Você está na página 1de 7

“Na virada do século”, Mauricio Silveira estava em Recife fazendo o que logo chamou a atenção da mídia local, e a banda

e a banda foi capa do


residência médica em cirurgia geral quando, em momentos nostálgicos e Caderno 2 do Jornal A Tarde em 26/05/03, encabeçando uma longa
etílicos pôs-se a pensar sobre rock'n'roll e chegou à conclusão de que reportagem sobre o retorno das tendências dos anos 80, além de serem
muito pouca coisa nova havia sido feita durante a ultima década (anos entrevistados por um programa independente da TV Aratu.
90). Essa formação da banda durou até meados do ano de 2004 e, além do
Percebeu então um cenário onde os ícones dos anos 80 reapareciam, Frankfurt, apresentou-se no Tangolomango (Pituba), no Bar Maria João
com releituras das musicas antigas (acústicos MTV). (Pituba), no Teatro da Praia (Corsário).
Juntamente com Andre Maia, um outro musico bissexto, montaram o No ano de 2004, Lula e Mauricio, por motivos profissionais, foram morar
embrião do que viria a ser a banda Ramal 80. em cidades do interior da Bahia, e, por impossibilidade de horários, a
Ensaiaram, ensaiaram... e fizeram apenas uma mambembe banda entrou em férias forçadas.
apresentação numa galeria no centro da cidade, cantando seu primeiro Nesta época, saíram da banda Marcus Barroso, Cleber Gonçalves (que
hit, Cine Jandaia, composta durante um de seus plantões na Santa Casa fez carreira solo e montou outra banda) e Ralph.
de Misericórdia. Em 2005, ingressaram para os ensaios, Marco Brochado (guitarra base)
Ao retornar a Salvador em 2002, procurou parceiros para dar e Tadeu Tramontini (baixo), sendo a banda convidada para ser a atração
continuidade à sua visão onde não se percebia nada de novo no cenário musical da festa para 500 pessoas do réveillon 2005/06 da Barraca
musical brasileiro. Papiri, em Itacimirim/BA.
Reuniu-se com Marcus Barroso, colega de faculdade e ex-tecladista da Esta festa marcou o retorno da Banda Ramal 80 `as noites do Frankfurt
saudosa banda de forró Furico de Jegue, que então convocou Luis Bier, onde permaneceram por mais cinco meses em outra temporada de
Alberto “Lula” Santana (ex-zabumbeiro/bateria), Victor (ex-guitarrista), casa cheia.
Andre Leal (ex-baixista) e um amigo em comum, Eduardo Alves, para Mais um recesso acomete a banda. Saem Tadeu e Eduardo, entrando
assumir o vocal. Ensaiaram... ensaiaram... e, pasmem!! Nunca tocaram!!! para substituí-los, respectivamente, Pedro Villar e Valdemir. Marcelo
Vitor e Andre não viam perspectivas de sucesso e abandonaram o Cerqueira se incorpora ao grupo, fazendo violão, backings e presepadas.
projeto. Com esta formação, a Ramal apresentou-se no Dublinners Irish Pub
Os que ficaram, Lula, Mauricio, Barroso e Eduardo, contaminados pela (Barra) e mais uma vez, faz o réveillon da Papiri, dividindo o palco com a
idéia, convidaram Cleber Gonçalves e Antonio Ralph, que assumiram, Banda Friday, de onde vieram os dois novos guitarristas.
respectivamente, guitarra solo e baixo. Atualmente a Banda Ramal 80 é formada por:
Ensaiaram... Ensaiaram... e, finalmente em 01/02/03 estrearam... na
casa do tecladista, em Jauá, para um público de 50 amigos (!!!!???). Adsom Gaspar Baixo e vocais; Lula Bateria; Mauricio Silveira Voz; Pablo
Após aprovação contundente de todos os 50 amigos (!!!!???), se sentiram Bagano Guitarras e vocai; Zé Luiz Guitarras e vocais
prontos para buscar espaço na noite de Salvador.
Eis que, um amigo (mais um!!!!) acabara de abrir uma casa no bairro Com esta formação, fez apresentações marcantes no Dublinners Irish
boêmio do Rio Vermelho, o Frankfurt Bier, e não tinha a intenção de Pub (Barra), World Bar (Barra), no Encontro Regional de Motociclistas
incluir musica ao vivo no seu menu. Após negociações insistentes, deu à (Piatã).
banda uma terça-feira para o que seria o primeiro teste. Dentre as pessoas que acompanham a banda “desde os primórdios ate
Resultado: na terça-feira, dia 18/02/03, a banda Ramal 80 encheu a hoje em dia”, esta formação é vista como a mais musical e técnica, com
casa com seus amigos (de novo!!!!) e conseguiu provar a viabilidade do um repertório composto pelos grandes hits do pop-rock anos 80, tocados
seu projeto: resgatar os momentos bons da atmosfera oitentista. de forma peculiar, com uma pegada mais nervosa das guitarras, cozinha
O fato é que a Ramal 80 ao longo do ano de 2003 conquistou as sextas- consistente e muito feeling no vocal.
feiras da casa, com lotação esgotada antes do inicio das apresentações, APERTEM ESSE RAMAL!!!
palavras-chave:
vinil
dial (transporta à época)
radiola
vibe
nostalgia
pegada, punch (guitarras nervosas)