Você está na página 1de 3

AULA PRATICA Valor Total

1 º BIMESTRE 2011
Nota
Obtida

Componente Curricular: Ciências Professora: Andrea de Sousa


ALUNO(A): __________________________________________________________________
SÉRIE/ANO: º série DATA: /03/2011

Protocolo para extração de DNA da banana

Objetivo: conhecer os princípios básicos da extração de material genético a partir de tecidos


vegetais e animais.

Introdução:
Para análise do DNA de células eucarióticas, a primeira etapa importante é o seu
isolamento.
Os procedimentos que seguem são utilizados para extrair grande quantidade de DNA de
fontes vegetais (banana).

A extração de DNA de células eucarióticas consta fundamentalmente de três etapas:


1. Ruptura (física ou química) das membranas celulares para liberação do material
genético;
2. Desmembramento dos cromossomos em seus componentes básicos: DNA e
PROTEÍNAS;
3. Separação do DNA dos demais componentes celulares.

Materiais
• 200 mL de álcool gelado
• 1 banana madura
• Gelo picado
• Bastão
• Peneira
• 2 béqueres de 500 mL
• NaCl ou seja, sal de cozinha
• detergente incolor
• água filtrada
• saquinho de plástico para amassar a banana
• Gelo e isopor

Procedimentos
Preparar a solução de lise
− Em um béquer, misturar água com o NaCl e duas colheres de sopa de detergente
incolor e deixar no gelo. Faça essa preparação uns dez minutos antes de começar o
experimento para que esteja gelada.
− Descascar as bananas e colocar no saco plástico. Esmagar por 2 minutos.
− Retirar a banana batida e colocar em um béquer.
− Acrescentar a solução de lise (GELADA).
− Coloque o béquer com a mistura no gelo e agite por 10 minutos com o bastão com
movimentos delicados. (DENTRO DO GELO)
− Filtrar a mistura em um béquer (preencher até 150 mL do béquer);
− Acrescentar ao filtrado 150 mL de álcool (GELADO) vagarosamente pelas bordas do
béquer;
− Esperar formar uma superfície de separação nítida entre o etanol (superior) e a água
(inferior).
− Formam-se fios esbranquiçados, que são aglomerados de moléculas de DNA.

Questões
1. Por que devemos macerar bem a banana?

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
2. Por que é usado o detergente?

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

3. Qual a função do NaCl (sal de cozinha)?

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

4. Qual a função da adição do álcool?

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
Respostas:
1. A maceração rompe a parede celular das células da banana.
2. O detergente dissolve a bicamada lipídica, desintegrando assim os núcleos e liberando o
DNA.
3. O NaCl ajuda a manter as proteínas dissolvidas no líquido, impedindo que elas se
precipitem junto com o DNA
4. O álcool etílico gelado faz o DNA se aglutinar, formando uma massa filamentosa e
esbranquiçada.
1) QUAL A FUNÇAO DO SAL? A função do sal proporcionou o DNA um ambiente favorável,
pois o sal contribuiu com os íons positivos que neutralizaram a carga negativa do DNA, para
que assim as numerosas células de DNA pudessem coexistir na solução, através da
precipitação das proteínas. 2 ) O QUE ACONTECE QUANDO SE ADICIONA O
DETERGENTE? O detergente irá lisar as membranas, visto que estas são constituídas de
lipídios, estes são insolúveis em água, mas são solúveis em detergente. Com a ruptura dessa
membrana o conteúdo celular, incluindo as proteínas e o DNA, soltou-se e dispensou-se na
solução. 3 )QUAL O PAPEL DO ÁLCOOL? Como o DNA é insolúvel em álcool, esta forma uma
aglomeração de moléculas, portanto o álcool permite o isolamento do DNA. 4) PORQUE VOCÊ
NÃO PODE VER A DUPLA HÉLICE? Porque para vermos a dupla hélice, necessitamos do
microscópio eletrônico.
Conclusão
Essa prática permitiu a visualização do DNA, através de substâncias usadas, agentes físicos e
químicos, permitindo que no final da prática conseguíssemos ver o DNA da banana, através da
lise da membrana, a precipitação salina e o isolamento do DNA.

Você também pode gostar