Você está na página 1de 2

Rio de Janeiro, xx de xxxxx de 2009.

Prezado Cliente,

A segurança de nossos funcionários, contratados, prepostos e, ainda,


daqueles que adentram nossas instalações por qualquer razão, é uma prioridade em nossas
operações. Apesar da melhoria de nossa performance, consideramos que o número de
incidentes em nosso dia-a-dia ainda é alto.

Entre 2000 e 2008, mais de 350 pessoas morreram em incidentes


ligados às nossas operações em diversos países. Em muitos casos, um fator significativo foi
uma falha no cumprimento de alguma regra de segurança.

A melhoria no cumprimento destas regras irá prevenir danos e proteger


as pessoas. Com este intuito, a partir de 01 de Julho de 2009, passaremos a considerar como
mandatório o cumprimento das ³Regras que Salvam Vidas´ por todas as pessoas que
trabalham nas operações sob o controle ou gestão operacional da Shell e, ainda, por aqueles
que tem acesso, por qualquer razão, às nossas instalações.

Elas não são regras novas e foram escolhidas por estarem voltadas
para atividades nas quais seu descumprimento possui um alto potencial para acarretar sério
dano ou morte. Elas reforçam as Regras de Ouro da Shell e complementam a jornada da
companhia para atingir o ³ÿ   ´. O seu descumprimento, encorajamento ou
tolerância a uma quebra das regras resultará em ação disciplinar e até mesmo em
demissão para funcionários, ou na impossibilidade de novo acesso às nossas instalações
caso as regras sejam quebradas por terceiros, o que inclui motoristas de caminhões-
tanque carregando para nossos clientes.

Na folha anexa, você encontrará um resumo das 12 Regras que Salvam


Vidas. Estamos à disposição para compartilharmos mais informações a respeito delas e sua
implementação na Shell.

Atenciosamente,

Shell Brasil Ltda

Declaramos conhecer e estar de acordo com o presente documento denominado ³Regras que
Salvam Vidas´ que foi por nós recebido, lido e entendido.

______________________,_____/____/_____ _____________________
Razão Social do Cliente

c c c
c

ccc
c  ccc  c
c
c c

c cc
c c ccc
cc c
c c
cc
 ccccccc

,c%ccc
!ccc c ccc
c#c
cc"cc cc 

cc
cc
#c"
-c./cc
c
$c%cccc
cc cc

c
c c
c  


c"cc

#

&c'ccc
c (cc'c
ccc
c
 cc


)c'ccccc + c ccc
c
c  c
cc c
ccccc

c c
c c cc  c


 cc*cccc c 
cc cc

# c 

c c c