Você está na página 1de 43

Custeio por Ordens de

Serviço

CONTABILIDADE DE CUSTOS
AULA 3
PROF. LUDMILA MELO

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Introdução

 Custeio de Produtos
 Processo de atribuição de custos aos produtos e serviços
fornecidos por uma empresa
 Observação:
 O modo pelo qual o produto é custeado pode exercer substancial
influência sobre os lucros divulgados e sobre a tomada de
decisão da administração

 Ex: Onde está o Lucro?

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Custeio por Absorção

 No Custeio por Absorção:


 Todos os Custos de Produção, fixos ou variáveis, são atribuídos
às unidades de produtos
 Ou seja, as unidades absorvem integralmente os custos de
produção

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Custeio por Absorção

 O Custeio por Absorção é mais utilizado:


 tanto para fins de Divulgação Externa (Relatórios Anuais);

 quanto para fins Fiscais;

 e para fins gerenciais.

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Sistemas de Custeio

Custeio por Custeio por


Processo Ordem de
Produção

 Produção de muitas unidades do mesmo produto.


 Dificuldade em se distinguir uma unidade de
produto da produção total.
 Como uma unidade de produto não pode ser
distinguida de outra, atribui-se a cada uma delas o
mesmo custo médio que a qualquer outra
produzida no período.
McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.
Sistemas de Custeio

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Sistema de Custeio

 O enfoque básico do Custeio Por Processo é


acumular custos numa determinada operação ou em
certo departamento por todo o período (mês,
trimestre, ano) e depois dividir pelo número de
unidades produzidas no período
Custo Unitário do Produto (litro, quilo, garrafa) =

Custo Total da Produção


______________________

Unidades Totais Produzidas

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Sistemas de Custeio

Custeio por Custeio por


Processo Ordem de
Produção

 Muitos produtos diferentes são produzidos em cada


período.
 Produtos são fabricados por ordem.
 Custos são aplicados e apropriados às ordens e,
em seguida, divididos pelo número de unidades
produzidas (na ordem) para apuração do custo
médio unitário.
McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.
Sistemas de Custeio

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Sistemas de Custeio

 Exemplo:
 Ordem:
 Fabricação de 1.000 jeans azul para homem, do estilo número
A312

 Os custos são determinados e alocados a ordens, e


depois os custos das ordens são dividas pelo número
de unidades incluídas na ordem para se chegar em
um custo unitário médio

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Interpretando o Custo Médio Unitário

O custo unitário médio não deve ser interpretado


como o custo que seria realmente incorrido
se uma unidade adicional de produto
fosse produzida.

CIF’s fixos não se alterariam se uma unidade a


mais fosse produzida. Logo, o custo incremental
para produção de uma unidade adicional não deve
levar em conta essa parcela de cif’s.

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Custeio por Processo X Ordem de Produção

Ordem Processo
Número de produtos trabalhados Muitos Único
Custos acumulados por Ordem Departamento
Custo Médio computado por Ordem Departamento

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Custeio Por Ordens de Serviço – Visão Geral

 Para fazer uma apresentação do Custeio por Ordem


de Serviço, acompanharemos uma ordem específica
à medida que avança o processo produtivo.

 Exemplo: Yost Precision Machining

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Mensuração do Custo de Matéria-Prima

 A Yost Precision Machining precisará:


 ORDEM 2B47
 4 conectores G7
 2 caixas M46
 Para a produção de dois engates experimentais

 Planilha de Custo da Ordem


 È uma formulário confeccionado para cada ordem separada,
na qual são registrados os custos:
 Matéria-Prima
 Mão de Obra Direta
 Custos Indiretos de Fabricação

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Mensuração do Custo de MOD

 Ao trabalhar em uma ordem específica, o empregado


lança o número da ordem e o volume de tempo
(número de horas, minutos) gasto nessa ordem

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Mensuração do Custo de MOD

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Apuração do Custo dos Materiais Diretos e Mão-
de-Obra Direta

MD e MOD
Material Direto
Ordem nr. 1 aplicados
diretamente
Mão-de-Obra a cada
Direta Ordem nr. 2
ordem,
conforme a
Ordem nr. 3
Folha de
Registro de
Custos.
McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.
Custos Indiretos de Fabricação (CIF)

 Os Custos Indiretos de Fabricação devem ser


incluídos, juntamente com a Matéria-Prima Direta, a
Mão-de-obra Direta
 Também são custos inerentes à produção
 No entanto, a atribuição de CIF a unidades do
produto pode ser uma tarefa bastante difícil

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Custos Indiretos de Fabricação

 Motivos da dificuldade de atribuição de custo às


unidades:
1. Os custos gerais de produção são custos indiretos. Isto quer
dizer que é impossível ou difícil vincular tais custos a um
produto ou ordem de serviço
2. Os custos indiretos de fabricação envolvem itens diferentes:
1. Graxa usada nas Máquinas
2. Salário do Supervisor
3. Tendem a permanecer relativamente constantes, por causa
da presença dos custos fixos

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Apuração do Custo Indireto de Fabricação

CIF’s, incluindo
Material Direto materiais
Ordem nr. 1 indiretos e mão-
Mão-de-Obra de-obra
Direta Ordem nr. 2 indireta, são
alocados às
Custos Ordem nr. 3
ordens e não,
Indiretos de diretamente
Fabricação identificados.

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Custos Indiretos de Fabricação

 Como resolver o problema de atribuição de custo às


unidades produzidas?
 Processo de Alocação
 Escolha de uma base de alocação comum a todos os produtos e
serviços da empresa

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Custos Indiretos de Fabricação

Uma base de alocação, como horas de mão-


de-obra direta ou horas-máquina, é utilizada
para atribuir CIF’s às ordens.

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Aplicação dos Custos Indiretos de Fabricação

A Taxa Predeterminada de Custo Indireto (TPCI),


utilizada para aplicar CIF’s às ordens, é
determinada antes do início do período.
Custos Indiretos de Fabricação Totais
Estimados
TPCI =
Número total estimado de unidades na
Base de alocação

Em tese, a base de
alocação é um
direcionador de custo que
causa o CIF.
McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.
Por que utilizar a TPCI?

Utilizando uma taxa predeterminada torna-se


possível estimar o custo total de uma ordem,
antes do final do exercício.

Os CIF’s reais do período não são conhecidos até


o final do exercício.
McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.
Aplicação dos CIF’s

Baseado em estimativas,
e determinado antes do
início do período.

CIF aplicado = TPCI × Atividade real

Nível real de atividade do


direcionador.

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Taxa de Aplicação dos CIF

Custos Indiretos de Fabricação


Estimados
TPCI =
Número total estimado de unidades na
Base de alocação

R$ 320.000
TPCI =
40.000 HMOD

T P C I = R$ 8,00 por HMOD

Para cada hora de mão-de-obra direta


empregada em uma ordem particular, são
aplicados R$ 8,00 de CIF
McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.
Taxa de Aplicação dos CIF

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Taxa de Aplicação dos CIF

 Note que este não é o volume real de custos indiretos


de fabricação causados pela execução da ordem
 Os custos indiretos de fabricação reais não são aplicados às
ordens
 Se isso pudesse ser feito, os custos seriam Diretos e não Indiretos

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


A necessidade da TPCI

1. Os custos reais são conhecidos somente no final do


período
 Provisão de 13° Salário (estimado) x 13° Salário (real)
2. Se as taxas forem calculadas freqüentemente,
fatores sazonais relacionados aos CIF poderão
produzir produtos com flutuações nas taxas
 Calefação no inverno x calefação no verão
3. Simplificação dos registros contábeis

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Escolha da Base de Alocação

 Em termos ideais, a base de alocação usada na TPCI


deve ser o fator gerador dos CIF
 Se uma base que é usada para calcular a TPCI não causa CIF,
isso resultará em taxas imprecisas e o custo dos produtos serão
distorcidos

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Problemas de Aplicação dos
Custos Indiretos de Fabricação
Subaplicação ou Superaplicação do Custo Indireto

A diferença entre o valor do custo indireto aplicado e


o valor do custo indireto efetivamente incorrido é
denominado CIF sub ou superaplicado.

CIF SUBAPLICADO CIF SUPERAPLICADO


quando o montante de CIF quando o montante de CIF
aplicado no período usando aplicado no período usando
a TPCI é menor que o a TPCI é maior que o
montante de CIF realmente montante de CIF realmente
incorrido durante o período. incorrido durante o período.

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Exemplo

CIF INCORRIDO  $ 95.000


Horas-Máquina utilizadas  15.000 horas
Quanto de CIF foi aplicado durante o período?
Utilize a TPCI calculada de $6.00 por hora-
máquina.

CIF APLICADO DURANTE O PERÍODO


CIF Aplicado = TPCI × Horas-Máquina real
CIF Aplicado = $6.00 por HMAQ × 15.000 HMAQ = $90.000
McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.
Exemplo

$95.000

CIF Subaplicado para o


período de $5.000.
O que fazer?

CIF APLICADO DURANTE O PERÍODO


CIF Aplicado = TPCI × Horas-Máquina real
CIF Aplicado = $6.00 por HMAQ × 15.000 HMAQ = $90.000
McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.
Tratamento do CIF Sub ou Superaplicado

$5.000 $5.000
deve ser alocado Deve ser baixado
entre essas contas. Diretam. contra CPV
OU
Prod. em Prod.
Elaboração Acabados

CPV CPV

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Tratamento do CIF Sub ou Superaplicado - Resumo

Alternativa 1 Alternativa 2
Se o CIF é: Baixar contra
CPV Alocação

SUBAPLICADO AUMENTO AUMENTO


do CPV Est. de PE
(CIF aplicado é menor Est. de PA
do que o CIF real) do CPV

SUPERAPLICADO REDUÇÃO REDUÇÃO


do CPV Est. de PE
(CIF aplicado é maior Est. de PA
do que o CIF real) do CPV

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Taxas Múltiplas de Custo Indireto

Assumimos até esse ponto a existência de uma


única taxa predeterminada de custos indiretos
para a fábrica como um todo.

Muitas empresas Este será mais


utilizam uma base complexo, mas . . .
de alocação com
mais de um Será mais preciso, pois
critério. pode refletir as
diferenças entre os
diversos departamentos.
McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.
ATIVIDADE

REGISTROS CONTÁBEIS

AULA 3 – PARTE 2

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Problema

 A Cia ABC produtora de acessórios em prata, tem a


seguinte ordem de produção em andamento:
 Ordem A – cunhagem especial de 1.000 acessórios de prata

 Ao final de Março, havia saldo inicial de Produtos em Elaboração


no valor de $ 30.000 para a Ordem A

A seguir, foram realizadas as seguintes transações:

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Problema

 Em 1º de Abril, a empresa tinha estoques de matéria-


prima no valor de $7.000
 Durante o mês a empresa comprou mais $60.000 de matérias-
primas a prazo
 Durante o mês de abril, matérias-primas no valor de
$52.000 foram requisitadas do depósito para uso na
produção
 $50.000 referem-se a materiais diretos
 $ 2.000 à materiais indiretos

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Problema

 Em abril, foram registrados valores de $60.000 de


mão-de-obra direta e de $15.000 de mão-de-obra
indireta. Os salários serão pagos no mês seguinte.
 A empresa obteve os seguintes custos indiretos de
fabricação durante o mês de abril:
R$
Calefação, água e energia elétrica 21.000

Aluguel de equipamento da fábrica 16.000

Custos Diversos de produção 3.000

TOTAL 40.000

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Problema

 Além disso, em Abril a empresa reconheceu


manutenção de $13.000 e seguro no valor de $7.000
ambos referentes à produção
 Reconhecimento de Depreciação de Equipamento da
Fábrica no valor de $18.000, em Abril

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.


Problema

 A Cia ABC utiliza-se de horas-máquinas para


determinar a TPCI; essa taxa é de $6 por hora de uso
de máquinas.
 No mês de Abril foram utilizadas 15.000 horas de máquinas
 Considere que a ordem A foi concluída em abril.
Determine o custo do produto fabricado

McGraw-Hill/Irwin Copyright © 2006, The McGraw-Hill Companies, Inc.

Você também pode gostar