METODOLOGIA DE PESQUISA ELABORAÇÃO DE REFERÊNCIAS

Aula 06

Referência
‡ Documento secundário que apresenta uma lista de referências bibliográficas segundo uma ordem específica e contendo os elementos descritivos dos documentos, de modo a permitir a sua identificação; ‡ Conjunto padronizado de elementos descritivos retirados de um documento, que permite sua identificação individual, conforme a ABNT/NBR-6023 de 2002; ‡ Elemento obrigatório para todos os documentos; ‡ Identifica todos os documentos citados no texto, mesmo que em notas de rodapé.

LOCALIZAÇÃO
‡ ‡ ‡ ‡ Nota de rodapé; Fim de texto ou de capítulo; Lista de referências; Antecedendo resumos, resenhas e recensões.

Referência Como forma autônoma ‡ Repertório bibliográfico produto de um trabalho de pesquisa documental feito segundo critérios previamente definidos e publicado autonomamente. .

‡ No caso de haver mais do que uma referência do mesmo autor. a seguir aos índices.Referência Como complemento de um trabalho ‡ Conjunto organizado de referências bibliográficas de todos os documentos consultados para a elaboração do trabalho. sendo substituído por um travessão nas seguintes. é colocada no fim do trabalho. ‡ Normalmente. este só é identificado na primeira referência. .

± Bibliografias nacionais (na língua de um só país ou publicadas num só país).Tipos de Referências Bibliográficas 1. 2. Em função da língua: ± Bibliografias internacionais (universais ou multilíngues). . Em função do conteúdo: ± Bibliografias gerais (todos os assuntos) ± Bibliografias especializadas (um só assunto ou área do conhecimento).

Tipos de Referências Bibliográficas 3. ± Bibliografias secundárias: as referências são elaboradas a partir de outras bibliografias. Em função das condições em que são elaboradas: ± Bibliografias primárias: as referências são elaboradas a partir das obras originais. .

as anotações podem constar de análise bibliográfica (inclui informação sobre o autor) ou resumo (apenas se refere ao conteúdo da obra). .Tipos de Referências Bibliográficas 4. Em função do tipo de tratamento documental. simples listas descritivas contendo apenas os elementos essenciais das obras. ± Bibliografias anotadas ou analíticas: seguidas de anotações sobre o conteúdo das obras ± Referenciadas. ± Bibliografias sinaléticas: enumerativas.

incorrecções. .). tipografia).Tipos de Referências Bibliográficas 4.. tipo de papel. ± Bibliografias críticas: incluem apreciações de valor sobre os documentos (importância da obra.. quantidade de informação. Em função do tipo de tratamento documental. ± Bibliografias descritivas: completadas com uma descrição física do exemplar (encadernação.

± Bibliografias seletivas: escolha dos documentos elencados. Em função da profundidade de tratamento do tema.Tipos de Referências Bibliográficas 5. ± Bibliografias exaustivas: englobam tudo o que foi publicado sobre o assunto. segundo determinados critérios. .

. mensal. anual. Em função da amplitude: Bibliografias retrospectivas: publicações após determinada data.) - . Bibliografias correntes ou periódicas: à medida da publicação das obras (semanal. anterior àquela em que nos situamos.Tipos de Referências Bibliográficas 6..

4. Bibliografias dicionário: por ordem alfabética geral. ou de fundação das colectividades autoras. ou assuntos. 2. 5.Organização e ordenação 1. Bibliografias geográficas: por local de publicação. títulos e assuntos. 3. Bibliografias sistemáticas: segundo um sistema de classificação. Bibliografias cronológicas: por data de publicação. . Bibliografias alfabéticas: de autores. incluindo autores. títulos. 6. Bibliografias numéricas: por número sequencial.

Para a apresentação tipográfica dos títulos e seus complementos deve recorrer-se a sublinhados. publicação. Fonte de informação: os elementos devem ser retirados do próprio documento. de preferência da página de rosto. c) . itálicos. edição. título. relevos tipográficos ou aspas .Referência Elementos descritivos dos documentos a) b) Elementos fundamentais da notícia bibliográfica: autor.

série ou coleção. ISBN .Elementos descritivos dos documentos d) Podem utilizar-se abreviaturas. . e) São dados complementares: a descrição física (número de páginas ou volumes). dimensão. o autor.é um sistema internacional padronizado que identifica numericamente os livros segundo o título. desde que identifiquem claramente o autor ou a publicação ou tratando-se de termos correntes usados nas referências bibliográficas.International Standard Book Number . a editora. o país. individualizando-os inclusive por edição. ilustração. notas especiais e ISBN.

ELABORANDO AS REFERÊNCIAS .

± Ter uniformidade. Orlando.APRESENTAÇÃO Regras Gerais ‡ Ser alinhadas à margem esquerda. ed. Ex. CARNEIRO. São Paulo: Nobel. COSTA. 1978. . 1987. 12. Helena Maria. ± Espaço simples entre as linhas e espaço duplo separando referências. Tipos de habitação rural no Brasil. Construções rurais. 70p. MESQUITA. Rio de Janeiro: Superintendência de Recursos Naturais e Meio Ambiente. 719p. Írio Barbosa da.

± expressão em latim que significa "entre outros.AUTORIA et al." .

: DIAGNÓSTICO do setor editorial brasileiro. 1993. São Paulo: Câmara Brasileira do Livro. 64p. Nota: Não usar o termo anônimo em substituição ao nome do autor desconhecido.AUTORIA DESCONHECIDA A entrada é feita pelo título Ex. .

3 v. Curitiba: Associação Bibliotecária do Paraná.) têm entrada. 1979. 1971.. 10. NBR 10520: apresentação de citações em documentos . associações. . 1998. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Bibliografia do folclore brasileiro. Ex. CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO. por extenso.: BIBLIOTECA NACIONAL (Brasil). etc.procedimentos. pelo seu próprio nome. seminários. Curitiba. Anais. Rio de Janeiro: Divisão de Publicações... de modo geral. empresas. Rio de Janeiro. congressos.AUTOR ENTIDADE Obras de responsabilidade de entidade (órgãos governamentais.

Bibliografia do folclore brasileiro.AUTOR ENTIDADE Quando a entidade tem uma denominação genérica seu nome é precedido pelo nome do órgão superior. ou pelo nome da jurisdição geográfica à qual pertence. Relatório de atividades. de UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA.: BIBLIOTECA NACIONAL (Brasil).. Rio de Janeiro: Divisão de Publicações. RIO DE JANEIRO. 1971. Faculdade Engenharia Mecânica. Ex. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS.. Conselho Regional de Biblioteconomia . Anuário de pesquisa SÃO PAULO. Faculdade de Engenharia Mecânica. Conselho Regional de Biblioteconomia.

. SÃO PAULO (Estado). Ex.: BRASIL. Secretaria do Meio ambiente.AUTOR ENTIDADE Quando se tratar de órgãos governamentais da administração (ministérios. Conselho Federal de Educação. considerando a subordinação hierárquica. secretarias e outros) entrar pelo nome geográfico. Ministério da Educação.

1995. Gerald J. 716 p. LIEBERMAN. data de publicação. New York: McGraw-Hill. Local: Editora. 2nd ed.: HILLIER. Ex. Introduction to mathematical programming. Título. Frederick S.. . Edição.Referência de Livros Livro no todo AUTOR(ES).

11. In: ________. p.. data de publicação. capítulo.: HILLIER. páginas inicial e final da parte). cap. Ex. Game theory. Título da parte. Local: Editora. Frederick S. . LIEBERMAN. Gerald J. Introduction to mathematical programming. Edição.Referência de Livros Parte de Livro Autor da parte = Autor do todos AUTOR(ES) da parte. Indicação da parte (volume. In ________. Título. 1995. New York: McGraw-Hill. 2nd ed. 514-537.

Título. TUROFF. Murray (Ed.. Título da parte. In: AUTOR(ES) da obra.Referência de Livros Parte de Livro Parte com autoria própria AUTOR(ES) da parte. Indicação da parte (volume. 1975. páginas inicial e final da parte) Ex. London: Addison-Wesley. data de publicação. capítulo. Harold A. The delphi method. In: LINSTONE.). Edição. p. Julius. .: KANE. Local: Editora. 369-382. An alternative approach to cross impact analysis.

Efeitos magnéticos do arco de soldagem. p. Anais. São Paulo: Associação Brasileira de Soldagem. Título do trabalho. v. 1989. data de publicação. P. Local de realização. São Paulo. Páginas inicial e final do trabalho. In: NOME DO EVENTO. Simpósios. número. 1990. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA. ano.. Jornadas e outros Eventos Científicos AUTOR(ES). Conferências.. 1.Referência de Artigos de Eventos Congressos. Ex. 289-296 . Título do evento. Local de publicação: Editora.: MARQUES.. 15.

Documentos Acadêmicos .

: BRASIL. p. Estabelece critério para pagamento de gratificações e vantagens pecuniárias aos titulares de cargos e empregos da Administração Federal direta e autárquica e dá outras providências. Dados da obra que publicou a lei ou decreto. de 7 de abril de 1988. 126. ano). Ementa. mês. 6009. . Seção 1. nº . 1988. pt. Brasília. EX. v. Decreto nº 2423. data (dia. 8 abr. 1. Diário Oficial da União. Lei ou Decreto. n. 66.Referência de Leis e Decretos PAÍS. ESTADO OU MUNICÍPIO.

Número de páginas. . Local de publicação.Referência de Normas ÓRGÃO NORMALIZADOR. Rio de Janeiro.: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação ± referências ± elaboração. Ex. Número da norma: título da norma. 22 p. ano. 2000.

: CLARKE. Local de Publicação. v. número do fascículo. mês e ano.Artigos de Periódicos AUTOR(ES) DO ARTIGO. Título do Periódico. 753-760. Aug. p. número do volume. S. Birmingham. páginas inicial e final do artigo. . Journal of the Operational Research Society. 44. EX. 1993. Computer forecasting of Australian rule football for a daily newspaper. Título do artigo. R. 8. n.

Documento Eletrônico .

Título. Ex. toefl. mês e ano. Disponível em:<http://www. Disponível em: <endereço eletrônico>.: ETSnet. . Acesso em: 19 maio 1998.org>. Toefl on line: test of english as a foreign language.Referência de Site AUTOR. Acesso em: dia.