Você está na página 1de 2

ESCOLA DE TURISMOLOGIA

Disciplina: Museus e Turismo


Professor: Antônio Carlos
Aluna: JÉSSICA SILVA ARRUDA – MAT.:20071371087

A Importância dos Museus para o Turismo

Existem diversas motivações que levam milhões de pessoas todos os anos a se deslocarem de
suas cidades e países para visitar outras localidades. Dentre as principais encontram-se às
motivações de lazer, negócios, estudos e a histórico-cultural. Sobre esta última, podemos dizer que
mesmo nas viagens em que a principal motivação não seja a histórico-cultural grande parte dos
turistas realiza atividades deste cunho, como visitar o centro histórico de uma cidade, assistir a uma
apresentação de dança típica ou visitar um museu.
O turista que busca conhecer a história da localidade que visita, sua cultura, hábitos, como
comidas típicas, monumentos, festas e manifestações, artesanato, etc. costuma visitar os museus,
pois estas são instituições que têm como objetivo preservar o patrimônio e mostrá-lo para o povo e
as futuras gerações. Sendo assim, muitos museus podem ser aproveitados turisticamente.
É fato que muitos museus do mundo são grandes atrativos turísticos, regionais e até mesmo
internacionais. Bons exemplos de museus internacionalmente conhecidos e visitados por pessoas do
mundo todo são: O Museu do Louvre, em Paris e o Museu Metropolitan em Nova Iorque.
Regionalmente pode-se citar o Museu Imperial em Petrópolis.
Não são todos os museus que são interessantes para o turismo de maneira geral, por diversos
fatores, como falta de infra-estrutura, dificuldades de acesso ou aqueles museus muito específicos,
de instituições conhecidas apenas em âmbito interno. Para que um museu seja aproveitado para o
turismo ele deve ser adequado para tal, ou seja, possuir fácil acesso, infra-estrutura (banheiros,
monitores, loja de souvenires, cantina, legendas e textos explicativos, preferencialmente em mais de
um idioma), bem como ter uma temática de interesse deste público.
Um fator muito importante quanto ao aproveitamento dos museus para o turismo é a
participação da comunidade neste. O museu, para representar bem o patrimônio de um povo precisa
ser reconhecido por este, é necessário que a identidade do povo seja representada, para tanto é
indispensável a participação da comunidade na “construção” do museu (através de sua função
educativa), pois apenas desta maneira se atinge o desenvolvimento cultural. Quando isso não ocorre
é alto o risco do acervo, exposições e atividades do museu serem parciais e até mesmo
artificializadas, frustrando o turista que busca conhecer a cultura e identidade do povo que visita.
Sendo assim, a importância dos museus para o turismo é muito grande, pois estas instituições
constituem “ferramentas” muito úteis para a transmissão da identidade de um povo, mostrando a
cultura e a história das comunidades visitadas para os turistas. Além disso, sendo importantes
atrativos turísticos, os museus são responsáveis por aumentar a estadia dos turistas nas localidades e
aumentar as divisas geradas pela atividade. E ainda, contribuem para a consolidação da imagem da
nação como um todo junto à comunidade internacional, pois muitas vezes povos são estereotipados
pela mídia de forma prejudicial para o turismo. Este é o caso da maior parte dos países da América
Latina, conhecidos como destinos de sol e praia, mas que na verdade apresentam muito mais
possibilidades para o turismo do que o que é usualmente divulgado.