Você está na página 1de 2

Parte 1 – Mecânica

Aula 20. Lançamento Horizontal A velocidade que o móvel atinge em seu vôo parabólico,
após um certo tempo (t) do disparo, é obtida pela adição
1. Movimentos Componentes vetorial de suas velocidades componentes, isto é:
Quando lançamos horizontalmente um corpo, com uma
velocidade inicial ( ) a partir de uma certa altura do solo,
notamos que ele descreve uma trajetória curva em seu
vôo até o solo. Se a resistência do ar for desprezível, esta
curva será um arco de parábola.

Em módulo, temos:

Resumo
Movimentos Componentes
• Movimento Horizontal: M.U. (ax = 0)
Galileu decifrou este movimento usando o artifício da • Movimento Vertical: M.U.V. (ay = g)
composição de movimentos. Observe seu raciocínio: Tempo de Queda e Alcance Horizontal
a) se no local do lançamento não houvesse gravidade e
nem resistência do ar, o corpo seguiria horizontalmente
em movimento retilíneo uniforme, percorrendo distâncias
iguais em intervalos de tempo iguais.
b) como há gravidade, o corpo cairá simultaneamente em Exercícios Resolvidos
queda livre, ou seja, realizará um M.U.V. vertical, e ao 01. A partir da borda de uma mesa de altura h = 0,80 m,
mesmo tempo, um M.U. horizontal. A composição lança-se horizontalmente duas pequenas esferas A e B,
desses dois movimentos gera o movimento parabólico. que cumprem até o solo os alcances indicados na figura
abaixo. Considere g = 10 m/s2 e despreze o efeito do ar.

Pede-se:
a) o tempo da queda de cada esfera até o solo;
b) o módulo da velocidade de lançamento de cada esfera.
Resolução
a) As esferas chegam ao solo gastando o mesmo tempo,
2. Cálculos Básicos
Considere um objeto disparado de uma altura h com pois desceram a mesma altura (0,80 m).
velocidade horizontal . Sob a ação exclusiva da
gravidade (g), o objeto toca o solo após um certo tempo
de queda (t) cumprindo um alcance horizontal (D).
Logo:
b) Através de seus alcances e do tempo comum de
queda, temos:

02. A figura a seguir mostra em escala a velocidade ( )


adquirida por uma bola, t segundos após ocorrer seu
disparo horizontal da janela de um prédio. Adote g = 10
Este alcance corresponde ao deslocamento do m/s2 e despreze a resistência do ar.
movimento uniforme que ocorre na horizontal, com
vx = v0 , ao mesmo tempo que o objeto despenca em
queda livre vertical descendo h. A partir disso, temos:

Paulo Victor Araujo Lopes 1


Parte 1 – Mecânica

Determine:
a) a intensidade da velocidade (v0) com que a bola foi
lançada da janela;
b) o tempo t decorrido;
c) a altura (h) descida pela bola;
d) a distância D em que se afastou do prédio.
Resolução
a) Decompondo-se a velocidade , temos sua
componente horizontal vx medindo v0 . Isto é:

v0 = v x
b) A componente vertical de , em t segundos de atuação
da gravidade, vale: vy = 20 m/s. Logo:

c) Devido à queda livre que ocorre na vertical, temos:

Paulo Victor Araujo Lopes 2