P. 1
PROTOCOLO atenção basica

PROTOCOLO atenção basica

|Views: 36.789|Likes:
Publicado porCiro Oliveira

More info:

Published by: Ciro Oliveira on May 03, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/06/2013

pdf

text

original

Consiste em um envoltório de látex utilizado com o objetivo de recobrir o pênis

durante o ato sexual, para reter o líquido espermático por ocasião da ejaculação,

impedir o contato do mesmo com a vagina e secreções e garantir a proteção contra

doenças sexualmente transmissíveis e o vírus da imunodeficiência humana (HIV).

O índice de falha desse método é em torno de 3% a 14%, mas a sua segurança

depende da técnica de uso e a maneira de utilização durante as relações sexuais.

Como a camisinha é apresentada comercialmente em pacote individual, descartável,

lacrado e com lubrificante, o seu armazenamento é importante para eficiência do

método, assim como a sua colocação antes da penetração do pênis na vagina com

retirada ao término da relação sexual. O seu uso têm contra-indicação clínica para

casos de alergia a látex.

109

b) Camisinha feminina:

O camisinha feminino tem a formato semelhante a camisinha masculina, sendo

de grandes dimensões. Quando é inserida na vagina, recobre suas paredes, deixando

uma abertura voltada para fora, sobre os pequenos e grandes lábios da vúlva. É

lubrificada e descartável. Deve ser colocada antes da penetração do pênis na vagina e

retirada ao término da relação sexual.

O seu Índice de falha é em torno de 1,6% a 21%. Da mesma forma que o

preservativo masculino, também é um método bastante eficiente para reter o líquido

espermático por ocasião da ejaculação, impedir o contato do mesmo com a vagina e

secreções e garantir a proteção contra doenças sexualmente transmissíveis e o vírus

da imunodeficiência humana (HIV).

c) Diafragma:

É um método anticoncepcional de uso feminino, que consiste em anel flexível,

coberto no centro por uma delgada membrana de látex ou silicone em forma de cúpula

que se coloca na vagina cobrindo completamente o colo do útero. É lavável e

reutilizável por diversas vezes, tendo vida útil de três anos. Deve ser lavado com água

e sabão, mergulhado em solução antisséptica (hipoclorito de sódio 1% ou álcool 70%)

por 30 minutos e depois secado e guardado no estojo próprio.

Antes da primeira colocação, o profissional deve fazer um exame especular e

determinar o tamanho do diafragma adequado para a mulher.

Recomenda-se o uso associado com creme espermicida na parte côncava do

diafragma 15 a 20 minutos antes da relação sexual. Ele deve ser colocado algumas

horas antes da relação sexual e retirado entre 6 a 24 horas após, no máximo. O índice

de falha é em torno de 2,1% a 20%.

d) Espermicidas químicos:

Os espermicidas químicos são cremes, supositórios, espumas ou geléias

especiais colocados dentro da vagina e no colo do útero antes da relação sexual.

Os supositórios demoram a dissolver, por isso devem ser colocados cerca de 15

minutos antes da relação sexual. As geléias, cremes e espumas podem ser colocadas

imediatamente antes da relação sexual.

110

De preferência, devem ser usados em conjunto com algum método de barreira.

O seu uso têm contra-indicação clínica para casos de alergia ao produto químico. E o

índice de falha é em torno de 6% a 26%.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->