Você está na página 1de 50

UNIP – Universidade Paulista

Projeto Integrado Multidisciplinar – PIM I

Curso Superior de Tecnologia de Analise e Desenvolvimento de Sistemas

COMO LEVAR INCLUSÃO DIGITAL PARA ESCOLAS DE COMUNIDADES


CARENTES

Empresa modelo: Spy TI Ltda.

São Paulo

2011
UNIP – Universidade Paulista

Projeto Integrado Multidisciplinar – PIM I

Curso Superior de Tecnologia de Analise e Desenvolvimento de Sistemas

COMO LEVAR INCLUSÃO DIGITAL PARA ESCOLAS DE COMUNIDADES


CARENTES

Empresa modelo: Spy TI Ltda.

Projeto de integração multidisciplinar PIM


apresentada como exigência para a
conclusão de semestre, junto à
Universidade Paulista UNIP, sob a
orientação do Professor Davis Alves

São Paulo

2011
UNIP – Universidade Paulista

Projeto Integrado Multidisciplinar – PIM I

Curso Superior de Tecnologia de Analise e Desenvolvimento de Sistemas

COMO LEVAR INCLUSÃO DIGITAL PARA ESCOLAS DE COMUNIDADES


CARENTES

Empresa modelo: Spy TI Ltda.

Reinaldo Pires Cardoso RA: A95374-4


Wellington Alves Lemos RA: A775HF-4
Rafael Souza Santana RA: A9738N-4
Daniel Prado Cavalcanti Leite RA: B014CA-3
Weslley Vila Real Cantão RA: A822AA-4
Rodrigo Araujo Soares RA: A95JIJ-9

São Paulo

2011
UNIP – Universidade Paulista

Projeto Integrado Multidisciplinar – PIM I

Curso Superior de Tecnologia de Analise e Desenvolvimento de Sistemas

COMO LEVAR INCLUSÃO DIGITAL PARA ESCOLAS DE COMUNIDADES


CARENTES

Empresa modelo: Spy TI Ltda.

Banca Examinadora

Professor Orientador: DAVIS ALVES

Professor__________________________

Professor__________________________

Professor__________________________

São Paulo

2011
Dedicatória

A todas as pessoas que independente da


idade sempre estão em busca do aprendizado
e de novos desafios.
Agradecimentos

A todos os nossos familiares, a Deus e a


todos que de alguma forma contribuíram para a
conclusão deste projeto.
Epigrafe

“As pessoas não sabem o que querem até


você mostrar a elas”.

Steve Jobs
RESUMO

O presente documento é um projeto de redes que servirá como


referencia para implantação de uma rede de computadores para um
laboratório de informática seguindo as normas técnicas utilizadas atualmente
no mercado e levar inclusão digital para escolas carentes com crianças de 1°
a 4° serie tendo em vista os primeiros contatos com o mundo digital já que
essas crianças estão menos favorecidas na sociedade atual com um custo de
projeto viável esperamos que professores e diretores debatam entre si e
constatem a qualidade e durabilidade do nosso projeto. Todos os recursos de
hardware e software serão descritos e exemplificados, assim como custos e
facilidade de operação.
ABSTRACT

This document is a network design that will serve as reference for


implementation of a computer network to a computer lab following the
technical rules in use currently on the market and bring digital inclusion for
underserved schools with children from 1 to 4 ° series taking view the first
contacts with the digital world because these children are disadvantaged in
society today with a project cost of viable hope that teachers and principals
discuss among themselves and verify the quality and durability of our project.
All hardware features and software are described and illustrated, as well as
cost and ease of operation.
10

SUMÁRIO

RESUMO..................................................................................................................... 8
ABSTRACT ................................................................................................................. 9
SUMÁRIO.................................................................................................................. 10
APRESENTAÇÃO DOS INTEGRANTES .................................................................. 11
1. INTRODUÇÃO ..................................................................................................... 13
2. EQUIPAMENTOS ................................................................................................. 13
2.1 Hardwares das Estações de trabalho ............................................................... 13
2.2 Sistemas Operacionais nas Estações de Trabalho .......................................... 14
2.3 Hardwares do Servidor ..................................................................................... 14
2.5 Sistemas Operacionais no Servidor .................................................................. 15
3. ESTRUTURA FISÍCA DE REDE ........................................................................... 16
4. ESTRUTURA LÓGICA .......................................................................................... 17
5. DESENVOLVIMENTO .......................................................................................... 17
5.1 Aplicativos incluídos no projeto ......................................................................... 17
6. EXPLORANDO OS APLICATIVOS PARA O DESENVOLVIMENTO.................... 18
7. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO ........................................................................ 19
8. RELAÇÃO DAS DISCIPLINAS COM O PROJETO ............................................... 19
9. CONCLUSÃO........................................................................................................ 21
ANEXO A (Telas dos Aplicativos Didáticos) .............................................................. 22
ANEXO B (Cotação dos computadores) ................................................................... 27
ANEXO C (Cotação de Servidor) .............................................................................. 29
ANEXO D (Cotação impressora) ............................................................................... 31
ANEXO E (Cotação switch) ....................................................................................... 33
ANEXO F (Cotação de cabeamento e equipamentos da rede) ................................. 35
ANEXO G (Cotação Projetor e Tela) ......................................................................... 37
ANEXO H (Cotação de Conexão Banda Larga).........................................................39
REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 41
APÊNDICE 01 (Termo de abertura) .......................................................................... 42
APÊNDICE 02 (Orçamentação) ................................................................................ 47
APÊNDICE 03 (Divisão de Tarefas) .......................................................................... 49
11

APRESENTAÇÃO DOS INTEGRANTES

Reinaldo Pires Cardoso - Líder - Experiência de 19 anos na área de informática, de


1992 a 2004 Técnico em Informática de campo e laboratório, 2004 a 2008 como
Técnico de informática residente dando suporte em sistema help desk e atualmente
como Analista de Suporte Técnico sênior. Formação: Técnico Eletrônico pelo colégio
modulo em 1992, cursos 520 Intranetware Netware 4.11 administração - 525
Intranetware Netware 4.11 administração avançada - 804 Intranetware Netware 4.11
instalação - pela Abcom 1997 - Formação cisco - ccna V3 – SENAC 2008 –
Segurança da informação – Fundação Bradesco 2009 e cursando Analise e
desenvolvimento de sistemas pela Universidade Paulista Unip.

Daniel Prado – Formado em Web Design e Hardware pelo SENAI, trabalha


atualmente na empresa Chame o Gênio, onde trabalha na pós-venda de eletrônicos
dos supermercados Extra e Wal-Mart. Trabalhou na empresa Star light Games Ltda.
entre 2008 e 2009, e atualmente cursa Análise e desenvolvimento de sistemas na
UNIP.

Wellington Alves Lemos - Pesquisador - Operador verniz das embalagens Santa


Inês atualmente cursando Analise e Desenvolvimento de sistemas pela Universidade
Paulista Unip. Com pensamento e pós na área de gestão de TI com cursos de
pacote Office pela S.O. S computadores (2008) Hardware SENAI (2009).

Weslley Vila Real - Web Designer -Com quatro anos de experiência profissional na
área de Tecnologia da Informação atuando como consultor alocado em empresas de
médio e grande porte.
Experiência em desenvolvimento de sistemas (Plataforma Java, CSS, XML, Java
Script, Visual Studio, UML, Lumis).
Conhecimento em bancos de dados SQL Server 2000 e 2005 para desenvolvimento
de Packages, Stored Procedures, Querys, Views e Triggers.
Conhecimentos em Adobe Photoshop, Adobe Fireworks, Adobe Flash.
12

Amplo conhecimento em Java Script, XML, XSL, CSS, HTML e recorte de layout
para aplicação em sites e cursando Analise e desenvolvimento de sistemas pela
Universidade Paulista Unip.

Rodrigo Soares - Pesquisador- Atualmente trabalhando como mecânico e


cursando Analise e Desenvolvimento de Sistemas na Universidade Paulista Unip.
Com cursos de hardware e redes (2009 SENAI) e pretensão de ingressar em pós de
segurança da informação

Rafael Santana - Aux. Administrativo-Atualmente trabalhando de aux. Estoque com


cursos de hardware e redes (2010 SENAI) e cursando Analise e Desenvolvimento
De sistemas na universidade Paulista Unip e com pretensão de pós em gestão de
TI.

DADOS ACADÊMICOS:

NOME RA

Reinaldo Pires Cardoso A95374-4 Organização e documentação:

Wellington Alves Lemos A775HF-4 Reinaldo Pires Cardoso

Rafael Souza Santana A9738N-4

Daniel Prado Cavalcanti Leite B014CA-3 São Paulo, 25 maio de 2011.

Weslley Vila Real Cantão A822AA-4

Rodrigo Araujo Soares A95JIJ-9


13

1. INTRODUÇÃO

Os laboratórios de informática têm a missão de dar apoio aos alunos


oferecendo um ambiente favorável para realizações de trabalhos e pesquisas
acadêmicas. Além de servir como uma excelente ferramenta didática para o ensino
nas diversas disciplinas do currículo do aluno. É importante deixar claro que a
instalação de computadores e internet na escola devem ser acompanhadas de
programas de capacitação de professores para que os recursos possam ser
efetivamente utilizados na área pedagógica.

2. EQUIPAMENTOS

Neste tópico iremos abordar as configurações das estações de trabalho,


servidores e os outros equipamentos que farão parte da estrutura da rede do
laboratório.

2.1 Hardwares das Estações de trabalho

Estações de trabalho serão do Fabricante Dell modelo Vosto 230 ST com as


seguintes especificações:
- Processador Intel Pentium dual-dore E5800 (3.2 GHZ, 2MB L2, 800FSB)
- Memória de 3GB DDR3, SDRAM, 1333 MHz (2DIMMs)
- Disco Rígido de 500GB SATA, 7200rpm, 16MB de cachê
- Placa de vídeo integrada Intel GMA X4500 (on-board)
- Placa de rede integrada PCIE 10/100/1000 (on-board)
- Unidade óptica de DVD/RW 16X
- Placa de som (on-borad)
- Teclado Dell USB português
- Mouse USB
- Gabinete Torre
- Monitor “Dell LCD 17” Widescreen E1709W
14

- Estabilizador de voltagem (brinde)

Justificativa: Apesar de ser uma configuração elevada para uma sala de aula
do ensino fundamental, estamos considerando uma configuração atualizada para
não necessitar de melhorias em um maior prazo de utilização, além de o fabricante
incluir o sistema operacional Windows 7 Professional, assinatura de 02 anos de
antivírus e 02 anos de garantia com atendimento local.

2.2 Sistemas Operacionais nas Estações de Trabalho

- Windows 7 Profissional
- Sistema operacional que já esta inclusa na configuração do fabricante do
computador, além de ser o sistema operacional mais utilizado no mundo e assim as
crianças ficarão mais adequadas para utilização fora da escola.

2.3 Hardwares do Servidor

O Servidor será do fabricante Dell modelo Poweredge R210


- Processador Intel Pentium G6950
- Memória de 2GB, 1333 MHz (2X1GB UDIMM)
- Disco Rígido de 500GB SATA, 7,2K RPM, cabeado
- Teclado USB Português
- Mouse USB Português
- Unidade óptica de DVD/RW 16X
- Placa de rede on-board de 2 portas Gigabit Ethernet
- Gabinete 1U para rack
- Trilhos estáticos para rack padrão 19”

Justificativa: Uma configuração pensando em expansão da utilização para


outros setores da escola, o servidor ficará protegido dentro do rack, apropriado para
um servidor de internet e dados, e o fabricante inclui 02 anos de garantia com
atendimento local.
15

Teremos também uma impressora laser da marca Samsung e um projetor


com tela para uso exclusivo do professor de informática.

2.5 Sistemas Operacionais no Servidor

O Endian Firewall é uma distribuição Linux especializada em roteamento e


firewall que possui uma interface unificada de gerenciamento. É desenvolvido por
Italian Endian Srl e pela comunidade.
O Endian Firewall foi originalmente baseado no IPCop, sendo que este é um
fork do projeto Smoothwall.
A Versão 2.4.1 contém os seguintes pacotes e funcionalidades:
- Firewall (ambas direções): dispositivo de uma rede de computadores que
tem por objetivo aplicar uma política de segurança a um determinado ponto de
controle da rede.
- Rede Virtual Privada VPN: é uma rede de comunicações privada
normalmente utilizada por uma empresa ou um conjunto de empresas e/ou
instituições.
- Gateway: é uma máquina intermediária geralmente destinada a interligar
redes, separar domínios de colisão, ou mesmo traduzir protocolos.
- Web Antivirus: Proteçao contra bragas virtuais como vírus, trojans,
spywares, adwares.
- Web Anti-spam: Proteçao contra emails nao solicitados e geralmente
enviados para um grande numero de pessoas.
- E-Mail Antivírus: varredura na entrada e saída de emails contra virus.
- E-Mail Anti-spam: varredura na entrada e saída de emails contra spam.
- Transparente HTTP-Proxy: um servidor que atende a requisições
repassando os dados do cliente à frente. Um usuário (cliente) conecta-se a um
servidor proxy, requisitando algum serviço, como um arquivo, conexão, sítio web, ou
outro recurso disponível noutro servidor.
- Filtro de Conteúdo: é o método para permitir/negar acesso a informações
em redes de computadores através do conteúdo de sua informação.
16

- Protocolo de Inicializacão de Sessão - SIP e Suporte para VoIP: é o


roteamento de conversação humana usando a Internet ou qualquer outra rede de
computadores baseada no Protocolo de Internet, tornando a transmissão de voz
mais um dos serviços suportados pela rede de dados.
- Tradução de Endereços de Rede nat: uma técnica que consiste em
reescrever os endereços IP de origem de um pacote que passam por um router ou
firewall de maneira que um computador de uma rede interna tenha acesso ao
exterior (rede pública).
- Protocolo de Configuração Dinâmica de Host DHCP-Servidor: um
protocolo de serviço TCP/IP que oferece configuração dinâmica de terminais, com
concessão de endereços IP de host e outros parâmetros de configuração para
clientes de rede.
- Sistema de Deteccão de Intrusos ou Intrusion Detection System – IDS:
meios técnicos de descobrir em uma rede quando esta está tendo acessos não
autorizados que podem indicar a acção de um cracker ou até mesmo funcionários
mal intencionados.

- ADSL-Modem Suporte: é um formato de DSL, uma tecnologia de


comunicação de dados que permite uma transmissão de dados mais rápida através
de linhas de telefone do que um modem convencional pode oferecer.
- HTTPS web interface: Acesso remoto através do browser para
configuração geral, acessar o log de tráfego na rede, estatísticas de Conexão,etc..

3. ESTRUTURA FISÍCA DE REDE

- Switch Trellis 24 Portas


- Patch Panel de 24 Posições Cat 5e
- “Rack fechado de 19” e 6U
- Guia UTP Fechada
- 150 Mts de cabo UTP cat 5e
- 150 conectores RJ45 cat 5e
- Régua 04 Tomadas 19” c/ Dijuntor
A escola deverá disponibilizar uma sala no minimo de 30 m² com moveis de
no mínimo 90 cm para cada estação, com canaletas plásticas externas fixadas em
17

parede para a passagem dos cabos das estações até o rack e a parte elétrica tanto
das estações como também para o rack.
A passagem dos cabos UTP cat. 5e, rack e fixação dos aparelhos dentro rack,
serão confeccionadas e organizadas pela nossa equipe.

4. ESTRUTURA LÓGICA

Conforme mencionado no tópico 2.5 será utilizado um servidor com sistema


firewall que compartilhará o acesso à internet e através do serviço de filtro de
conteúdo existente nele será feito uma configuração para que as crianças não
tenham acesso a conteúdo impróprio. Este filtro de conteúdo é uma ferramenta com
sites pré-definidos, a atualização dos sites é automática, pode adicionar sites
manualmente e bloquear ou liberar uma estação especifica conforme o responsável
pelo laboratório desejar.
O responsável pela sala de informática será treinado para ter acesso a esta
ferramenta e configurar caso necessite. Este acesso ficara pré-configurado no
computador do professor.
As configurações de rede das estações serão automáticas através do serviço
DHCP, que fornecerá concessão de ip de host e outras configurações de rede.
A faixa de endereço ip da rede será de classe 192.168.1.0/24 onde o ip
192.168.1.1 será utilizado pelo servidor.

5. DESENVOLVIMENTO

O projeto inclui vários aplicativos com o objetivo de ajudar as crianças no


aprendizado de matemática, português e geografia, além de aguçar a criatividade e
instruí-las de como usar aplicativos básicos tanto para a vida didática quanto para a
vida profissional, no caso aplicativos semelhantes aos famosos Microsoft Word e
Microsoft Excel.

5.1 Aplicativos incluídos no projeto


18

Aqui apresentaremos todos os aplicativos que irão ser usados no projeto,


separados por faixas que vária de 1ª série, 1ª e 2ª séries, 2ª série, 3ª série, 3ª e 4ª
séries, e 4ª série (existem algumas exceções que serviam para todas as séries).

Omnitux – 1ª série - Este aplicativo é na verdade um pacote de jogos


educativos, onde os alunos poderão desenvolver sua criatividade com jogos que
ajudariam no aprendizado dos alunos, onde os temas envolvidos seriam
matemática, arte, geografia, além de jogos de memória e lógica.
MathMatic Junior Edition – 2ª e 3ª series - Aplicativo onde as crianças
aprenderam tabuadas brincando, em uma espécie de jogo matemático onde o
aplicativo mostra uma conta de multiplicação e a criança tem que digitar o resultado
correto.
Ooo4kids – 3ª e 4ª séries - Pacotes de aplicativos muito semelhantes aos do
pacote Microsoft Office, porém totalmente gratuitos e com ícones e menus muito
mais intuitivos, feitos especialmente para crianças da primeira parte do ensino
fundamental. O programa inclui um editor de texto, um editor de planilha, um editor
de slides e um editor de imagens.
Dicionário Habilite Digital – 1ª, 2ª, 3ª e 4ª séries - Trata-se de um dicionário
digital onde as crianças podem desde consultar o significado e a escrita de uma
palavra até como conjugar um verbo.

Justificativa pela escolha destes softwares - A Spy TI Ltda. optou por


esses programas pelo fato de os mesmos serem softwares educativos, que ajudem
no desenvolvimento e no aprendizado das crianças, além do fato de serem
softwares livres, ou seja, são encontrados gratuitamente para download na internet e
não vão gerar nenhum custo para a contratante.

6. EXPLORANDO OS APLICATIVOS PARA O DESENVOLVIMENTO

Além dos aplicativos apresentados acima, as crianças poderão usar os


computadores para terem aulas de informática, causando assim uma inclusão
digital, fazendo com que as crianças possam fazer desde pesquisas escolares até
troca de e-mails.
19

Isso traria muito benefício para essas crianças, pois já sairiam da escola mais
espertas, e, principalmente, saberiam como usar um computador para outros fins a
não ser jogar e usar as redes sociais, como é o caso de muitos jovens hoje em dia.
Sendo assim, no futuro, além de saberem como usar um computador
domesticamente, também saberiam como usar um computador para um uso mais
profissional, sendo que graças a softwares como o Ooo4kids, que é, praticamente,
uma Microsoft Office infantil, elas poderão, no futuro, sair da escola já sabendo
como usar todos esses aplicativos essenciais para, praticamente, todo tipo de
funcionário de uma empresa, desde pequenas empresas até grandes empresas.
Didaticamente, as crianças seriam beneficiadas por saberem como operar um
computador para fazer trabalhos e pesquisas, tornando assuntos didáticos muito
mais interessantes, pois toda criança gosta de mexer em um computador.

7. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

Para maior segurança dos equipamentos eletrônicos de fácil manuseio, o


laboratório quando no horário de funcionamento da escola deverá ter sempre um
funcionário responsável pelo laboratório, evitando que os equipamentos sejam
danificados, abertos ou alterados de forma física ou lógica. Recomendamos que as
aulas fossem agendadas ou planejadas antecipadamente, controle que pode ser
feito facilmente em uma planilha do Excel.
As estações terão um perfil configurado e limitado para cada série, e um
perfil com controle total que somente o professor ou responsável terá acesso para
instalar, alterar ou remover programas. A internet será limitada e protegida para
acesso a sites indevidos através do servidor.
O servidor poderá ser utilizado para salvar os trabalhos que os alunos
venham fazer e se necessário estará apto e devidamente configurado para expandir
o uso para toda a escola, inclusive para a própria secretaria e sala dos professores.

8. RELAÇÃO DAS DISCIPLINAS COM O PROJETO

Fundamentos de sistemas operacionais – com a ajuda da matéria sobre


SO, fizemos a escolha do que nós concluímos ser o melhor software de sistema
para o uso em um computador didático.
20

Organização de computadores – com a ajuda da matéria baseada


principalmente em hardware e redes, conseguimos projetar a configuração e o
modelo de rede ideal para implementarmos no projeto.
Lógica – Com a ajuda dessa matéria, conseguimos escolher o melhor meio
para chegarmos ao nosso objetivo final, algo que foi muito importante para o
desenvolvimento do projeto.
Estatística – Com a ajuda da estatística, fizemos o calculo de quantos alunos
tem por sala, em média, para o que nos ajudou na decisão de quantos
computadores colocar na sala de informática.
Princípios de sistemas de informação – Matéria que contribuiu para o
modo de escolha dos melhores softwares para o projeto, chegando à conclusão de
qual software resolveria melhor o nosso problema.
Desenvolvimento sustentável – Os professores terão uma ótima ferramenta
didática para desenvolver projetos de conscientização através de pesquisas, o
primeiro passo será desligar os computadores após o uso e imprimir quando
realmente for necessário.
Comunicação aplicada – Nas aulas os professores terão que conscientizar
os alunos necessitam de uma vida social, que o mundo virtual na atualidade é uma
ferramenta fundamental, mas também pode ser uma ferramenta perigosa levando
até a um isolamento social.
21

9. Conclusão

Concluímos que a melhor forma de criar um espaço de trabalho virtual para


as crianças, visando à inclusão digital, seria por modo de software e conceitos
básicos de internet, como acessar e-mails e ler noticia.
Sobre a manutenção das máquinas, foi concluído que a melhor opção seria a
Spy TI Ltda. cuidar da manutenção das máquinas por um período de 3 (três) anos, a
partir da data de entrega do projeto, visando aprimorar possíveis erros causados por
falha de software ou hardware. Falhas causadas pela contratante serão
devidamente cobradas.
Foi concluído que os softwares escolhidos para o projeto ajudariam as
crianças no desenvolvimento didático, onde elas poderiam usar os computadores
não apenas para se divertir, mas também para aprender.
Foram escolhidas máquinas com uma configuração mais avançada, pois
chegamos à conclusão de que, além de diminuir gastos com upgrades das
máquinas, ajudaríamos também o meio ambiente, de forma que a escola não
precisaria gastar dinheiro com tais upgrades, deixando assim de consumir matéria-
prima para a fabricação de tais peças.
Apesar do alto custo do projeto, acreditamos que haverá retorno para a
contratante, pois as máquinas dispensarão upgrades no futuro e os alunos poderão
aprender mais e desenvolver melhor sua criatividade com ajuda dos softwares
escolhidos para este projeto.
22

ANEXO A

(Telas dos Aplicativos Didáticos)


23
24
25
26
27

ANEXO B

(Cotação dos computadores)


28
29

ANEXO C

(Cotação de Servidor)
30
31

ANEXO D

(Cotação impressora)
32
33

ANEXO E

(Cotação switch)
34
35

ANEXO F

(Cotação de cabeamento e equipamentos da rede)


36
37

ANEXO G

(Cotação projetor e tela)


38
39

ANEXO H

(Cotação de conexão banda larga)


40
41

REFERÊNCIAS

Aplicativos e suas funções escolhidos no WWW.baixaki.com.br


Modelos de projetos e normas WWW.e-davis.net
Dicas sobre TCC no www.artigonal.com/ensino-superior
Instruções sobre trabalhos acadêmicos no www.zemoleza.com.br
Pesquisa de normas técnicas WWW.abnt.org
Sistema operacional e aplicações do servidor WWW.vivalinux.com.br
Descrição dos serviços http://pt.wikipedia.org
Modelo de projeto de sala de informática http://knol.google.com/k/modelo-de-
laborat%C3%B3rio-de-inform%C3%A1tica-para-escolas#
42

APÊNDICE 01

(Termo de abertura)
43

TERMO DE ABERTURA

São Paulo, 25 maio de 2011


Ref.: Desenvolvimento
Gratificados com a oportunidade concedida à empresa Se TI ltda. de
participar dessa oferta, estamos encaminhamos toda informação necessária para
apresentação de nossa proposta técnica e comercial para análise.
Visto que a Se TI ltda. desenvolve projetos com interesses estudantis levando
em consideração a excelência no ensino, padrão de qualidade e atendimento ao
cliente.

1. OBJETIVOS DO PROJETO

O objetivo do projeto é desenvolver uma rede de computadores para crianças


de ensino fundamental de Escola Estadual, visando incluir as crianças no mundo
digital e a instruí-las de como usar programas e serviços de internet básicos tanto
para a vida estudantil quanto para a vida profissional, tais como browser de internet,
serviços de e-mail, editores de texto, editores de planilha, editores de apresentações
e etc. O diferencial deste projeto são seus equipamentos de ponta, assim pensando
em sustentabilidade a tecnologia usada hoje permanecerá em longo prazo não
havendo necessidade de compras de novas maquinas tão logo.

1.1 Especificações do projeto


Tem como finalidade a organização e desenvolvimento de um projeto de
implementação digital, simples e prático voltada a crianças do ensino fundamental
suprindo as necessidades básicas e formalizando conceitos importantes como o
meio ambiente e a sustentabilidade.

1.2 Limites do projeto. Responsabilidades da Contratada

A denominada contratada, Spy TI Ltda., será responsável por: Arquitetar os


hardwares e os softwares mais adequados para o uso de crianças de 1ª a 4ª série;
44

Criar uma rede de computadores, com 19 computadores (um para uso do


professor e 18 para uso dos alunos, se o contratante desejar mais máquinas do que
o previsto no projeto, o valor total do projeto será alterado) e uma impressora Toner;
Treinamento de um responsável para: resolver problemas simples nas
máquinas, instruir professores de como usar os aparelhos e dispositivos e sobre
como atualizar os softwares das máquinas;
Interligar todos os computadores com a internet;
Criar um sistema de controle onde os professores teriam um login e uma
senha para controlar o acesso dos alunos aos computadores (como bloqueio de
uma máquina que não está sendo usada);
Interligar todos os computadores da rede com o computador principal.

1.3 Responsabilidades da contratante Premissa

Após o aceite formal (via e-mail) da proposta, a Spy TI Ltda. terá até 15
(quinze) dias úteis para o início dos trabalhos.
O cliente deverá executar o aceite dos produtos gerados pela Spy TI Ltda. no
prazo estabelecido no cronograma do projeto acordado entre as partes.
A Spy TI Ltda. é independente para gerenciar toda sua equipe de projeto.
Mudanças de escopo do projeto deverão ser tratadas a parte pelo Gerente de
Projeto da Spy TI Ltda. e do cliente para renegociação de prazo e custos
estabelecidos.
A Spy TI Ltda. deverá prover profissionais para cumprir os objetivos
estabelecidos nesta proposta, cumprindo os prazos estabelecidos de comum acordo
com o cliente e garantindo a manutenção do sigilo sobre informações pertencentes
ao projeto, mesmo após o seu término.
O não cumprimento de quaisquer pré-requisitos anterior ou durante a
execução do projeto por parte da contratante implicará a paralisação do projeto até
que as exigências sejam atendidas, sendo o prazo e custos do projeto renegociados.
Criar a rede elétrica necessária para ligar todos os equipamentos.
Estabelecer um contrato com empresa de serviços de internet com velocidade
de no mínimo 4 MB.
Designar um responsável para acompanhamento de todas as fases do
projeto.
45

Comprar e montar os devidos móveis para alocar os 19 computadores


descritos na proposta.

1.4 Marcadores do cronograma

20 dias corridos sendo: 3 dias para elaboração, 3 dias para analise, 9 dias
para construção e 5 dias para testes e ajustes. Marcos estabelecido e formalizado a
partir da data de aceite da proposta.

1.5 Estimativas de custos

O custo total estabelecido no projeto será de R$ 37.906,99 sendo assim


quaisquer ou possíveis alterações a esses valores devem ser analisados pelas
partes.

1.6 Critérios de aceitação de produtos

O projeto assim analisado e aprovado deve ser encaminhado uma carta de


concordância dos requisitos para infospy@uol.com.br

1.7 Condições de pagamentos e garantias

O pagamento será efetuado após o término dos trabalhos com condições de


pagamento em cheque para 15, 30, 45 dias sem prazos adicionais podendo no seu
devido atraso ser imposta cobrança em cartório. A proposta vale por 30 dias a partir
da data de aceite.
O tempo investido em qualquer correção de erros gerados em função do
desenvolvimento da Spy TI Ltda. Ou seja, que já haviam consumido horas do
contrato com o cliente não será contabilizado.
Com tudo garantimos por três anos quaisquer falhas sendo que uma vez
constatada erro da contratante e de seus usuários como (abertura das maquinas ou
contratação de terceiros.) essa garantia não prevalecerá.
46

1.8 Declarações preliminares do escopo do projeto

Neste projeto será abordada a construção de um laboratório e a inclusão


digital para crianças de escolas carentes. Com um numero de 19 estações de
trabalho para uma melhor acomodação dos alunos e professores. Serão abordados
e especificados: redes, softwares, servidores, estações de trabalho, tecnologia e
segurança da informação. Nos tópicos a seguir serão abordados as garantias do
projeto suas restrições e valores. O maior diferencial do projeto será sua
sustentabilidade, pois a tecnologia usada e claramente duradoura e moderna aos
padrões atuais.
47

APÊNDICE 02

(Orçamentação)
48
49

Apêndice 03

(Divisão de tarefas)
50

Curso Superior de Analise e Desenvolvimento de Sistemas


PIM I – Orientador Davis Alves-
Alves professor@e-davis.net

DIVISÃO DAS TAREFAS DO PROJETO


ROJETO

DATA RESPOSÁVEL TAREFA STATUS


19/abr Todos Ler manual oficial e baixar modelos Ok
23/abr Reinaldo Formatação do trabalho de acordo com as normas ABNT OK
23/abr Wellington Criar capa, folha de rosto, folha de aprovação, epigrafe OK
23/abr Wellington Criar introdução OK
26/abr Todos Apresentar introdução para o Orientador OK
10/mai Reinaldo Desenvolver o projeto físico OK
10/mai Reinaldo Orçamentar o projeto OK
10/mai Daniel/Wellington/Rafael
/Rafael Desenvolver o projeto Lógico OK
10/mai Rodrigo Pesquisa sobre quantidade de alunos em sala de aula OK
10/mai Wesley Pesquisar modelo de termo de abertura e escopo Ok
10/mai Wellington Termo de Abertura OK
10/mai Reinaldo Tabela de Orçamentação OK
10/mai Rafael Planilha de divisão de tarefas OK
10/mai Todos Aprovar projeto e orçamentaçao OK
10/mai Todos Esclarecer duvidas com Prof. Davis OK
17/mai Daniel/Wellington Aplicativos didáticos OK
17/mai Daniel/Wellington/Rodrigo
/Wellington/Rodrigo Escopo OK
17/mai Daniel/Wellington/Reinaldo Descrição das disciplinas no projeto OK
24/mai Reinaldo Impressão OK
24/mai Todos Validar conteúdo OK
24/mai Todos Arrecadar valor para a encarde nação OK
24/mai Weslley Criar Slides para a apresentação OK
25/mai Daniel Divulgar projeto na web OK
25/mai Todos Reunião para definir apresentação OK
25/mai Wellington Encarregado da encardenação OK
31/mai Todos Entregar Pim OK
07/mai Todos Apresentação do projeto OK