P. 1
Uelder. Plano de Curso de Biologia

Uelder. Plano de Curso de Biologia

|Views: 3.043|Likes:
Publicado poruelder84

More info:

Published by: uelder84 on Jun 01, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/14/2013

pdf

text

original

CEAC – Centro Educacional e Aperfeiçoamento de Catolé PLANO DE CURSO: BIOLOGIA JUSTIFICATIVA O ensino de Biologia no Ensino Médio prioriza como

objeto de estudo da disciplina, o fenômeno vida em toda sua diversidade de manifestações, proporcionando o conhecimento dos processos evolutivos e organizacionais dos seres vivos através dos tempos e a possibilidade de reflexão sobre eles, visando a um futuro melhor. É importante reconhecer elementos da Biologia que torna possível o entendimento ao aluno de que há uma ampla rede de relações entre a produção científica e o contexto social, econômico e político. O aprendizado da Biologia deve permitir a compreensão da natureza viva e dos limites dos diferentes sistemas explicativos, de inspiração filosófica ou religiosa, possibilitando ao aluno do ensino médio a compreensão de que a ciência não tem respostas definitivas para tudo, sendo uma de suas características estar facultada ao questionamento e a transformação. Dessa forma, o conhecimento de Biologia deve propiciar o esclarecimento sobre temas polêmicos, que dizem respeito à insensata busca do homem em intervir no ambiente, bem como o envolvimento na produção e aplicação do conhecimento científico e tecnológico que torna essa ciência tão infinita e poucas limitações de novas descobertas.

OBJETIVOS GERAIS
• • • • •

• • • • • •

• • •

Descrever processos e características do ambiente ou de seres vivos, observados em microscópio ou a olho nu. Perceber e utilizar os códigos intrínsecos da Biologia. Apresentar suposições e hipóteses acerca dos fenômenos biológicos em estudo. Apresentar, de forma organizada, o conhecimento biológico apreendido, através de textos, desenhos, esquemas, gráficos, tabelas, maquetes, etc. Conhecer diferentes formas de obter informações (observação, experimento, leitura de texto e imagem, entrevista), selecionando aquelas pertinentes ao tema biológico em estudo. Expressar dúvidas, idéias e conclusões acerca dos fenômenos biológicos. Relacionar fenômenos, fatos, processos e idéias em Biologia, elaborando conceitos, identificando regularidades e diferenças, construindo generalizações. Utilizar critérios científicos para realizar classificações de animais, vegetais etc. Relacionar os diversos conteúdos conceituais de Biologia (lógica interna) na compreensão de fenômenos. Estabelecer relações entre parte e todo de um fenômeno ou processo biológico. Selecionar e utilizar metodologias científicas adequadas para a resolução de problemas, fazendo uso, quando for o caso, de tratamento estatístico na análise de dados coletados. Formular questões, diagnósticos e propor soluções para problemas apresentados, utilizando elementos da Biologia. Utilizar noções e conceitos da Biologia em novas situações de aprendizado (existencial ou escolar). Relacionar o conhecimento das diversas disciplinas para o entendimento de fatos ou processos biológicos (lógica externa).

1

Identificar as relações entre o conhecimento científico e o desenvolvimento tecnológico. histórico. Reconhecer o ser humano como agente e paciente de transformações intencionais por ele produzidas no seu ambiente. Identificar a interferência de aspectos místicos e culturais nos conhecimentos do senso comum relacionados a aspectos biológicos. artrópodes e equinodermos Reino Animalia – Os cordados Nutrição e respiração Circulação e excreção Revestimento. políticos. fruto da conjunção de fatores sociais. sustentação e locomoção Controle nervoso e órgãos dos sentidos Controle hormonal e reprodução Botânica 2 . platelmintos. portanto. nematódeos Reino Animalia – Moluscos. coletiva e do ambiente. anelídeos. econômicos. considerando a preservação da vida. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1ª série: • • • • • • • • • • • • • A vida na Terra Origem da vida na Terra As moléculas da célula A célula – Conceitos básicos A membrana celular e as trocas com o meio O meio intracelular Energia para a célula O núcleo celular Síntese protéica Divisão celular Gametogênese Embriologia Histologia 2 ª série: • • • • • • • • • • • • • • Os seres vivos Os vírus Reino Monera Reino Protista Reino Fungi Reino Animalia – Poríferos. cnidários. identificando aquelas que visam à preservação e à implementação da saúde individual. religiosos e tecnológicos. culturais. Julgar ações de intervenção. as condições de vida e as concepções de desenvolvimento sustentável.CEAC – Centro Educacional e Aperfeiçoamento de Catolé PLANO DE CURSO: BIOLOGIA • • • • • Reconhecer a Biologia como um fazer humano e.

Execução de exercícios em grupos. Apresentação de seminários. Discussão de temas abordados no decorrer das aulas. sua interação com o grupo de colegas. Tratamento das informações pesquisadas (gráficos e tabelas). 3 . AVALIAÇÃO O processo de avaliação deve ser contínuo.CEAC – Centro Educacional e Aperfeiçoamento de Catolé PLANO DE CURSO: BIOLOGIA • Anatomia e fisiologia vegetal 3ª série: • • • • • • • • • • • • • Hereditariedade e Primeira Lei de Mendel Mono-hibridismo e alelos múltiplos Segunda Lei de Mendel e interação gênica Ligação fatorial. doença e promoção da saúde PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: • • • • • • • Aulas expositivas dialogadas. isto é. seu grau de independência intelectual e seu progresso no decorrer das atividades entre outros fatores. Laboratório de informática. Livro didático e módulos de ensino. Revistas e jornais. permuta e herança sexual Mutações e Engenharia Genética Origem e evolução da vida Origem das espécies e Genética de Populações A conquista do ambiente Ambiente. Pesquisa realizada pelos alunos. RECURSO DE ENSINO • • • • • Filmes e vídeos relacionados. os resultados das tarefas realizadas. Softwares educacionais. biomas terrestres e biomas brasileiros Sucessão ecológica e desequilíbrios ambientais Saúde. Aulas práticas em sala de aula. Além de avaliar o produto da aprendizagem. fluxo de energia e ciclos da matéria Populações e relações entre os seres vivos Biosfera. é importante também considerar o esforço do estudante na realização das tarefas.

CHEIDA. entre outras. Parâmetros curriculares nacionais do Ensino Médio. Luiz Eduardo . seminários. São Paulo: Moderna. Paulo. 2000. o professor obterá elementos para direcionar seu próprio trabalho. análise de situações – problema. FREIRE. Sistema de Ensino AMABIS. assim. a avaliação deve ter objetivos e critérios de correção claros para os estudantes.Teoria de Biologia. Fundamentos da Biologia Moderna. Matemática e suas Tecnologias/ Ministério da Educação. além de versar sobre o que foi efetivamente trabalhado. São Paulo: Olho d’água. 2010. Módulo FTD. 4 . Ciências da Natureza.Ministério da Educação / Secretaria de Educação Média e Tecnológica. debates sobre temas polêmicos. 1997. verificando continuamente se os objetivos propostos estão sendo alcançados ou se há necessidade de adaptar as estratégias de ensino.CEAC – Centro Educacional e Aperfeiçoamento de Catolé PLANO DE CURSO: BIOLOGIA Ao avaliar esses múltiplos aspectos do processo de aprendizagem. José Mariano & MARTHO. questões dissertativas. 3ª ed. A avaliação deve ser orientada pelas habilidades e competências que se pretende desenvolver e deve haver transparência nos critérios avaliativos. Gilberto Rodrigues. REFERÊNCIAS: BRASIL/. – Brasília: Ministério da Educação. As formas de avaliação podem e devem ser variadas e se constituirá das seguintes formas: provas com questões objetivas. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. À sombra desta mangueira.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->