P. 1
Slide Da Sequencia Didatica

Slide Da Sequencia Didatica

|Views: 3.849|Likes:
Publicado porpedagogainclusiva

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: pedagogainclusiva on May 24, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPTX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/09/2013

pdf

text

original

SEQUÊNCIA DIDÁTICA GÊNERO POESIA

O universo da poesia é muito rico e encantador.O professor é mediador e o iniciador neste mundo maravilhoso da leitura. Como diz José Paulo Paes: "A poesia nada mais é do que uma brincadeira com as palavras."

Objetivo Geral  Perceber que a poesia é composta de rima, métrica, verso e estrofe. Objetivos Específicos  Estimular a prática de leitura de poesias;  Promover a aproximação do aluno com o texto poético;  Favorecer o desenvolvimento da criatividade, sensibilidade, imaginação através da leitura do texto poético.

1º Momento (Leitura e Oralidade)  Roda de conversa e apresentação da poesia; Perguntar aos alunos se eles conhecem o que é poesia; Ler a poesia junto com os alunos. 2º Momento (Leitura e Escrita) Leitura da poesia; Escrita de palavras desconhecidas da poesia . 3º Momento ( Leitura e Analise lingüística) Leitura coletiva da poesias, destacando os personagens da poesia; Identificar o autor da poesia. 4º Momento ( Escrita e Oralidade)  Fazer uma ilustração sobre a poesia;  Desenvolver um debate sobre poesia. 5º Momento ( Oralidade e Escrita)  Interagir os alunos com a poesia; Fazer uma pesquisa de outros autores.

6º Momento (Leitura e Escrita)  Lê e escrever palavras que rimam com outras sem ser da poesia trabalhada. 7º Momento ( escrita e Oralidade)  Conversa informal sobre a poesia e identificando as partes do poema como: verso, rima, e estrofes.

8º Momento ( Leitura e escrita)  Lê a poesia e escrever as rimas encontradas;  Elaborar rimas com outras palavras da poesia.

9º Momento ( Leitura e oralidade)  Lê , escrever sobre outros autores da poesia. 10º Momento (Leitura, Escrita e Oralidade)  Exposição das atividades elaboradas pelos alunos

POESIA INFANTIL / INFANTO-JUVENIL Colaboração de Liliane Bernardes
Cecília Benevides de Carvalho Meireles nasceu na cidade do Rio de Janeiro em 7 de novembro de 1901. Seus pais morreram quando ainda era criança e ela foi criada pela avó chamada Jacinta, que a vivia cantarolando cantigas e falando ditados populares. Na casa de Cecília havia um quintal e um mundo encantado: o mundo dos livros! Cecília já gostava dos livros antes mesmo de aprender a ler e foi aos 9 anos que escreveu o seu primeiro poema. Foi professora, jornalista e aos 18 já havia lançado o seu primeiro livro. Fundou a primeira biblioteca infantil do Brasil.

Cecília Meireles (1901- 1964)

Poesia do Livro Ou isto ou aquilo (Nova Fronteira):
A Língua de Nhem Havia uma velhinha que andava aborrecida pois dava a sua vida para falar com alguém. E estava sempre em casa a boa velhinha resmungando sozinha: nhem-nhem-nhem-nhem-nhem-nhem... O gato que dormia no canto da cozinha escutando a velhinha, principiou também a miar nessa língua e se ela resmungava, o gatinho a acompanhava: nhem-nhem-nhem-nhem-nhem-nhem...

Depois veio o cachorro da casa da vizinha, pato, cabra e galinha de cá, de lá, de além, e todos aprenderam a falar noite e dia naquela melodia nhem-nhem-nhem-nhem-nhem-nhem... De modo que a velhinha que muito padecia por não ter companhia nem falar com ninguém, ficou toda contente, pois mal a boca abria tudo lhe respondia: nhem-nhem-nhem-nhem-nhem-nhem...

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->