Você está na página 1de 1

RETRANCA DATA AUTOR

COMIDA DE RUA/ HÁBITO 01/04/11 GRUPO 3

PROPOSTA – DEVIDO À FALTA DE TEMPO, ALGUMAS PESSOAS JÁ CRIARAM O HÁBITO DE


COMER NA RUA. OUTRAS PESSOAS MESMO COM TEMPO DE SOBRA, NÃO ABREM MÃO DE
PARAR NUMA BARRAQUINHA PARA SABOREAR AQUELE CHURRASQUINHO OU COMER UM
PASTEL DE VENTO. MAS É IMPORTANTE SABER QUE ESTE HÁBITO PODE TRAZER RISCOS
A SAÚDE, CAUSANDO DOENÇAS COMO HIPERTENSÃO, DIABETES, GASTRITE E
OBESIDADE.

ROTEIRO
Passagem – será feita na feira de Jardim da Penha
Povo fala – será feito na feira de Jardim da Penha
Sonora 1– dono na barraca de pastel
Sonora 2- dono da barraca de churrasquinho
Entrevista 3 – Professor Pedro Kitoko, presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar
(Consea).
Contato – pmkitoko@yahoo.com.br

ENCAMINHAMENTO
Fazer imagens de pessoas comprando e comendo churrasquinhos e pastéis na feira de Jardim da
Penha, fazer planos fechados e abertos, mostrando a movimentação na feira. Também fazer
imagens de pessoas caminhando nas ruas do Centro de Vitória e de frutas em bancas de feira. No
“POVO FALA” pegar depoimentos de pessoas que comem na rua porque não têm tempo e de
pessoas que comem porque gostam. Também abordar as seguintes questões: “quem come fora de
casa?”, “o que come?”, “o que observa antes de comprar algo para comer?”. Trabalhar a linguagem
de maneira mais descontraída.

DADOS
De acordo com o Ministério da Saúde, o número de obesos no Brasil aumentou 13,9% nos últimos
anos.