Você está na página 1de 82

Nightmare

Medo, inimigo do desejo e aliado


do instinto. Através dele evoluímos,
aprendemos, desenvolvemos. Em tem-
pos cada vez mais caóticos, coberto
por nuvens de problemas e dominado
pela violência física e mental nascemos
cada vez mais frágeis mais vulneráveis.
A grande massa da sociedade sofre
cada vez mais pesadelos, mas não por
ser uma consequência de memórias do
subconsciente e sim por treino.
Os samurais da dinastia Yamato
golpeavam o mesmo movimento deze-
nas, centenas e até milhares de vezes.
O corpo e a mente absorviam aquele
movimento e o faziam automático. O
mesmo serve para as defesas mentais,
uma vez exposto a simulações de di-
ficuldades e crise de pânico, você cria
defesa e controle, de como agir em
uma situação similar. Isto e muito mais
é explicado em nossa matéria capa
(Pag.26) , desde o controle de sonhos
até o como eles originam. Além de
quebra de mitos (Pag.16) e descober-
tas internas (Pag.60). Desfrute cada
momento de lucidez com as matérias e
reflita em sonho.

Boa Bons Leitura. Sonhos


Fernando Beker Ronque.
HawensCloud
Espaço do Leitor
Comentários da edição de Março

Ficou muito legal,


fernando. Meus parabéns!
Até a próxima :-)

Eduardo Spohr
Escritor de Batalha do Apocalipse

Augusto Reis José


São Sebastião do Caí –
Coração de Jesus – Minas Gerais
Rio Grande do Sul
É a primeia vez que leio a essa
Gosto muito da revista Chap-
revista e ela é otima, uma das melho-
ters, o conteúdo é muito bom,
res que já li.
acompanho ela desde o começo,
e adorei!
Abraço! Olá José, fico feliz que gos-
tou da revista, conto com sua
Boas Augusto, como foi a compania para as próximas edi-
Páscoa? Agradeço a atenção com ções. Forte abraço.
nosso material. Abraço

8 Março/2011
Natália Felipe Raoni
São Paulo- São Paulo São Luis – Maranhão

Gostaria de dar meus parabéns Nunca tinha visto uma revis-


pela revista, a cada edição ela está me- ta online, comecei a ler ainda ago-
lhor! ra e pelo o que eu vi o conteudo é
Já virei fã número 1. Continuem muito bom, abraços
fazendo a Chapters ser a revista mais
interessante do Brasil. Obrigado Felipe, o perfil de
revista online ainda está se desen-
Salve Natália, obrigado volvendo mas a grande expecta-
pelo incentivo, mas, ainda falta tivas já que as versões impressas
longo caminho para se tornar estão cada vez mais tendo proble-
a melhor revista e concerteza mas. Abraço.
vamos se esforçar para chegar.
Abraços
--------- @ --------- --------- @ ---------
Felipe Eduardo Coelho
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul Pelotas - Rio Grande do Sul

Revista show de bola! Essa foi minha primeira vez


Uma das coisas que mais me lendo a revista de vocês!Achei a
impressionei foram os efeitos das revista legal bem dinâmica fora
páginas! que gostei muito da parte que fala
sobre o RPG que é um mundo tão
Meritos ao Alexandre Fur- magnífico porém poucos conhe-
tado, nosso programador e gê- cem. muito bom vocês, estão de
nio das madrugadas em Flash. parabéns!
Realmente os efeitos encantam
a todos da equipe. Forte Abraço Olá Eduardo, obrigado pela
Felipe. participação, estamos trabalhan-
do para torna-la cada vez melhor.
Seja bem vindo.

Março/2011 9
Ricardo Avedo Nadine Maciel
Porto Alegre – Rio Grande do Sul Curitiba – Paraná

Dahora a revista, li até agora Ola a todos da revista, estão


apenas algumas coisas, mas a par- de parabéns essa edição esta otima!!
te do medoB ficou tesão, já acom- =D Adorei a matéria sobre mangás,
panhava antes mais achei dahora, conhecer os traços usados para cada
vi nas outras edicoes e as materias tipo de publico, pois eu nem sabia
ficaram tesao. que havia essa separação, e o traço
que eu mais gostei foi o “hentai” (6)
Salve Ricardo, obrigado pela hahaha \o/ e o shoujo. Na parte da
atenção e fico gratificado em sa- TPM eu ri muito com as bobagens,
ber que nossa revista lhe agrada, principalmente “Doritos = veneno
a editoria do medoB é realmente pra otario” hahahaha curtii !!
Estão de parabééns!! Um gran-
muito bacana, contamos sempre
de Beijo a todos e continuem assim :)
com nosso amigo João Marco,
que a partir da próxima edição es-
Obrigado pelo carinho Na-
tará trabalhando conosco como
dine, esperamos sempre fazer a
colunista, confira sua primeira co-
melhor edição para ti e não tire
luna ainda nesta edição.
sarro dos outros!

Gostou desta edição?


Clica em “Like“ na página inicial

Quer aparecer no espaço do leitor?


Clica em “comente” na página inicial

10 Março/2011
Google Chrome 11

A Google anunciou a nova Entretanto, o que a Google


versão estável do seu navega- classifica como principal atua-
dor, o Google Chrome 11. Entre lização é a implementação de
as principais mudanças no apli- comando de voz baseada em
cativo, podemos destacar três HTML 5. O objetivo é a maior
correções de segurança e a mu- integração do navegador com
dança na logo. outros serviços disponibilizados
Além disso, outras mudan- pelo Google, como o Google
ças incluídas no Google Chrome 11 Translate. O recurso estará dis-
são: correções de bugs de aplicati- ponível na forma de um ícone
vos em nuvem, um novo hardwa- com um microfone, onde para
re de aceleração 3D CSS, seguran- utilizá-lo basta clicar e dizer sua
ça atualizada do built-in versão frase, e automaticamente ela
do Adobe Flash e alterações User é transformada em texto. Está
Agent String que visa alterações função, por enquanto, está dis-
introduzidas no Firefox 4. ponível apenas no idioma inglês.
Atualidades
Brave 10 ganhará continuação

A revista Comic Gene reve-


lou que Kairi Shimotsuki preten-
de continuar seu mangá Brave 10,
publicado no Brasil pela Panini.
A continuação se chamará
Brave 10 Spiral e continuará a his-
tória do ponto exato que o man-
gá original encerrou.
A série durou oito volumes
e é publicada bimestralmente no
Brasil.

Dobro do horário de verão

O parlamento da Inglater- turismo e o consumo, segundo


ra debate a idéia de dobrar o eles isso geraria 80 mil novos
horário de verão. Assim seria empregos e 3,5 bilhões de li-
adiantado duas horas invés de bras a mais para o setor de tu-
uma. O objetivo é estimular o rismo.
Resident Evil 6
Masachika Kawata, produ- quecer os jogos anteriores, que
tor dos jogos de Resident Evil, levaram à criação de muitas pos-
comenta sobre o Resident Evil 6: sibilidades para a franquia.”
“Será completamente diferen- Não devemos ignorar que
te” e complementa “Eu não pos- Residente Evil 5 já sofreu mu-
so dizer se vamos fazê-lo como danças que assustaram os fãs,
um survival de horror ou um jogo como zumbis que andam em
de tiro, mas posso dizer que ele motos. O estilo clássico do jogo
vai ser totalmente diferente.” está ficando bem batido no
“A série vai passar por uma mundo dos games e é sempre
completa renovação na próxima bom renovar, porém nem toda
versão, em todos os níveis”, co- mudança é bem vista pelos fãs
menta. “Mas não podemos es- da série.

Hector Sanches, comenta a preocupação


com o mercado brasileiro de games.
Após o vazamento do jogo a indústria de games local tives-
Mortal Kombat, Hector Sanches sem a ideia errada sobre o que
comenta que não ficou preocu- aconteceu. A maioria de quem
pado com o roubo mas sim com está lá fora não sabe o que acon-
a repercussão negativa que ge- tece por aqui”. As imagens do
raria para o mercado de games jogo foram divulgadas semanas
no Brasil. “Não quero que as pes- antes do lançamento do jogo
soas que não conhecem o país e por um garoto de Manaus.

14 Março/2011
Anti-Spoiler
Foi criado na Universidade software os spoilers sõ bloque-
da Virgínia, nos EUA, um progra- ados com tarja preta, evitando
ma que analisa o conteúdo de que as pessoas leiam o que não
páginas da internet e identifica queriam. Os criadores preten-
a presença de spoilers (Conteú- dem oferecê-lo para sites espe-
do que revela o final do filme ou cializados em cinema, por hora
algo do gênero “Snape morre no ele só funciona em textos em
filme Harry Potter”). Com esse inglês.

Conrad lançara no Brasil a nova versão de


Hadashi no Gen
O mangá já havia sido pu- bomba atômica de Hiroshima,
blicado no Brasil em quatro vo- onde morava com a família. A
lumes traduzidos do inglês, que série foi então publicada entre
fez uma versão resumida da sé- 1972 e 1973 na Shonen Jump e
rie. Desta vez, a Conrad planeja fez muito sucesso nos EUA, sen-
publicar a versão original, com o do publicado com uma intenção
sentido japonês de leitura e com de mostrar o horror da bomba.
nenhuma edição nas imagens. Inclusive foi o primeiro mangá
Gen Pés Descalços (como publicado nos EUA, e foi reco-
é chamado em português) con- mendado por muitas escolas
ta a história quase autobiográ- públicas.
fica do autor Keiji Nakazawa, O primeiro volume tem
que aos sete anos presenciou a 280 páginas e custará R$24,90.
Holmes nunca disse “Elementar meu
caro Watson”
Curiosidades • Sherlock Holmes

A
frase mais famosa de Sherlock
Holmes, que marcou por gera-
ções jamais foi dita por ele. A fra-
se não aparece em nenhuma das
60 histórias escritas por seu criador, sir
Arthur Conan Doyle (1859-1930). Em
textos originais Holmes dizia apenas
“elementar” em suas analises. O res-
ponsável por atribuir o “meu caro Wat-
son” foi o autor Pelham Wodehouse,
em seu livro Psmith Journalist, de 1915.
Um dos personagens de Wodehouse
faz referência a Holmes murmurando:
“Elementar, meu caro Watson, elemen-
tar”. A frase acabou se popularizando e
se tornou como senso comum que per-
tencia ao detetive.
Março/2011 17
Titulo: Dream State
Diretor de Arte: Fábio Barboni
Arte Digital • Ilustração
Artedigital@chapters.com.br
Sol
Infográfico • Sol

• Diâmetro: 1.390.000 km
• Massa: 1,989x1030 kg

• O Sol é extraordina-
riamente maior que
qualquer outro corpo
do sistema solar. De-
tém mais de 99,8% da
massa total do nosso
sistema solar.

• Temperatura do núcleo:
15.000.000 K.
Tecnologia • Cloud computing

Voando
alto
com as nuvens.
Cloud computing é uma
tecnologia que vem se popula-
rizando cada vez mais, mas o
que exatamente se refere? O
termo se refere à utilização da
memória e das capacidades de
armazenamento em servidores
compartilhados e interligados
por meio da internet.
Os dados são armazena-
dos e podem ser acessados
de qualquer lugar do mundo
a qualquer hora. O que priva o
computador de ter a necessi-
dade de instalar programas ou
armazenar os dados em seu
próprio disco. O acesso é feito
através da conexão da internet,
por isso a alusão com a nuvem.

Março/2011 23
Amazônia não é respon
produção de oxigênio d
Essa informação por mais
batida que seja ainda ilude di-
versas pessoas. A Amazônia
sem duvida é de importância
mundial por diversos fatores,
mas é bobagem falar que ela é
a responsável pela maior produ-
ção de oxigênio. Segundo pes-
quisa feita pela Universidade de
Stanford. 54,7% de todo oxigê-
nio vem das algas marinhas.
Ciência • Oxigênio

Segundo cientistas, a
Amazônia é o que chamam de
ambientes estilos clímax ecoló-
gico, é quando a floresta conso-
me quase todo o oxigênio que
produz.
nsável pela maior
do mundo.
Confira a origem de produção de oxigênio no mundo.

54,7%
Algas marinhas

24,9%
Bosques e florestas

9,1%
Estepes, campos e pastos

8,0%
Áreas cultivadas
Março/2011 25
Capa • Sonhos
Sonhos
Controlar, distorcer dominar... a
mente adormece, mas os pensa-
mentos invadem sua mente lhe le-
vando a momentos do passado, a
realidades distorcidas ou a teste de
resistências descomunais. Aprenda
o que é um sonho e os segredos se-
lados por ele.

Março/2011 27
C orra... mais que suas
pernas conseguem,
mais que o pulmão
golpeia o peito suprin-
do o oxigênio, sua velocidade
se torna menor, seu desespero
O que é um sonho? Ima-
gine que seu cérebro é um gi-
gantesco quartel, e todos são
comandados pelo general cha-
mado Córtex pré-frontal, parte
do cérebro que é responsável
consome seu coração, está es- pelo pensamento racional, ele
curo, é difícil se mover e você comanda tudo, cada pensa-
precisa fugir, uma perseguição mento ou atitude. Mas quando
que temoriza sua mente e o está no sonho, o outro lado da
sucumbi em terror. Booo! Bom fronteira, ele apaga, desativa, e
dia ou boa noite. Em algum mo- ai que começamos a nossa via-
mento de sua vida você já este- gem.
ve em uma situação de pânico, Todas as outras partes do
de medo ou perseguição nos cérebro, cada bloco do “quar-
temidos e famosos pesadelos tel” responsável por algo des-
que assombram nossas noites. perta e caminha livre, sem
Mas antes de conhecer a parte nenhuma ordem e agem de ma-
sombria de nosso adormecer
vamos iniciar a caminhada pelas
nuvens, pelos sonhos.

28 Março/2011
neira descontrolada pensando dos voluntários foram colocados
agindo como quiserem, é o es- para um cochilo de duas horas e
tado de sono REM. Isso gera os o restante ficou acordado. Quan-
cenários com barcos voando por do todos retornaram ao jogo os
nuvens ou vôos pelo céu em meio que adormeceram tiveram um
à cidade dominada por leões de destaque solucionando o labirin-
chamas. Mas essa bagunça men- to antes. Em entrevista alguns
tal tem algum sentido? Segun- comentaram que sonharam com
do o neurocientista Robert Sti- momentos do passado e busca-
ckgold, de Harvard, sim. Através vam meio de solucionar labirintos
de uma pesquisa ele concluiu que mentais. Para Stickgold, esses so-
o cérebro busca resolver proble- nhos eram apenas imagens men-
mas, em sua pesquisa ele reuniu tais que ocultavam o que real-
100 voluntários para solucionar mente os pensamentos estavam
um labirinto virtual, depois de na- fazendo, processando o labirinto,
vegar e buscar solucionar eles de- analisando detalhes de como em
ram um intervalo de cinco horas. uma situação similar ele poderia
Durante esse intervalo metade resolver com velocidade.

Março/2011 29
30 Março/2011
Isso se tornou real quando armazenados no inconsciente.
em um sonho Paul McCartney A psicóloga americana Rosa-
conseguiu criar uma melodia in- lind Cartwright conclui que as
teira, a obra que seria um gran- pessoas que sonham com os ex
de sucesso chamado Yesterday. após rompimentos de relacio-
Segundo Freud, os sonhos são namentos se recuperam mais
uma maneira de buscar os de- rápido, pois é uma maneira de
sejos das pessoas, seus desejos aliviar a dor.

As verdades de
Inception “Origem”
Após assistir o filme com certeza você sente dezenas
de ligações e aceitam algumas verdades. Vamos
filtrar um pouco e levantar os pontos reais.

É possível sonhar dentro de Existem sonhos coletivos?


outro sonho? Não, segundo Robert Stickgold
Sim, mas você só percebe quan- eles podem ter a mesma ori-
do sente a sensação de falso gem mas as pessoas não podem
despertar. compartilhar o mesmo sonho.

É possível fazer a inserção de No mundo dos sonhos o tem-


idéias? po realmente é mais longo?
Sim, sugestões antes de dormir Não, enquanto adormecido per-
influenciam nos sonhos. Mas de-se a noção de tempo o que
nada garante que isso ira forçar pode vir a criar uma ilusão com
ele tomar uma atitude segura e tempo extra, mas como não
previsível. se tem controle não é possível
criar um modo de comparação.
Doces e encantadores

pesadelos.
Quando se cai das nuvens da que os pensamentos julgam
dos sonhos e se é abraçado por ser necessário e nesse período
demônios e medos caóticos? Du- que outros pensamentos po-
rante o processo de sonho, no dem acabar se assustando com
inicio do estado REM as imagens a construção e acabam criando
estão sendo construídas à medi- os cenários de pesadelos.

32 Março/2011
Segundo Allan Hobson, ações de pavor e teste mental.
psiquiatra, os pesadelos são um Isso estimula a criatividade e o
treino, os pensamentos perce- controle mental, isso quem afir-
bem a fraqueza do cérebro e ma é Flávio Aloe, coordenador
cria treinamentos para a mente. do Centro Interdepartamental
Situações de pavor e caos para de Estudos do Sono do Institu-
que a consciência se acostume to de Psiquiatria do Hospital das
com isso. Existe uma parcela de Clinicas de São Paulo, “Quem
6% da população mundial que tem mais sonhos desagradáveis
sonham pesadelos recorrentes. fica mais regulado emocional-
Noite a pós noite estão em situ- mente” comenta.

Março/2011 33
Controle dos sonhos
É possível controlar seu de psicólogos e entre eles foi o
sonho? Sim, segundo o especia- Stephen LaBerge da Universi-
lista Stephen LaBerge é possível dade de Stanford, nos EUA. Em
controlar seus sonhos, escolher 1978, buscando provar que exis-
a história, ambiente, as pessoas tia essa condição, LaBerge reu-
que vão aparecer e orientar o niu 15 voluntários e combinou
objetivo. Diferente do filme Ori- um sinal com os olhos caso eles
gem, é desnecessários drogas conseguissem adquirir cons-
ou aparatos tecnológicos para ciência no sonho e funcionou.
possuir a sensibilidade de con- Com isso o psicólogo criou um
trolar os sonhos. Isso se chama método de controle de sonho
sonho lúcido, conceito criado lúcido.
pelo holandês Frederik van Ee- Um dos estudos mais re-
den há quase 100 anos. “Nos so- centes, conduzido por Jayne
nhos lúcidos, a reintegração das Gackenbach, da Universidade
funções psíquicas é tão comple- Grant MacEwan no Canadá com-
ta que o sonhador se recorda do provou que tanto os sonhos
dia a dia e de sua própria condi- quanto o mundo digital são re-
ção.” Escreveu o psiquiatra em alidades alternativas. Ela afirma
seu livro “Um Estudo dos So- que quem possui habilidade no
nhos” em 1913. Essas teorias e cenário virtual, influencia e pode
estudos influenciaram dezenas ser útil no mundo dos sonhos.
Confira o método de controle de sonhos desenvolvido
por Stephen Laberge.

Passo 1 – Antes de ir para cama, Passo 3 – Quando a lucidez se


pense repetidamente e com manifestar, não tente alterar o
convicção: “Terei um sonho lú- cenário ou mudar os persona-
cido esta noite”. Isso ajuda seu gens. Apenas relaxe, você sa-
cérebro a se preparar para a lu- berá que esta na cama por ser
cidez durante o sonho. lembrar-se de ter dormido, mas
não sentira a cama, suas visões
Passo 2 – Escolha um “símbolo e sensações serão do sonho que
onírico”, que seu cérebro possa está até então inalterado.
reconhecer durante um sonho
normal. E internalize a idéia de Passo 4 – Lentamente comece
que, na presença desse símbo- a controlar o sonho. Decida por
lo, você tomará consciência de exemplo trocar a cor dos obje-
que está sonhando. tos, porém se forçar irá desper-
tar, pois o Córtex pré-frontal irá
Exemplo: Toda vez que você ver despertar. Caso sinta que está
um objeto vermelho seu cére- acordando tente girar seu cor-
bro o reconhecerá e avisará que po no sonho. Isso ajuda a man-
aquilo é um sonho. ter as visões oníricas.
Comprei um segundo Joystick... pra que?
Por: João Marcos

Então esse natal me juntei GoldenEye no N64. Pelo menos


com meu irmão e ganhamos um aqui sempre me juntava com
PS3. Entre os jogos que pega- meus amigos para jogar em du-
mos foi o novo Need For Speed plas. Jogos de corrida então só
Hot Persuit, um dos jogos mais se dividi a tela em 2, as televisões
elogiados por todos os gamers. estão cada vez maiores, não tem
Estamos lutando pelo o menor sentido eliminar o mul-
“Jogo Justo”, mas parece que tiplayer, só sendo possível jogar
as empresas de games estão assim online.
dando um golpe esperto nos ga- Eles sugerem que eu com-
mers. Porque os jogos atuais de pre outro console, outra tv para
corrida NÃO estão tendo opção pode linkar os 2 e jogar com meu
multiplayer dividindo as telas ??? irmão ???
Entendo que a grande no- Se continuar assim na pró-
vidade dessa geração, é o jogo xima geração nem futebol vc
online, vários jogadores ao mes- vai poder jogar offline em dupla.
mo tempo. Mas o que acontece Acho que essa atitude merece
quando eu só quero desafiar o uma crítica severa, principalmen-
meu irmão, que mora comigo ? te em jogos de grandes vendas
Pra que então eles vendem um como o F1 e o Need For Speed
Joystick a parte ??? Hot Persuit.
Jogos multiplayers sem- 2 Jogadores funcionaram
pre funcionaram perfeitamente desde o Atari até o PS2(inclusive
bem, basta lembrar a febre do sua versão de Hot Persuit). Qual
o problema da nova geração ???
Futuramente será lançado
o novo Twisted Metal, famoso
jogo de corrida / briga de carros
do Playstation, será que vai vir
com Multiplayer ????

Jogos que não tem multiplayer

Need For Speed


Formula 1
Blood Drive
Por: Moisé

“Choose your Destiny ! ” – Shao Kahn


Game• Mortal Kombat
és C. Freire

E
m 1987 a empresa jogo que surpreenderia por sua
japonesa de jogos violência e realismo com lutas
Capcom lançava aos bem elaboradas e a possibilida-
arcades um de seus de de acabar com o adversário
maiores sucessos, o jogo de de diversas maneiras violentas.
luta para 2 jogadores conhecido Em 1991 a Midway games, que
como Street Fighter, o jogo se também lançou Pac-man, levou
tornou um sucesso dominando aos arcades aquele que foi bati-
os arcades e fazendo a cabeça zado de Mortal Kombat, um dos
da garotada em sua época. Po- melhores, mais famosos e mais
rém, em 1989 um intrépido pro- polêmicos jogos de luta de to-
gramador de jogos e seu par- dos os tempos.
ceiro designer, Ed Boon e John Com seus 20 anos, um
Tobias, tiveram a idéia de um histórico de 17 jogos lançados,
jogo de luta que faria frente ao muito sangue, violência, mor-
famoso SF. Tal idéia era de um tes, proibições e processos ju-

Março/2011 39
diciais além de filmes, seriados,
desenhos animados e outras
coisas mais a série MK mostra
que a idade não lhe enfraque-
ceu lançando Mortal Kombat,
ou MK9. O jogo, com previsão
de lançamento para 19 de Abril
deste ano, é o 9° jogo da série
original e promete voltar a suas
origens “repondo” elementos
dos antigos jogos com algumas
melhorias além de toda a vio-
lência sem limites e escrúpulos,
algo que para muitos fãs havia
enfraquecido nos últimos jogos
da série.
MK, será produzido pela
Netherrealm Studios para Ps3 e
Xbox 360, é o primeiro jogo da
franquia Mortal Kombat a ser
produzida sob exclusividade da
Warner Bros e é o primeiro jogo
com classificação “M-rated”,
apenas para adultos, de toda
a 7° geração de consoles por

40 Março/2011
ser considerado simplesmente
como “um jogo doentio”. Ou-
tra novidade é o uso de gráficos
“2.5D” que são gráficos 3D com
a jogabilidade de 2D, como nos
primeiros jogos, onde a movi-
mentação era apenas pra frente
e pra trás.
O enredo do jogo, assim
como sua definição, é um re-
começo para toda a saga. A
história se inicia após o MK: Ar-
mageddon onde Raiden, o deus
do trovão, prestes a ser morto
por Shao Kahn envia uma men-
sagem ao seu eu do passado, o
Raiden do primeiro MK, dando-
-lhe conhecimento sobre todos
os acontecimentos que o leva-
ram até aquele desfecho, com
a possível vitória de Shao Kahn
e a destruição de todos os mun-

Março/2011 41
Round 2…Fight!
dos. Assim o jogo se passa entre
os três primeiros capítulos da
franquia com um Raiden ciente
dos acontecimentos futuros al- Como não poderia deixar
terando os acontecimentos do de serem, os combates em MK
passado a fim de mudar o curso também voltaram a suas raízes.
de toda a história de MK para São ao todo 26 personagens
evitar o futuro desastroso. dentre os clássicos para esco-
lher, além de personagens para
download e um bônus, sim, o
violento Kratos de God of War.
A movimentação em 2D impede
de se locomover para os lados
e as lutas ficaram mais rápidas
tornando tudo mais intenso e
realista com machucados acu-
mulados no corpo de um lutador
ao decorrer da batalha. Há um
novo sistema de combos, o joga-
dor o monta livremente, usando
desde as armas do personagem
até golpes em conjunto com um
aliado, no caso de estar no modo

42 Março/2011
Tag-tean modo de luta em dupla,
presente em outros jogos, onde
a novidade é trocar de lutador
livremente durante a luta. Ou-
tras opções de jogo são Story
Mode, Challenge Tower onde se
faz desafios em troca de moedas
na compra de itens no jogo e o
Modo Online, um grande desta-
que no jogo além dos básicos Vs
e Arcade mode. Outra novidade
é uma barra especial dividida em
três níveis, o primeiro aumenta
o nível de ataques especiais, o
segundo permite anular com-
bos de formas diferentes, e o
terceiro permite entrar no modo
combo X-Ray, no qual se desfere
potentes ataques visualizando
os efeitos internos nos ossos do
oponente variando por persona-
gens.

Março/2011 43
Finish Him!
MK9 se apresenta como o a 7° geração de consoles pode
jogo mais “adulto” de toda a sé- oferecer. O velho estilo de MK
rie. A violência sem precedentes com o novo estilo da 7° geração,
é mostrada de forma totalmen- a união do antigo com o novo,
te explicita e totalmente deta- trás bons resultados.
lhada, usando o máximo que Wins….Flawless Victory

44 Março/2011
Game• DarkSpore

Darks
spore
P or diversas eras os
Crongenitors, uma
avançada e antiga
E-DNA. Um cientista do pla-
neta Verdanth chamado Sage
descobriu como o E-DNA era
civilização, gover- instável e perigoso, e antes
nou a galáxia transformando mesmo de conseguir avisar
e remodelando planetas e os Crongenitors, mutantes
formas de vida. Durante um geneticamente modificados
desses inúmeros experimen- com do E-DNA se espalharam
tos científicos avançados, eles por todo o seu planeta natal
criaram cinco tipos diferentes como uma gigantesca nevoa
de DNA, entre eles um pode- de praga, criando a primeira
roso tipo específico chamado raça de Darkspore.

Março/2011 47
Desenvolvido pela Maxis O jogo esta com grande
junto a Eletronic Arts, Darkspo- expectativa pelos fãs de Spore
re é um jogo de RPG com ação que acompanham a série, no
espacial, contendo diversos ele- modo multiplayer a jogabilida-
mentos de multiplayer sobre a de é similar a Diablo, mas os
estrutura do antigo jogo Spore. O efeitos são clássicos da estrutu-
jogo tem previsão de estar nas lo- ra antiga.
jas entre 26 a 28 de Abril, porém Para informações comple-
você pode desfrutar do demo fa- tas sobre o jogo acesse:
zendo download direto do site. www.darkspore.com

48 Março/2011
Março/2011 49
É Proibido Proibir
Por: Alexandre Furtado

Desde que me conheço mas todas seguindo o mesmo


por gente sempre que conver- gênero, conhecido hoje como
sas entravam no tema do cine- “Pornochanchada”. Mas não se
ma nacional a grande maioria apavore com o nome, é apenas
das pessoas usava a mesma uma maneira chula de rotular
expressão, de que tinha muita tudo que acontecia naqueles 90
“mulher pelada”, ou “muita sa- minutos que, queiram ou não,
canagem”. hoje fazem parte de nossa his-
O problema é que na épo- tória cultural.
ca em que as pessoas falavam Mas para entender como
isso, o nosso cinema estava tudo aconteceu precisamos en-
passando por uma renovação a xergar além das películas e ver o
passos pequenos exatamente ambiente em que elas eram fei-
por essa imagem que ele tinha tas. Nos anos 70 a ditadura mili-
impresso na cultura popular. Eu tar a todo vapor pregava a hiper-
via os novos filmes e não conse- valorização do produto nacional
guia entender onde estava toda e obrigava as salas de cinema a
essa nudez e PUTARIA da qual exibirem sempre uma cota de
me falavam tanto. filmes nacionais, o dinheiro en-
O que eu não sabia, é que trava fácil então começaram a
ela estava a 20 anos no passa- surgir inúmeras produtoras inde-
do, em uma das épocas em que pendentes com pouco dinheiro,
fizemos mais produções para mas com atores e atrizes dispos-
cinema do que qualquer outra, tos a qualquer coisa.
O povo, acostumado com
a censura, enxergava aqueles
filmes como algo valioso, e en-
tão milhões de espectadores
lotavam as salas de cinema para
ver essas obras repletas de vio-
lência, nudez e palavrões. De
certa maneira, a representação
da realidade presente naque-
les filmes era crua e criava uma
identificação direta com o brasi-
leiro que só tinha duas escolhas:
ver pornochanchadas, ou algum
filme dos trapalhões.
Mas não pense que todos
os filmes viviam dessa explo-
ração visual, no meio de tudo
isso tivemos verdadeiros clás-
sicos da dramaturgia como A
Dama da Lotação e Bonitinha
Mas Ordinária, ambas baseadas
em peças de Nelson Rodrigues.
A segunda obra se tornou me-
morável por seu teor agressivo,
conduzido brilhantemente por
Braz Chediak, e pela atuação
fantástica de Lucélia Santos
que em uma cena praticamen-
te cospe em um misto de ira e sar dos tempos foram sendo es-
tesão a frase “Me FODE negro!” quecidos até se tornarem ape-
que para mim fica tão, ou mais, nas uma mancha de vergonha
memorável que qualquer “Ro- na história do nosso cinema.
sebud” de Cidadão Kane ou Agora eu pergunto, vergo-
“Here’s Lookin At You Kid” de nha do quê PORRA? Os america-
Casablanca. nos tem orgulho de seus filmes
Mas um dos filmes mais de blaxploitation, os australia-
populares dessa época só foi nos idolatram a sua ozploita-
adquirir sua fama quase 30 anos tion, por que nós não podemos
depois, é Amor Estranho Amor, nos orgulhar da nossa participa-
também conhecido por toda a ção? Será que se chamássemos
internet como “o filme proibido de BRploitation passaria de ver-
da Xuxa”. A grande maioria das gonha para Cult?
pessoas conhece as cenas de Concordo que algumas
nudez do filme, mas nunca as- produções são vergonhosas,
sistiram a obra completa que na mas até quando começamos a
verdade é consideravelmente fazer filmes como Central do
muito boa e trata de assuntos Brasil, tínhamos um Cinderella
que hoje dificilmente algum di- Baiana aparecendo pelas beira-
retor teria coragem de retratar das. O importante é ter orgulho
em tela como prostituição ju- de fazer parte de um país que
venil, pedofilia e com cenas de sempre fez cinema, que tem o
molestamento. dom de contar histórias, e mos-
Mas um dia tudo chega trar os verdadeiros persona-
ao fim e quando a obrigação gens do Brasil. Mesmo que es-
da cota de filmes nacionais aca- ses personagem sejam um casal
bou, eles foram pouco a pouco FODENDO!
tirados do cinema, e com o pas-
Cinema• Thor

Por: Alexand
N o ano passado um
grande público lotou
as salas de cinema
para assistir a Homem
de Ferro 2, alguns gostaram,
outros ficaram decepcionados,
mas foi depois que os créditos
subiram no final do filme que
veio a única cena que foi con-
senso geral, uma cena de 53
segundos com nada além de
um martelo no meio do deser-
to mas que levou todos os fãs a
loucura.
Um ano depois, chegou a
hora de uma mão levantar essa
martelo, nesse dia 29 de abril es-
tréia em todo o território brasi-
leiro a adaptação cinematográfi-
ca de um dos principais herois do
universo Marvel, Thor.

dre Furtado

Março/2011 55
O filme conta a história e nem utiliza-se de ciência para
de Thor, filho de Odin e um nada, a fonte de seus poderes é
dos deuses da mitologia nór- pura magia inexplicável. A prínci-
dica que é exilado por seu pai pio pode parecer nada demais,
na terra como castigo por sua mas a missão do diretor Kenneth
arrogância. Em nosso planeta Branagh é conseguir tornar tudo
ele irá passar por uma jornada isso crível o bastante para acon-
de auto-conhecimento onde vai tecer no mesmo mundo dos fil-
descobrir o real significado de mes do Homem de Ferro, Hulk e
ser humano, ao mesmo tempo do vindouro, Capitão América.
que precisa evitar forças som- Mas apesar de dificil a mis-
brias de Asgard que pretendem
dominar a Terra.
O filme que já chega
com um grande desafio
pela frente, de apresen-
tar para o grande pú-
blico o lado “mágico”
dos quadrinhos. O
personagem não é
fruto de nenhuma
experiência

56 Março/2011
são pode se tornar bem simples sico literário Frankenstein de
quando visto quem está lideran- Mary Shelley. O campo da fan-
do ela. Kenneth Branagh, além tasia e do extraordinário já são
de um ator consagrado, tem um a especialidade do diretor que
histórico invejável como dire-
tor, são deles as mais recentes
adaptações de Hamlet e do clás-

Março/2011 57
também é muito bem lembrado das maiores revelações do fil-
como alguém que consegue ti- me, Tom Hiddleston no papel
rar o máximo de seus atores. de Loki, o meio-irmão e arquini-
E essa é outra grande van- migo de Thor.
tagem do filme que apesar de Agora é ir ao cinema e
ter como protagonista o pouco conferir como foi montada essa
conhecido Chris Hemsworth, grande aventura que já povoa os
leva como elenco de apoio no- sonhos dos fãs a décadas e que
mes de peso como Anthony Ho- é apenas mais um passo para a
pkins no papel de Odin, Natalie preparação do grande filme “Os
Portman como Jane Foster, Vingadores” que irá juntar todos
o interesse amoroso do Deus os grandes heróis Marvel em um
do Trovão, Stellan Skarsgard e evento sem precendentes na
aquele que promete ser uma história do cinema.
SPOILER ALERT
Como todo filme da Mar- curiosidade e quiser saber qual
vel até então, Thor também é a cena nós colocamos uma pe-
tem uma cena depois dos cré- quena descrição dela abaixo.
ditos que faz uma preparação Mas atenção, a descrição
para Os Vingadores e se você, contém spoilers sobre o enredo
leitor, não se aguenta mais de do próprio filme.

Clique aqui para ler

A cena começa com o pro- mala de metal com o cubo cós-


fessor Selvig entrando em uma mico dentro (um artefato muito
instalação da S.H.I.E.L.D., lá ele conhecido entre os leitores do
encontra Nick Fury que mostra universo Marvel), então um re-
para ele uma nova descoberta flexo em um vidro próximo reve-
sobre dimensões paralelas. Ele la na verdade o rosto de Loki no
mostra pro professor então uma lugar do professor.
Março/2011 59
Por: Jennifer de Lima

“O mundo pode ser um


lugar grande e assustador,
no qual várias coincidências
acontecem, e foi assim que
te encontrei.”
Anime• Nana
Março/2011 61
N a���������������������
na, escrito pela man-
gaká Ai Yazawa, obte-
ve tamanho sucesso
que os 12 primeiros
volumes tiveram mais de 22 mi-
lhões de cópias vendidas. Foram
infantil dependente faz com
que todos a sua volta se preo-
cupem com seu bem estar, vai
para Tókio em busca de inde-
pendência e com o objetivo de
ficar com o homem amado.
O

de fo
produzidos dois live-actions, de Oosaki Nana tem como que
considerável sucesso, dirigidos objetivo se mudar para a capi- pode
por Kentaro Otani. A série re- tal japonesa e viver de sua mú- sem
cebeu também uma adaptação sica, e tem convicção de que goti
em anime com 47 episódios vai conseguir, pois acredita em da B
pelo estúdio Madhouse. Com seu próprio talento e no de seus Ston
foco ao publico adulto a história companheiros, possui uma be- bele
aborda descobertas pessoais, leza incomum que se funde com do t
compreensão e superação. seu estilo transbordando sensu- desc
Tanto a série animada alidade por onde passa. dos
quanto o live-actions possuem O destino conspira de varias
uma excelente trilha sonora nas maneira para que as duas fiquem
quais Ana é a inspiração para juntas, dando-lhes a oportunida-
Nana e da vida a musica das de de conviver uma com a outra
mesmas assim como a Olívia Lu- e assim aprenderem mais sobre
fkin da vida a musica de Reira do si mesmas, morando no mesmo
Trapnest. apartamento, começam a pas-
Komatsu Nana sempre sar por varias situações inusita-
sonhou em ser independente, das nas quais descobrem como a
em ter uma vida plena na quais amizade e o amor podem mudar
todos os seus projetos fossem a vida de ambas de uma maneira
ser alcançados. Com seu jeito inexplicável.

62 Março/2011
Oosaki Nana Komatsu Nana
Uma pessoa envolvente
Dona de uma personalida- e carinhosa que teme acima de
orte e decidida, uma pessoa tudo ficar sozinha e com isso aca-
não mede esforços para ba se portando feito um cachor-
er alcançar seus objetivos, rinho, sempre contando sobre
mpre andando com seu visual sua vida e vivendo para ajudar
ic-punk é vocalista da ban- os outros. Muda-se para Tókio
Blast (abreviação de Black procurando ser independente e
nes) possui uma linda voz e melhorar seu namoro com Shou-
eza surreal, teve um passa- ji, mas parece que nada é fácil,
triste, cheio de desilusões na tendo em vista o seu histórico de
coberta de si mesma e de to- problemas amorosos.
a sua volta.
Anime• Ao no Exorcist
Março/2011 65
66 Março/2011
A o no Futsumashi, co-
nhecido como Ao no
Exorcist ou Blue Exor-
cist conta a história de
um filho de demônio com uma
humana, mas não um simples
dos de Exorcistas (祓魔師), pes-
soas que treinam para destruir
demônios que agem de maneira
prejudicial em Assiah. Com mais
de dois mil anos de existência,
esse grupo possui diversas fi-
demônio, Satã, o lorde sobe- liais em todo o mundo, estando
rano destes. Criado por Kazue secretamente sob comando do
Kato, a serie vem sendo exibida próprio Vaticano e agindo de ma-
pela Jump Square desde Abril neira subterfugiosa às massas.
de 2009 no Japão. Satan é o deus dos demô-
O mundo em Ao no Exor- nios em Gahenna e um ser de
cist consistem em duas dimen- ilimitado poder, soberano real
sões, adjuntas uma a outra de todos demônios. Há, contu-
como um espelho e seu reflexo. do, uma única coisa que ele não
O mundo governado pelos hu- possui: um corpo no mundo dos
manos é Assiah. O outro é mun- humanos capaz de abrigá-lo. Por
do dos demônios, Gahenna. Te- esse motivo, ele criou Okumura
oricamente, uma viagem entre Rin, seu filho gerado por uma hu-
os mundos, ou mesmo um con- mana. Mas não está nos planos
tato entre eles, é impossível. En- de Rin ser manipulado por seu
tretanto, qualquer demônio é pai. Ele é um jovem rapaz huma-
capaz de passar à dimensão de no que fora criado por um dos
Assiah através da possessão de mais fortes exorcistas e após des-
um ser vivente na mesma. cobrir ser hibrido decidiu ser um
Em guerra contra esses ini- exorcista e lutar até o fim para
migos, existem aqueles chama- destruir o próprio pai.
Musica• Iron Maiden
I’m stranded in space, I’m lost without trace
I haven’t this chance of getting away
Too close to the sun and surely will burn

E ncerrando a voraz
turnê brasileira em
Curitiba, Iron maiden
levantou multidões
enlouquecidas. No dia 05 Abril
de 2011 foi marcado a fogo pe-
los lendários reis do heavy me-
tal. Iniciando a apresentação
com Satellite 15 de seu álbum
The Final frontier o Expotrade
Pinhais foi pequeno para exalta-
ção dos fãs. A cada “scream for
me Curitiba” de Bruce Dickin-
son, tinha como resposta um
oceano de pessoas gritando até
os pulmões explodirem.
Depois de aquecer com
Motor Rocker os devotos da
dama de ferro puderam presen-
ciar um dos melhores shows do
Brasil. A Chapters esteve pre-
sente através de Alexandre Fur-
tado que compartilha conosco:
“” comenta.

Março/2011 69
Fotos: Thiago Elmiro
2011Of Zelda:Skyward Sword

Durante Abril o Distrito Federal em Brasília se manteve


no calor otaku contando com Onigiri 2011. Um festival reple-
to de atividades otakus, entre elas: animeke, banda wasabi
Legend

com cover de anime songs, free players e o clássico concur-


so cosplay.
Onigiri

Confira as fotos feitas pelo fotografo Thiago Elmiro.


Game• The
Evento•
Game•
A The
hora do Legend
medo Of Zelda:Skyward Sword
• MINDFUCK
A visão se torna esvai condicionando o abraço da
escuridão...sinto o frio.

N este mês, nosso ami-


go do medo b nos en-
viou um conto de ter-
ror real, um caso que
aconteceu no Canadá. Confiram
a seguir.

Março/2011 73
Seu nome era Mary-Ann problema em tirar as fotos, e
Rialeb, e ela estava em uma como ela não respondeu nada,
festa, em um apartamento de ele entendeu que estava tudo
um veterano do colégio, em bem e tirou uma ou duas fotos.
Vancouver. O irmão mais novo Ele perguntou se ela podia mu-
desse veterano aparentemente dar a posição, mas ela ainda não
batizou algumas bebidas com respondia. Então ele mesmo a
anti-congelante para fazer com moveu.
que as garotas ficassem bêba- Entre uma foto e outra, o
das mais rapidamente, mas ele garoto as passava para o compu-
não sabia que era veneno e que tador e colocava na internet. E só
poderia matá-las. foi após a 4ª foto que ele perce-
A única que bebeu o vene- beu que ela não estava respiran-
no foi Mary-Ann, e ela já tinha do. O garoto entrou em pânico
bebido outras coisas antes. Ela e chamou a ambulância, mas era
ficou estranhamente bêbada, tarde demais; ela já estava morta.
e começou a reclamar que não Quando foi avisada da mor-
estava enxergando nada. O ga- te, a mãe da garota entrou em
roto a convenceu a tirar as rou- choque, e disse “Eu sou seu so-
pas e posar para algumas fotos. nho, mente perdida, eu sou seus
Ele saiu para pegar a câmera, olhos enquanto você não está, eu
deixando a garota sozinha no sou sua dor enquanto você sofre.
quarto. Quando ele voltou, per- Você sabe que é TRISTE, MAS É
guntou novamente se não tinha VERDADE!!!”

74 Março/2011
Março/2011 75
Festa estranha gente esquisita!
Por: Fernando Alencar Parte1

Quem participa, ou parti- sora do micro (Sim! O computa-


cipou, de um grupo de RPG já dor já existia!!!!!), e ligávamos
deve ter sido, pelo menos uma na linha telefônica. Com isso
vez, convidado para participar nós conseguíamos conversar
de um encontro de jogadores. (não se usava “teclar” ainda!)
Eu já fui. com outras pessoas por todo
Hoje em dia existem as país. Foi numa dessas conver-
grandes feiras de Animes, os sas, que nosso intrépido grupo
mega encontros de RPG e os descobriu que alguns membros
BGS’s (Brasil Game Show) da do mundo cibernético também
vida. Mas na minha época de jogavam RPG. E isso foi quase
RPGista não havia tanta coi- fatal!
sa assim, ainda mais morando Como a nossa sala de con-
numa cidadezinha do interior! versa (na verdade duas telas
MSN, Skype, Messenger, com os números de 1 a 45 na
Google Talk, SMS, e-mails, eram primeira página e 46 a 90 na
coisas que nem sonhávamos. segunda, e o nome do usuário
Na verdade, nem o ICQ existia na frente) era patrocinada pela
ainda. Tudo o que tínhamos de Radio Cidade de São Paulo, uma
moderno, naqueles tempos, era vez a cada três ou quatro meses
um pequeno aparelho que co- havia um encontro dos partici-
nectávamos na saída de impres- pantes.
Não deu outra, resolve-
mos juntar o útil ao agradável!
Encontro da Sala de Bate Papo
com Grupos de RPG.
Angariação de fundos jun-
to aos “PAItrocinadores”, corri-
da até a rodoviária para compra
de passagens, volta para casa
para arrumar uma pequena
mala com itens de primeira ne-
cessidade (tabuleiros, dados,
miniaturas, livro do mestre, es-
cova de dentes, pasta de dente,
uma troca de roupa e afins), ou-
tra corrida até a rodoviária para
pegar o ônibus. E lá fomos nós,
“Um grupo de cinco adoles-
centes do barulho embarcando
numa aventura cheia de suspen-
se e muita emoção” (juro que
ouvi o locutor da Sessão da Tar-
de falando!), rumo à Capital. Aí
começam os problemas!
Chegando no Terminal Ro-
doviário do Tietê, cidade de São
Paulo, nos aproximamos do gui-
chê de informação e pergunta-
mos que “Circular” deveríamos
pegar para ir até o bairro do Ipi- Paulo é São Paulo (entenderam
ranga. A menina da informação o porquê da baba?).
nos olhou com aquela cara de Finalmente chegamos
paisagem e devolveu a pergun- no local do encontro. Agora
ta: - O que é uma “Circular”? seria só festa... Ou não! Chega-
Nos olhamos incrédulos! mos duas horas antes do início.
Três de nós querendo se enfiar O local ainda estava fechado.
debaixo da mesa em posição fe- Não nos demos por vencidos.
tal e chorar até que a mãe vies- Nos acomodamos na calçada,
se buscar. Respiramos fundo, e abrimos o tabuleiro e iniciamos
estampando uma fingida cara uma rápida campanha de D&D
de despreso, reformulamos a (bendita mala com itens de pri-
pergunta para: “Como chega- meira necessidade!). Nos em-
mos ao bairro do Ipiranga?” A polgamos tanto na partida que
resposta não podia ser mais ri- nem notamos o pessoal che-
dícula. – “Pega o ônibus Tietê / gando para o encontro. Só per-
Ipiranga ali na frente!”. E com cebemos algo quando os que
cara de trouxa seguimos para também jogavam RPG vieram
pegar o “ônibus” e não a “circu- conversar com a gente. Demos
lar”. Foi uma viagem tranquila, e a partida por encerrada e nos
tentávamos não babar olhando aventuramos no mundo de “en-
o visual de cidade grande pela contros às escuras”.
janela. Não era a primeira vez Como esse texto está
que íamos para lá, mas ainda as- ficando longo, no próximo eu
sim, era uma cidade grande. Na conto como foi o final de nossa
nossa cidade só existia um, isso aventura.
mesmo UM edifício. Bem, São
Saudações do Patriarca Gallahad!
Livraria• Era Perdida
A
s Aventuras do Caça- já possui seis livros escritos até o
-feitiço (The Wardstone momento: O Aprendiz, A Maldi-
Chronicles) conta a tre- ção, O Segredo, A Batalha, O Erro,
jetória sobre o peque- O Sacrifício, O Pesadelo e O Desti-
no Thomas J. Ward e seu aprendi- no, sendo que no Brasil apenas os
zado para combater as forças das quatro primeiros foram lançados.
Trevas, por ser o sétimo filho sua Cada livro conta um ano de desa-
sensibilidade às forças malignas é fio e aprendizado de Ward, sendo
superior aos demais. Escrito pelo seu diário pessoal que carrega.
britânico Joseph Delaney a serie

Março/2011 81
Próxima Edição:
20 de Maio

Interesses relacionados