Você está na página 1de 2

Era mais um dia normal na vida de um grupo de 7 jovens.

Como de costume,
eles conversaram durante semanas para marcar um encontro no final do
mês. Janeiro era um ótimo mês para passeios, a maioria deles de férias na
escola ou faculdade, porém alguns ainda trabalhavam. Era um tanto difícil
que a folga de um coincidisse com a dos demais, mas dessa vez tudo daria
certo. Além disso, dia 25 de janeiro era um bom dia para todos os
paulistanos, aniversário da cidade, sendo que a maioria da população vai em
direção ao interior ou ao litoral, então tudo ficava bem mais tranquilo.
Tratava-se de um momento ideal para usufruir dos benefícios que a
metrópole oferece aos seus habitantes.

Rodrigo e Tiago foram os pioneiros na idéia de marcar um passeio entre


amigos. Começaram a surtar com a idéia, o primeiro local que veio à mente
dos dois era o Parque do Ibirapuera, um dos maiores da cidade. Logo
avisaram Ana e Victoria pelo MSN, que concordaram com a idéia
rapidamente. A partir daí, Rodrigo e Tiago avisaram David, Jader e Jacqueline,
que também gostaram muito sobre o passeio.

Estava tudo certo, no dia 25 de janeiro eles se encontrariam às 9:30 na


Estação Sé do Metrô. Os que morassem perto de outro, se encontrariam no
caminho e iriam para o local combinado. Tiago passaria por perto da casa de
Ana e iriam para o local. David, Jacqueline e Jader moram perto e fariam o
mesmo. Rodrigo e Victoria também.

Tiago avisou que todos deveriam levar comida na mochila, pois passariam o
dia no parque. Cada um disse o que levaria, doces principalmente. Agora só
restava esperar pelo dia. Na noite do dia 24, eles se comunicaram de noite
para resolver as últimas pendências e todos foram dormir.

No grande dia, o céu estava com poucas nuvens e aquele seria um dia
ensolarado, Tiago mandou uma mensagem de texto para todos os amigos,
perguntando se estavam acordados. Logo em seguida recebeu 5 torpedos de
confirmação.

- Ok, está tudo certo. - ele disse pra si mesmo.

Eram 9:30 e todos estavam no local combinado, Estação Sé, localizada no


centro de São Paulo. Dali pegariam duas linhas de metrô até chegarem perto
do parque. Todos estavam bem dispostos e acima de tudo felizes. Rodrigo e
Ana levaram suas câmeras para registrar cada momento. Tiago e David
estavam com os seus celulares. Então o grupo de amigos partiram em
direção ao parque, aquele dia tinha tudo para ser perfeito.

No caminho foram conversando muito, Tiago, Victoria, Ana e Rodrigo falavam


sobre animes. David, Jacqueline e Jader sobre jogos de vídeo game, em
especial Kingdom Hearts, que era o preferido deles. Várias brincadeiras
aconteciam, todos riam muito, Rodrigo sempre dava um jeito de deixar as
piadas mais engraçadas acrescentando uma ou duas palavras.

- Jack, e o Coyote? Nunca mais apareceu? - perguntou Rodrigo.

- Ah Shun, só tenho conversado com ele pela internet mesmo. - ela


respondeu.

- Entendi. Pelo menos já sabemos que ele não é um velho tarado como
desconfiavamos antes. - Rodrigo disse.

Todos começaram a rir, até mesmo Jacqueline.

- Você não presta Rodrigo. - disse Tiago.

- Eu sei disso. Faço sempre o possível pra não perder essa característica. -
Rodrigo respondeu.

Rodrigo abriu os braços para abraçar Tiago, mas algo tinha lhe chamado a
atenção no ambiente.

- Para tudo! Olha ali do lado, um trem novo do Metrô! - Rodrigo estava
gritando. - Aquele veio da Espanha, é o 5° novo dessa linha e o 22° novo que
o Metrô recebeu!

- Rodrigo, menos por favor, para ser ser nerd um pouquinho. - Tiago disse.

- Desculpa mano, você sabe que não resisto. - Rodrigo estava mais calmo
agora.

O grupo chegou na Estação Brigadeiro e ficaram ali esperando os pais de


Tiago, que também iriam. Cerca de 10 minutos depois, eles chegam,
cumprimentam todos e o grande grupo sai da estação, rumo ao Parque do
Ibirapuera. No caminho todos foram conversando, rindo e brincando juntos.

Shun e Tii subiram no Monumento às Bandeiras, tiraram fotos e depois


continuaram com o passeio. Ao chegar no parque, foram direto para um lugar
em que Tii e Vicky tinham se conhecido, estenderam uma toalha e
começaram a tirar as comidas e bebidas das mochilas e bolsas.

Interesses relacionados