P. 1
O Tempo de Icabô

O Tempo de Icabô

|Views: 880|Likes:
Publicado porraquel_jedidias

More info:

Published by: raquel_jedidias on May 22, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/21/2013

pdf

text

original

O Tempo de Icabô

2010-07-01 20:49 O Tempo de Icabô é uma série de 3 artigos que vou publicar um por semana, esta série fala de diversos assuntos relevantes para a nossa vida espiritual, comparando a geração de Icabô com os nossos dias, procurando fazer uma análise crítica porém, sincera e honesta da Igreja atual, com o propósito de despertar a nossa geração!

O Tempo de Icabô

1 Samuel 4.19-22: A nora de Eli, a mulher de Finéias, estava grávida e já quase na época de ter a criança. Quando ela soube que a arca de Deus havia sido tomada e que o seu sogro e o seu marido tinham morrido, começou a ter as dores de parto e deu à luz. Ela estava morrendo, mas as mulheres que a ajudavam disseram: ± Tenha coragem! Você ganhou um filho. Ela não se interessou e não respondeu. Mas deu ao menino o nome de Icabô, explicando: ³A glória saiu de Israel. Disse isso, falando da tomada da arca de Deus e da morte do seu sogro e do seu marido. Ela disse: ± A glória saiu de Israel, pois a arca de Deus foi tomada pelos nossos inimigos.

Icabô é nome dado ao neto do sacerdote Eli, ao filho de Finéias. Icabô significa: foi-se a glória. Esse nome foi dado a esta criança por causa dos acontecimentos que antecederam o seu nascimento: Israel perdeu a Arca da Aliança e o sacerdote Eli morreu ao receber esta notícia. Foi uma das piores épocas da história de Israel. Que triste época para se nascer! O que deveria ser um motivo de alegria e esperança, como o nascimento de uma criança, foi um dia de dor, de sofrimento, morte e desesperança, afinal ³foi-se a glória´. O que aconteceu à Arca da Aliança e ao sacerdote Eli foi, pois, o desfecho de uma época de pecado e afastamento de Deus.

O tempo de Icabô foi um tempo de silêncio de Deus 1Sm 3.1: ³O jovem Samuel servia ao Senhor, perante Eli. Naqueles dias, a palavra do Senhor era mui rara; as visões não eram freqüentes´.

discernirmos se é Deus que nos fala ou o homem. e tendo-se deitado também Samuel. poderia se ajeitar em qualquer cantinho glorioso cantinho. Samuel! Este respondeu: Eis -me aqui! O Senhor procura servos que o ouçam. em que estava a arca. o menino Samuel estava no templo. 1 Sm 3. Deus fala através de homens. enquanto Eli estava no ³lugar costumado´. ao lugar na igreja. ou rejeitarmos aquilo que o homem está falando por sua própria vontade como se Deus o falasse. Finalmente o Senhor encontrou alguém que o ouvisse. a ponto de não poder ver. junto da Arca. torna a deitar-te. no lugar de sempre. nossa liturgia que já não ouvimos mais a voz de Deus! Entretanto. Precisamos buscar conhecimento tal da Palavra de Deus. à noite na tenda em Siló. o Senhor chamou o menino: Samuel. mas praticar o que se escuta. Imagino como soou como música aos ouvidos do Senhor a célebre resposta de Samuel. o mesmo onde Deus estava! Foi dormir ao lado de Deus! Saia do seu lugar de costume (zona de conforto) busque um renovo para a sua vida.´ Estamos tão acostumados com tudo isso que confundimos a voz de Deus com a voz dos homens! Ao contrário do adágio popular a voz de Deus não é a voz do povo. ao louvor. Ouvir não significa somente escutar a voz de Deus. Ele se foi e se deitou. Contudo. Os evangelhos e as epístolas têm todas as noções que precisamos ter acerca da vontade de Deus. no templo do Senhor. ele encontrou Samuel que estava próximo à Arca. Muitos de nós nos acostumamos a muitas coisas: ao culto de domingo. Temos à nossa disposição as palavras inspiradas dos profetas e dos apóstolos. O pecado e a falta de temor de Deus provocavam o silêncio. cujos olhos já começavam a escurecer-se. estando deitado no lugar costumado o sacerdote Eli. busque o silêncio. que possamos receber aquilo que Deus está falando através do seu servo com humildade. quando pela terceira vez o Senhor o chamou: -³fala Senhor porque o teu servo ouve!´. Talvez porque não havia um quarto para ele. Saia por um momento das atividades rotineiras. pois tu me chamaste. mas de juízo sobre a família sacerdotal e o povo. Devemos guiar as nossas vidas através da Palavra escrita de Deus. antes que a lâmpada de Deus se apagasse. Hoje nós temos a Palavra de Deus contida na Bíblia Sagrada.2-4: Certo dia. à oração que já decoramos e repetimos mecanicamente. dê tempo para ouvir Deus falar. de esperança e restauração. Estamos tão acostumados com nosso protocolo. Talvez você não ouvirá a voz de Deus como trombeta em seus ouvidos. a voz de Deus não é a voz dos homens. Infelizmente as palavras do Senhor a Samuel não eram palavras doces. . 1Sm 3:5: ³Correu a Eli e disse: Eis-me aqui. ao cargo que ocupamos. entretanto. como se pelo muito falar fôssemos ouvidos. afinal ele era um menino.O Senhor não falava por não querer falar. se retire do corre-corre. No caso de Samuel. mas sentirá o seu coração arder ao meditar nas escrituras. ele foi orientado pelo próprio sacerdote Eli. ao pastor. mas por não haver quem o ouvisse. É necessário. Mas ele disse: Não te chamei.

de Souza cita-o em um de seus livros: ³Belial. nem de santidade. porém. nas pregações tidas. denegrindo não somente os ofícios que exercem. mas sejamos sinceros. Paradoxalmente o declínio moral e espiritual é vertiginoso! Isso porque a religiosidade não é sinônimo de espiritualidade. Ele é adorado sempre que a iniqüidade e perversidade ocupam espaço em nosso coração e quando nossa motivação deixa de ser Deus.´ Neste momento me vêm à mente as notícias de corrupção de pastores e políticos evangélicos que por vezes estoura na mídia.´. com sua iniqüidade. É personificado como uma entidade espiritual que alicia seguidores disfarçados de religiosos. O ³evangelho´ nunca foi tão difundido e está inclusive virando moda.´ [1] Corrupção 1Sm 2:17: ³Era. divide a igreja. embora a mídia seja tendenciosa em relação aos evangélicos. assenta-se nas tribunas dos concílios e convenções. mui grande o pecado destes moços perante o Senhor. porquanto eles desprezavam a oferta do Senhor. João A. . existe uma para cada tipo de pessoa. muitas vezes. mas o próprio evangelho de Cristo. os filhos de Eli filhos de Belial e não se importavam com o Senhor. Pessoas que receberam algo de Deus. imoralidade sexual e mentira. é o termo hebraico para ³indignidade ou iniqüidade´.12: ³Eram. Nunca se viu tantas igrejas sendo fundadas. como missão honrosa e desprezaram o que Deus lhes deu. em reuniões de ministérios. sabemos que a corrupção tanto de pastores quanto de políticos evangélicos é uma realidade. É claro que não devemos acreditar em tudo o que a mídia anuncia. e passa a centralizar-se em projetos humanos. pois. no entanto eram filhos de Belial! Belial é sinônimo de vício. Os filhos de Eli eram sacerdotes. idolatria. com a adesão de famosos.O Tempo de Icabô (parte 2) 2010-07-05 13:18 O tempo de Icabô foi um tempo de declínio espiritual e moral 1Sm 2. permeia a liderança. como as mais espirituais.

´ A imoralidade sexual domina esta sociedade. no campo aberto. para sair de encontro a Israel. para que venha no meio de nós e nos livre das mãos de nossos inimigos. entretanto é nossa a responsabilidade fechar as brechas por onde Belial tem entrado na Igreja. João A.´ . diante dos filisteus? Tragamos de Siló a arca da Aliança do Senhor. 2003. pois. Formando Verdadeiros Adoradores. muitas vezes apoiados e incentivado pelos pais. dar a entender que não somos falhos. disseram os anciãos de Israel: Por que nos feriu o Senhor. E. Ao contrário disso. Belo Horizonte: Ed. com isto. Hofni e Finéias. porém. entronizado entre os querubins. e os filisteus se acamparam junto a Afeca. estavam ali com a arca da Aliança de Deus. e estes mataram. e isto não é novidade. de. é honrando o matrimônio. o povo trazer de Siló a arca do Senhor dos Exércitos. Eli já muito velho e ouvia tudo quanto seus filhos faziam a todo o Israel e de como se deitavam com as mulheres que serviam à porta da tenda da congregação. Voltando o povo ao arraial.4). [1] SOUZA FILHO. Israel foi derrotado pelos filisteus. hoje.22: ³Era. muitos de nossos jovens estão iniciando suas vidas sexuais sem nem cogitar o casamento e. Clique aqui para ler: (parte 1) (parte 2) O tempo de Icabô foi um tempo de derrota 1Sm 4:1-4 ³Veio a palavra de Samuel a todo o Israel.Luxúria 1Sm 2. os dois filhos de Eli. e. Não quero. neste aspecto a única maneira para isso. Dispuseram-se os filisteus em ordem de batalha. mas o povo de Deus foi chamado para ser santo. que é a única forma de sexo abençoado por Deus! (Hb 13. Israel saiu à peleja contra os filisteus e se acampou junto a Ebenézer.Betânia. O Tempo de Icabô parte 3 2010-07-12 11:43 Se você ainda não leu as seções anteriores leia antes de ler esta. travada a peleja. cerca de quatro mil homens. Mandou. o que é pior.

em nossos esforços de evangelismo e expansão do Reino de Deus. Nossos projetos deixam de ser projetos de Deus quando não são firmados de acordo com a Palavra de Deus. Se quisermos ser vitoriosos como Igreja. E diziam mais: Ai de nós! Que tal jamais sucedeu antes. ao invés de buscar o arrependimento. e a arca da Aliança foi levada pelos filisteus. pois foram mortos de Israel trinta mil homens de pé. O júbilo foi tão intenso que os filisteus ouviram e ficaram apavorados! Entretanto depois que a arca foi levada para a batalha foram mortos trinta mil homens de Israel. Israel foi derrotado. precisamos buscar o objetivo certo e o entendimento entre o povo de Deus. pelejaram os filisteus. Foi tomada a arca de Deus. para que não venhais a ser escravos dos hebreus. pensou que se levassem a arca para a batalha venceriam seus adversários. e se não são de Deus. Ouvindo os filisteus a voz do júbilo. e deliberadamente decidiram desobedecer à ordem de Deus de se espalharem sobre a Terra. e cada um fugiu para a sua tenda. Por vezes temos todos os meios e instrumentos disponíveis para vencermos. . quando intentou construir uma torre em honra ao homem. Hofni e Finéias. esquecendo de confiar em Deus e submeter nossos intentos à sua vontade. Ao ser derrotado no campo de batalha o povo. Ai de nós! Quem nos livrará das mãos destes grandiosos deuses? São os deuses que feriram aos egípcios com toda sorte de pragas no deserto.5-11: ³Sucedeu que. na batalha anterior foram quatro mil. gritos de júbilo que estremeceu a terra. Quando a arca entrou no arraial houve um alvoroço. vindo a arca da Aliança do Senhor ao arraial. Sede fortes. Precisamos nos unir. Este foi o caso da geração pós-diluviana. souberam que a arca do Senhor era vinda ao arraial. então o próprio Deus frustrou seus intentos.Deus muitas vezes permite a derrota do seu povo para mostrar que o seu compromisso é com a santidade e não com o homem. Deus não se compromete com eles. e ressoou a terra.19). e mortos os dois filhos de Eli. e falam a mesma língua e tudo que intentarem fazer não lhes será impossível (cf Gn 11. rompeu todo o Israel em grandes brados. como eles serviram a vós outros! Portai-vos varonilmente e pelejai! Então. ó filisteus! Portai-vos varonilmente. então nos enchemos de autoconfiança e passamos a agir baseado em nossos próprios desejos. E se atemorizaram os filisteus e disseram: Os deuses vieram ao arraial. foi grande a derrota. ao menos nos pontos em que concordamos! 1 Sm 4. disseram: Que voz de grande júbilo é esta no arraial dos hebreus? Então. Então Deus olhou para o homem e disse: o povo é um só. Eu chamo isso de fórmula do sucesso para um povo ou comunidade: unidade de propósito (todos queriam construir a torre) + entendimento mútuo (falavam a mesma língua) + consentimento divino (obediência à vontade de Deus) = vitória! Porém lhes faltou o último e mais importante ingrediente desta fórmula: a obediência a Deus.

e morreu. foi grande a derrota. pois foram mortos de Israel trinta mil homens de pé. .Mas porque Deus permitiu tal coisa? O que era feito do Deus de Israel que. Sua glória será melhor preservada pela derrota de seu povo do que por sua vitória em uma situação de impureza. queremos o problema encoberto e oramos neste sentido. para mostrar que Ele nada tem a ver com a impureza. Ao fazer ele menção da arca de Deus. um deus estranho. Ela estava morrendo. Sua glória está sempre associada com a santidade e Ele nunca encobrirá a impureza. Israel foi derrotado. Watchman Nee expressou muito bem esse conceito em uma de suas mensagens cujo tema é: O Testemunho de Deus em relação à igreja: ³Quando os filhos de Deus apartam-se dele. ainda que haja derrota oculta. Hofni e Finéias. e havia ele julgado a Israel quarenta anos. respondeu o que trazia as novas e disse: Israel fugiu de diante dos filisteus. Hofni e Finéias. Nessa hora eles pensam que Deus por causa de sua própria glória deve livrá-los. meu filho?Então. segundo os próprios filisteus disseram. propaganda enganosa. chegam até assustar o inimigo. começou a ter as dores de parto e deu à luz. Disse o homem a Eli: Eu sou o que saí das fileiras e delas fugi hoje mesmo. dando pinta de que vão estremecer o inferno. Quando ela soube que a arca de Deus havia sido tomada e que o seu sogro e o seu marido tinham morrido. e quebrou-selhe o pescoço. pelejaram os filisteus. Mas a maneira de Deus é exatamente oposta. houve grande morticínio entre o povo. dizem estar cheios de fogo. então Deus entrega seu povo à derrota e os inimigos continuamente os atacam. porque era já homem velho e pesado. quando há um coração dividido ou em algum lugar. e mortos os dois filhos de Eli.´ [1] Icabô foi um tempo de morte 1 Sm 4:10. A nora de Eli. muitas igrejas fazem barulho demais. Quando um servo de Deus falha gravemente. estava grávida e já quase na época de ter a criança. mas Deus está mais interessado em vindicar a sua santidade do que preservar a sua glória diante dos homens. foram mortos. mas as mulheres que a ajudavam disseram: ± Tenha coragem! Você ganhou um filho. e a arca de Deus foi tomada. caiu Eli da cadeira para trás. Isto porque queremos a glória sem um caráter santo. Foi tomada a arca de Deus. livre seu servo de cair em derrota pública. esperando que Deus por sua glória.11.16-21: Então. e cada um fugiu para a sua tenda. Perguntoulhe Eli: Que sucedeu. Desta forma ao invés de vencermos seremos frustrados e envergonhados. de unção! Mas os resultados são decepcionantes. junto ao portão. feriu aos egípcios? Tal como Israel. Ele permitirá Seu povo ser derrotado aos olhos do mundo. a mulher de Finéias. e também os teus dois filhos.

posteriormente com a insistência de Israel no erro foram trinta mil homens Entretanto a morte no campo de batalha foi. a glória foi roubada. a morte física foi apenas um desfecho do declínio espiritual do povo até a definitiva separação do seu Deus. várias igrejas batizando juntas. morreu aquele que era o itermediário entre Deus e o povo! A época em que eu nasci. serem experimentadas por eles. e de como era necessário requisitar auxílio da polícia para interditar a rua da igreja. do movimento da nova unção.Ela não se interessou e não respondeu. Lembro-me do avivamento da década de 90. tão somente a materialização da pior de todas as mortes. E. em 1980. isto é. neste cenário. O morticínio para Israel nos dias de Icabô foi sem precedentes: 4 mil mortos numa primeira batalha contra os filisteus. falando da tomada da arca de Deus e da morte do seu sogro e do seu marido. ao contrário de Icabô.e não era batismo coletivo como algumas denominações fazem hoje. Contudo. e do movimento gospel que modernizou a música evangélica. Que nossos dias sejam dias em que a glória do Senhor resplandeça e que a próxima geração não seja uma ³geração de Icabô´. Disse isso. Mas deu ao menino o nome de Icabô. De lá pra cá deixamos de ser 5% da população brasileira para alcançarmos os atuais 30%. foi uma época de avivamento. cria em mim um coração puro e dá-me uma vontade nova e firme! Não me expulses da tua presença. não havia mais a glória de Deus. explicando: A glória saiu de Israel. almas eram salvas às centenas. oro para que o que a geração do meu pai conquistou com oração e sacrifício. mas de uma igreja local. não seja perdido e transformado em histórias que contaremos para nossos filhos e netos sem. a morte espiritual! O povo estava separado do seu Deus. no entanto. Dá-me novamente a alegria . na época em que eu nasci. Ela disse: ± A glória saiu de Israel. como num golpe de misericórdia morre o sacerdote Eli como confirmação definitiva da morte espiritual de Israel. Ouvi meu pai contando a respeito da igreja de São Borja. e que nos foi legado. nem tires de mim o teu santo Espírito. pois a multidão era maior fora do que dentro do templo. Lembro-me de batismos onde centenas de pessoas desciam as águas . em que o evangelho crescia. pois a arca de Deus foi tomada pelos nossos inimigos. Nossa oração deve ser de arrependimento e quebrantamento como a de Davi: Ó Deus.

Doze Cestos Cheios. [1] NEE. que faz o mal em nome de Deus.12). referindo-se a pessoas sexualmente imorais ou mentirosas. Tamuz. diz Russel Champlin. Belial não é um demônio comum: ele é um dos príncipes das trevas. Árvore da Vida. Falando sobre Belial. Camos. seguido por Moloque. Isis. (Salmos 51. pois. porém. Então ensinarei aos desobedientes as tuas leis. 2ª ed. e que escreveu o que é considerado um dos cinco poemas épicos do mundo). "Porém os filhos de Belial serão todos lançados fora. Milton abre a cena épica com Satanás recobrando-se da queda que o Messias lhe impôs no profundo abismo. Dagom. e eles voltarão a ti. Nem mais grosseiro para amar o vício . adultera. e chega a ser confundido com o próprio Satanás. Rimom. Baalim. diz Milton: Espírito nenhum mais torpe que ele Dos altos Céus caiu no fundo do Orco. a tua serva por filha de Belial. persegue. novembro/91. O primeiro a despertar no abismo ao lado de Satanás foi Belzebu. Mas quem é esse Belial que anda fazendo estragos na igreja do Senhor Jesus? Que espírito é esse que ocupa os púlpitos. Belial.da tua salvação e conserva em mim o desejo de ser obediente. Watchmam. São Paulo. É também o termo hebraico para "indignidade ou iniquidade".10-13). Osíris. Todos se colocam à disposição de seu líder e com ele traçam planos de continuar a luta contra o Altíssimo." (2 Sm 23. Astarote... que mente. teve muita percepção espiritual quando descreveu a forma de atuação desse príncipe satânico. Belial está solto! "Não tenhas. autor de O Paraíso Perdido (célebre cristão e autor. Hórus.16) "Eram." (1 Sm 1. Alguns comentaristas falam de Belial como sendo apenas uma expressão hebraica usada a respeito daqueles que incitam à idolatria ou à insurreição. e que não é notado nem exaltado como os demais príncipes de Satanás? Creio que João Milton. Ed. o derradeiro deles.. é o que diz a nota de rodapé da Bíblia de Genebra. contemporâneo de Shakespeare.6). o cego. os filhos de Eli filhos de Belial e não se importavam com o Senhor" (1 Sm 2.

ele habita os templos. com refinada hipocrisia.. destruir casamentos e aniquilar a família e. nas pregações tidas como as mais espirituais. Afinal. Onde a devassidão. Na igreja percebe-se sua presença vil acobertado sob o manto do amor e do cuidado ao próximo. Historicamente não se sabe de nenhum templo construído a Belial como se construiu para todos os demais.. consegue avocar para si mesmo as orações feitas aos demais príncipes. paz. age sem ser notado entre o rebanho de Deus. pois toda oração. o orgulho. Em alguns lugares ele ocupa solenemente púlpitos de igrejas e campanários de catedrais inspirando com sua presença atividades que se mostram cheias de piedade. Belial consegue vituperar o bom nome de Deus nos dias de hoje. as estórias mais apreciadas e freqüenta com certa pompa o mundo das letras. da música. permeia a liderança. falando de amor. ao mesmo tempo que opera com malícia. roubaram -lhe. indignidade e desprezo. nas portas das escolas conquista adeptos para o mal. Belial está conseguindo com a igreja o que Moloque não pôde e não pode. mas que são danosas e prejudiciais à igreja. assenta-se nas tribunas dos concílios e convenções. Foi ele que inspirou os filhos de Eli a fazerem do tabernáculo do Senhor um antro de orgia. nos palácios E nas cidades onde os vícios moram. Perverso como é. e a imprensa com certo orgulho permitiase divulgar que os jovens eram membros de certa denominação evangélica. adoração e sacrifícios cujo fim é a pessoa. seqüestraram a filha de um empresário. nem altares fumam. Belial está por trás de romances. Os filhos de Belial nela divagam. a sustentação do ego. vêem-me à mente os jovens que abandonando a fé. A do publicano não lhe serve. de brutal lascívia! Reina ele pelas cortes. Ali. Belial com sua iniquidade divide a igreja. Belial sabe como conquistar discípulos e menosprezar a Fé! Silenciosamente age nos antros com vícios. Operando nos bastidores da religião e da fé. são incenso que lhe sobem as narinas e que sustenta sua iniquidade. do teatro. pois ela não está perfumada pelo espírito de Belial. Porém. Belial é adorado sempre que a iniquidade e a perversidade ocupam espaço em nossos corações e sempre que nossas motivações deixam de ser Deus. e são centralizadas em . mas. Sobem por cima das mais altas torres. a defesa própria. a infâmia. e age tranqüilo na catequese ideológica de alguns governos.Só por ser vício. assim que tolda a noite nas ruas. em reuniões de ministérios. o ultraje. filmes. Belial serve-lhe de grande ajuda. inspirando seus autores a escreverem os mais lindos contos. documentários. sabe que pode encontrar nos adoradores a honra que lhe é devida. histórias. Aquele que agia pelas ruas de Sodoma e fincou residência na pequena Gibeá onde uma mulher foi violentada e morta pelos homens da cidade. Quando Milton diz que ele ama o vício só por amar. perversão e maldade. Em honra desse monstro Não se erguem templos. o bem-estar pessoal. A oração do fariseu em Lucas 18 sobe-lhe às narinas como agradável cheiro. Moloque teve que mudar de tática para voltar a sacrificar crianças. Penso que Milton definiu com propriedade a atividade desse iníquo e perverso príncipe do mal. fizeram-lhe refém alguns dias depois. resguardados sob o manto da religião. nesse sentido. É quem templos e altares mais freqüenta Chegando a ser ateus os sacerdotes Bem como de Eli sucedeu os filhos Que de Deus os alcáceres encheram De atroz fereza. no dizer de Milton.

como se estivesse bêbada. de Souza Filho . no entanto. estava cheia da presença de Deus! Belial é um mistério que precisa ser melhor desvendado! João A. Até mesmo em ritos e leis como o faziam os filhos de Eli.Pastor e escritor . fora de si e. A pompa da religiosidade dos filhos de Eli era como sacrifício agradável a Belial.projetos humanos. a ponto de Ana ser confundida com um de seus filhos. Tudo o que faziam era num ambiente sagrado.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->