Você está na página 1de 2

1º ENCONTRO COM OS PAIS DOS CATEQUIZANDOS

ADOLESCÊNCIA MISSIONÁRIA E VIVENCIANDO A


EUCARISTIA

1. Acolhida: Receber bem os pais, e não deixar os catequizandos sem os


pais se sentirem excluídos;
2. Oração Inicial
3. Apresentação dos Catequistas e Pais: identificando os pais e os filhos;
4. Explicar o motivo da reunião: necessidade de uma ligação maior entre os
pais e os catequistas para uma melhor evangelização dos catequizandos;
5. Leitura da parábola: MT 13,4-9; 18-23/ MC 4, 3-8;14-20/ LC 8, 5-15
6. Dinâmica: A palavra que transforma
OBJETIVO : Fazer o grupo refletir de que forma assimilamos a PALAVRA DE DEUS
em nossas vidas.
MATERIAL : um bolinha de isopor, um giz, um vidrinho de remédio vazio, uma esponja
e uma vasilha com água.
DESENVOLVIMENTO :
Explicar que a água é a Palavra de Deus e os objetos somos nós.
Nós vamos fazer.
Colocar 1º a bolinha de isopor na água.
Refletir : o isopor não afunda e nem absorve a água. Como nós absorvemos a Palavra
de Deus ? Somos também impermeáveis ?
Mergulhar o giz na água.
Refletir : o giz retém a água só para si, sem repartir. E nós?
Encher de água o vidrinho de remédio. Despejar toda a água que ele se encheu.
Refletir : o vidrinho tinha água só para passar para os outros, mas sem guardar nada
para si mesmo. E nós ?
Mergulhar a esponja e espremer a água.
Refletir: a esponja absorve bem a água e mesmo espremendo ela continua molhada.
Explicação da Dinâmica:
1- Os passarinhos comeram (são as pessoas que ouvem e não compreendem, o
maligno rouba as sementes) – Isopor: quando vai a catequese e não aproveita;
2- Solo pedregoso (brotaram e morreram, são as pessoas que ouvem e recebem
com alegria, mas desiste por causa da tribulação, não tem raiz em si mesmo) –
Vidro: vai participa, entende, leva para casa, quando acontece algo voltado
para o tema, não consegue por em prática;
3- Espinhos ( sufocaram as sementes, ouvem mas as preocupações do mundo
sufoca, não dá frutos) – Giz: participa, mas quando chega em casa, as
situações não permite colocar em prática.
4- Terra boa (Compreende e dá frutos) – Esponja: vem na catequese, absorve o
que fala, leva para casa e põe em prática.
7. Debate sobre a leitura e a dinâmica: O que tem a ver conosco? Como se
relaciona com a catequese? (E outras perguntas) – Deixar que os pais expressem sua
opinião;
8. Dar avisos sobre a catequese:
a. Dizimo Mirim;
b. Missas da Catequese; (participação)
c. Mês de Maio: barraquinhas e coroação; (ver com Geane qual barraca)
9. Sugestões: abrir espaços para os pais expressarem sua opinião a respeito
da catequese e darem sugestões de atividades que podemos fazer; (Dar espaço pra
os catequizandos falarem também);
10. Agradecer a presença dos pais;
11. Oração final.