Você está na página 1de 19

ORAÇÕES

SUBORDINADAS
SUBSTANTIVAS

Profª Ana Paula Perri


ORAÇÕES SUBORDINAS
SUBSTANTIVAS –
DEFINIÇÃO:

São orações que exercem função


sintática (sujeito, objeto direto,
objeto indireto, predicativo,
complemento nominal e aposto) em
relação a uma outra oração, chamada
de oração principal.
Observe esta declaração feita pelo excelentíssimo
presidente Luís Inácio Lula da Silva:

“(...) todo mundo acha que pode meter


o dedo”,
comparando a floresta Amazônica a um
vidro de água benta, fazendo alusão a uma
cerimônia católica.
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS

Na declaração:

“todo mundo acha que pode meter o dedo”

Existe uma relação de dependência entre as


duas orações pois, se a segunda oração “que
pode meter o dedo”, não for bem explicada a
situação causada é bem comprometedora não
acham?
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS

Por isso é tão importante a relação entre as


orações, pois elas se completam,
desfazendo
(ou fazendo, depende da intenção do autor)
as possibilidades de mal entendidos e,
realmente explicando as verdadeiras idéias
e intenções de quem escreve.
As orações subordinadas substantivas (OSS)
se classificam de acordo com a função sintática
que desempenham em relação à oração principal (OP).

Portanto, elas podem se classificar como:


- ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA:
desempenhando o papel de sujeito da OP.

- ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA OBJETIVA DIRETA:


desempenhando o papel de objeto direto da OP.

- ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA OBJETIVA INDIRETA:


DESEMPENHA PAPEL DE OBJETO INDIRETO DA OP.

OBSERVEM QUE AS TRÊS PRIMEIRAS


ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
SE ASSOCIAM AO VERBO DA OP.
- ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA COMPLETIVA NOMINAL:
desempenha papel de complemento nominal, obviamente,de um nome da OP.

- ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA PREDICATIVA:


funciona como predicativo do sujeito da OP.

- ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA APOSITIVA:


é aquela que funciona como aposto da OP.

Observem que as orações subordinadas substantivas


completiva nominal, predicativa e apositiva se ligam a um
nome que está na OP e não a um verbo como acontece com as
orações subjetiva, objetiva direta e objetiva indireta.
Acompanhem agora alguns exemplos de orações
seguidos de dicas para a sua classificação:
ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA

1º) Foi anunciado ontem /que o preço dos combustíveis aumentará.


- Foi anunciado ontem: OP
- que o preço dos combustíveis aumentará: OSS Subjetiva.

Observe:
- O verbo da OP está na voz passiva e não há sujeito dentro da OP
OSS Subjetiva:

2º) Na ata da reunião não constava/ que eles estivessem presentes.


- Na ata da reunião não constava: OP.
-que eles estivessem presentes: OSS Subjetiva.

Note que não há sujeito nos limites da OP, a OSS completa o sentido
de um verbo, que, neste caso, é chamado de unipessoal.

3º) Era absolutamente indispensável /que você regressasse.


-Era absolutamente indispensável: OP
- que você regressasse: OSS Subjetiva.

Veja que na OP não há sujeito e a OSS completa o


sentido do verbo de ligação.
ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA
OBJETIVA DIRETA

“Todos acham/ que podem meter o dedo na Amazônia”.

Analisem esta declaração:

- Acham: qual é a predicação desse verbo?


- O que completa a sua significação ou o seu sentido?
OSS OBJETIVA DIRETA

A OSS Objetiva Direta:

• sempre se relaciona a um verbo


transitivo direto que está na oração
principal;
• sem o uso, obviamente, de preposição.
• completando o sentido desse verbo.
ORAÇÕES SUBORDINADAS
SUBSTANTIVAS OBJETIVAS INDIRETAS
Vejam este enunciado:

O presidente lembrou-se /de que “meter o dedo” em


água benta é uma tradição católica.

Vejam verbo em destaque:

- Qual é sua predicação?

- O que vai completar o seu sentido?


OSS OBJETIVA INDIRETA

A oração objetiva indireta:

• sempre se liga a um verbo transitivo


indireto (VTI) da OP;
• por meio de preposição;
• completando o sentido desse verbo.
ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA
PREDICATIVA

“Nossa maior preocupação era /que estrangeiros


tomassem conta da Amazônia”

Pensem:

- Qual é o tipo do verbo destacado?

- A oração subordinada completa o sentido do verbo


ou do “nome” (substantivo) preocupação?
OSS PREDICATIVA

A oração predicativa:

• sempre se liga a um sujeito da OP;


• através de um verbo de ligação;
ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA
COMPLETIVA NOMINAL

Tenho uma vaga lembrança/ do que foi dito na


conferência sobre o meio ambiente.

- A oração subordinada “ do que me disseram


completa o sentido de um verbo ou de um nome
da OP?

- Observe, qual a diferença entre uma oração


predicativa e uma completiva nominal?
OSS COMPLETIVA NOMINAL

A oração completiva nominal:

- Sempre se liga a um nome da OP;


- Por meio de preposição;
- Completando o sentido desse nome.
ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA
APOSITIVA

Todos defendem a idéia: /que a Amazônia é nossa (dos


brasileiros, claro!)

- A oração subordinada se relaciona a que na OP?

- Qual é termo gramatical que explica ou amplia o sentido


de um nome em uma oração?

- Descobriu por quê esta oração se chama apositiva?


OSS APOSITIVA

A oração apositiva:

• sempre se liga a um nome da OP;


• precedida de dois pontos e, mais
raramente, entre vírgulas.