P. 1
Estaca Raiz

Estaca Raiz

|Views: 1.305|Likes:
Publicado porcanamare

More info:

Published by: canamare on May 10, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/20/2013

pdf

text

original

ÍNDICE DE REVISÕES

REV. 0 DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS Emissão Original – Para Comentários

REV. 0 DATA PROJETO EXECUÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO

REV. A

REV. B

REV. C

REV. D

REV. E

REV. F

REV. G

REV. H

através da aplicação simultânea de movimentos rotativos e rotatórios. através de martelo de fundo. a redução do diâmetro nesse trecho. até o contato com a rocha (sã ou matacão). de maneira a conferir a estaca o diâmetro externo do tubo de revestimento. 4 – RESPONSABILIDADES: . para a utilização em martelos de fundo. tendo como conseqüência. acoplado às hastes de perfuração. É introduzido pelo interior do tubo de revestimento. O martelo de fundo possui ainda. Martelo de Fundo Tipo DTH (Down The Hole) Equipamento de perfuração. preparo e colocação de armadura. por meio de tubo metálico recuperável. 2 – CAMPO DE APLICAÇÃO 3 – TERMOS E DEFINIÇÕES: Estaca Raiz em Solo e Rocha Estaca moldada “in loco”. executando a perfuração através de movimentos roto-percursivos. em sua extremidade inferior. diretrizes de preservação do meio ambiente. preparo e injeção de argamassa e retirada de revestimento. No trecho em rocha. executada através de perfuração rotativa.HISTÓRICO DAS REVISÕES REVISÃO 00 NATUREZA DA ALTERAÇÃO Emissão inicial do documento / Para Aprovação DATA 27/04/2011 1 – OBJETIVO Este procedimento para a execução de estaca raiz estabelece os critérios para as atividades de perfuração de solo e/ou rocha. um bit de botão. garantindo a sua integridade de elevada tensão no fuste. deve ser feita a perfuração interna ao tubo de revestimento. que é constituído de argamassa areia e cimento e é inteiramente armada ao longo de todo o seu comprimento. revestida integralmente no trecho em solo. Destrói a rocha. com tipos específicos e diferenciados. Pode possuir botões ou pastilhas de aço-vídia. É optativo o recorte deste trecho. seja na passagem de matacões ou no embutimento do topo rochoso. segurança e saúde ocupacional. Bits Utensílio de corte. acionado através ar comprimido.

Matriz de Responsabilidade Qualquer Funcionário Gerência responsável pelo processo ou atividade onde ocorreu Cliente I I I I I/A I/A I/A I Responsável Atividades / Responsável Levantamento das Atividades Análise das Atividades Avaliação dos Impactos Registrar Ocorrência R SMS R V R R V/A R/A V/A V Legenda: R= Realiza V= Verifica A= Aprova I = Informado 5 Item – DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE: Descrição das Atividades 5.1 Atividades Iniciais CDA .

Verificação de interferências .0 (hum) no ponto central da estaca. Encarregado 5. a locação das estacas será feita por um topógrafo com auxílio de estação total ou teodolito.2 Montagem da armadura Item 1 2 3 Descrição das Atividades Responsável Receber e verificar o aço a ser utilizado na montagem da armadura. Obs. se a armadura está limpa e isenta de corrosões.4 Perfuração em solo Item 1 2 3 Descrição das Atividades Posicionar a perfuratriz no local da perfuração.Após a execução da sondagem no local da 3 cravação. Encarregado Montar a armadura de acordo com o projeto ou documento autorizado. descer os Encarregado/ . Encarregado As barras de aço podem ser previamente emendadas. 5.: As estacas devem obrigatoriamente ser armadas em todo o seu comprimento e a montagem da armadura deve atender as especificações de projeto e as necessidades executivas. Encarregado Registrar os quantitativos e bitolas do aço utilizado.0 (quatro) perfurações no ponto de execução 2 da estaca com 4. utilizando varas de vergalhão (1m. 2m. Operação 3m e 4m) sendo 3.Partindo de um ponto fornecido pelo projeto. trena de aço e balizas. Liberação de Execução . visualmente.executar sondagem para liberação do estaqueamento com no mínimo 4. e constatada a inexistência de interferências no local. Operação /CQ Topografia 5. conforme descrito no item acima.: O diâmetro mínimo permitido para estaca raiz é de 25 cm. com 1 coordenadas definidas para cada área de estaqueamento. As emendas podem ser feitas por transpasse (mínimo de 50 vezes o diâmetro da barra longitudinal) ou de acordo com o projeto ou documento autorizado Encarregado 4 para a execução da armação. Obs .Locação das estacas .0 (três) furos no perímetro igual ao diâmetro da camisa e em forma de triangulo e 1. durante a introdução ou Encarregado de acordo com a orientação da obra.0 m de profundidade. Operador de Máquinas Com o auxílio de circulação de água injetada em seu interior. deverá ser preenchido o Registro de Execução de Estaca Raiz.3 Verificação da armadura Item 1 2 3 Descrição das Atividades Responsável Verificar se a armadura está de acordo com o projeto ou documento Encarregado autorizado para a execução dos serviços de armação Verificar. Responsável Encarregado/ Operador de Máquinas Centrar o tubo de revestimento ou haste no piquete de locação da Encarregado/ estaca e nivelar a Perfuratriz.

Quando for mais de um matacão. Registrar o comprimento obtido no Relatório de Execução.6 Verificação da Perfuração Item 1 2 Descrição das Atividades Responsável Perfuração em solo . ainda. dependendo do tipo de solo e do equipamento o espaçamento deve ser maior . Perfuração em rocha . plásticos.7 Limpeza do furo Item 1 Descrição das Atividades Responsável Realizar a limpeza interna do tubo do revestimento. descer os Encarregado/ tubos de revestimento até atingir o matacão ou topo rochoso. Operador de Máquinas Caso ocorra dificuldade para o avanço do tubo do revestimento. Responsável Encarregado/ Operador de Máquinas Centrar o tubo de revestimento ou haste no piquete de locação da estaca Encarregado/ e nivelar a Perfuratriz. Encarregado/ estes podem ser pneumáticos ou hidráulicos. pois perfuram por sistema Operador de Máquinas roto-percurssivo. quantas vezes for necessário. em 4 razão dos solos muito duros ou. Obs. 5. tanto para a execução do pré-furo quanto para Operador de Máquinas limpeza no interior. Encarregado 5.:O espaçamento mínimo entre estacas executadas no mesmo dia deve ser de 4. Quando for martelo de superfície. Repetir o procedimento acima.Inserir no furo um fio de nylon com peso na sua Encarregado extremidade até atingir o fundo da perfuração Medir o comprimento do fio com uma trena. Encarregado 3 4 5. verificar se está de acordo com o Encarregado projeto e registrar o valor no relatório da execução. Injetor .Somar os comprimentos do martelo de fundo e as hastes utilizadas descontando-se o que sobrou acima do terreno e verificar Encarregado se está de acordo com o projeto. utilizar brocas de três Encarregado/ asas do tipo tricone. Operador de Máquinas Com o auxílio de circulação de água injetada em seu interior. Operador de Máquinas Descer por dentro do tubo de revestimento o martelo de fundo com hastes ou somente tricone e hastes.5 Perfuração em solo e rocha Item Descrição das Atividades 1 2 3 Posicionar a perfuratriz no local da perfuração. pode ser usado um revestimento de 4 5 6 Encarregado diâmetro inferior internamente ao primeiro para se atingir a cota desejada.0 m.tubos ou hastes até a profundidade prevista. colocando a composição Encarregado/ de lavagem dentro do tubo até o fundo da perfuração.

Registrar as quantidades consumidas de sacos de cimento.8 Verificação da limpeza e colocação da armadura Item 1 2 Descrição das Atividades Responsável Verificar se o comprimento do furo está compatível com o comprimento da Encarregado/ armadura. Efetuar o traço padrão na mistura para formação de argamassa. a critério da fiscalização.2 Injetar água sob pressão ou utilizar sistema de “Air Lift” até que saia água Encarregado/ limpa. Caso não haja outro traço definido em projeto. Injetor 5.84 litros de areia para cada 50 kg de cimento . Injetor 5.. Injeção da argamassa Descrição das Atividades Responsável O tubo de injeção da argamassa deve ser inserido para dentro do furo até Encarregado/ apoiar-se no fundo deste. obedecer aos seguintes parâmetros: 3 .5 4 5. Injetor Emendar a metragem de mangueira de injeção necessária que permita a Encarregado/ ligação da bomba com as estacas a serem injetadas. o preenchimento com Encarregado/ argamassa deve ocorrer até a superfície do terreno.Consumo de cimento ≥ 600 kg/m³ . Injetor Pode ser utilizada argamassa fornecida por usinas.Fator água cimento ≤ 0.10 Item 1 2 3 4 -Utilizar aditivos somente em casos especiais.11 . Injetor Descer a armadura pelo interior do tubo de revestimento até atingir o fundo da Encarregado/ perfuração. Colocar o conjunto extrator Injetor Encarregado/ Encarregado Encarregado/ Injetor 2 Injetor Com a bomba injetora lançar inicialmente calda de cimento para lubrificar a Encarregado/ tubulação e em seguida a argamassa através da composição da injeção.9 Preparação da argamassa Item 1 Descrição das Atividades Responsável Providenciar os equipamentos necessários para mistura e montá-los no local Encarregado/ adequado da obra. neste caso a formulação deve ser definida previamente com a mesma e no ato do recebimento proceder Encarregado à verificação. Independentemente da cota de arrasamento da estaca. Retirada do revestimento Injetor 5 6 5. Injetor A injeção deve ser realizada de baixo para cima até que toda a água de Encarregado/ circulação contida no tubo tenha sido expulsa e a argamassa emergente sair Injetor limpa e sem sinais de contaminação de lama ou detritos.

Os tubos e os equipamentos sujos deverão ser lavados e disponibilizados Encarregado/ para a execução seguinte ou para o retorno ao Almoxarifado.12 Item 1 2 3 Laboratorista CQ 6 – CONTROLE OPERACIONAL 6. Deve-se evitar que o efluente gerado no serviço de estaca raiz assoreie os sistemas de drenagem existentes. Controle Tecnológico Descrição das Atividades Responsável Quanto a sua freqüência o controle tecnológico para calda de cimento deve ser feito no primeiro dia trabalho e repetido a cada 100 sacos de cimento por frente de trabalho e ou a cada duas semanas. conforme o tipo de solo (argiloso Encarregado/ retira-se menos ou arenoso retira-se mais) e a profundidade da estaca (curta Injetor retira-se menos ou profunda retira-se mais) Completar o volume de argamassa até a superfície do terreno. o número de aplicações de golpe de ar e pressão aplicada.1 Estaca raiz área operacional O efluente gerado no sistema de estaca raiz deverá passar por um processo físico de decantação para remoção dos sólidos decantáveis. Injetor Repetir este processo na metade da estaca. deverá ser feita a limpeza do local. Caso isto ocorra. Injetor Para a estaca muito profunda. Encarregado/ sempre que houver seu abatimento no interior do tubo.00m). Encarregado/ Injetor 2 3 4 5 6 7 Devendo ser interrompida a retirada do revestimento até que a armação possa Encarregado/ 8 Injetor estar solta e na cota prevista de projeto. Na retirada do revestimento. Preferencialmente recircular a água utilizada na perfuração a fim de minimizar o consumo deste recurso . Devem ser moldados um mínimo de 6 corpos de prova para ensaios de compressão com idades de 3 (ou 7) e 28 dias Sua resistência a compressão aos 28 dias não deve ser inferior a 20 Mpa CQ Injetor 5. Registradas no relatório de execução de estaca raiz. podendo causar a perda do revestimento. Injetor Retirar de 1 a 2 tubos de (1. a armadura não pode se deslocar para cima. em tipos de solo que apresentam algumas particularidades.Item 1 Descrição das Atividades Responsável Iniciar a aplicação de carga para a retirada dos tubos que deve ser realizada Encarregado/ por ação coaxial ao eixo da estaca.5 MPA.00 a 3. caso a argamassa não tenha Encarregado/ refluído por fora do revestimento. cada vez que mudar a composição e ou condição de mistura e ou materiais.3 a 0. Injetor Colocar a cabaça do revestimento e aplicar um golpe de ar comprimido sob Encarregado/ pressão de 0. por gravidade. deverá ser definido na realização das primeiras estacas da obra.

estas deverão ser limpas. Quando ocorrerem situações especiais de emergência.2 Segurança e Saúde Ocupacional Situações de emergência em saúde e segurança do trabalho deverão ser tratadas conforme orientações do Plano de Atendimento a Emergências . e das medidas preventivas e mitigadoras a serem aplicadas. fazendo uso de silos ou caixas d’água e descartá-la apenas quando esta estiver saturada. Resíduos gerados no processo deverão ser colocados em tambores específicos e identificados. e todo o resíduo oleoso removido deverá ser acondicionado em tambores ou outra forma de armazenamento para posterior destinação. Nestes casos especiais. com a utilização de sacos de areia formando barragens. terceiros e meio ambiente. Perigos e Riscos – PAIPR.PAE. não sendo permitida a utilização de caminhão vácuo que esteja succionando efluente sanitário ou outro incompatível com as características do efluente de estaca raiz. meio ambiente e saúde ocupacional. Os aspectos e impactos ambientais das atividades estão descritos na Planilha de Aspecto. Impactos. As cavas de decantação poderão ser confeccionadas no próprio local ou em uma área que concentre o recebimento do efluente gerado em outras frentes de serviço. O dispositivo evita que a mesa rotativa atinja algum colaborador que estiver próximo à máquina caso o cabo de aço se rompa. mediante a técnica de APR . esta decantação deverá ocorrer na tubovia. não houver a possibilidade de execução de cavas de decantação no local. destinado exclusivamente para este fim. em cavas de decantação. suas possíveis conseqüências aos colaboradores. Toda madeira. As máquinas de estaca raiz devem apresentar um dispositivo para travar a mesa rotativa quando esta estiver elevada e presa pelo cabo de aço. a limpeza da tubovia é fundamental a fim de que o resíduo gerado na estaca raiz. clientes. como extravasamento do efluente de estaca raiz seguir as diretrizes do procedimento Plano de Atendimento a Emergências .PAE. segundo Plano de Gerenciamento de Resíduos – PGR. Nestes casos especiais. Os colaboradores que irão desenvolver suas tarefas no setor de execução de estacas raiz deverão ser treinados a respeito dos aspectos e perigos em segurança do trabalho. não se torne um resíduo perigoso. 6. Neste caso o sobrenadante será encaminhado para a canaleta de Águas pluviais e o resíduo sólido acondicionado em caçambas para posterior destinação.Análise Preliminar de Riscos.natural. classificado como resíduo não inerte. O efluente gerado poderá sofrer decantação na própria tubovia quando em situações especiais de serviços de cravação. poderá se fazer uso de caminhão vácuo. . Antes de iniciar os serviços especiais de estaca raiz em tubovias que por ventura estejam contaminadas. Para esta sucção e transporte. areia e brita utilizada na obra devem ter certificado de procedência legal de órgão ambiental competente.

Perigos e Riscos ABNT NBR 6122 .PGR PAIPR – Planilha de Aspectos e Impactos.Determinação das Propriedades Mecânicas à Tração. NBR 6152 .O dispositivo consiste em fazer um furo na torre da perfuratriz para a colocação de um pino-trava.Materiais Metálicos .Barras e Fios Destinados às Armaduras de Concreto Armado. segurando a mesa rotativa. . NBR 7480 .Registro de Execução de Estacas Raiz (REGISTRO DA SUBEMPREITEIRA) 8 Referências IT-009 – Plano de Atendimento a Emergências .Projeto e Execução de Fundações. N1644 – Petrobrás – Construção de Fundações e Estruturas de Concreto Armado 9 – ANEXOS Não Aplicável. 7 Registros Anexo I – Modelo .PAE IT-010 – Plano de Gerenciamento de Resíduos .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->