Você está na página 1de 4

Universidade Federal de Campina Grande – CEEI – DEE

Disciplina: Laboratório de Princı́pios de Comunicações


Profs.: Bruno B. Albert e Waslon Terllizzie A. Lopes
Perı́odo: 2011.1

Guia para o Experimento 5


Desmodulação de Sinais Modulados em Amplitude

Elaborado pelo Professor Edmar Candeia Gurjão em 18/08/2006

1 Introdução
Leia o texto do experimento, faça as tarefas solicitadas e responda às questões Q1 a Q10 em uma folha
e entregue ao final do experimento como seu relatório.

2 Objetivo
O objetivo desse experimento é estudar os esquemas de desmodulação em amplitude. Na primeira parte
do experimento será utilizado o desmodulador sı́ncrono, e na segunda parte um detector retificador.

3 Esquema 1
1. O primeiro esquema de desmodulação em amplitude já está montado na página

http://albert.dee.ufcg.edu.br/ em
Ensino→ Laboratório de Princı́pios de Comunicações→experimento5.

Baixe-o e salve o arquivo no seu diretório de trabalho e em seguida na interface gráfica Vergil selecione
F ile → Open F ile e abra esse arquivo. Nesse momento você poderá ver o modelo a ser usado nesse
experimento mostrado na Figura 1.

Figura 1: Esquema de desmodulação sı́ncrona.

Ao executar o experimento, o gráfico Modulante mostrará o sinal mensagem, o gráfico Modulada


exibirá a forma de onda do sinal modulado, o gráfico Demodulada apresentará a forma de onda do sinal
desmodulado e o gráfico EspectroReceptor mostrará o espectro do sinal desmodulado.
2. Antes de executar o experimento precisamos ajustar os parâmetros dos atores.

• Em Mensagem altere a freqüência para 100 Hz.

1
• Em Portadora altere a freqüência para 1500 Hz.

• Nos gráficos Modulante,Modulada e Demodulada deve mudar o parâmetro units de 1.0 para
1.0/8000.0.

• No gráfico EspectroReceptor o parâmetro xinit deve ser alterado para −4000 e o parâmetro units
para 8000.0/256.0.

• Faça iterations igual a 1 (para ter acesso a esse parâmetro clique duas vezes no SDF Director.

3.1 Questões
Responda as questões abaixo e entregue após o experimento.

Antes de começar identifique os blocos que representam o transmissor e os blocos que representam
o receptor.

Q1. Para uma desmodulação sı́ncrona qual a freqüência e a fase que devemos colocar no ator que
representa a portadora local no receptor?

Coloque a freqüência da portadora local e execute o experimento e responda Questão Q2.. Verifique
se Const=0 (ou seja ı́ndice de modulação µ = ∞).

Q2. Observe o sinal desmodulado no tempo (ator Demodulada) e o sinal desmodulado na freqüência
(ator EspectroReceptor), e diga o que está faltando para o sinal ser corretamente desmodulado.

Q3. Desenhe e identique as componentes de freqüência do ator EspectroReceptor, a mensagem e os


espectros laterais em 2fc obserservando as amplitudes das componentes de freqüência (as amplitudes
estão dadas em dB).

Modifique a configuração do experimento inserindo o filtro FIR projetado no terceiro experimento


como está mostrado na Figura 2. Lembre que esse filtro tem freqüência de corte de 1000 Hz. Os taps do
filtro eram os seguintes: b0 = 0, b1 = −0.032, b2 = −0.053, b3 = −0.045, b4 = 0, b5 = 0.075, b6 =
0.159, b7 = 0.225, b8 = 0.25, b9 = 0.225, b10 = 0.159, b11 = 0.075, b12 = 0b13 = −0.045, b14 =
−0.053, b15 = −0.032, b16 = 0. Os atores AddSubtact2 e Const2, por enquanto, não terão função e
portanto faça o ator Const2 igual a zero. Execute o experimento e responda a questão Q4.

Figura 2: Esquema de desmodulação sı́ncrona com filtro FIR.

2
Q4. De quanto está atenuado o espectro em 3, 0 kHz em relação ao espectro da Questão 3?

Q5. Que parâmetros do filtro você alteraria para aumentar ainda mais a atenuação do espectro em 3, 0
kHz? Justifique.

Suponha que você não conseguiu gerar a portadora local (no receptor) corretamente, simule um erro
de 20 Hz na freqüência da mesma e execute o experimento.

Q6. Explique o que você observou em termos de m(t) cos ωc t cos(ωc ± ∆ω)t, em que ∆ω representa o
desvio de freqüência.

Q7. Um erro de 1 Hz é aceitável? Simule esse erro com o parâmetro order do ator Spectrum em 12 para
aumentar o tempo de simulação.

Restaure a freqüência correta da portadora local e o parâmetro order do ator Spectrum para 8, simule
um desvio de fase de π/3 na portadora e execute o experimento.

Q8. Explique o que você observou em termos de m(t) cos ωc t cos(ωc t ± ∆θ), em que ∆θ representa
o desvio de fase. Que valor do erro de fase é crı́tico para o receptor? Realize uma simulação com esse
valor para verificar.

4 Esquema 2
Monte o segundo esquema de desmodulação em amplitude mostrado na Figura 3. Observe que não mais
estamos gerando a portadora no receptor.

Figura 3: Esquema 1 com deteção de envoltória.

4.1 Questões
Execute o experimento para um ı́ndice de modulação µ = 1 e retire o nı́vel DC alterando o valor de
Const2 e observando o nı́vel DC na saı́da do gráfico EspectroReceptor.
Monte agora o esquema de desmodulação em amplitude mostrado na Figura 4 em um outro graph
editor.

3
Figura 4: Esquema 2 com deteção de envoltória.

Execute o experimento para um ı́ndice de modulação µ = 1 e retire o nı́vel DC como anteriormente.

Q9. Por que o segundo esquema é melhor? Justifique. (Dica: Que circuitos eletrônicos estão sendo
simulados nos esquemas 1 e 2 antes do filtro.?)

Execute o experimento para um ı́ndice de modulação µ = 2 e retire o nı́vel DC. Desenhe o sinal de
saı́da do gráfico no tempo Demodulada. Responda a questão Q10.

Q10. É possı́vel recuperar o sinal mensagem nesse caso? Justifique.