P. 1
Jogo Para a Aula de Estudo do

Jogo Para a Aula de Estudo do

|Views: 51|Likes:
Publicado pormarafade

More info:

Published by: marafade on May 25, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/28/2011

pdf

text

original

Identifica o tipo e a

forma das frases:
<
João, desliga a televi-
são!
<
Que belíssimo filme!
<
O professor não deixa
usar corrector.
Forma uma família de
palavras a partir de
livro.
Passa as frases da for-
ma afirmativa para a
forma negativa:
v
Traz o bolo, Pedro!
v
O tempo está bom!
v
Sai daqui, miúdo!
Indica o antónimo das
palavras destacadas:
¬
O Rui está
muito gordo.
¬
O livro parece-me
muito interessante.
¬
A minha casa
é espaçosa.
¬
Todos acharam
o filme péssimo!
Identifica o sujeito
nas frases:
v
O Luís e a Teresa vão
para África.
v
Nós não queremos
sair da escola.
v
Ficaram radiantes os
alunos!
Caça o intruso e justi-
fica a escolha:
X rapagão
X casarão
X comichão
X portão
Qual das palavras não
é derivada por sufixa-
ção?
¬
tristemente
¬
corajoso
¬
descontente
¬
papelaria
Inventa uma frase
imperativa negativa,
adequada a esta vi-
nheta:
Inventa predicados para
completares as frases:
+
O atleta…
+
A Joana e eu...
Descobre o intruso em
cada série de palavras:
v
perturbar • concorrer
• concurso • fugir
v
amável • inteligente
• complicado • satis-
fação
v
bando • alcateia
• tristeza • enxame
Descobre as palavras
compostas associadas
aos desenhos. Distin-
gue as palavras com-
postas por aglutinação
e por justaposição.
Ordena alfabetica-
mente as seguintes
profissões:
¬
dentista
¬
veterinário
¬
professor
¬
pasteleiro
¬
costureira
¬
pescador
¬
florista
¬
agricultor
1. A turma pode ser organizada em equipas constituídas, por
exemplo, pelos alunos de cada fila, formando-se tantas
equipas quantas as filas existentes.
2. O(A) professor(a) apresenta as regras do jogo.
3. É entregue uma carta a um aluno de uma das equipas que
terá de responder/executar a tarefa indicada.
4. O professor, ou outro aluno, verifica a correcção da resposta
dada ou a qualidade da tarefa executada (no verso de cada
carta, encontra-se a respectiva solução).
5. É distribuída nova carta a um aluno de outra equipa e assim
sucessivamente.
6. Ganha a equipa que mais respostas/tarefas correctamente
der/executar.
Antes de destacar os cartões dobre pelo picotado várias vezes.
JOGOS DE LÍNGUA
Na Ponta da Língua 6.° ano | Fernanda Costa e Luísa Mendonça
n
90730
VINAG
Solução:
< Tipo imperativo,
forma afirmativa.
< Tipo exclamativo,
forma afirmativa.
< Tipo declarativo,
forma negativa.
Solução:
Exemplos:
< livraria
< livreiro
< livralhada
< livresco
< livrete
Solução:
< Não tragas o bolo, Pedro!
< O tempo não está bom!
< Não saias daqui, miúdo!
Solução:
< magro
< aborrecido ou
desinteressante
< acanhada ou apertada
< óptimo
Solução:
< comichão
Todas as outras são nomes
no grau aumentativo.
Solução:
< descontente – palavra deri-
vada por prefixação.
Pica e Erroc, Os Profs – Teste Surpresa,
Ed. Booktree (adaptado)
Solução:
< O Luís e a Teresa
< Nós
< Os alunos
Solução:
< concurso (é um nome; as
outras palavras são verbos)
< satisfação (é um nome; as
outras palavras são adjecti-
vos)
< tristeza (é um nome abs-
tracto; as outras palavras são
nomes colectivos)
Solução:
Composta por aglutinação
< vinagre
Composta por justaposição
< saca-rolhas
< guarda-chuva
Solução:
< agricultor
< costureira
< dentista
< florista
< pasteleiro
< pescador
< professor
< veterinário
Indica sinónimos das
palavras destacadas.
v
O leite é imprescindível
numa alimentação
saudável.
v
O Carlos é
muito agressivo.
v
A vitória do clube
foi retumbante.
Indica o superlativo
absoluto sintético dos
adjectivos seguintes:
4
largo
4
pequeno
4
feliz
4
amigo
4
pobre
Completa as frases
com as formas adequa-
das do verbo trazer.
¬
Eu todos
os dias o material
necessário.
¬
Ontem, eu
o dinheiro para a
viagem.
¬
Prometo que ama-
nhã o teu
presente.
Conta uma história a
partir da imagem.
Completa as palavras
com os sinais gráficos
que lhes faltam.
• anao
• leem
• cabeca
• ha
• circunstancia
• reflexao
• poca
• agradavel
Indica a classe gramati-
cal das palavras que ca-
racterizam o Garfield:
A expressão “não ter
papas na língua” sig-
nifica:
v
não conseguir falar
v
dizer aquilo que se
pensa
v
falar muito alto
Uma das obras seguin-
tes não é da autoria de
Sophia de Mello Brey-
ner Andresen. Qual?
<
A Menina do Mar
<
A Fada Oriana
<
Ulisses
<
A Floresta
Escolhe o final cor-
recto para o seguinte
provérbio:
¬
… não matam peixi-
nhos.
¬
… não movem moi-
nhos.
¬
… não arrastam moi-
nhos.
Escolhe três adjecti-
vos adequados a cada
um dos desenhos.
Indica o masculino das
seguintes palavras:
¬
poetisa
¬
actriz
¬
comadre
¬
abadessa
¬
espia
¬
imperatriz
¬

Passa para o discurso
indirecto esta frase.
Inventa frases para as
seguintes palavras
homófonas:
+
sinto / cinto
+
vós / voz
+
ouve / houve
+
cem / sem
Liga as palavras com
os seus antónimos:
Assinala os erros orto-
gráficos nas frases:
+
A Ri ta ati rou uma
nós á cabeça do
João.
+
Os alunos não com-
priram as regras.
+
Ele fujiu cem pagar a
conta.
Passa as frases para o
plural:
v
O aluno lê o trabalho
cuidadosamente.
v
Eu trago um bolo
para a festa.
prémio
confiança
velhice
avareza
proibição
Águas passadas...
Mãe, compraste
os bilhetes para o
filme de amanhã?
juventude
castigo
consentimento
generosidade
desconfiança
Solução:
< imprescindível " indis-
pensável; absolutamente
necessário
< agressivo " violento;
hostil
< retumbante "grandiosa;
estrondosa
Solução:
< larguíssimo
< pequeníssimo
< felicíssimo
< amicíssimo
< paupérrimo
Solução:
< trago
< trouxe
< trarei
Pica e Erroc, Os Profs – Teste Surpresa,
Ed. Booktree
Solução:
< adjectivos " grande,
gordo e pateta
Jim Davis, Garfield – Agarrem este gato,
Meribérica/Liber Ed.
Solução:
< anão
< lêem
< cabeça
< há
< circunstância
< reflexão
< poça
< agradável
Solução:
A expressão significa:
dizer aquilo que se pensa
Solução:
Ulisses (obra de Maria Alberta
Menéres)
Solução:
Exemplos:
< casa " espaçosa, arejada,
confortável, bela…
< árvore " frondosa, verde,
secular, alta…
< vestido " acetinado,
justo, decotado, curto…
Solução:
< poeta
< actor
< compadre
< abade
< espião
< imperador
< réu
Solução:
A filha/a menina perguntou à
mãe se ela tinha comprado os
bilhetes para o filme do dia
seguinte.
Solução:
Águas passadas não movem
moinhos.
Solução:
< prémio – castigo
< confiança – desconfiança
< velhice – juventude
< avareza – generosidade
< proibição – consentimento
Solução:
< A Rita atirou uma noz à
cabeça do João.
< Os alunos não cumpriram as
regras.
< Ele fugiu sem pagar a conta.
Solução:
< Os alunos lêem os trabalhos
cuidadosamente.
< Nós trazemos uns bolos para
as festas.
Caça os adjectivos
neste conjunto de
palavras:
Indica a palavra pri-
mitiva que deu ori-
gem a estas palavras:
4
anoitecer
4
esfomeado
4
galinheiro
4
dorminhoco
4
barbeiro
4
pulseira
Constrói uma curta
história com as pala-
vras seguintes, pela
ordem que entenderes:
¬
janela
¬
mão
¬
carro
¬
ladrão
¬
farmácia
¬
noite
Diz se as afirmações
são verdadeiras ou
falsas.
#
A obra Ulisses foi escrita
por Maria Alberta Menéres.
#
Hans C. Andersen é um
escritor português.
#
Sophia de Mello Breyner
Andresen é uma escritora
dinamarquesa.
#
Álvaro Magalhães escreve
para crianças e jovens.
A que objecto se refere
este poema?
Bolinhas de vidro
ou granizo de luxo
fabricadas no céu
ou vindas dum repuxo?
Arco-íris pequeninos
tão bons de ter na mão!
João, dás-me um ou não?
Teresa Guedes, Palavromanias,
Porto Editora
Com a ajuda do prefixo
in- e dos sufixos -ável
ou -ível forma adjecti-
vos que correspondam
às seguintes definições:
¬
que não se pode
calcular
¬
que não se pode
esquecer
¬
que não se pode
admitir
¬
que não se pode
aceitar
Substitui as ¬ pelas
vogais o ou u.
v
m¬dança
v
tr¬v¬ada
v
fact¬ra
v
c¬r¬ja
v
s¬l¬ção
v
b¬rb¬lha
v
mag¬ar
v
c¬sc¬vilheiro
Que recurso expressivo
está presente nesta vi-
nheta?
«
a comparação;
«
a personificação;
«
a repetição.
O provérbio “Dá Deus
nozes a quem não tem
dentes” significa:
4
que há pessoas que não
sabem comer nozes;
4
que há pessoas que não
aproveitam as oportuni-
dades que l hes são
dadas;
4
que as pessoas que têm
bons dentes não aprovei-
tam as nozes.
Justifica os sinais de
pontuação que apare-
cem nesta vinheta.
Completa a frase com a
forma verbal correcta.
No ano passado, nós
férias em
Cuba.
¬
passamos
¬
passámos
Preenche a grelha rela-
tiva à forma verbal
trouxeste
Telefona à Rita. Agra-
dece o convite. Diz-lhe
que não sabes se podes
ir e explica porquê.
Explica o sentido das
expressões destacadas.
v
O Pedro é muito
senhor do seu nariz.
v
Fomos lá, mas
demos com o nariz
na porta.
v
Ele não vê um palmo
à frente do nariz.
v
Chegou a mostarda ao
nariz da professora.
Separa as palavras que
usas para fazer uma
caracterização física e
uma caracterização
psicológica:
+
inteligente
+
gordo
+
amável
+
franzino
+
irritante
+
alto
+
atarracado
+
perspicaz
+
bondoso
Que nome dás à pala-
vra que aparece nesta
vinheta? Que som pre-
tende imitar?
conjugação
modo
tempo
pessoa
número
v
maçã
v
feliz
v
poluído
v
irmão
v
alegria
v
adorável
v
dor
v
afável
v
falador
O

, R
it
a
!
G
o
s
t
a
v
a
q
u
e
v
ie
s
s
e
s
a
o

m
e
u
a
n
iv
e
rs
á
rio
, n
o
p

x
im
o
s
á
b
a
d
o
, d
ia
15
. T
ra
z
fa
t
o

d
e
b
a
n
h
o
. N
ã
o
t
e
e
s
q
u
e
ç
a
s

d
e
c
o
n
firm
a
r.
Solução:
< Adjectivos: feliz, adorável,
poluído, afável, falador.
Solução:
< anoitecer " noite
< esfomeado " fome
< galinheiro " galinha
< dorminhoco " dormir
< barbeiro " barba
< pulseira " pulso
Solução:
< verdadeira
< falsa (dinamarquês)
< falsa (portuguesa)
< verdadeira
Solução:
Berlinde
Solução:
< incalculável
< inesquecível
< inadmissível
< inaceitável
Solução:
< mudança
< trovoada
< factura
< coruja
< solução
< borbulha
< magoar
< coscuvilheiro
Solução:
A personificação.
X. Fauche, J. Léturgie e Morris,
Rantanplan – O Padrinho,
Meribérica/Liber Ed.
Solução:
O provérbio significa:
< que há pessoas que não
aproveitam as oportunidades
que lhes são dadas.
Solução:
Puzzo e Coppola estão entre vír-
gulas, porque são vocativos. O
ponto de interrogação assinala
uma pergunta.
O ponto de exclamação termina
uma frase exclamativa, que
exprime uma certa excitação da
personagem.
X. Fauche, J. Léturgie e Morris,
Rantanplan – O Padrinho,
Meribérica/Liber Ed.
Solução:
< passámos
Solução:
conjugação – 2.
a
modo – indicativo
tempo – pretérito perfeito
pessoa – 2.
a
pessoa
número – singular
Solução:
< muito vaidoso daquilo que
faz; independente; que não
transige com facilidade
< fomos em vão, inutilmente
< é pouco inteligente
< zangou-se, irritou-se
Solução:
Caracterização física " gordo,
franzino, alto, atarracado.
Caracterização psicológica "
inteligente, amável, irritante,
perspicaz, bondoso.
Solução:
Onomatopeia. Pretende imitar o
som da pancada de uma pedra.
Uderzo e Goscinny, Astérix na Hispânia,
Meribérica/Liber Ed.
Descobre qual o título
deste poema sobre um
fruto.
Com cuidado
partirás a casca dura
que me cerca.
E quando provares
o fruto
que tenho dentro de mim
aprenderás
que vale a pena
ser paciente
e delicado.
António Mota,
Onde Tudo Aconteceu
Diz em que tempo,
modo e pessoa se
encontram estas for-
mas verbais:
4
estou
4
estava
4
estaremos
4
tinham estado
Qual o significado das
interjeições destaca-
das?
¬
Ai! Piquei-me neste
espinho da rosa!
¬
Apre! Nunca estão
calados!
¬
Eh! Que beleza de
paisagem!
Indica o nome colec-
tivo que indica um
conjunto de:
#
cães
#
bois
#
porcos
#
camelos
#
lobos
#
ilhas
Sobretudo
ou sobre tudo?
<
Fiz um monte com os
papéis velhos e
aquilo dei-
tei um fósforo.
<
Traz o que
está a ficar frio.
<
Conta-me o que se
passa. E, ,
não me mintas.
Da lista de palavras
seguintes, só seis são
preposições. Quais?
v
a
v
após
v
bem
v
com
v
não
v
de
v
ali
v
entre
v
cedo
v
perante
Indica o tipo e a
forma das frases
desta vinheta:
Ordena as palavras e
forma uma frase.
¬
deram
¬
notável
¬
orquestra
¬
os
¬
da
¬
vienense
¬
concerto
¬
um
¬
músicos
Associa uma cor a vá-
rias palavras.
Ex. : Verde " maçã,
folha, mar, esperança…
Vermelho "…
Azul "…
Amarelo "…
Caça as palavras que
são advérbios.
Completa as frases
com as formas verbais
adequadas.
¬
Neste restaurante
(falar) alemão.
¬
Se eu (falar)
alemão, poderia ir até
Berlim.
¬
Em casa da avó,
(comer) muito bem.
¬
Se ela não
(comer) tanto, não
estaria tão gorda.
Forma uma área voca-
bular a partir do dese-
nho.
Descobre a solução
desta adivinha, que é
o nome de um objecto.
Distingue os pronomes
dos determinantes:
~
Aquele quadro é de
Picasso; o outro é
de Miró.
~
Estes livros são
meus. E aqueles são
vossos?
~
O professor diz que
são sempre os mes-
mos a fazer barulho.
Conta uma história a
partir desta imagem.
Identifica os comple-
mentos circunstan-
ciais:
v
Os jogadores treina-
ram no campo.
v
O cortejo sai às três
da tarde.
v
Ontem, a Inês estu-
dou toda a tarde.
¬
aqui
¬
contra
¬
meu
¬
nunca
¬
agora
¬
devagar
¬

¬
bem
¬
mal
¬
sob
¬
esse
Quais são as
casas em que as
damas nunca faltam?
telejornal
Cortem todas
as comunicações!
Muito bem! Temos trabalho:
é preciso cortar as linhas
telefónicas.
Solução:
As casas dos tabuleiros dos
jogos de damas.
Solução:
estou " presente do indica-
tivo, 1.ª pessoa do singular
estava " pretérito imper-
feito do indicativo, 1.ª ou 3.ª
pessoa do singular
estaremos "futuro do indi-
cativo, 1.ª pessoa do plural
tinham estado " pretérito
mais-que-perfeito composto do
indicativo, 3.ª pessoa do plural
Solução:
< dor
< irritação
< espanto
Solução:
< matilha
< manada
< vara
< cáfila
< alcateia
< arquipélago
Solução:
< sobre tudo
< sobretudo
< sobretudo
Solução:
a – após – com – de – entre –
perante
Solução:
< “Cortem todas as comunica-
ções!” " frase imperativa
afirmativa
< “Muito bem!” " frase
exclamativa afirmativa
< “Temos trabalho: é preciso…”
"frase declarativa afirma-
tiva
Hergé, Tintim e o Lago dos Tubarões,
Difusão Verbo (adaptado)
Solução:
Exemplos:
Vermelho " cerejas, rosas,
fogo, calor, bandeira…
Azul " céu, mar, planeta,
suavidade…
Amarelo " sol, ovo, areia,
luz, claridade…
Solução:
Os músicos da orquestra vie-
nense deram um concerto
notável.
Solução:
aqui – lá – bem – mal – nunca
– agora – devagar
Solução:
< fala-se
< falasse
< come-se
< comesse
Solução:
Exemplos de palavras da área
vocabular de televisão:
telenovela
filmes
anúncios
debates
desenhos animados
Solução:
Noz
Solução:
< Aquele – determinante
demonstrativo
< o outro – pronome
demonstrativo
< Estes – determinante
demonstrativo
< meus, vossos – pronomes
possessivos
< aqueles – pronome demons-
trativo
< os mesmos – pronome
demonstrativo
Pablo Picasso, Les baigneuses, 1918
Solução:
Os jogadores treinaram no
campo. – complemento
circunstancial de lugar
O cortejo sai às três da tarde.
– complemento circunstancial
de tempo
Ontem, a Inês estudou toda a
tarde. – complementos
circunstanciais de tempo

Pedro! O tempo não está bom! Não saias daqui. as outras palavras são nomes colectivos) O Luís e a Teresa Nós Os alunos Composta por justaposição D D saca-rolhas guarda-chuva D D . D D D D D D Solução: D Solução: D descontente – palavra derivada por prefixação. miúdo! livraria livreiro livralhada livresco livrete D D Tipo imperativo. Ed. as outras palavras são verbos) satisfação (é um nome. Booktree (adaptado) Solução: D D D D D D D D Solução: Composta por aglutinação D Solução: D Solução: D D agricultor costureira dentista florista pasteleiro pescador professor veterinário vinagre D concurso (é um nome. forma afirmativa. comichão Todas as outras são nomes no grau aumentativo. Os Profs – Teste Surpresa. Tipo declarativo. Tipo exclamativo. Pica e Erroc. as outras palavras são adjectivos) tristeza (é um nome abstracto. forma afirmativa.Solução: D D Solução: D D D Solução: Exemplos: D Solução: D magro aborrecido ou desinteressante acanhada ou apertada óptimo Não tragas o bolo. forma negativa.

# Ontem. Eu trago um bolo para a festa. eu o dinheiro para a viagem. Indica a classe gramatical das palavras que caracterizam o Garfield: Completa as palavras com os sinais gráficos que lhes faltam. • anao • leem • cabeca • ha • circunstancia • reflexao • poca • agradavel A expressão “não ter papas na língua” significa: Uma das obras seguintes não é da autoria de Sophia de Mello Breyner Andresen. Indica o masculino das seguintes palavras: # # # # # # # Passa para o discurso indirecto esta frase. Ele fujiu cem pagar a conta. A vitória do clube foi retumbante. Mãe.. Conta uma história a partir da imagem. # … não movem moinhos. Os alunos não compriram as regras. largo pequeno feliz amigo pobre  N N N  Completa as frases com as formas adequadas do verbo trazer.    . O aluno lê o trabalho cuidadosamente. Qual? D D D A Menina do Mar A Fada Oriana Ulisses A Floresta  não conseguir falar  dizer aquilo que se pensa  falar muito alto D Inventa frases para as seguintes palavras homófonas: ! ! ! ! Escolhe três adjectivos adequados a cada um dos desenhos. # Liga as palavras com os seus antónimos: prémio confiança velhice avareza proibição juventude castigo consentimento generosidade desconfiança Assinala os erros ortográficos nas frases:  Passa as frases para o plural:  A Rita atirou uma nós á cabeça do João..Indica sinónimos das palavras destacadas. # Eu todos os dias o material necessário. # … não arrastam moinhos. # Prometo que amanhã o teu presente. O Carlos é muito agressivo. … não matam peixinhos.  Indica o superlativo absoluto sintético dos adjectivos seguintes: N N O leite é imprescindível numa alimentação saudável. compraste os bilhetes para o filme de amanhã? poetisa actriz comadre abadessa espia imperatriz ré sinto / cinto vós / voz ouve / houve cem / sem Escolhe o final correcto para o seguinte provérbio: Águas passadas.

Nós trazemos uns bolos para as festas. alta… vestido " acetinado. hostil retumbante " grandiosa. Solução: A filha/a menina perguntou à mãe se ela tinha comprado os bilhetes para o filme do dia seguinte. secular. arejada. absolutamente necessário agressivo " violento. Garfield – Agarrem este gato. gordo e pateta Jim Davis. Os Profs – Teste Surpresa. Os alunos lêem os trabalhos cuidadosamente. Booktree Solução: Ulisses (obra de Maria Alberta Menéres) Solução: A expressão significa: dizer aquilo que se pensa Solução: D D D D D D D D Solução: D anão lêem cabeça há circunstância reflexão poça agradável adjectivos " grande. confortável. curto… D D Solução: D Solução: D Solução: D D D D D Solução: Águas passadas não movem moinhos. prémio – castigo confiança – desconfiança velhice – juventude avareza – generosidade proibição – consentimento D D D . Os alunos não cumpriram as regras. Ed. estrondosa D D Pica e Erroc. verde. justo. A Rita atirou uma noz à cabeça do João. Ele fugiu sem pagar a conta.Solução: D D D Solução: D D D D D Solução: D trago trouxe trarei larguíssimo pequeníssimo felicíssimo amicíssimo paupérrimo imprescindível " indispensável. bela… árvore " frondosa. Meribérica/Liber Ed. decotado. Solução: D D D D D D D Solução: Exemplos: D poeta actor compadre abade espião imperador réu casa " espaçosa.

O provérbio “Dá Deus nozes a quem não tem dentes” significa: N que há pessoas que não sabem comer nozes. . A que objecto se refere este poema? Bolinhas de vidro ou granizo de luxo fabricadas no céu ou vindas dum repuxo? Arco-íris pequeninos tão bons de ter na mão! João. N que as pessoas que têm bons dentes não aproveitam as nozes. a personificação. viesses ximo Telefona à Rita. an nf de b de co ! ao Rita Olá. No ano passado. Palavromanias. Completa a frase com a forma verbal correcta. N que há pessoas que não aproveitam as oportunidades que lhes são dadas. # # Preenche a grelha relativa à forma verbal trouxeste conjugação modo tempo pessoa número passamos passámos que . mas demos com o nariz na porta. Separa as palavras que usas para fazer uma caracterização física e uma caracterização psicológica:          Que nome dás à palavra que aparece nesta vinheta? Que som pretende imitar? inteligente gordo amável franzino irritante alto atarracado perspicaz bondoso . Justifica os sinais de pontuação que aparecem nesta vinheta.Caça os adjectivos neste conjunto de palavras:      Indica a palavra primitiva que deu origem a estas palavras: N maçã feliz poluído irmão alegria anoitecer esfomeado galinheiro dorminhoco barbeiro pulseira Constrói uma curta história com as palavras seguintes.  Chegou a mostarda ao nariz da professora.  Fomos lá. m#dança  tr#v#ada  fact#ra  c#r#ja  s#l#ção  b#rb#lha  mag#ar  c#sc#vilheiro  Que recurso expressivo está presente nesta vinheta? a comparação. dás-me um ou não? Teresa Guedes.     adorável dor afável falador janela mão carro ladrão farmácia noite A obra Ulisses foi escrita por Maria Alberta Menéres. dia 1 e esqu me ad t sáb ho. . no pró to tava a io Gos iversár 5. Traz f eças u an o. nós férias em Cuba. Diz-lhe que não sabes se podes ir e explica porquê. Não irmar.  Ele não vê um palmo à frente do nariz.  O Pedro é muito senhor do seu nariz. a repetição. Agradece o convite.e dos sufixos -ável ou -ível forma adjectivos que correspondam às seguintes definições: # que não se pode calcular # que não se pode esquecer # que não se pode admitir # que não se pode aceitar Substitui as # pelas vogais o ou u. Andersen é um escritor português. Sophia de Mello Breyner Andresen é uma escritora dinamarquesa. pela ordem que entenderes: § Diz se as afirmações são verdadeiras ou falsas. Hans C. . Álvaro Magalhães escreve para crianças e jovens. Explica o sentido das expressões destacadas. N N N N N § § § § § . Porto Editora Com a ajuda do prefixo in.

Solução: conjugação – 2. atarracado. Solução: D muito vaidoso daquilo que faz. Meribérica/Liber Ed. O ponto de interrogação assinala uma pergunta. Meribérica/Liber Ed. Rantanplan – O Padrinho. que não transige com facilidade fomos em vão. bondoso. Fauche. Pretende imitar o som da pancada de uma pedra. independente. J. Solução: Caracterização física " gordo. Léturgie e Morris.Solução: D D D D Solução: D D D D D D Solução: D verdadeira falsa (dinamarquês) falsa (portuguesa) verdadeira anoitecer " noite esfomeado " fome galinheiro " galinha dorminhoco " dormir barbeiro " barba pulseira " pulso Adjectivos: feliz. Solução: Onomatopeia. X. que exprime uma certa excitação da personagem. Solução: A personificação. irritou-se D D D Uderzo e Goscinny. O ponto de exclamação termina uma frase exclamativa. porque são vocativos. perspicaz. Caracterização psicológica " inteligente. irritante. Rantanplan – O Padrinho. Solução: D D D D D D D D Solução: D D D D Solução: Berlinde mudança trovoada factura coruja solução borbulha magoar coscuvilheiro incalculável inesquecível inadmissível inaceitável X. Astérix na Hispânia. .a pessoa número – singular Solução: D Solução: Puzzo e Coppola estão entre vírgulas. Meribérica/Liber Ed. franzino. Léturgie e Morris. amável. afável. alto. adorável.a modo – indicativo tempo – pretérito perfeito pessoa – 2. Fauche. J. inutilmente é pouco inteligente zangou-se. falador. Solução: O provérbio significa: D passámos que há pessoas que não aproveitam as oportunidades que lhes são dadas. poluído.

folha. # Em casa da avó. Ex. Quais são as casas em que as damas nunca faltam? Diz em que tempo. # Se eu (falar) alemão. Associa uma cor a várias palavras. modo e pessoa se encontram estas formas verbais: N N N N Qual o significado das interjeições destacadas? § Indica o nome colectivo que indica um conjunto de: . telejornal Descobre qual o título deste poema sobre um fruto. Conta-me o que se passa. Quais?      Indica o tipo e a forma das frases desta vinheta: Cortem todas as comunicações! Muito bem! Temos trabalho: é preciso cortar as linhas telefónicas. mar.             deram notável orquestra os da vienense concerto um músicos aqui contra meu nunca agora devagar Completa as frases com as formas verbais adequadas.: Verde " maçã. a Inês estudou toda a tarde. # # # # # # # # # Caça as palavras que são advérbios. não estaria tão gorda. . E quando provares o fruto que tenho dentro de mim aprenderás que vale a pena ser paciente e delicado. . o outro é de Miró. . Onde Tudo Aconteceu Distingue os pronomes dos determinantes:  Conta uma história a partir desta imagem.           lá bem mal sob esse Neste restaurante (falar) alemão.Descobre a solução desta adivinha. que é o nome de um objecto. Com cuidado partirás a casca dura que me cerca. António Mota. Identifica os complementos circunstanciais:  Os jogadores treinaram no campo. Estes livros são meus. # Se ela não (comer) tanto. poderia ir até Berlim. . só seis são preposições. E. Aquele quadro é de Picasso. (comer) muito bem. E aqueles são vossos? O professor diz que são sempre os mesmos a fazer barulho. estou estava estaremos tinham estado § § Ai! Piquei-me neste espinho da rosa! Apre! Nunca estão calados! Eh! Que beleza de paisagem! cães bois porcos camelos lobos ilhas Sobretudo ou sobre tudo? D Fiz um monte com os papéis velhos e aquilo deitei um fósforo. Ontem. esperança… Vermelho " … Azul " … Amarelo " … a bem não ali cedo      após com de entre perante D D Ordena as palavras e forma uma frase. # Forma uma área vocabular a partir do desenho.     . Traz o que está a ficar frio. não me mintas. O cortejo sai às três da tarde. . . Da lista de palavras seguintes.

luz. planeta. vossos – pronomes possessivos aqueles – pronome demonstrativo os mesmos – pronome demonstrativo . 1. mar. Tintim e o Lago dos Tubarões. areia. – complementos circunstanciais de tempo Solução: D D D D D D Pablo Picasso. ovo. 1. fala-se falasse come-se comesse Solução: Os jogadores treinaram no campo. suavidade… Amarelo " sol. Difusão Verbo (adaptado) Solução: Exemplos de palavras da área vocabular de televisão: telenovela filmes anúncios debates desenhos animados Solução: D D D D Solução: aqui – lá – bem – mal – nunca – agora – devagar Solução: Os músicos da orquestra vienense deram um concerto notável. 3. 1918 Solução: Noz Aquele – determinante demonstrativo o outro – pronome demonstrativo Estes – determinante demonstrativo meus. fogo.ª ou 3. matilha manada vara cáfila alcateia arquipélago dor irritação espanto Solução: Exemplos: Solução: D Solução: a – após – com – de – entre – perante Solução: D D D Vermelho " cerejas. claridade… “Cortem todas as comunicações!” " frase imperativa afirmativa “Muito bem!” " frase exclamativa afirmativa “Temos trabalho: é preciso…” " frase declarativa afirmativa sobre tudo sobretudo sobretudo D D Hergé. – complemento circunstancial de tempo Ontem.Solução: D D D D D D Solução: D D D Solução: estou " presente do indicativo.ª pessoa do singular estaremos " futuro do indicativo.ª pessoa do plural Solução: As casas dos tabuleiros dos jogos de damas. a Inês estudou toda a tarde. Les baigneuses. 1. calor. rosas. – complemento circunstancial de lugar O cortejo sai às três da tarde.ª pessoa do plural tinham estado " pretérito mais-que-perfeito composto do indicativo.ª pessoa do singular estava " pretérito imperfeito do indicativo. bandeira… Azul " céu.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->