Você está na página 1de 6

Aula Específica – Química – 1º-2011 - Discussão [Aula 1 – Profa.

Luciana]

AULA ESPECÍFICA DE QUÍMICA - DISCUSSÃO


Assunto: Ligações Químicas e Interações Intermoleculares
Professora: Luciana
Datas: 18, 19 e 26 de março de 2011

Questão 01 (Unimaster)
O gráfico a seguir representa a variação da energia potencial em função da distância internuclear
para um sistema em que átomos de hidrogênio se ligam para formar a molécula de hidrogênio
(H2).

A partir da análise do gráfico, pode-se concluir que a única afirmativa correta é:


a) Em I, a energia potencial do sistema tende a zero. Trata-se, então, do ponto de maior
estabilidade.
b) Em II, a distância internuclear é igual ao comprimento da ligação.
c) Em III, os átomos tendem a se afastar, pois as forças de repulsão são mais intensas que
as forças de atração.
d) Em IV, a distância internuclear é menor que o comprimento da ligação. Então, as forças
repulsivas predominam sobre as atrativas.
Gabarito: D
Discussão:
O gráfico mostra a variação da energia potencial de dois átomos de hidrogênio com a distância internuclear,
identificando, também em função da distância internuclear, as regiões em que predominam as forças de atração entre
cargas de sinais opostos (núcleos e elétrons do mesmo átomo ou de átomos distintos) e as forças de repulsão entre
cargas de mesmo sinal (núcleos de átomos distintos entre si ou elétrons de átomos distintos entre si).
A formação de uma ligação química ocorre se a energia dos átomos ligados for menor que a energia dos átomos
isolados. Dessa maneira, o ponto de menor energia do gráfico (ponto III) corresponde ao ponto de maior estabilidade, a
formação da ligação química mais estável entre os dois átomos. O valor de energia relativo a esse ponto é 458kJ/mol e
corresponde à energia da ligação.
Analisando-se, então, as alternativas, tem-se:
a) Incorreta. Embora em I, a energia potencial do sistema tenda a zero, esse não é o menor valor de energia possível,
não sendo, portanto, o ponto de maior estabilidade.
b) Incorreta. A distância internuclear será igual ao comprimento da ligação em III, quando o sistema apresenta a
menor energia e, portanto, ocorre a formação da ligação.
c) Incorreta. Como em III a energia é mínima, trata-se da situação de máxima estabilidade. Nesse caso, ocorre o
equilíbrio de forças atrativas e repulsivas, sem o predomínio de uma sobre a outra.
d) Correta, o que pode ser observado pela leitura direta do gráfico.

1
Aula Específica – Química – 1º-2011 - Discussão [Aula 1 – Profa. Luciana]

Questão 02(UFC)
A formação dos compostos iônicos é geralmente um processo exotérmico cuja energia liberada
será tanto maior quanto maior for a força de interação entre o cátion e o ânion. O gráfico abaixo
apresenta a energia de formação para os haletos de lítio (LiF, LiCl, LiBr e LiI).

A) Associe os compostos I, II, III e IV aos haletos correspondentes.

I – LiF II – LiCl III – LiBr IV – LiI

B) Justifique sua resposta ao item A.


As substâncias listadas são iônicas e, portanto, a intensidade da interação entre seus íons é de natureza eletrostática,
ou seja, proporcional ao produto das cargas e inversamente proporcional à distância entre elas. Como o cátion é o
mesmo em todas as substâncias, as propriedades do ânion serão mais importantes na comparação da intensidade
dessas interações.
Todos os ânions são monovalentes e, então, a intensidade da interação eletrostática será definida pela distância entre
os íons. Esta última, por sua vez, depende dos raios dos ânions, que crescem na ordem: F- < Cl- < Br- < I-. Assim,
quanto maior o raio do ânion, maior será a distância entre os íons na rede cristalina e menor a intensidade da interação
eletrostática, o que nos leva à ordem crescente de intensidade de interações: LiI < LiBr < LiCl < LiF.

2
Aula Específica – Química – 1º-2011 - Discussão [Aula 1 – Profa. Luciana]

Questão 03 (FUVEST)
Proteínas são formadas por várias cadeias peptídicas que se mantêm unidas através de ligações
do tipo I, II e III, formando uma estrutura complexa, como a esquematizada abaixo:

a) Explique de que tipo são as ligações I, II e III assinaladas no esquema da proteína.

I – ligação covalente; II – ligação de hidrogênio; III – ligação iônica ou interação íon-íon

b) Assinale, com um círculo, uma ligação peptídica na proteína esquematizada acima.

São três exemplos, assinalados em vermelho. Bastaria marcar uma delas.

3
Aula Específica – Química – 1º-2011 - Discussão [Aula 1 – Profa. Luciana]

Questão 04 (Vunesp / Adaptada)


Os fornos de microondas são aparelhos que emitem radiações eletromagnéticas — as microondas
— que aquecem a água e, consequentemente, os alimentos que a contém. Isso ocorre porque as
moléculas de água são polares, condição necessária para que a interação com esse tipo de
radiação seja significativa. As eletronegatividades para alguns elementos são apresentadas na
tabela a seguir.
Elemento químico Eletronegatividade
Hidrogênio (H) 2,2
Carbono (C) 2,6
Oxigênio (O) 3,4
Com base nessas informações, FAÇA o que se pede:
1. ESCREVA a fórmula estrutural da água e REPRESENTE o momento dipolar resultante para a
molécula de água.

O O
OU
H H H H
µR µR

2. Sabendo que praticamente não se observam variações na temperatura do dióxido de carbono


quando este é exposto à ação das radiações denominadas microondas, FORNEÇA a fórmula
estrutural da molécula de CO2. JUSTIFIQUE sua resposta, considerando as diferenças nas
eletronegatividades do carbono e do oxigênio.
Fórmula estrutural: Justificativa:
O oxigênio é mais eletronegativo que o carbono, originando, para cada ligação
O=C=O C = O um vetor momento dipolar que aponta para o oxigênio. Sendo a molécula
linear (ângulo de ligação de 180º), os dois vetores, de mesmo módulo, terão
sentidos opostos. A soma vetorial é igual a zero, caracterizando molécula
apolar, que, de acordo com o enunciado, não apresenta interação significativa
com as microondas.

3. COMPARE a temperatura de ebulição da água e do dióxido de carbono. JUSTIFIQUE sua


resposta considerando as interações intermoleculares presentes.
Comparação: A temperatura de ebulição da água é maior que a do dióxido de carbono.

Justificativa:
As ligações de hidrogênio predominantes entre as moléculas de água são mais intensas que as interações dipolo
induzido – dipolo instantâneo presentes entre as moléculas de CO2.

4
Aula Específica – Química – 1º-2011 - Discussão [Aula 1 – Profa. Luciana]

Questão 05 (UFMG/2008)
A produção de biodiesel, por reação de transesterificação de óleos vegetais, tem sido realizada
por meio da reação desses óleos com metanol em excesso. Como resultado, obtém-se uma
mistura de glicerina, metanol e ésteres de diversos ácidos graxos. Esses ésteres constituem o
biodiesel.
Analise a fórmula estrutural de cada uma destas três substâncias:

Analise, agora, este quadro:

1. Considerando as três substâncias puras – I, II e III – relacionadas nesse quadro, ORDENE-as


segundo a ordem crescente da intensidade das suas interações intermoleculares.

III < II < I

2. Na transesterificação, como o metanol é adicionado em excesso, formam-se duas fases D uma


rica em metanol e uma rica em biodiesel. A glicerina distribui-se entre essas duas fases,
predominando, porém, na fase alcoólica.
Considerando as interações intermoleculares entre os pares glicerina/metanol e
glicerina/biodiesel, JUSTIFIQUE essa predominância da glicerina na fase alcoólica.
As ligações de hidrogênio predominantes entre as moléculas do par glicerina/metanol são mais intensas que as
interações dipolo induzido – dipolo instantâneo predominantes entre as moléculas do par glicerina/biodiesel.

5
Aula Específica – Química – 1º-2011 - Discussão [Aula 1 – Profa. Luciana]

Questão 06 (UFTM)
Há, em nosso redor, materiais que conduzem muito bem a corrente elétrica e outros que a
conduzem muito mal. Sendo assim, explique por que:
a) o metal cobre, no estado sólido, é bom condutor de corrente elétrica.
De acordo com o modelo da ligação metálica há, na estrutura dos metais, elétrons com alta mobilidade (elétrons livres),
capazes de se movimentar ordenadamente, o que constitui a corrente elétrica.

b) o cloreto de sódio, no estado sólido, é mau condutor de corrente elétrica, enquanto que a
salmoura conduz muito bem a corrente elétrica.
No cloreto de sódio sólido, seus íons constituintes estão presos na rede cristalina iônica, incapazes de se movimentar.
Na salmoura, a rede cristalina do cloreto de sódio é rompida e os íons ficam livres para se movimentar na solução,
conduzindo a corrente elétrica.