Você está na página 1de 32

| 


   


 
   
   


| 
    
O  O  O 

þ RIBEIRO FILHO, José Francisco; LOPES, Jorge; PEDERNEIRAS, Marcleide. (2009) Estudando
teoria da contabilidade. São Paulo: Editora Atlas S.A
þ IUDÍCIBUS, Sérgio de; LOPES, Alexsandro Broedel (coord.) (2004) Teoria avançado da
contabilidade. São Paulo: Editora Atlas S.A.
þ SCOTT, William R.,(2009) Financial Accounting Theory. Toronto, 5th. Edition, Pearson.
þLOPES A. B. & MARTINS, E. |  
   
 . São Paulo:
Atlas, 2005

O|

þTowards a Positive Theory of the Determination of Accounting Standards. Jan/1978. Ross


L. Watts and Jerold L. Zimmerman
þPositive Accounting Theory: A Ten Year Perspective. Jan/1990. Ross L. Watts and Jerold L.
Zimmerman
þExplicações para a Divulgação Voluntária Ambiental no Brasil. 2008. FEA/USP. Suliani
Rover /Eduardo Cardeal Tomazzia XFernando Dal-Ri Murcia
 
   

Dominou pesquisa contábil por muitos anos

Fortemente presente em países (Itália, Brasil)

Forneceu elementos importantes para a delimitação da contabilidade moderna, suas


características e formas de atuação. Entretanto:

± falta de abordagem científica Fez com que


pesquisa contábil fosse
±pouca preocupação com
absorvendo outras
evidenciação empírica
perspectivas,
±desenvolvimento de ciências abordagens e métodos
correlatas (economia, finanças)
U
|  ! "#$    
 ! 

Direcionada à explicação dos fenômenos

Não cabe avaliar qual a ͞melhor͟ contabilidade

Os motivos de escolhas é que são importantes

O completo entendimento do que ocorre na prática serve como base para a previsão de
comportamentos futuros

Fair value não é bom ou ruim, desejável ou indesejável

Preocupa-se com o entendimento do porquê é utlizado

 
 !

!
 
!$ % 
 
! &  
! 
 '''

Contabilidade: revolução nos métodos de pesquisa a partir do final


da década de 60

De uma disciplina basicamente normativa, preocupada com


recomendações a respeito de melhores práticas profissionais, a
contabilidade transformou-se numa discplina mais ͞científica͟, com
vasto emprego de modelagem matemática e fundamentação
estatística.

Hoje: academia contábil é uma ͞mistura͟ de proposições normativas


e abordagens positivas

! "#

Estabelecimento de hipóteses ëteste empírico p/ verificação do real comportamento frente


à inf. Contábil

þ Como contabilidade afeta preços das ações no mercado financeiro?

þ Como contabilidade pode ser ou é utilizada p/ resolver problemas de agência?

Normativa
m!("# m  )(
Positiva
&! !
% 

! 

Estabelecimento de hipóteses (derivadas da teoria)


Segue-se o teste empírico (Teste de Hipótese)
Verificação: se e como a realidade ajusta-se à proposição teórica
(Watts & Zimmerman, 1986)
Maior parte dos estudos:
impacto da informação contábil no comportamento dos preços
dos ativos no mercado financeiro (Brown, 1996)
financial accounting capital markets research - Ball & Brown
(1968), Beaver (1968)
  #  
#
 |   
   


þ Positivo: o enfoque da teoria da contabilidade que tem por objetivo explicar como a
contabilidade se desenrola, no mundo real, e predizer o que irá ocorrer (poder preditivo).
þ Watts e Zimmerman (1986) ͞Explicar significa encontrar as razões para determinada
prática. Prever significa que a teoria prevê fenômenos contábeis que já existem, mas que
ainda não foram observados pelos pesquisadores.͟
þ Contraposição a Teoria Normativa (Prescritiva), evolução a partir de 19UU com a criação
da SEC até anos 60 com o surgimento da Teoria Positiva.
þ Trabalhos pioneiros de Ball e Brown (1968) e de Beaver (1968) alcançando
popularidade a partir de 1986 (Watts e Zimmerman).
  

þ Conforme formulação lógica de Watts,Zimmerman, a Teoria Positiva da Contabilidade


procura descrever como as empresas decidem que tipo de informação devem divulgar,
isto é, de que maneira selecionam os procedimentos contábeis que utilizam. Apoiando-se
em princípios da teoria econômica, o ponto de partida para decifrar esta questão é a
idéia de que os indivíduos agem basicamente em função de interesses pessoais,
procurando maximizar o seu bem estar.
þ O princípio básico é testar hipóteses sobre determinados fenômenos
þ Dinamica da organização em torno de contratos formais ou informais: Administradores,
fornecedores, instituições financeiras, investidores, clientes, etc (minimizar custos de
contratos).
  "*+   ,  |   
   


Positive Accounting theory ʹ PAT (está preocupado com a previsão das ações e das
escolhas de políticas contábeis pelos gestores da empresa e de como os gestores vão
responder a proposta de novas normas contábeis)

!   #
|     - !) $  
!  
$

Baseado na Economia: Explicar e Predizer - Friedman (195U) x Prescrição (Pesquisa


Normativa)

͞apesar das implicações da teoria de mercado eficiente, parece que as escolhas políticas
de contabilidade têm conseqüências econômicas embora estas políticas não afetem o
fluxo de caixa͟ (ZEFF ʹ 1978)
!  
 |   

þThe Three Hypotheses of Positive Accontuning Theory

Managers choose accounting policies in their own interests, wich may not necessarily
also be in the firm͛s best interests.Watts and Zimmerman (1986)

1-The Bonus plan hypothesis (Hipótese do Plano de Incentivos)


2-The debt covenant hypothesis (Hipótese do grau de endividamento)
U-The political cost hypothesis (Hipótese do tamanho dos custos políticos)

Watts e Zimmerman (1986)


!  
 |    . !# / Watts e Zimmerman (1986)

1 - Hipótese do Plano de Incentivos

͞A hipotese do plano de incentivo é que os adminsitradores de empresas que recebem


(bonus ʹ remuneração variavel) usarão frequentemente metodos contabeis
que͙..aumentará o valor presente dos bonus͙

2- Hipótese do grau de endividamento

͞A hipotese do grau de endividamento preve que as firmas que possuem graus de


endividamento maiores estão mais sujeitas a usar metodos contabeis que aumentem o
lucro͙.. relaxar as restrições impostas pelos credores e reduzem os custos de insolvencia.

U-Hipótese dos custos políticos

͞preve que grandes empresas usarão tecnicas para reduzir os lucros mais
requentemente que as pequenas͙para evitar a atenção da midia e dos consumidores͙
|       !  
 + 

þ Os indivíduos agem com oportunismo, buscando defender seus interesses pessoais


þ Os gestores optariam por políticas contábeis que aumentem sua remuneração
þ O que é a abordagem da eficiência? Minimizar custos decorrentes de conflitos de
interesse entre agente e principal
* Procedimentos Ex Ante ʹ procurar antecipar fatos para reduzir custos futuros de
contratos. Exemplo: Publicação de Demonstrações Contábeis ainda não exigidas //
Submetem-se a auditorias independentes
* Enfoque oportunístico ʹ Os gestores poderão adotar métodos contábeis que
resultem na apropriação de lucros em níveis elevados, a fim de maximizar sua
recompensa
#    0     

Managers choose accounting policies in their own interests, wich may not necessarily
also be in the firm͛s best interests.

  
  , nesse sentido, pode ser objeto de contestação, pois, no pano de
fundo das pesquisas sobre mercado de capitais, o fato de os agentes econômicos sempre
procurarem o melhor para si, em termos econômicos, não deixa muita margem para
valores como ética, justiça, distribuição social e outros. Cada um age de acordo com o
que é melhor para sua situação econômica. Como disciplina eminentemente social,
todavia, a Contabilidade não pode ser  ou privilegiar, em prejuízo de outros, certos
à    à.

Sérgio de Iudícibus ͻ Eliseu Martins ͻ L. Nelson Carvalho


!   #
 |   

* Outros aspectos Tratados

- Previsão de falências e insolvências (comparam séries de empresas que foram à


falência com outras que não...revelou razoavelmente correta com antecedência de
cinco anos)

- Regulação (os valores contábeis e os lucros seriam usados no processo político


para justificar a regulação)

- Contratos (A entidade tem relação contratual com os stakeholders...escrito


fornecedor...tácito com Estado)

- Teoria da Agência
 
  #  
þ Objetivo da metodologia: explicar os fenômenos contábeis a partir de padrões de
comportamentos, normas, crenças e procedimentos

 
 # %
þ Isomorfismo : DiMaggio e Powell (1991)
i Processo mediante o qual uma unidade de determinada população é forçada a
assemelhar-se a seus pares, sob as mesmas condições ambientais
iCaracterísticas organizacionais são modificadas rumo a uma crescente
compatibilidade com as características ambientais
Π
 ! ! "#   

þ Mercado regulamentado

€ As normas e regulamentos governamentais aumentam as demandas de


informação (Ex. Depreciação, UEPS, Códigos Tributários)
 "#     

þ Análise no contexto de desenvolvimento econômico e social


þ Década de 60:
* Pesquisas de caráter normativo ou uma revisão bibliográfica de determinado
assunto
* Exemplo significativo: Estudos sobre a correção monetária representam uma
contribuição conceitual e prática extremamente apreciável

þRecentemente:
* Lopo Martinez (2001) e Broedel Lopes (2002)
* Trabalhos em linha com os EUA
* Seguindo a linha positiva
 
 # %

þ 2 tipos de isomorfismo
þ Competitivo: Competição por mercados, mudanças de nichos e medidas de
desempenho
þInstitucional: As organizações tendem a refletir uma realidade socialmente
construída
þU formas que isso acontece:
þ Coercitivo (pressões políticas e problemas de legitimidade)
þ Mimético (resultante dos padrões de resposta a incertezas)
þ Normativo (poder que certas entidades profissionais possuem para
regulamentar arranjos nas estruturas organizacionais)
  

#

m   

(

þ Inspirados em estudos desenvolvidos por Foucault

þ A contabilidade exerce papel fundamental na administração da vida econômica

þ As práticas contábeis são vistas como mecanismos de governabilidade (facilitam o


monitoramento de atividades)

þ Exploram a relação entre o ͞comando da vida econômica͟ e cálculos contábeis


|   

Derivada da Teoria dos Contratos

Contrato entre as Instituições e a Sociedade, estabelecendo congruência entre suas


atividades e as crenças e valores da Sociedade

Legitimidade é adquirida na medida em que suas praticas respeitam os padrões


impostos pela Sociedade e alteram a percepção do individuo acerca da atividade da
empresa.

Contabilidade além de atuar como instrumento de comunicação, afeta o mundo em


que vivemos, as estruturas sociais, as relações entre Estado e cidadãos, as relações
entre empregado e patrão.

As pressões sociais motivam o Governo a regulamentar, tributar, fazer concessões,


fornecer recursos financeiros, inibir e estimular competitividade
# 

Patten (2002) - comprovou que a mídia desenvolve um papel fundamental na escolha


das estratégias e influencia fortemente a sociedade

Patten (1989) ʹ após um desastre ecológico, motivou empresas do mesmo setor a


aumentar evidenciações de caráter ambiental

Deegan e Rankin (1996) ʹ Observa que se uma instituicao não puder justificar sua
continuidade perante a sociedade, ocorrerá a revogação do contrato (aumento de
tributação, diminuição da demanda dos serviços/bens, retaliações dos órgão de
monitoramento).
Evidenciou também que empresas que cometeram crimes ecológicos, após o
fato tendem a aumentar as evidenciações de caráter ambiental
|  

Contabilidade é definida como o processo de identificação, mensuração e comunicação
de informação de natureza econômica destinada a subsidiar o processo decisório, ou
seja, facilitar a percepção das características relevantes de certos eventos econômicos.



# : Fonte de Mensagem ʹ eventos econômicos
Shannon e Weaver Emissor ʹ contador, transforma a mensagem em sinais
(1949) Mensagem
Canal ʹ relatórios contábeis, transporta o sinal do
transmissor ao receptor.
Receptor ʹ usuários contábeis, retorno da mensagem à
linguagem em que fora formulada originalmente.
Ruído
# 

Hendriksen (1999)
Que efeito as palavras utilizadas pela contabilidade terão sobre os usuários das
informações contábeis?
Pragmática ʹ estuda o efeito da linguagem sobre o individuo

Que significado tais palavras terão sobre eles, se houver alguma?


Semântica ʹ estuda o significado da palavra, refere-se a interpretação do significado pelo
receptor pretendido pelo emissor.

As palavras se conectam em sentido lógico?


Sintaxe ʹ estudo o sentido lógico das frases, o êxito com que o significado despertado no
receptor provoca o comportamento desejado.

Shannon (1948) - Delineou um quadro matemático para quantificar o custo do ruído,


elemento indesejável por prejudicar a plena correspondência entre emissor e receptor
r
 
Estudo do signos de todas as linguagens

Contabilidade é a linguagem dos negócios.

O  Sintáticas ʹ relação dos signos entre si, organizar mensagens


contábeis em função dos conjuntos de regras e princípios pré estabelecidos

Semânticas ʹ relação dos signos com os objetos que se aplicam ,


congruência entre significados pretendidos e alcançados

Pragmáticas ʹ relação dos signos com intérpretes, estimular os


usuários para as decisões.
# 

Morris (1976)

Semiótica funciona como um instrumento de todas as ciências, uma vez que fornece uma
linguagem geral aplicável a qualquer processo de descrição das propriedades de eventos
e objetos.

Peirce (1999)

O mundo está tão impregnado de signos que a própria Semiótica acaba assumindo um
caráter universal.
Conclusões de trabalhos empíricos

Evidenciação de notas explicativas e off-balance


sheet são percebidas pelo mercado conforme sua
sofisticação. Mais sofisticados avaliam mais
adequadamente.
(patrimônio e lucro parecem ser importantes para
explicar comportamento dos preços das ações)
Tradição normativa
Procura-se inferir critérios e procedimentos a partir de
definições genéricas como a de lucro econômico
Nos contábeis deveriam se aproximar dessas definições
gerais advindas da economia
Seguem-se discussões normativas e especulações sobre o
que seria ͞melhor͟, ͞mais correto͟.
Buscam-se conceitos contábeis ͞ideais͟, mas não passíveis
de verificação empírica, na prática
Exemplo: Edwards & Bell (1961): | | 
 à     à àà .

       
 

   1| ! &  1
  1 #



  

   %


Œ


Π   
!  

|  
!  

 2
# 3 
 

   #

 | 
   

$