P. 1
Tristão e Isolda Resumo da História

Tristão e Isolda Resumo da História

5.0

|Views: 36.594|Likes:
Publicado porNeiza Semedo

More info:

Published by: Neiza Semedo on May 05, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/13/2013

pdf

text

original

Tristão e Isolda Resumo da História

Tristão é um cavaleiro, órfão e entregue aos cuidados do seu tio Marc, rei da Cornualha, uma província Britânica que o transformou num cavaleiro da Távola Redonda. Numa das suas batalhas, após ter vencido o gigante Morholt, Tristão ficou gravemente ferido e só a rainha da Irlanda, uma grande inimiga de seu tio que tinha o d om da cura, o podia salvar. Antes de se dirigir ao castelo da Rainha, Tristão disfarçou-se de músico, tomou o nome de Tãotris e tornou-se professor de música da princesa Isolda, a Loura. Tristão, já curado, matou um cruel dragão, em Weisefort, na Irlanda, e voltou para o castelo de seu tio Marc, a quem descreveu a beleza de Isolda com a qual o jove m tinha ficado impressionado. Para acabar com a inimizade entre os dois reinos Marc mandou Tristão ao Reino da Irlanda pedir a mão de Isolda em casamento. A Rainha da Irlanda concordou, mandou organizar um banquete e preparar uma poção do amor para Marc e Isolda. Porém por engano o copo com a poção do amor que estava destinado a Marc foi parar às mãos de Tristão, e logo que os dois beberam a respectiva poção apaixonaram-se perdidamente um pelo outro. Apesar do sucedido o casamento de Isolda e Marc prosseguiu, mas Tristão e Isolda não conseguiam controlar o desejo de estar juntos e começaram a encontrar-se secretamente. Passado algum tempo foram descobertos e Tristão foi expulso do Reino. Tristão foi para França, onde se casou com uma outra jovem também chamada Isolda. A jovem, que era conhecida como Isolda, a das Mãos Brancas, nunca conseguiu ver retribuído o amor que sentia por Tristão e este nunca consumou o casamento, dado que continuava fiel ao seu primeiro amor. Por conseguinte noutra batalha ficou gravemente ferido e mandou chamar a sua amada Isolda, a Loura, que também tinha o Dom da cura para lhe curar. A mulher de Tristão, Isolda, a das mãos brancas, com ciúmes enganou Tristão dizendo-lhe que a outra não viria, já que estava morta. Tristão não suportou a perda e morreu de desgosto. Quando Isolda, a Loura, chegou para curar Tristão encontrou-o sem vida e abraçada ao corpo deste morreu também. Foram enterrados lado a lado e diz a lenda que das sepulturas nasceram duas árvores que cresceram entrelaçadas para que nunca fossem separadas.

Tristão:. Quero saber que há mais do que esta vida e não posso sabe-lo se te matam.Excerto: « Tristão: . Sabíamos desde o princípio.Porque não? Por favor« Isolda: . Mas isso não significa que não é real.Tristão. Vem comigo! Isolda: -Não posso. Eu quero saber que estás vivo e a pensar em mim de vez em quando. Simplesmente não pode ser.Vem comigo. É. Por favor!» Excerto do filme Tristão e Isolda. ambos sabemos que isto não pode ser. de Kevin Reynolds .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->