Você está na página 1de 10

PROJETO SERRA DE MADEIRA

Abaixo estão relacionados os principais materiais para a confecção da serra com


estrutura de madeira. Além dos materiais aqui apresentados, serão necessários
alguns outros como parafusos, porcas, pedaços de cantoneira e etc.

TABELA DOS PRINCIPAIS MATERIAIS A SEREM USADOS

Quant. Classe Tipo Comprimento Largura Espessura Aplicação Ref.


4 Madeira Maciça +/- 76 cm 10 cm 3.5 Travessas a
4 Madeira Maciça +/- 72 cm 10 cm 3.5 Travessas b
4 Madeira Maciça +/- 80 cm 12 cm 7 cm Pés c
1 Madeira Chapa 30 cm 40 cm 18 mm Suporte do motor d
2 Madeira Maciça 50 cm 25 cm 3.5 cm Laterais do furador e
1 Madeira Maciça 30 cm 25 cm 3.5 cm Fundo do furador f
1 Madeira Maciça 30 cm 25 cm 3.5 cm Base do furador g
1 Madeira Maciça 30 cm 5 cm 3.5 cm Fixação do furador h
1 Madeira Maciça 30 cm 34 cm 3.5 cm Fundo do carrinho do furador i
1 Madeira Maciça 40 cm 30 3.5 cm Mesa do carrinho do furador j
1 Madeira Maciça 15 cm 15 cm 3.5 cm Estrutura do carrinho do furador k
1 Madeira Maciça 50 cm 10 cm 3.5 cm Batente l
2 Madeira Maciça 30 cm 5 cm 3.5 cm Suportes de fixação do batente m
1 Madeira Compensado 90 cm 80 cm 18 mm Mesa da serra n
4 Madeira Maciça 90 cm 5 cm 2.5 cm Estrutura da mesa da serra o
1 Fórmica Chapa 95 cm 85 cm 1 mm Revestimento da mesa da serra p
1 Aço Barra rosqueada 20 cm 1/4" - Fixador da regulagem da mesa q
4 Aço Barra rosqueada 100 cm 3/8" - Fixador da estrutura da serra r

O motor para esta maquina, deve ser de no mínimo 1cv.


A polia para o motor pode ser do mesmo tamanho da polia do mancal (+/- 3"), ou um
pouco menor (2.1/2" ou 2.3/4"), para aumentar a rotação do eixo do mancal.

PROJETO SERRA DE MADEIRA


A estrutura é a base fundamental da serra.
Para obter uma boa estrutura, é necessário que se escolha uma boa madeira. É
indicado o uso de madeiras como Jatobá, Angelim, Ipê, Maçaranduba ou outra
madeira dura e resistente.
A ESTRUTURA

São 16 as peças de madeira que compõem a estrutura


de madeira da serra.
8 travessas
4 pés
2 suportes para o mancal
1 suporte para o motor

Após a montagem da estrutura de madeira, deve-se


instalar as barras rosqueadas de 3/8" para evitar que as
espigas afrouxem.
Perceba que as barras rosqueadas de 3/8", são
colocadas apenas na frente e na traseira da estrutura,
isso é porque as quatro espigas das travessas, frontais e
traseiras, são mais curtas que as espigas das travessas
laterais.
As espigas das travessas frontais e traseiras, devem ser
de no mínimo 3 cm de comprimento e as espigas das
travessas laterais devem ser de no mínimo 8 cm.

Os pés da estrutura devem receber várias furações.


Estas furações são para a colocação de caixilhos,
passagem das barras rosqueadas e espigas da travessa.
Os pés podem ser feitos nas medidas 7x12x85 cm.
Caso você seja uma pessoa alta (acima de 1.75 cm),
pode alterar a altura dos pés (85 cm), para sua
conveniência.

A travessa superior lateral que ficará ao lado do


mancal, deve receber um corte circular para que o eixo
do mancal passe livremente por ela.
Perceba que além do corte circular, Em alguns casos pode ser que o mandril, que deverá
também podem ser observados dois estar devidamente instalado no eixo do mancal, fique
furos na travessa. Estes furos são um pouco para dentro da travessa, por isso, deve-se
para a fixação da estrutura do fazer o corte circular de forma que ele passe
furador horizontal. livremente por ele. Em outros casos, o eixo do mancal
é que fica na travessa, neste caso o corte circular pode
ser feito de forma que o mancal fique com uma folga
mínima.
Os suportes do eixo do mancal, são duas peças de
madeira, que devem ser fixadas por espigas nas
travessas superiores, frontal e traseira.
Para que a altura dos suportes fique perfeita, deve-se
medir a altura do mancal e adicionar 1 cm para folga.
Deve-se também, medir a distância entre as furações
do mancal, para acertar a distância entre os suportes, e
assim, marcar e fazer as furações para as espigas em
ambas às peças (travessas).
Os suportes devem ser resistentes, por isso, não
podem ser mais finos que 3.5x5 cm.
As travessas podem ser nas medidas 3.5x12x70 cm,
no entanto, o comprimento (70 cm), pode ser alterado,
conforme suas necessidades.

O suporte do motor, pode ser feito de uma tabua de


madeira nas medidas 30x40x2.5 cm.
Para que o suporte do motor fique articulável,
use duas dobradiças reforçadas para fixá-lo a estrutura.
O suporte deve ser instalado o mais próximo possível
do pé da estrutura, para que ao instalar o motor,
consiga alinhar corretamente a correia nas polias do
motor e o eixo do mancal.
A regulagem do suporte do motor, pode ser feita
Ao prender a regulagem do suporte usando uma barra chata de 1+1/2", cortada de forma
do motor, lembre-se de que ela deve que o parafuso corra por ela, um parafuso borboleta
girar no parafuso que a fixa na para para fixar a regulagem e um parafuso com porca
travessa, para prendê-la a estrutura (Veja a imagem ao lado).
para acompanhar a regulagem.
PROJETO SERRA DE MADEIRA
A mesa da serra deve ser feita de forma que fique alinhada perpendicularmente a
lâmina. Desta forma, o corte dos materiais ficará já no esquadro e não será
necessário sua aferição.

A MESA

A mesa da serra pode ser feita tanto de chapa de


compensado de 18 mm quanto de madeira maciça.
As peças que compõem a mesa são:
1 Tampo, de compensado ou de tabuas de madeira
maciça.
4 sarrafos de madeira maciça 2.5x5 cm.

No caso da mesa de compensado, deve-se cortá-la de


forma que fique sobrando 3 cm para a frente e laterais
da estrutura, e 7 cm para trás.
Após cortar o tampo, adicione os sarrafos (2.5x5) na
parte inferior para reforçar a mesa. Revista a mesa com
uma fórmica de 1 mm para que os materiais deslizem
melhor sobre ela. Feito isso, instale duas dobradiças
reforçadas na parte de trás da estrutura e coloque a
mesa sobre ela, para marcar a posição das dobradiças.
Após marcar as dobradiças, retire a mesa, desmonte as
dobradiças pelos pinos e aparafuse-as na mesa. Agora
é só colocar a mesa sobre a estrutura e montar as
dobradiças.

No caso da mesa de madeira maciça, deve-se cortar as


tábuas no mesmo comprimento e em seguida abrir
encaixes em suas laterais, deforma que ao serem
unidas, não fiquem frestas. Uma boa idéia é usar
tábuas corridas de ipê, elas já vêm com os encaixes
necessários e são bastante resistentes.
Após montar as tábuas e formar o tampo, pregue e
aparafuse os sarrafos (2.5x5 cm), na parte inferior para
reforçar a mesa.
Feito isso, siga os passos acima para fixá-la a estrutura.
Para fazer o rasgo por onde irá passar a serra, todo o
sistema já deverá estar instalado (motor, eixo do
mancal e correia), e ligado a eletricidade através de um
disjuntor.
Instale uma lâmina no eixo e ligue a serra com a mesa
levantada. Abaixe a mesa aos poucos e devagar, para
que a lâmina possa abrir o rasgo corretamente. Feito
isso, alargue o furo usando uma lima, ou uma serra
circular manual ou então uma serra Tico-Tico.

Outro ponto importante é a regulagem da altura da


Nesta imagem as polias aparecem mesa. Esta regulagem ajudará a regular a altura da
fora da estrutura; isso é apenas para lâmina da serra na mesa.
que sejam vistas como exemplo. Para fazer a regulagem é muito simples, basta fazer,
Na realidade as polias devem com um pedaço de chapa de aço de 1 mm de
ficar dentro da estrutura da serra. espessura, uma peça que deverá ter um rasgo no meio
por onde passará o parafuso de fixação da regulagem.
O parafuso pode ser feito com um pedaço de barra
rosqueada enfiada em um pequeno pedaço de tubo para
fazer a ponta. Após soldar o tubo à barra rosqueada,
Acima a imagem da barra faça um furo próximo a extremidade do tubo para a
rosqueada (1/4") enfiada colocação de uma barra de aço (1/4"), com
e soldada no tubo. aproximadamente 20 cm de comprimento. Esta barra
de aço servirá para ajudar a girar a barra rosqueada.
Estando pronto o parafuso, faça um furo passante, um
pouco mais largo que a barra rosqueada no centro da
travessa superior frontal. Na parte de dentro deste furo,
adapte uma porca para a barra rosqueada.

PROJETO SERRA DE MADEIRA


O furador horizontal é uma ferramenta de apoio para qualquer oficina de
marcenaria ou carpintaria.
Com esta ferramenta, podemos fazer diversos tipos de furação e até mesmo
fresamento, dependendo do tipo de motor e polias utilizado no eixo do mancal.

O FURADOR HORIZONTAL 1ª PARTE

O Furador Horizontal é muito útil para fazer furos comuns,


furos para espigas, facilitar a furação de peças grandes e
etc..

Este furador usa um velho sistema de regulagem, bem


simples e barato de ser confeccionado.
Basicamente, trata-se de duas peças de madeira laterais,
que servem como trilho, e uma central que é o carrinho da
mesa do furador.
A peça central é movida por um volante que gira em uma
barra rosqueada fixa à estrutura inferior do furador.

O volante da regulagem pode ser adquirido pronto no


tamanho de 15 cm e adaptado para esta função. Assegure-
se de que a base do volante seja larga para que sirva
corretamente à sua função
É necessário que seja feito um friso em volta da base do
volante com cerca de 5 mm de largura e 3 mm de
profundidade, para encaixar uma trava que evitará que ele
saia do lugar.
Também é necessário que seja feito rosca em seu furo
central, para a barra rosqueada. É recomendável que a
barra rosqueada seja de no mínimo 5/8" e de rosca fina.
A trava pode ser feita com uma barra chata de 3" x 1/8",
curvada, de forma que sua curvatura, ao travar o volante,
permita que ele encoste na madeira do carrinho.

A estrutura é formada pelas seguintes peças:


2 laterais de 25x50x3.5 cm
1 fundo de 30x30x3.5 cm
1 base de 25x30x3.5 cm
1 sarrafo de 5x30x3,5 cm

A base é formada pelas seguintes peças:


1 Carrinho - peça de madeira de 34x30x3.5 cm
1 Base (mesa) de 30x40x3.5 cm
1 Cantoneira de madeira de 15x15x3.5
A peça de fundo deve ser feita de forma que fique com
rebaixos em três lados. Dois destes rebaixos, darão origem
às corrediças (2x2 cm), e o terceiro é o encaixe da mesa
(2x3.5 cm).
A mesa deve ser colada e aparafusada com parafusos de
O furo na parte de baixo deve rosca soberba.
ter no mínimo 3/4" de largura O fundo deve receber um furo, mais largo que a barra
por 10 cm de profundidade.
Este furo será para que a barra
rosqueada entre e saia enquanto
a mesa é regulada.

rosqueada, e com pelo menos 10 cm de profundidade, na


extremidade que não foi rebaixada, ou seja, na parte de
baixo.

Perceba que a mesa do carrinho tem um a cava convexa

PROJETO SERRA DE MADEIRA


O furador horizontal é uma ferramenta de apoio para qualquer oficina de
marcenaria ou carpintaria.
Com esta ferramenta, podemos fazer diversos tipos de furação e até mesmo
fresamento, dependendo do tipo de motor e polias utilizado no eixo do mancal.

O FURADOR HORIZONTAL 2ª PARTE

O carrinho é a principal peça neste sistema.


Para que ele funcione com regulagem, devemos fazer um
furo no centro da extremidade inferior, de forma que seja
possível que a barra rosqueada entre e saia deste furo sem
prender.
Este furo pode ser feito com cerca de 15 cm de
profundidade, desta forma, o carrinho poderá subir e
descer cerca de 10 cm.
Se sua barra rosqueada é de 5/8", faça um furo de 17 mm
de diâmetro para que fique com uma folga mínima.
Na imagem ao lado, você pode perceber o furo central e o
suporte do volante. O suporte do volante esta nesta
imagem apenas como exemplo, ele deve ser fixado junto
com o volante.
Na imagem ao lado temos o suporte já fixado ao carrinho,
prendendo o volante.
Lembrando que este volante possui um furo central com
rosca apropriada para a barra rosqueada.
Após fixar o suporte e o volante ao carrinho, sobre o furo
previamente executado, enrosque a barra rosqueada no
volante até que ela chegue até o final do furo do carrinho.
Feito isso, instale o carrinho na estrutura do furador e
meça o comprimento máximo da barra rosqueada de forma
que ao abaixar o carrinho ao máximo, a mesa do furador
encoste na estrutura.
O resultado final da montagem da estrutura do furador
horizontal deve ser parecido com o da imagem ao lado.
Após executar a montagem da estrutura do furador
horizontal, ela deve ser fixada a estrutura da serra de forma
que o mandril (que já deverá estar adaptado ao eixo da
serra), fique no centro da mesa do furador.
Lembre-se também de que a mesa do furador deve receber
um rebaixo para que, ao regulá-a, o mandril fique baixo
em relação a ela, proporcionando furações bem próximas a
mesa.
Observe também na imagem ao lado, que existem alguns
furos no carrinho, que esta fixado a mesa. Estes furos são
para passar as porcas que irão fixar os parafusos de fixação
da mesa ao carrinho. Se preferir, pode fixar a mesa ao
carrinho usando parafusos para madeira comuns (rosca
soberba).
A fixação do Furador horizontal na estrutura da serra é
feita por parafusos e porcas. Observe na imagem ao lado,
que o furador é fixado em um dos montantes da serra, do
lado do motor.
PROJETO SERRA DE MADEIRA
O Batente é a peça usada para limitar a madeira que está sendo cortada.
Sem o batente, seria quase impossível um corte reto dos materiais. Usando-o
corretamente, podemos conseguir cortes perfeitamente retos.

O BATENTE

Podemos fazer o batente de madeira ou de aço.

No caso do batente em madeira, este será constituído


por três peças; uma que será o batente em questão e
duas que servirão para prendê-lo à mesa da serra.
As peças de fixação do batente, devem ter cortes
passantes para que o parafuso de fixação corra por
dentro sem dificuldade. Este corte pode ser feito
furando as extremidades (cerca de 4 cm das pontas), e
depois usando uma Tico-Tico.

No caso do batente em aço, este será constituído por


uma cantoneira de 3", duas barras chatas de 2" e uma
barra chata de 1/2" para travar as peças anteriores. Isso
é necessário porque quando soldamos algumas peças
elas costumam ficar repuxadas e saem do lugar.
Usando a peça de 1/2", soldada e unindo as peças de
2", podemos melhorar a precisão do batente.
As peças de fixação (2"), devem ter o mesmo corte
passante para o parafuso. Este pode ser feito
facilmente com uma esmerilhadeira usando um disco
de corte.

Para fixar o batente à mesa da serra, devem ser feitos


vários furos paralelos, em medidas diferentes e
perpendiculares à abertura da lâmina da serra. Estes
furos devem ter uma dimensão suficiente para que os
parafusos passem justos porém livremente por eles. Na
parte de baixo dos furos (no verso da mesa da serra),
devem ser fixadas as porcas, que devem ser
compatíveis com a rosca do parafuso de fixação. Para
fixar as porcas, basta fazer entalhos, no mesmo
formato delas, com o formão, em seguida, colocar
alguns pregos pequenos (10x10), ou pequenos
parafusos com cabeça chata, ao lado delas, de forma
que a cabeça dos parafusos fixem as porcas para evitar
que elas caiam.

Você também pode gostar