Você está na página 1de 7

Extensivo – Química - A

AULAS 12 e 13 EXERCÍCIO RESOLVIDO

1) (UDESC) Oitenta gramas de calcário (grau de


GRAU DE PUREZA E RENDIMENTO pureza é de 90% em CaCO3) reagem com ácido
sulfúrico segundo a equação química:
Estequiometria envolvendo grau de pureza, rendimento
e excesso de reagente: CaCO3(s) + H2SO4(aq) Æ CaSO4(s) + H2O(l) + CO2(g)

Grau de Pureza: Qual o volume de gás carbônico formado nas CNTP,


Até aqui, não houve nenhuma referência à pureza das na reação acima?
substâncias envolvidas. Admitimos, então, que elas fossem
puras (100% de pureza). Na prática, raramente trabalhamos a) 16,3L
com substâncias 100% puras, mas freqüentemente as b) 17,92L
substâncias apresentam uma certa porcentagem de pureza. c) 1,61L
Quando o problemo fornecer uma quantidade de d) 161,3L
substância impura é necessário primeiro calcular a e) 22,4L
quantidade de substância pura contida na quantidade da
substância impura. Resolução:
Quando dizemos, por exemplo, que uma amostra de
NaOH tem 80% de pureza, significa que 100 partes em Partindo de 80g de calcário com 90% de pureza temos que a
massa dessa amostra contém 80 partes em massa de NaOH massa de CaCO3 que reagirá é de 72g.
puro e 20 partes de impurezas (outras substâncias).
Temos que 1 mol de CaCO3 produz 1 mol de CO2, sabendo
Exemplo: que a massa molar do CaCO3 é de 100g/mol e que o volume
molar nas CNTP é de 22,4L teremos:
1) Calcule o volume de CO2 medidos nas CNTP,
obtido pela pirólise de 50g de CaCO3 de 80% de 100g de CaCO3 ------ 22,4L de CO2
pureza. 72g de CaCO3 ------ X
Dados: Ca = 40; C = 12; O = 16
CaCO3 Æ CaO + CO2 X = (22,4 x 72)/100
Para cada 1 mol de CaCO3 temos 1 mol de CO2.
Massa molar do CaCO3 = 100g X = 16,128L
Volume molar nas CNTP = 22,4L
Portanto a alternativa correta (16,13L) é a letra a
Grau de pureza = 80%
Então:
50g --- 100%
X --- 80% X = 40g 2) (UDESC) Qual a massa do produto obtido entre a
reação de 10g de NaOH(aq) com 20g de H2SO4(aq)?
Massa Volume a) 98,00g
CaCO3 CO2 b) 12,50g
100g 22,4L c) 28,90g
40g X X = 8,96L d) 17,75g
e) 80,00g
Rendimento:
Quando não houver referência ao rendimento da Resolução:
reação envolvida, supõe-se que ele tenha sido de 100%.
Nos exercícios estudados até agora, não foi mencionado o Reação entre o NaOH e H2SO4
rendimento das reações nelas envolvidas, por isso foram
resolvidos admitindo-se rendimento teórico ou de 100%. 2 NaOH + H2SO4 Æ Na2SO4 + 2 H2O
Quando um exercício menciona o rendimento da
reação, precisamos corrigir as quantidades dos produtos A massa molar do NaOH = 40g/mol
obtidos nessa reação. A massa molar do H2SO4 = 98g/mol
A massa molar do Na2SO4 = 142g/mol
Exemplo:
Então 80g de NaOH neutralizam completamente 98g de
2) Calcule a massa de CaO obtida por decomposição H2SO4.
de 200g de CaCO3, sabendo que o rendimento da Logo percebemos que na proporção de 10g de NaOH para
reação é de 90% . 20g de H2SO4 o ácido sulfúrico se encontra em excesso.
Dados: Ca = 40; C = 12; O = 16 Temos que:
Reação CaCO3 Æ CaO + CO2 Massa Massa
Para cada 1 mol CaCO3 temos 1 mol CaO. NaOH Na2SO4
Massa molar do CaCO3 = 100g 80g 142g
Massa molar do CaO = 56g 10g X
Massa Massa X = 10.142/80
100g 56g X = 17,75g
200g X logo: Resposta – d
X = 112g para um rendimento de 100%.
Como o rendimento é de 90% temos:
112g ---- 100%
X ---- 90% então X = 100,8g de CaO
124
Extensivo – Química - A

EXERCÍCIOS DE SALA a) 19,16g


b) 50,43g
c) 130,2g
1) (ACAFE) Calcule a massa de CaCO3 com 80% de d) 47,91g
pureza, necessária para produzir 11,2 L de CO2 nas e) 55,2g
CNTP, no processo:
CaCO3 Æ CaO + CO2 Substâncias envolvidas:
Dados: Ca = 40; C = 12; O = 16 Carbeto de bóro Æ B4C - MMr = 56g/mol
a) 125g Óxido de bóro Æ B2O3 - MMr = 70g/mol
b) 80g
c) 40g B2O3 B4C
d) 50g (2 . 70) = 140 56g
e) 62,5g 50,43g x
Substâncias envolvidas: x = 50,43 . 56 / 140 :. X = 20,172g
Carbonato de cálcio Æ CaCO3 - MMr = 100g/mol
Dióxido de carbono Æ CO2 - V = 22,4L/mol CNTP Como o rendimento da reação é de 95% temos:
CaCO3 CO2 20,172g ------ 100%
100g 22,4L x ------- 95%
x 11,2L
Então: x = 20,172 . 95 / 100 :. x = 19,16g de B4C.
X = 11,2 . 100 / 22,4 Logo: x = 50g
Resposta a
Observe que 50g é a massa que se decompõe para
formar os 11,2L de CO2 nas CNTP. Como a amostra
apresenta 80% de pureza, temos:

50g ------ 80% 4) (UNISA) 12,5g de ácido fosfórico com 80% de


x ----- 100% pureza são totalmente neutralizados por hidróxido
Logo x = 50 . 100 / 80 :. X = 62,5g de sódio numa reação que apresenta rendimento
de 90% . Calcule a massa de sal obtida nessa
Resposta e reação.
Dados: H = 1 , P = 31 , O = 16 , Na = 23
2) (UDESC-2005/2) O acetileno (C2H2), usado como
combustível nos maçricos de solda, é produzido Massa molar do carbeto de cálcio (CaC2)
pela reação entre carbeto de cálcio (CaC2) e água.
CaC2(s) + 2 H2O(l) Æ Ca(OH)2(s) + C2H2(g) MM = (40x1) + (2x12) = 64g/mol

Considerando-se que o acetileno se comporta Volume molar nas CNTP Æ 22,4L


idealmente, qual será o volume de C2H2, nas CNTP,
gerado por 100g de carbeto de cálcio com 80% de Admitindo um grau de pureza de 80% temos que:
pureza? 100g Æ 100%
Massas atômicas relativas: Ca = 40; c = 12; H = 1; X Æ 80% logo: X = 80g de CaC2
O = 16
Partindo da equação química:
Substâncias envolvidas:
Carbeto de cálcio Æ CaC2 - MMr = 64g/mol CaC2(s) + 2 H2O(l) Æ Ca(OH)2(s) + C2H2(g)
Acetileno Æ C2H2 - V = 22,4L/mol nas CNTP 64g 22,4L
Grau de Pureza – 80% 80g X
Partindo de uma amostra de 100g de carbeto de cálcio Logo:
temos: X = 28L

100g ---- 100%


x ---- 80%
Logo: x = 80g

CaC2 C2H2
64g 22,4L
80g x

x = 80 . 22,4 / 64 :. x = 28L de C2H2

3) (ACAFE) O carbeto de boro é um abrasivo muito


duro usado para desgaste de outros materiais,
sendo fabricado através da reação:
2 B2O3 + 7 C Æ B4C + 6 CO
cujo rendimento é de 95%. Partindo de 50,43g de
B2O3, a massa de B4C será de:
Dados: O =16; C =12; B = 11

125
Extensivo – Química - A

toneladas de carbonato de cálcio com 90% de


EXERCÍCIOS-TAREFA pureza?
Dados: Ca = 40; O = 16; C =12
a) 40,0 t
AULAS 12 e 13
b) 56,0 t
c) 62,2 t
1) (PUC-PR) Em uma reação de combustão completa d) 50,4 t
do enxofre obtém-se gás sulfuroso, cuja reação é: e) 90,0 t
S(s) + O2(g) Æ SO2(g) 100t c / 9¨0% pureza = 90t
O volume em litros de SO2, medido nas CNTP,
CaCO3 → CaO + CO2
quando reagem 5,0kg de enxofre 80% de pureza, é:
Dados: S = 32; O =16 ↓ ↓
a) 2240 L 100 g / mol 56 g / mol
b) 2800 L
c) 1120 L portato :
d) 3200 L 100 g CaCO3 → 56 gCaO
e) 2300 L 90t CaCO3 → x CaO
01. Verdadeira, água e dióxido de carbono são produtos x = 50,34t CaO
da combustão de hidrocarbonetos. Alternativa: d
02. Falsa, CO 2 e H 2 O

4) (UFRS) O gás hilariante (N2O) pode ser obtido pela


decomposição térmica do nitrato de amônio
04. Falsa, pois na CNTP 1 mol = 22,4L para gases.
(NH4NO3). Se de 4,0g do sal obtivermos 2,0g do gás
1C2H6 ( g) + 7 O2( g) → 2CO2( g) + 3H2O hilariante, poderemos prever que a pureza do sal é
2
Em volume: onde 1 mol: 22,4L da ordem de:
Dados: M(N2O) = 44 g/mol
22, 4L C2H6 ( g) → 78, 4L M(NH4NO3) = 80 g/mol
1L C2H6 ( g) → x 3,5L O2( g) NH4NO3 Æ N2O + 2 H2O
a) 100%
08. 1C3H8 + 5 O2 → 3 CO2 + 4H2O b) 90%
Em volume: c) 75%
d) 50%
22, 4L C3H8 ( g) → 112L O2( g)
e) 20%
1L C3H8 ( g) → x 5L O2( g)
Δ
NH4NO5 ⎯⎯ → NO2
16. 1C4H10 + 13 O2 → 4 CO2 + 5H2O
2 80 g / mol 44 g / mol
Em volume:
22, 4LC4H10 → 168L O2( g)
1L C4H10 → x = 7,5L O2( g) 80 g NH4 → 44 g NO2
x → 2 gNO2
2) (FUVEST) Nas indústrias petroquímicas, enxofre x = 3,6 g NH4NO2 são necessários para formar 2 g de
pode ser obtido pela reação: NO2
2 H2S + SO2 Æ 3 S + 2 H2O
4 g → 100% pureza
Qual a quantidade máxima de enxofre, em gramas,
que pode ser obtida partindo-se de 5,0 mols de H2S 3,6 g → x pureza
e 2,0 mols de SO2? Dados: S = 32 x = 90% pureza
a) 96g Alternativa b
b) 192g
c) 48g 5) (ITA) Uma amostra de óxido de cromo III
d) 32g contaminada com impureza inerte é reduzida com
e) 64g hidrogênio de acordo com a seguinte equação:
H2S + SO2 → 3 S + 2H2O Cr2O3(s) + 3 H2(g) Æ 2 Cr(s) + 3 H2O(g).
p / 5 mol H2S e 2mols SO2
temos : O volume de H2, medido nas CNTP, necessário para
reduzir 5,0g de óxido de cromo III contendo 15% de
2H2S + 2 SO2 → 6 S + 4H2O impurezas inertes será:
Pois neste caso o SO2 é realmente limitante. Dados: O = 16; Cr = 52

Massa de enxofre: a) (0,15 . 5,0 . 3 . 22,4)/152 litros


S : 6.32 g = 192 g b) (0,15 . 5,0 . 3 . 22,4)/104 litros
Alternativa b c) (0,85 . 5,0 . 3 . 22,4)/104 litros
d) (0,85 . 5,0 . 3 . 22,4)/152 litros
3) (UEM) A decomposição térmica do CaCO3 se dá de e) (0,15 . 5,0 . 3 . 22,4)/100 litros
acordo com a equação:
CaCO3 Æ CaO + CO2 Pureza : 0,85
Quantas toneladas de óxido de cálcio serão 11,00 − 0,15 = 0,85
produzidas através da decomposição de 100
Impurezas
126
Extensivo – Química - A

Massa Cn2O3 = 5 g a) Escreva a equação de neutralização para a obtenção


do nitrato de sódio.
Nº mols H2( g) = 3 b) Qual será a quantidade aproximada de ácido nítrico
Volume p/ gases na CNTP por mol 22,4 L necessária para preparar 2 Kg de nitrato de sódio?
mm CrO3 = 152 g / mol Dados: Massa atômica: H = 1; N = 14; O = 16;
Na = 23
Então temos:
0,85 + 5 + 3 + 22, 4 a) NaOH + HNO3 ⎯⎯→ NaNO3 + H3O
R= Litros =
152
Assim relacionamos diretamente os números de mols
b) HNO3 ⎯⎯→ NaNO3
H2( g) com Cr2O3 em quantidades.
63 g / mol ⎯⎯→ 2Kg
6) (UEM) Para produzir ácido fosfórico e monóxido de x = 1, 48Kg de HNO3
mononitorgênio, fez-se reagir completamente 0,25g
de fósforo vermelho (P) com ácido nítrico
concentrado e algumas gotas de água de acordo 9) (UDESC) O hipoclorito de sódio é um sal vendido
com a equação: comercialmente em solução aquosa, com o nome
3 P + 5 HNO3 + 2 H2O Æ 3 H3PO4 + 5 NO de água sanitária. Possui efeito bactericida e
A massa de ácido fosfórico obtida foi de 0,49g. O alvejante, sendo usado no tratamento da água e em
rendimento do processo foi de: limpeza. Ele pode ser obtido através da reação
dados: P = 31; O = 16; H = 1 entre o hidróxido de sódio e o ácido hipocloroso.
a) 62% a) Represente a reação de obtenção do hipoclorito de
b) 13% sódio.
c) 54% b) Como pode ser classificada a referida reação?
d) 31% c) Para prepararmos 20 kg de hipoclorito de sódio,
e) 87% quantos kg de hidróxido de sódio serão necessários?

3P → 3H3PO4 a) NaOH + HClO ⎯⎯→ NaClO + H2O


3. ( 31g / mol ) → 3. ( 98 g / mol )
b) Reação de neutraização.
93 gP → 294 g H3PO4 c)
0,25P → x NaOH ⎯⎯→ NaClO
x = 0,79 g H3PO4 40 g / mol ⎯⎯→ 73,5 g / mol
Alternativa a
x ⎯⎯→ 20Kg
7) (FEI) O cobre é um metal encontrado na natureza x = 10,7Kg
em diferentes minerais. Sua obtenção pode ocorrer
pela reação da calcosita (Cu2S) com a cuprita 10) (UFRG) Quando se explode o trinitrato de glicerina
(Cu2O) representada a seguir: (dinamite), cuja a fórmula molecular é C3H5(NO3)3
(PM=227), só resultam em produtos gasosos,
Cu2S + 2 Cu2O Æ 6 Cu + SO2
segundo a equação:
Numa reação com 60% de rendimento, a massa de 4 C3H5(NO3)3 Æ 12 CO2 + 6 N2 + O2 + 10 H2O
cobre obtida a partir de 200g de calcosita com A explosão de 227g de trinitrato de glicerina produz
20,5% de impureza e cuprita suficiente é: nas CNTP, um volume total de gases de:
Dados: O = 16 , S = 32 , Cu = 35,5 a) 324,8 L
a) 58,9g b) 22,4 L
b) 98,2g c) 162,4 L
c) 228,6g d) 44,8 L
d) 381,0g e) 649,6 L
e) 405,0g
227Kg = 1mol
1Cu2S ⎯⎯→ 6 Cu Então soma-se o número de mols dos produtos e
1. (159 g / mol ) ⎯⎯→ 6. ( 63,5 g / mol ) dividi-se por 4, pois são necessários 4 mols de trinitrato
de glicerina.
200. ( 0,795 ) ⎯⎯→ x 12 + 6 + 1 + 10 29
Nº mols = = .7,25
x = 381g 4 4
Na CNTP 1 mol = 22,4L
Rendimento 60% Portanto, volume total = 7,25 e 22, 4 = 162, 4L
381g.0,60 = 228,6 g Alternativa c
Alternativa c
11) (UEL) A produção de carboidratos (fórmula mínima
8) (UDESC) O nitrato de sódio é um sal conhecido CH2O) pelas plantas verdes obedece à equação
como salitre do Chile, sendo muito utilizado na geral da fotossíntese:
fabricação de fertlizantes. CO2 + H2O Æ CH2O + O2
O nitrato de sódio pode ser obtido por meio de uma Quantos litros de gás carbônico, medidos nas
reação de neutralização entre o ácido nítrico e o CNTP, serão necessários para produzir 10g de
hidróxido de sódio. carboidrato?
(C= 12; H = 1; O = 16)
127
Extensivo – Química - A

a) 0,33 1Al2O3 .2H2O ⎯⎯→ 2 Al


b) 7,5
c) 22 138 g / mol ⎯⎯→ 2.27 g / mol
d) 44 x ⎯⎯→ 540 g
e) 75 x = 1380 g
CO2 ⎯⎯→ CH2O Alternativa e
44 g / mol ⎯⎯→ 30 g / mol 15) (UNIOESTE-05) Para a reação descrita abaixo,
foram colocados 28 gramas de CaO com 6 gramas
x ⎯⎯→ 10 g
de água. A respeito destas informações, assinale
14,6 a(s) alternativa(s) correta(s).
x= g / mol = 0,33 mol
44 CaO(s) + H2O Æ Ca(OH)2 (aq)
Na CNTP 1 mol = 22,4 L 01. O reagente limitante da reação é a água.
x = 7,5L CO2 02. Após ocorrer a reação, a solução terá pH igual a 7.
04. A massa de Ca(OH)2 formada será de 74 gramas,
Alternativa b
considerando um rendimento de 100%.
08. A água é uma molécula de geometria angular e
formada somente por ligações simples.
12) (UEPG) A queima completa do acetileno é
16. A nomenclatura oficial do Ca(OH)2 é hidróxido de
representada pela equação:
cálcio.
2 C2H2 + 5 O2 Æ 4 CO2 + 2 H2O
32. Dentre os elementos da reação acima em seu estado
Sendo a massa atômica de H = 1; de C = 12; e de
de oxidação zero, o que possui maior raio atômico é o
O = 16, para produzir 2,1g de água é necessário
oxigênio.
queimar, de acetileno, aproximadamente:
64. A reação descrita acima é uma reação de oxi-redução.
a) 1,5g
b) 2,5g
c) 3,0g CaO( s) + H2O ⎯⎯→ Ca ( OH)2
d) 2,0g
e) 8,0 ↓ ↓ ↓
56 g / mol 18 g / mol ⎯⎯→ 74 g / mol
2 C2H2 ⎯⎯→ 2H2O
2. ( 26 g / mol ) ⎯⎯→ 2. (18 g / mol ) 01.
56 g ⎯⎯→ 18 g
52 g ⎯⎯→ 36 g
28 g ⎯⎯→ x
x ⎯⎯→ 2,1g
x = 9g
x = 3,0 g
Verdadeiro. Sim pois precisamos de 9g de água
Alternativa c 02. Falso. Não, pois o produto resultante é uma base
04. Falso. Para as massas acima relacionadas não.
13) (FUVEST) 30g de pirita (FeS2) de 80% de pureza 08. Falso. As ligações são por pontes de hidrogênio
sofreram ustulação. Sabendo que o rendimento da 16. Verdadeiro.
reação é de 70%, qual a massa de Fe2O3 obtida? 32. Falso. É o cálcio
Dados: ustulação da pirita:
4 FeS2 + 11 O2 Æ 2 Fe2O3 + 8 SO2
64. Falso.
Fe = 56; S = 32 Soma 17

16) (UDESC-2007) Uma das aplicações da amônia (NH3)


30g.0,80 = 24 g F2S2
é a sua utilização na síntese industrial da uréia, que
4FeS2 ⎯⎯→ 2Fe2O3 pode ser preparada a partir de amônia e de dióxido
de carbono. Dentre as suas aplicações destaca-se
4. (120 g / mol ) ⎯⎯→ 2. (160 g / mol )
o seu uso como fonte de fertilizante nitrogenado.
480 g ⎯⎯→ 320 g NH3 + CO2 Æ (NH2)2CO + H2O
24 g ⎯⎯→ 16 g Os produtos formados na reação de combustão da
amônia são o gás nitrogênio e a água, conforme
Rendimento 70% representados na reação abaixo. Balanceie a
16 g + 0,70 = 11,2 g F2O5 equação e determine a massa, em gramas, de água
obtida pela combustão de 42,5 g de amônia, em que
14) (PUC-RS) Da bauxita (Al2O3.2H2O) obtém – se a o rendimento da reação é de 95%.
alumina (Al2O3), que, por eletrolise, produz o Dados: N = 14,0 g.mol-1
alumínio (Al), conforme as equações: O = 16,0 g.mol-1
Al2O3.2H2O Æ Al2O3 + 2 H2O H = 1,0 g.mol-1
2 Al2O3 Æ 4 Al + 3 O2 Δ
A massa de bauxita, em gramas, necessária para a NH3 (g) + O2 (g) Æ N2 (g) + H2O (g)
obtenção de 540g de alumínio é, aproximadamente.
Dados: Al = 27 , O = 16 Fazendo o balanceamento temos:
a) 345
b) 510
c) 690 4 NH3 + 3 O2 Æ 2 N2 + 6 H2O
d) 1250
e) 1380 Massas Molares
NH3 Æ 17g/mol
H2O Æ 18g/mol
128
Extensivo – Química - A

Para encher a bolsa, verificamos pelo item a, que são


Massa Massa necessários 124,11g de NaN3, logo:
4x17g 6x18g Relacionando o NaN3 com Na2O temos:
42,5g X
Massa Massa 390.X = 124,11 . 186
X = 6x18x42,5/4x17 NaN3 Na2O
6 x 65 3 x 62 X = 124,11 x 186 / 390
124,11 X
X = 67,5g para um
rendimento de 100% X = 59,2g

Relacionando NaN3 com o Fe


Porém como o rendimento é de 95% temos:
Massa Massa
NaN3 Fe 390. X = 124,11 . 112
67,5g ------ 100%
X ------ 95% 6 . 65 2 . 56
124,11 X X = 124,11 . 112 / 390
X = 95x67,5/100
X = 35,64g

X = 64,125g
Massa total dos resíduos corresponde a soma das duas
massas encontradas.
17) (UDESC-2007) O Congresso brasileiro estuda uma
lei para tornar o airbag obrigatório nos automóveis
Massa total = 59,2g + 35,64g
nacionais. Para que os 70 litros da bolsa plástica na
frente do motorista se encha subitamente, no caso Massa Total = 94,84g
de uma colisão, acontece uma reação química. A
mistura química responsável pela liberação do gás
consiste de NaN3 e Fe2O3. Um impulso elétrico
causa a "detonação" da reação, que produz gás
nitrogênio e outros compostos, conforme o 18) (UDESC-2007) O sulfato de sódio pode ser utilizado
demonstram as reações abaixo: como reagente precursor para preparar uma
6NaN3 (s) + Fe2O3 (s) Æ 3Na2O(s) +2Fe (s) + solução padrão utilizada na determinação de sódio
9N2(g) em amostra de água. Esse sal, Na2SO4, pode ser
a) Calcule a massa de NaN3 necessária para encher o formado pela reação entre o ácido sulfúrico e o
airbag citado no texto, na temperatura ambiente (25ºC) hidróxido de sódio.
e pressão de 1,0 atm. Determine a massa (em gramas) de sulfato de sódio
b) Qual a massa de resíduos sólidos gerados, quando o obtido como produto da reação 20 gramas de
airbag se enche? Considere as mesmas condições hidróxido de sódio com 20 gramas de ácido
anteriores. sulfúrico. Monte a equação química balanceada
para obter a massa correta de sulfato de sódio.
Volume da bolsa plástica = 70L Dados: Na = 23,0 g.mol-1
O = 16,0 g.mol-1
H = 1,0 g.mol-1
Equação química balanceada S = 32,0 g.mol-1

6 NaN3(s) + Fe2O3(s) Æ 3 Na2O(s) + 2 Fe(s) + 9 N2(g) 2 NaOH + H2SO4 Æ Na2SO4 + 2 H2O


2 mols 1 mol 1 mol 2 mols
Temperatura de 25oC = 298K
Pressão = 1 atm Relacionando o NaOH com o H2SO4 temos:

a) Massa molar do Na3N = 65g/mol Massas molares


Volume molar a 1atm e 25oC NaOH Æ 40g/mol
P.V = n.R.T logo: 1.V = 1.0,082.298 :. V = 24,44L H2SO4 Æ 98g/mol

Massa Volume Logo massa massa


NaN3 N2 NaOH H2SO4
6 x 65 g 9 x 22,4 L 2x40g 1x98g
X 70L 20g 20g

X = 124,11g
X = 70.390/219,6 :. Verificamos que 80g de NaOH reagem com 98g de
H2SO4, logo na proporção de 20g de NaOH para
20g de H2SO4, o NaOH se encontra em excesso.
b) Massas Molares
NaN3 = 65g/mol
Na2O = 62g/mol
Fe = 56g/mol

129
Extensivo – Química - A

Então relacionando o H2SO4 (reagente limitante) com o


Na2SO4 temos:
GABARITO
Massa massa
H2SO4 Na2SO4 AULAS 12 e 13
98g 144g
20g X 1) B 2) B 3) D 4) B 5) D
6) A 7) C
X = 20.144/98 8) a) NaOH + HNO3 → NaNO3 + H2O
b) 1,48kg
X = 29,39g de Na2SO4 9) a) NaCH + HClO → NaClO + H2O
b) 10,7kg
10) C 11) B 12) C 13) 11,2g 14) E
19) (UDESC-2007) O alumínio é um metal de elevada 15) 17
importância industrial. Apesar de o processo de
reciclagem estar sendo amplamente utilizado, ele
ainda é extraído da bauxita, sob a forma de Aℓ2O3
(alumina). Inicialmente o mineral é tratado com
solução aquosa de NaOH, que transforma a
alumina anfotérica em íon aluminado e
posteriormente, por tratamento com CO2,
decompõe o material em Aℓ(OH)3; finalmente, a
conversão desse composto em alumina é feito por
meio da reação:

a) Dê os nomes dos compostos que aparecem no texto.


b) A quais funções inorgânicas pertencem esses
compostos?
c) Calcule a massa de Aℓ((OH)3 necessária para produzir
1 tonelada de alumina.

a) Al2O3 Æ óxido de alumínio


NaOH Æ hidróxido de sódio
CO2 Æ dióxido de carbono
Al(OH)3 Æ hidróxido de alumínio

b) Al2O3 Æ óxido
NaOH Æ base
CO2 Æ óxido
Al(OH)3 Æ base

c) Massas molares
Al(OH)3 Æ 78g/mol
Al2O3 Æ 102g/mol

1 tonelada = 106 g

Massa Massa
102 . X = 156 . 106
Al(OH)3 Al2O3
156g 102g
X = 156 . 106 / 102
X 106
X = 1,53x106g

X = 1,53 toneladas

130