P. 1
Coesão e Coerência

Coesão e Coerência

|Views: 631|Likes:
Publicado porDiego Bezerra

More info:

Published by: Diego Bezerra on May 08, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/13/2013

pdf

text

original

DIEGO BEZERRA

Aulas particulares de Inglês, Português e Redação _______________________________________________________________________________________

COESÃO E COERÊNCIA Na construção de um texto, assim como na fala, usamos mecanismos para garantir ao interlocutor a compreensão do que se lê / diz. Esses mecanismos lingüísticos que estabelecem a conectividade e a retomada do que foi escrito / dito são os referentes textuais e buscam garantir a coesão textual para que haja coerência, não só entre os elementos que compõem a oração, como também entre a seqüência de orações dentro do texto. Numa linguagem figurada, a coesão é uma linha imaginária - composta de termos e expressões - que une os diversos elementos do texto e busca estabelecer relações de sentido entre eles.  Fazer uma linha da redação.

Formas de se garantir a coesão entre os elementos de uma frase ou de um texto: 1. Substituição de palavras com o emprego de sinônimos ou de palavras ou expressões de mesmo campo associativo. 2. Nominalização – emprego alternativo entre um verbo, o substantivo ou o adjetivo correspondente (desgastar / desgaste / desgastante). 3. Repetição na ligação semântica dos termos, empregada como recurso estilístico de intenção articulatória, e não uma redundância - resultado da pobreza de vocabulário. Por exemplo, “Grande no pensamento, grande na ação, grande na glória, grande no infortúnio, ele morreu desconhecido e só.” 4. Uso de hipônimos – relação que se estabelece com base na maior especificidade do significado de um deles. Por exemplo, mesa (mais específico) e móvel (mais genérico). 5. Emprego de hiperônimos - relações de um termo de sentido mais amplo com outros de sentido mais específico. Por exemplo, felino está numa relação de hiperonímia com gato.

Elementos coesivos
1. Indicadores de oposição, contraste, adversão: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto, embora, contra, apesar de, não obstante, ao contrário, etc. 2.Indicadores de causa e conseqüência: porque, visto que, em virtude de, uma vez que, devido a, por motivo de, graças a, sem razão de, em decorrência de, por causa de, etc.
Email: silva.diegobezerra@hotmail.com – Fones: (14) 34301.1337 / 88079892 - Marília (SP)

etc. Português e Redação _______________________________________________________________________________________ 3. 1. os jovens pobres e negros. caso.Indicadores de proporção: à medida que.diegobezerra@hotmail. a não ser que. assim que. em vista disso. ou seja. 6. tínhamos uma média de. ___2___. para. sobretudo. A violência no País há muito ultrapassou todos os limites. tanto quanto. etc. doze homicídios por cem mil habitantes.  Exercício Assinale a opção em que a estrutura sugerida para preenchimento da lacuna correspondente provoca defeito de coesão e incoerência nos sentidos do texto. logo que. a fim de que.6% –. 7.Indicadores de tempo: em pouco tempo. depois que. o grau de violência intencional aumentou. de quando em quando. ao final dos anos 90 foi superado o patamar de 25 homicídios por cem mil habitantes. nas duas décadas seguintes. 8. em muito tempo. por isso.Indicadores de esclarecimento: vale dizer. a menos que.etc. com o intuito de. a) 1 – Tanto é assim que b) 2 – Lamentavelmente c) 3 – ou seja d) 4 – Simultaneamente e) 5 – Se bem que Email: silva. Em 1980. em média. levando-se em conta o risco de morte por homicídio. chegando a mais do que o dobro do índice verificado em 1980 – 121. ___4___. do sexo masculino.Indicadores de finalidade: afim de. assim. de modo que. para a. Estudos do Banco Interamericano de Desenvolvimento mostram que os custos da violência consumiram. pois. etc. tanto mais. ___5___ a vitimização letal se distribui de forma desigual: são. por conseguinte.Marília (SP) . a cada queda de 1% do PIB a violência crescia mais do que 5% entre os anos 1980 e 1990. isto é. ao passo que. isto é. para que.DIEGO BEZERRA Aulas particulares de Inglês.Indicadores de conclusão: portanto. apenas no setor saúde. 5. etc.9% do PIB entre 1996 e 1997. quer dizer. o PIB por pessoa em idade de trabalho decresceu 26.com – Fones: (14) 34301. 4. antes que.Indicadores de condição: se.1337 / 88079892 . à proporção que. com o objetivo de. quando. então. aproximadamente. logo. ___1___ dados recentes mostram o Brasil como um dos países mais violentos do mundo. que têm pago com a própria vida o preço da escalada da violência no Brasil. sempre que. a menos que. etc.4%. entre 15 e 24 anos. ___3___. contanto que.

se eu disser que ontem fui ao cinema vocês precisarão saber em que data eu escrevi o texto.DIEGO BEZERRA Aulas particulares de Inglês. retomando um termo anterior. ou seja. Nesse caso. não haverá repetição.com – Fones: (14) 34301. a do ICMS-RJ e a do ICMS-SP. Exemplo: “Farei duas provas em agosto. aí sim.” Outro exemplo para ilustrar essa função é o uso do pronome relativo “que” e suas variações.Marília (SP) . Email: silva. O exemplo mais comum de anáfora é um dos usos dos pronomes demonstrativos. sendo responsável por localizar algo no tempo ou no espaço. muitas vezes a fim de evitar repetições desnecessárias ou viciosas. Anafórica Uma palavra anafórica tem a função de retomar algo (não necessariamente uma palavra) já mencionado no texto. Já a função exofórica (fora do texto) é mais conhecida como dêitica (ou díctica). Dêitica A função dêitica. O mesmo acontece com advérbios de tempo. o “cujo” se refere a um termo que ainda será explicitado na frase. Por exemplo. “Como assim Diego?!” Exemplo: Aqui está muito frio. Da mesma forma que o relativo “que” faz referência a um termo anterior. uma palavra (no caso. às vezes chamada de díctica. Onde eu estou? Acabamos de ver um exemplo de referência espacial.diegobezerra@hotmail.1337 / 88079892 . Exemplo: Nosso objetivo é este: passar em um bom concurso. poderão identificar o referente do advérbio de tempo. Exemplo. Português e Redação _______________________________________________________________________________________ Funções endofórica e exofórica A função endofórica (dentro do texto) pode ser classificada em anafórica ou catafórica.” Catafórica Já a palavra catafórica tem a função de antecipar algo que ainda será dito ou escrito. Prefiro passar naquela a nesta. o advérbio “aqui”) que traz uma ideia de fora para este texto. pois a palavra irá apresentar a ideia. O exemplo mais comum é o pronome demonstrativo que faz referência a um aposto.: “Ainda não li o texto que ele escreveu. Exemplo: Conheço uma menina cujo pai é auditor da Receita. pois moro no Rio de Janeiro e fica mais fácil o meu transporte e os meus custos. é aquela que faz a referência exofórica.

_____ a questões tributárias. Foi _____ que me revelou um amigo do diretor. Português e Redação _______________________________________________________________________________________  Exercícios I) Complete o texto abaixo." Outra vantagem: não apresentam riscos ao paciente caso ele venha a ingerir uma dosagem muito alta. tensão muscular._______________________ fobia. Marcelo será promovido. pânico ou obsessão compulsiva. _________ falar em público.que . “Catarina. adorava as cores do pôr-do-sol” Email: silva.com – Fones: (14) 34301.DIEGO BEZERRA Aulas particulares de Inglês. de forma a torná-lo coeso e coerente: A ansiedade costuma surgir___________________se enfrenta uma situação desconhecida. A terapia. _______________ se procure um clínico-geral num primeiro momento. Se _____ me chateou. tremores. Todos pensam que a CPI acabará em pizza._____________________ provoca preocupação exagerada. além de . 5. Soube que você irá ocupar um alto cargo na empresa e que está de mudança para uma casa mais próxima do seu local de trabalho. em geral.se – como II) Use os pronomes adequados: 1. pela rua deserta? 2. o problema pode e deve ser tratado. "Hoje existe uma geração mais moderna desses remédios". 6. altas horas da noite.quando . III) Encontre o erro de coesão ou coerência da frase.mesmo que .se . Que vulto era _____ a vagar. é importante a orientação de um psiquiatra. "____________mais eficazes. _____ me deixou muito contente. da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. carros de luxo e mulheres belíssimas.diegobezerra@hotmail. com as palavras destacadas. suor demasiado. insônia. medo de falar com estranhos ou de ser criticado em situações sociais. _____________________prescreverá a medicação adequada. ou até transtornos mais graves.embora . Jorge teria dinheiro. _____ dedica-se a causas criminais. mas não queremos acreditar _____. já que somos visinhos há tantos anos. _________________. 3. é à base de antidepressivos. de São Paulo. pode indicar uma ansiedade generalizada.que .mas . Luís e Paulo trabalham juntos num escritório de advocacia.Marília (SP) . Um encapuzado atravessou a praça e sumiu ao longe. taquicardia. _____ eram as fantasias que passavam pela mente de Jorge enquanto se dirigia para o primeiro treino na seleção. não provocam ganho de peso nem oscilação no desejo sexua1. coordenador do Ambulatório de Ansiedade. Ela é benéfica_____________prepara a mente para desafios. __________________ apenas 20% das vítimas de ansiedade busquem ajuda médica.1337 / 88079892 . 4. muito dinheiro. mas terá de aposentar-se logo a seguir. apesar de cega. explica o psiquiatra Márcio Bernik.como . ______________________ requer acompanhamento médico.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->