P. 1
Custos para tomada de decisão

Custos para tomada de decisão

5.0

|Views: 1.803|Likes:
Publicado porCesar Afif Oaquim

More info:

Published by: Cesar Afif Oaquim on May 24, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/15/2014

pdf

text

original

Custos para tomada de decisão

‡ A contabilidade de custos tem duas funções relevantes: o auxílio ao controle e a ajuda às tomadas de decisões. ‡ No que tange à decisão, seu papel reveste-se de suma importância, pois consiste na alimentação de informações sobre valores relevantes que dizem respeito às conseqüências de curto e longo prazos, sobre medidas de introdução ou corte de produtos, administração de preços de venda, opção de compra ou produção etc.

Custos para tomada de decisão
‡ Método de custeio variável como o método científico para tomada de decisão com as informações de custo ‡ Principais conceitos decorrentes do método (ponto de equilíbrio e margem de contribuição) ‡ Modelo de decisão baseado na margem de contribuição ‡ Métodos para apuração do ponto de equilíbrio em várias situações ‡ Modelo de decisão de margem de contribuição para vários produtos ‡ Conceitos de fatores limitantes ou restritivos no modelo de margem de contribuição

Porém. a MOD pode ser considerada um custo variável. é natural entender a MOD como custo variável. o método de custeio recomendado decisoriamente é o método do custeio variável. ‡ O elemento de custo que mais traz dúvidas na interpretação de seu comportamento em relação ao volume de atividade é a mão-de-obra direta (MOD). ‡ Em essência. . no curto prazo. a MOD é um custo fixo. dentro dessa perspectiva. ‡ Um modelo decisório centra-se na perspectiva futura e. dentro de conjunturas econômicas normais. sabemos que.Custeio Variável como método para tomada de decisão ‡ Segundo Padoveze (2003).

pois acarreta variações. arbitrariedade. e vice-versa. dentro de certos limites. que contêm. e permanecem estáveis mesmo com as oscilações da produção. tem-se um menor custo fixo por unidade. . esta categoria de custos são distribuídos por critérios de rateio. c) O custo fixo por unidade.Óbices dos Custos Fixos para Decisão a) Os custos fixos existem independentemente da fabricação ou não de uma determinada unidade. em maior ou menor grau. ou seja. b) Por não ser possível a identificação com os produtos. aumentando se o volume. depende do volume de produção.

os custos fixos existem. de que adiantaria ter margens de contribuição positivas em todos os produtos se a soma de todas elas fosse inferior ao total dos custos fixos. ‡ Os custos fixos devem ser corretamente analisados.‡ Segundo Martins (2003). representam gastos e não podem ser ignorados. mas não necessariamente devem ser rateados aos produtos. . ‡ Salienta o autor.

possibilita uma expansão das possibilidades de análise dos gastos e das receitas da empresa.Principais Conceitos ‡ A análise comportamental de custos. em relação aos volumes produzidos ou vendidos. ‡ A referida análise é denominada como análise de custo/volume/lucro e conduz a importantes conceitos: margem de contribuição e ponto de equilíbrio . etc. ‡ Tal situação determina pontos importantes para fundamentar futuras decisões de aumento ou diminuição dos volumes de produção. separando-os em custos fixos e variáveis. mudanças no mix de produção. corte ou manutenção dos produtos existentes.

. ‡ Teoricamente os produtos que gerarem as maiores margens de contribuição são os que propiciam um lucro maior. pois visa a identificar o que sobrou da receita de vendas depois de deduzidos os custos e as despesas variáveis de fabricação. ‡ O valor resultante irá contribuir para a cobertura dos custos fixos e para a formação do lucro.Margem de Contribuição ‡ A análise da margem de contribuição é relativamente simples.

Margem de Contribuição ‡ A margem de contribuição pode ser calculada de forma unitária ou total. é o valor que cada unidade efetivamente traz à empresa de sobra entre sua receita e o custo que de fato provocou e lhe pode ser imputado sem erro´ conforme explica Martins. ‡ A margem de contribuição unitária ³é a diferença entre a receita e o custo variável de cada produto. ‡ Por sua vez. . a margem de contribuição total considera o volume total vendido.

‡ É a diferença entre o preço de venda unitário do produto ou serviço e os custos e despesas variáveis por unidade de produto ou serviço. .Margem de Contribuição ‡ Representa o lucro variável.

MOD $ 200 .mat.comissões de venda (12%) $ 204 . o PVU do produto deduzido dos custos e despesas variáveis necessários para produzir e vender o produto. a margem de contribuição é o mesmo que o lucro variável unitário. isto é.700 . variáveis $ 36 . ‡ Exemplo: considere o PV de um produto como $1.MP $ 460 .Modelo de decisão baseado na margem de contribuição ‡ Como já foi visto.total gasto variável $ 900 . indir.

$ 900 (52.Modelo de decisão baseado na margem de contribuição ‡ PV .94%) MCU .700 (100%) GV .$ 1.06%) A MCU significa a contribuição unitária que o produto dá à empresa para cobrir todos os custos e despesas fixas (custos de capacidade) e também propiciar a margem de lucratividade desejada.$ 800 (47. .

Modelo de decisão baseado na margem de contribuição ‡ O modelo de decisão da margem de contribuição expressa-se em uma demonstração de resultados. venda ou o nível de atividade) e os preços unitários. em que necessariamente devem ser incorporados os dados quantitativos (volumes de produção. .

anual Vendas 1700 Gastos (900) variáveis MC Gastos fixos Result. Operac.Período Dados unit. 800 01 un 1700 (900) 800 02 un 3400 (1800) 1600 700 un 701 un 1190000 1191700 (630000) (630900) 560000 560800 (560000) (560000) (560000) (560000) (559200) (558400) 0 800 .

‡ Nessa situação pode-se dizer que a empresa está no ponto de equilíbrio.Modelo de decisão baseado na margem de contribuição ‡ Quando vende 700 unidades. . a empresa tem um resultado igual a zero.

00 47.00 1962.00 447000.00 562500.00 800.00 500000.4% .1% B 250 3750.00 1053000.00 490500.Modelo de decisão baseado na margem de contribuição (vários produtos) Quant. PVU GVU MCU Vendas Tot.00 1788.00 47.7% 2000000.00 947000.00 900. GVT MCT MC % A 625 1700.00 937500.00 1062500.00 47.

Modelo de decisão baseado na margem de contribuição (vários produtos) MCT MC % GFT Result.1% B 447000.4% 52.2% 100% .00 47. Operac.00 47.00 19.00 47. Margem Operac. MCT A 500000.4% (560000. Prod. % Partic.00) 387000.7% 947000.8% 47.

Modelo de decisão baseado na margem de contribuição (vários produtos) ‡ Após pesquisa de mercado. a empresa incorrerá em $30000. A fosse vendido com redução de 10% no seu PV. ‡ Com isso . A e que venderá 230 um do prod. a empresa calcula que deixará de vender 250 un do prod. desde que o prod. A.00. . cujo PV seria de $ 2500. ‡ Com o novo mix de venda. C. a empresa identificou a possibilidade de lançar um produto intermediário entre A e B. ‡ Produto C.00 de despesas fixas anuais de publicidade. ‡ O CVU do prod. C será 30% menor do que o prod.

00 x 1.Modelo de decisão baseado na margem de contribuição (vários produtos) ‡ Novo PVU de A será $ 1530.00 (12% x 2500.00 + $ 30000.80 ($696.00) ‡ Comissão (DV) de C será $ 300.00 ($ 560000.60 (12% x $1530.00 ‡ Comissão (DV) de A será $ 183. A = 375 um (625-250) ‡ Novo gasto total fixo = $590000.00) ‡ Custo variável de C será $ 904.00) .30) ‡ Nova quantidade do prod.

GVT MCT MC % A 375 1530.40 573750.00 47.80 1295.20 575000.00 1204.8% .00 243900.00 297896.5% B 250 3750.00 1962.00 1788.00 51.60 650.7% C 230 2500.00 42.00 937500.00 447000.Modelo de decisão baseado na margem de contribuição (vários produtos) Quant.00 879.00 277104.00 329850.00 490500. PVU GVU MCU Vendas Tot.

00 19.00 47.00 (590000.8% 988796. Prod. % Partic.A MCT MC % MCT GFT Result. Operac.5% B 447000.00 51.00) 398796. MCT 24.2% 30.00 42.1% 45. Margem Operac.7% 243900.7% C 297896.1% .

00. . . C traz um valor agregado maior.5%. A diminuiu de 47.8% (a maior dos três) . que continuou em 47.a MC do prod.o prod.Modelo de decisão baseado na margem de contribuição (vários produtos) ‡ Comparando-se os dados encontrados com a situação inicial (dois produtos). devido à redução de 10% do PVU.o novo mix não alterou significativamente a MC percentual média.4%.00 para 2086250.que a nova alternativa aumentou a receita total de $ 2000000. . temos: . MC percentual de 51.1% para 42.

Tal situação. é ruim. porém não deve ser considerada como relevante.4% para 19. . isoladamente. pois o valor absoluto do lucro operacional aumentou. .Modelo de decisão baseado na margem de contribuição (vários produtos) .00). . pois economicamente o lucro total é superior ao da situação anterior.essa alternativa deverá ser aceita.a margem operacional percentual total média diminuiu de 19.00 para $ 398796. a MCT com o novo mix é maior.apesar do aumento dos GF. gerando um resultado operacional maior ($ 387000.1%.

‡ No ponto de equilíbrio não há lucro ou prejuízo. é importante. o volume que a empresa precisa produzir ou vender para que consiga pagar todos os custos e despesas fixas. .Ponto de Equilíbrio ‡ Evidencia. como por produto individual. A partir de valores adicionais de venda. ‡ A informação do ponto de equilíbrio. além dos custos e despesas variáveis. tanto do total global. a empresa passa ater lucro. em termos quantitativos. porque identifica o nível mínimo de atividade em que a empresa ou cada divisão deve operar.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->