Você está na página 1de 10

UNIFACS – Universidade Salvador

Departamento de Engenharia e Arquitetura


Curso de Engenharia Mecânica
Disciplina: Engenharia Mecânica e Projetos

Ar-Condicionado

Alunos: Isabelle Galeão


Leandro Fiuza
Rodrigo Mello
INTRODUÇÃO
Durante muito tempo o homem buscou maneiras de diminuir o calor que sentia
utilizando ventiladores, gelo e outros diversos métodos inúteis. Entretanto, o problema
conseguiu ser resolvido com a invenção do ar-condicionado , que atualmente é utilizado
em praticamente todos os ambientes fechados, proporcionando mais conforto às
pessoas.
HISTÓRICO
• Em 1902 o engenheiro Willis Carrier criou um
processo mecânico que deu origem aos atuais
• ar-condicionados.
USOS

cinemas

prédios de escritório / shoppings


condicionador de ar hospitalar.

automóveis casas
TIPOS
Janela ou parede:
São os mais utilizados e baratos.
Encontram-se embutidos nas paredes.
Os modelos mais recentes têm baixo
nível de ruído e possuem controle
remoto de operação.

Portátil:
Tem 2 grandes vantagens: Podem ser
utilizados onde forem necessários e
também tem custo zero de instalação.
TIPOS
Sistemas centrais:
São recomendáveis para ambientes
comerciais, para climatização de
muitos ambientes simultâneamente.
Tem custo maior de aquisição,
operação e manutenção. São muito
silenciosos. Não ficam visíveis nas
fachadas de prédios.

Split:
Pode ser fixo ou móvel. Possui duas
partes diferentes: uma é instalada no
interior e a outra fica do lado de fora
da residência. O tipo móvel pode ser
utilizado em mais de um ambiente da
residência ou escritório.
ELEMENTOS BÁSICOS
O ar-condicionado de janela é composto por 4 equipamentos básicos:

• Compressor
• Válvula de expansão
• Condensador
• Evaporador
• 2 Ventiladores
FUNCIONAMENTO
• O gás utilizado para refrigeradores é determinado pelo µ de Joule –
Thomson. O µ é determinado à partir da equação:

O gás comumente utilizado é o Gás Fréon

• A unidade de calor é a BTU, equivalente a 1,055 J. É a quantidade de


calor necessária para aumentar 0.45Kg de água em 0.56º C.
1TAR = 12.000 BTU

• Classificação da eficiência enérgica (EER) :

EER = capacidade (BTU)/ consumo(W)


ESQUEMA DE FUNCIONAMENTO

1 – 2 : Compressão
adiabática
2 – 3 : Troca de calor
à pressão cte.

3 – 4 : Estrangulamento

na Válvula de
expansão
4 – 1 : Absorção de
calor à pressão cte.
Referências
http
://pardalvirgem.blogspot.com/2008/11/origem-do-ar-condicionad
o.html
http://www.dotstore.com.br/meloar/?Menu=Links&Link=3142
http://
www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/ar-condicionado/ar-condici
onado.
php
http://www.clickreforma.com.br/dicas.php?dicas&dica_id=14
http://www.eletrodomesticosforum.com/funciona_ar_condiciona
do.htm
http://www.comprafacil.blog.br/qual-ar-condicionado-comprar-le
ia-e-decida/comment-page-1
/
CASTELLAN, Gilbert William. Fundamentos de físico-química. Ri
o de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1986. 527p. ISBN 852160
4890
SMITH, J. M.; VAN NESS, Hendrick
C.; ABBOTT, M. M. . Introdução à termodinâmica da engenharia q

Você também pode gostar