Você está na página 1de 4

APELIDOS SERTANEJOS

Arroz doce de pagode: indivíduo que não perde festa


Barata descascada: menino muito alvo
Barba de arroz doce: aquele que tem a barba alourada
Barba de sovaco de ovelha, ou bigode de arama: ruivo
Barriga de soro azedo, ou barriga de bezerro enjeitado: menino barrigudo
Beiço de gamela, ou beiço de alguidar: beiçudo
Boca de biquara: mulher de lábios muito pintados
Boca de carga vazia: que tem grande boca. Diz-se também: boca de carro de trem
Boca de chupar ovo: que tem a boca pequena
Boca de moela: desdentado. Diz-se também: boca de sepultura
Boca de ninho: que usa barba à nazarena
Bunda de tanajura: menino de ancas roliças
Cabeça de bater sola: que tem a cabeça achatada
Cabeça de comarca, ou cabeça de nós todos: que tem cabeça grande
Cabeça de escapote: de cabelo cortado rente ao crânio
Cabeça de espeta-caju: que tem cabelos eriçados
Cabelo de espiga de milho: de cabelos avermelhados
Cabelo de fundo de mocó: que tem cabelos ruivos e castanhos
Cabelo de mel com terra: que tem o cabelo quase encaracolado como o dos negros
Cabelo de semente de mamão: diz-se do cabelo dos negros. O mesmo que cabelo de pim
enta-do-reino e cabelo de bosta de rolinha
Cabo de formão: que é baixo e gordo. Diz-se também, cortado no grosso, baiacu, toco de
cachorro mijar, tronco de amarrar onça
Caga-raiva: irascível
Calunga de botica: enfeitado e pedante
Cambito de sabiá: que tem pernas finas
Caneco amassado: corcunda
Cara de areia mijada: que tem no rosto sinais de varíola
Cara de batata estragada: que tem sinais de espinha
Cara de bolacha doce, ou de lua cheia: que tem cara larga
Cara de cachimbo cru: indivíduo de feições grosseiras
Cara de cachorro mijando na chuva: encalistrado
Cara de mamão macho: que tem o rosto longo e descarnado
Cara de milagre: indivíduo muito feio
Carapanã de bigode: homúnculo de bigode comprido
Carne viva: indivíduo muito vermelho
Carranca de portão: carrancudo
Carrapeta doida: irrequieto, que anda às pressas
Chapéu de apara-castigo: que usa chapéu de abas largas
Chapéu de sol enrolado: que é alto e magro, se veste de preto e traz sempre a roupa
abotoada
Come-longe: muito anêmico
Cururu de goteira: corpulento
Dente de preá: que tem dentes miúdos, salientes e superpostos
Desertor de cemitério: que tem aspecto cadavérico
Eleitor de paróquia: indivíduo que veste desgraciosamente
Espalha-brasas: turbulento
Espinhaço de olaria: que tem corcovas
Fecha comércio: desordeiro
Galo de raça: vermelho, alto, esbelto, de pescoço comprido e pernas em arco
Mão de catarro: que não conduz lenço para se assoar
Mão de gengibre: que tem engelhada uma das mãos
Maracujá de gaveta: que tem pele mui rugosa, engelhada
Nariz de nó de peia: que tem o nariz não afilado
Olho de cabra morta: que tem lânguido o olhar
Olho de cachimbo apagado: que tem um olho vazado
Olho de pitomba: que tem salientes os globos oculares
Olho de ternantonte (trasanteontem): estrábico
Olho de vaca laçada: que costuma andar de vista baixa
Onça macho: o mesmo que carranca de portão
Orelha de abanar fogo: que tem as orelhas côncavas
Ovo de capote, ou de guiné: sarapintado de sardas
Pai de chiqueiro: que tem barbas longas
Papada de tejo: papudo
Papangu de quaresma: abestado mas metido a espirituoso
Patacão novo: indivíduo ruivo e de pele lustrosa
Pau de enrolar tripa: que é alto e magro. O mesmo que pilombeta
Pé de lancha: que tem pés grandes
Pé de papagaio que anda com os pés voltados para dentro
Pé de "premessa" (promessa, ex-voto): que tem o pé aleijado
Pé de rebolo: que tem pés grossos
Pega-siri: que usa calças curtas
Perna de arco de barrica: que tem as pernas curvas
Perna de bater banha: que arrasta uma perna, a qual é mole
Perna santa: que arrasta uma perna, a qual é dura
Pescoço de garrafão: pescoçudo
Pestana de porco ruivo: albino
Pinguelo de arapuca: o mesmo que priquitinho de meio de carga
Prego dourado: menino louro
Priquitinho de meio de carga: indivíduo baixinho e raquítico
Queixo de graviola: que tem o queixo torto
Saca de lã: mulher corpulenta
Sobrancelha de caboré: que tem sobrancelhas espessas
Tacho areado: indivíduo vermelho e ruivo
Tatu enfezado: pessoa baixinha e agastadiça
Testa de carneiro mocho: que tem fronte mui espessa
Tição apagado: negro vestido de preto
Toitiço de chamurro: que tem larga nuca
Unha de peba: que não apara as unhas
Vaqueta de espingarda: mulher alta e magra
Venta de bezerro novo: que tem o nariz achatado
Venta de ripulêgo: que tem o nariz achatado
Venta de telha emborcada: que tem narinas dilatadas
Venta de tucano: narigudo

Interesses relacionados