, com colmos decumbentes na fase


adulta, medianamente empalhados, de fácil despalha, de
diâmetro médio a grosso, e de cor verde arroxeada, com
cera abundante.
21
RB835486 SP80-1842
18

15

12
TPH
9

3
CARACTERÍSTICAS RB835486
0
Prod. Agrícola Alta 1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA

Colheita Jun-Set Cortes

Brot. Man. Queimada Boa 18


Soca Mecaniz. Crua Boa
Cana planta Baixo 16
Perfilham.
Cana soca Médio
PC%

Fechamento Regular 14

Tombamento Freqüente RB835486 SP80-1842


12
Florescimento Eventual
Chochamento Pouco
10
PUI Longo Abr Mai Jun Jul Ago Set

Exigência em Ambientes Baixa / Média Recomendações de Manejo


Teor de sacarose Alto
Evitar corte tardio (Agosto/Setembro) em regiões mais
Teor de fib ra Médio
propícias à ferrugem; plantios tardios (Abril/Junho) em cana-
Carvão Intermediária de-ano-e-meio em solos argilosos, ou em solos mal
preparados e secos, podem apresentar falhas na brotação
Ferrugem Suscetível
inicial, evitar locais muito favoráveis à ferrugem e plantio
Escaldadura Resistente como cana-de-ano.
Mosaico Resistente Destaques
Estrias vermelhas Resistente
Ampla adaptabilidade; recomendada para plantio em solos
Falsa est. vermelha Resistente ácricos no cerrado; altíssima riqueza.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 17


PMGCA

RB845210
(Genitores: RB72454 x SP70-1143)
Aspectos Gerais

Hábito de crescimento semi-ereto, com touceira


ligeiramente aberta, com despalha regular e bainhas
levemente arroxeadas

24
RB845210 RB72454
21
18
15
TPH 12
9
6
3
CARACTERÍSTICAS RB845210
0
Prod. Agrícola Alta 1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA

Colheita Jun-Set Cortes

Brot. Man. Queimada Boa


18
Soca Mecaniz. Crua Boa
Cana planta Médio 16
Perfilham.
Cana soca Médio
PC%

Fechamento Regular 14

Tombamento Eventual RB845210 RB72454


12
Florescimento Ausente
Chochamento Ausente
10
PUI Médio Mai Jun Jul Ago Set Out Nov
Exigência em Ambientes Média
Recomendações de Manejo
Teor de sacarose Alto
Bom comportamento no Estado Parana e Região Central
Teor de fibra Médio e Sul do Estado de São Paulo apresenta característica de
Carvão Resistente variedade média que se adapta bem em ambientes
intermediarios, de textura arenosa.
Ferrugem Resistente
Escaldadura Resistente Destaques
Mosaico Resistente Adapta-se bem a espaçamento reduzido, boa adaptação
Estrias vermelhas Intermediária à colheita mecanizada, alto rendimento de corte manual,
devido ao bom diâmetro e uniformidade dos colmos; boa
Falsa est. vermelha Resistente densidade de carga.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 18


PMGCA

RB845257 (Genitores: RB72454 x SP70-1143)

Aspectos Gerais

Touceiramento alto, com colmos eretos, de diâmetro médio,


e de cor verde amarelada, com manchas escuras de cera.

24
RB845257 RB72454
21
18
15
TPH 12
9
6
3
0
1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Cortes

18

16

14
PC%

12
RB845257 RB72454
10

8
Mai Jun Jul Ago Set

Recomendações de Manejo

Colher preferencialmente em meio de safra; realizar seu


plantio em ambientes de produção favoráveis; alta
exigência em disponibilidade de água.

Destaques

Alta produtividade agroindustrial.


Boa brotação e colheitabilidade

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 19


PMGCA

RB855035 RB(Genitores: L60-14 x SP70-1284)4

Aspectos Gerais

Touceiramento médio, com colmos eretos, de diâmetro


médio a grosso, e de cor verde-amarelada, que arroxeiam
quando expostos e de fácil despalha.

21
RB855035 RB855453
18

15

12
TPH
9

0
1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Cortes

18

16
PC%

14

12
RB855035 RB855453

10
Abr Mai Jun Jul Ago Set Out

Recomendação de Manejo

Não plantar em regiões propícias à ferrugem e nem em


solos muito argilosos; evitar pisoteio; indicada para
ambiente de baixo a médio potencial de produção; não
utilizar como cana-de-ano.

Destaques

Precocidade e boa adaptação a solos leves de média


fertilidade.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 20


PMGCA

RB855036
(Genitores: RB72454 x SP70-1143)
Aspectos Gerais

Hábito de crescimento semi-ereto, com bom touceiramento,


bainhas verde- escuras e semi-abertas, colmos de diâmetro
médio de cor verde-amarelada.

21
RB855036 RB72454
18

15

TPH 12

3
CARACTERÍSTICAS RB855036
0
Prod. Agrícola Média 1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA

Colheita Jun-Ago Cortes

Brot. Man. Queimada Boa 18


Soca Mecaniz. Crua Boa
Cana planta Médio 16
Perfilham.
Cana soca Médio
PC%

Fechamento Bom 14

Tombamento Eventual
Florescimento Eventual 12

Chochamento Pouco RB855036 RB72454

PUI Curto 10
Abr Mai Jun Jul Ago Set Out
Exigência em Ambientes Alta
Teor de sacarose Médio Recomendações de Manejo
Teor de fibra Médio
Carvão Resistente Colheita recomendada a partir de junho até agosto, nas
condições do sul do Estado de São Paulo e Estado do
Ferrugem Resistente Paraná; sensibilidade à herbicidas; baixa tolerância ao
Escaldadura Resistente stresse hídrico.

Mosaico Resistente Destaques


Estrias vermelhas Intermediária
Variedade com bom potencial agroindustrial, quando
Falsa est. vermelha Resistente alocada em ambiente de produção indicado.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 21


PMGCA

RB855113 (Genitores: SP70-1143 x RB72454)

Aspectos Gerais

Touceiramento alto, com colmos eretos, empalhados, de


diâmetro médio e de cor verde-amarelado, com manchas
de cera.

24
RB855113 RB72454
21
18
15
9,5
12
9
6
3
0
1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Cortes

18

16
PC%

14

RB855113 RB72454
12

10
Abr Mai Jun Jul Ago Set Out

Recomendações de Manejo

Desenvolvimento lento, não colher tardiamente; requer


cuidado para aplicações de herbicidas; plantar em
ambientes de médio a alto potencial.

Destaques

Alta produtividade agrícola e industrial, porte ereto, bom


rendimento de corte manual e densidade de carga alta.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 22


PMGCA

RB855156
(Genitores: RB72454 x TUC71-7)
Aspectos Gerais

Elevado touceiramento, principalmente na soca, colmos


eretos, mas decumbentes na fase adulta, empalhados, de
diâmetro fino a médio, de cor verde-clara, e com presença
de rachaduras.
21
RB855156 SP80-1842
18

15

12
TPH
9

3
CARACTERÍSTICAS RB855156
0
Prod. Agrícola Média 1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Colheita Abr-Mai Cortes

Brot. Man. Queimada Ótima


18
Soca Mecaniz. Crua Ótima
Cana planta Médio 16
Perfilham.
Cana soca Médio
PC%

Fechamento Bom 14

Tombamento Eventual RB855156 SP80-1842


12
Florescimento Freqüente
Chochamento Pouco
10
PUI Curto Mai Jun Jul Ago Set Out Nov
Exigência em Ambientes Baixa / Média
Teor de sacarose Alto
Recomendações de Manejo
Teor de fibra Baixo
Não plantar como cana-de-ano; colher no início de safra;
Carvão Resistente efetuar plantio em solos bem preparados.
Ferrugem Resistente Manter o mínimo de intervalo entre as operações de
sulcação distribuição de mudas e cobrição.
Escaldadura Resistente
Mosaico Resistente Destaques
Estrias vermelhas Resistente
Ótima capacidade de brotação de soqueiras.
Falsa est. vermelha Resistente Alta precocidade.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 23


PMGCA

RB855453
(Genitores: TUC71-7 x ?)

Aspectos Gerais

Colmos eretos, de difícil tombamento, colmos


medianamente empalhados, de diâmetro médio a grosso,
com cor verde amarelado, mas levemente arroxeada
quando exposta ao sol, com cera.
21
RB855453 SP80-1842
18
15
12
TPH
9
6
3
CARACTERÍSTICAS RB855453
0
Prod. Agrícola Alta 1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Colheita Mai/Jul Cortes

Brot. Man. Queimada Ótima


18
Soca Mecaniz. Crua Ótima
Cana planta Médio 16
Perfilham.
Cana soca Médio
PC%

Fechamento Bom 14

Tombamento Raro RB855453 SP80-1842


12
Florescimento Freqüente
Chochamento Médio
10
PUI Curto Mai Jun Jul Ago Set Out Nov

Exigência em Ambientes Alta


Teor de sacarose Muito Alto
Teor de fibra Médio Recomendações de Manejo
Carvão Resistente
Não plantar como cana-de-ano e aloca-la em ambientes
Ferrugem Resistente favoráveis.
Escaldadura Resistente Destaques
Mosaico Resistente Precocidade e riqueza, ótima soqueira e canas eretas de
Estrias vermelhas Intermediária excelente colheitabilidade.
É a variedade precoce mais plantada e cultivada no Centro-
Falsa est. vermelha Resistente Sul.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 24


PMGCA

RB855536
(Genitores: SP70-1143 x RB72454)

Aspectos Gerais

Touceiramento bom, touceiras semi-abertas e colmos


eretos, empalhados, com bainhas semi-abertas, de fácil
despalha, de diâmetro médio e de cor verde arroxeada,
quase se acentua quandos expostos.

21
RB855536 RB72454
18

15

TPH 12

3
CARACTERÍSTICAS RB855536
0
Prod. Agrícola Alta 1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Colheita Jul/Out Cortes

Brot. Man. Queimada Ótima 18


Soca Mecaniz. Crua Ótima
16
Cana planta Médio
Perfilham.
Cana soca Alto
PC%

14
Fechamento Ótimo
RB855536 RB72454
Tombamento Não 12
Florescimento Ausente
Chochamento Ausente 10
Abr Mai Jun Jul Ago Set Out
PUI Médio
Exigência em Ambientes Alta Recomendações de Manejo
Teor de sacarose Alto
Plantar em ambientes favoráveis com boa disponibilidade
Teor de fibra Baixo de água; plantio precoce (dezembro a janeiro) pode levar
ao estresse hídrico muito forte se o inverno (julho a agosto)
Carvão Resistente for muito seco.
Ferrugem Resistente
Destaques
Escaldadura Resistente
Alta produtividade agroindustrial e ótima brotação de
Mosaico Resistente
soqueira, mesmo sob palha; porte ereto e excelente
Estrias vermelhas Resistente colheitabilidade.
Ausência de florescimento.
Falsa est. vermelha Resistente

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 25


PMGCA

RB855546 (Genitores: SP70-1143 x RB72454)

Aspectos Gerais

Touceiramento bom, com colmos eretos, empalhados, mas


com bainhas de fácil despalha, de diâmetro médio a grosso,
e de cor amarelo-arroxeado.

21
RB855546 RB72454
18
15

TPH 12
9
6
3
CARACTERÍSTICAS RB855546
0
Prod. Agrícola Média
1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Colheita Ago-Out Cortes
Brot. Man. Queimada Boa
20
Soca Mecaniz. Crua Boa
18
Cana planta Médio
Perfilham. 16
Cana soca Médio
PC%

Fechamento Regular 14

Tombamento Eventual 12
RB855546 SP71-1406
Florescimento Eventual
10
Chochamento Pouco
8
PUI Médio Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov
Exigência em Ambientes Alta
Recomendações de Manejo
Teor de sacarose Alto
Teor de fibra Médio Deve ser plantada em ambiente de alto potencial de
produção para ser colhida do meio para final de safra, pode
Carvão Resistente florescer em regiões ou anos com condições favoráveis para
Ferrugem Resistente indução floral.

Escaldadura Resistente
Destaques
Mosaico Resistente
Estrias vermelhas Resistente Excelente resposta à maturadores, muito rica em colheita
de meio para final de safra e boa brotação de soqueira em
Falsa est. vermelha Resistente ambientes favoráveis.

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 26


PMGCA

RB867515* (Genitores: RB72454 x ?)

Aspectos Gerais

Alta velocidade de crescimento, porte alto, hábito de


crescimento ereto, alta densidade de colmo, de cor verde
arroxeado que se acentua quando expostos e fácil
despalha.

24
RB867515 RB72454
21
18
15
TPH 12
9
6
3
CARACTERÍSTICAS RB867515
0
Prod. Agrícola Alta 1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Colheita Jul/Set Cortes
Man. Queimada Boa 16
Brot.
Soca Mecaniz. Crua Boa
14
Cana planta Baixo
Perfilham. 12
Cana soca Médio
PC%

Fechamento Bom 10
Tombamento Eventual RB867515 RB72454
8
Florescimento Eventual
Chochamento Médio 6
Abr Mai Jul Ago Out
PUI Longo
Recomendações de Manejo
Exigência em Ambientes Baixa
Teor de sacarose Alto Não deve ser plantada em ambientes favoráveis devido à
incidência de estrias vermelhas. Nos ambientes de alto
Teor de fibra Médio
potencial de produção há possibilidades, devido à alta
Carvão Resistente produtividade agrícola, de tombamento e atraso de
maturação.
Ferrugem Resistente
Destaques
Escaldadura Resistente
Mosaico Resistente Tolerante à seca e boa brotação de soqueira, mesmo
colhida crua; alto teor de sacarose, crescimento rápido com
Estrias vermelhas Intermediária alta produtividade.
Falsa est. vermelha Intermediária * Variedade obtida pela Universidade Federal de Viçosa

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 27


PMGCA

RB928064*
(Genitores: SP70-1143 x ?)

Aspectos Gerais

Velocidade de crescimento regular, porte médio, hábito de


crescimento ereto, boa despalha e colheitabilidade.

24
RB928064 RB72454
21
18
15
TPH
12
9
6

CARACTERÍSTICAS RB928064 3
0
Prod. Agrícola Alta
1º C 2º C 3º C 4º C MÉDIA
Colheita Jul-Set Cortes

Brot. Man. Queimada Ótima 18


Soca Mecaniz. Crua Ótima
17
Cana planta Médio
Perfilham.
Cana soca Médio 16
PC%

Fechamento Bom
15
Tombamento Raro RB928064 RB72454
Florescimento Ausente 14

Chochamento Ausente 13
PUI Médio Mai Jun Jul Ago Set

Exigência em Ambientes Media / Alta Recomendações de Manejo


Teor de sacarose Alto Deve ser manejada em ambientes intermediário e
Teor de fibra Médio favoráveis, com alta fertilidade; Indicada para colheita em
meio de safra (julho a setembro), podendo ser antecipada
Carvão Resistente com maturadores.
Ferrugem Resistente Destaques
Escaldadura Suscetível
Uniformidade de colmos (diâmetro e altura), perfil ideal
Mosaico Resistente para colheita mecanizada, ótima brotação de soca e
Estrias vermelhas Resistente excelente vigor.
Ausência de florescimento.
Falsa est. vermelha Intermediária
* Variedade obtida pela Universidade Federal de Viçosa

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 28


PMGCA

CARACTERÍSTICAS AGROINDUSTRIAIS DE VARIEDADES RB

AMBIENTE DE PRODUÇÃO E ÉPOCA DE COLHEITA

REGIÃO CENTRO-SUL

(*) Ambiente de Produção: A = Favoráveis E = Desfavoráveis (1) Cana de Ano

Variedades de Cana-de-açúcar RB - 2008 29


Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroalcooleiro

Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-Açúcar


 UFSCar 2008

Exemplares desta publicação podem ser solicitados ao

Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-açúcar


Departamento de Biotecnologia Vegetal
Centro de Ciências Agrárias - UFSCar
Via Anhanguera, km 174
Caixa Postal, 153
13600-970. Araras, SP
Fone/Fax: (019) 3543-2612 - 3543-2613
email: pmgca@cca.ufscar.br

Tiragem: 700 exemplares

Ficha catalográfica elaborada pela Biblioteca Comunitária/UFSCar

H 711v Variedades RB de Cana-de-açúcar /


Hermann Paulo Hoffmann... et al. 1.ed - Araras: CCA/
UFSCar,
2008
30p.

1. Cana-de-açucar. I. Hoffmann, Hermann Paulo. II.


Santos, Eder Gustavo Dias. III. Bassinello, Antonio Ismael. V.,
Vieira, Marcos Antonio Sanches. Título.

CDD: 633.61

É permitida a reprodução parcial, desde que citada a fonte;


reprodução total depende de anuência da UFSCar.

Diagramação: José Adalberto da Cruz - PMGCA/UFSCar


Capa: Silvio Oliveira - CCS/UFSCar

Você também pode gostar