Você está na página 1de 18

“... no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito”.

Efésios 2: 22

2
UMA IGREJA SIMPLES
PARA UM MUNDO COMPLEXO.
___________________________________

Pr. Sérvulo Silva e


Thaís F.A.B. da Silva

3
: APRESENTAÇÃO

A PLANTADORA
A Comunidade Da Aliança nasceu como um projeto de plantação de igreja urbana
em 2003, com um grupo piloto de sete pessoas liderados pelo Pr. Victor Ximenes. Em
dezembro de 2006 a igreja foi organizada pelo Presbitério Litorâneo de Pernambuco –
PLPE e hoje conta com 123 (cento e vinte e três) membros adultos e uma freqüência
numa média de 200 (duzentas) pessoas adultas e uma média de 40 (quarenta) crianças
nos cultos dominicais.

Procuramos nos manter fiéis na visão com vistas na plantação de novas igrejas, de
sorte que hoje a igreja integra o Consórcio Presbiteriano para Plantação de Igrejas no
Interior, sendo uma das gestoras do projeto, juntamente com a Igreja Presbiteriana de
Casa Caiada, 1ª Igreja Presbiteriana do Recife e Igreja Presbiteriana das Graças.

A PLANTAÇÃO
A Comunidade Pedras Vivas é um projeto de plantação de igreja urbana numa
cidade repleta de pessoas que necessitam ouvir o evangelho numa linguagem inteligível e
compreensível, numa abordagem teológica que traga respostas aos problemas e anseios
do coração conflitante do indivíduo pós-moderno. Tem em seu DNA a visão de
multiplicação pretendendo ser pequenas bases em diversos lugares. “Poucas pessoas em
muitos lugares!” E assim trabalhamos melhor a assistências aos pequenos grupos que se
multiplicam nas casas e uma maior abrangência geográfica.

OS PLANTADORES
A pregação e propagação do Evangelho do Reino de Cristo sempre estiveram em
meu coração desde que O conheci como meu Senhor; embora nem sempre estive claro
em meu coração como o Senhor queria me usar.

4
Em 1998 fui chamado ao ministério pastoral, em um projeto missionário. Em 1999
comecei a ser mentoreado e a partir dali foi sendo delineada minha vocação ministerial e
o desejo de plantar um novo trabalho, tendo em vista a grande necessidade de se alcançar
uma geração que cresce mais rápido do que a própria igreja.

Durante os anos de Escola de Missões e Seminário Presbiteriano, o Senhor


alimentou e esclareceu melhor esse chamado. Hoje, casado e pai de um lindo filho,
partilhando do mesmo propósito e chamado e tendo vivido um pouco da experiência de
plantação do trabalho na Lagoa do Araçá, e, atualmente trabalhando como pastor na
Comunidade Da Aliança, temos entendido que é o tempo que Deus separou para que,
pela fé, nos lançássemos nesta visão.

A zona norte do Recife sempre se mostrou como um campo fértil, carente de


trabalhos com esta visão, com moradores de diversas faixas etárias, desigualdade,
injustiça social, falta de investimento em educação e lazer para os jovens. Apesar de ter
um aparente equilíbrio social como nos mostra os números1, é um grande reflexo do
descaso das autoridades quanto à valorização do ser humano em seu estado completo; o
ócio dos jovens e adultos tem lotado os bares e as chamadas “bocas de fumo”; a
população que envelhece é lançada ao descaso2 sem nenhum plano público de
acompanhamento integral. Essas são algumas das áreas que teremos propósito de
alcançar e sermos agentes de transformação com o evangelho do Reino que busca
restaurar o homem em sua integralidade, nessa comunidade que o Senhor tem colocado
nos nossos corações; nos ensinado a amar e orar por ela.

1
Anexo
2
Do total de 6.746 habitantes, segundo o senso de 2000, 2.444 têm mais de 40 anos; 2.857 têm de 15 à 39 anos.

5
: VISÃO

Nós, a Igreja do Senhor Jesus Cristo, somos a sua representante legal no mundo,
não existindo para si, mas para transformar toda Criação através da adoração,
comunhão, discipulado, serviço e evangelização; vivendo a graça e a restauração em
Cristo em todas as vias de relacionamentos e transformando todas as áreas da sociedade,
com uma linguagem acessível e contextualizada, sem abrir mão dos princípios da palavra
de Deus, que é nossa única regra de fé e prática, norteadora do nosso caminho e conduta
em todas as épocas.

Assim, pretendemos estabelecer na Zona Norte uma comunidade que viva e


proclame o Evangelho de Jesus Cristo para que este transforme as pessoas e todas as
suas relações, bem como o meio em que vivem.

: RESUMO

Pessoas Transformadas – Relacionamentos Transformadores – Transformando o Mundo

: MISSÃO

Atrair, resgatar e fazer discípulos fiéis que amam ao Senhor e que O servem
em uma comunidade local e em suas áreas de atuação, nos diversos ramos e níveis da
sociedade para transformação do mundo por meio da exposição do evangelho no
trabalho com Pequenos Grupos, programa de discipulado individual e Rede Ministerial.
A partir da própria vida da igreja e de seu envolvimento com a comunidade através da
arte, educação, esporte, saúde e ação social; por meio de três propósitos que serão as três
marcas características da comunidade: Evangelho Integral, Relacionamento
Integral e Missão Integral.

6
ESTRATÉGIA DE PLANTAÇÃO

“Nunca plantar uma igreja sozinho”. 3

Essa é uma recomendação fundamental encontrada nas entrelinhas da história da


igreja primitiva, mas que se torna um grande obstáculo à medida que “você tem
pouquíssimas pessoas em nossa cidade dispostas a deixar o ambiente seguro de sua
igreja local e entrar em uma ‘aventura’ de começar uma história diferente na cidade”.4

Por entender ser esse um princípio Neotestamentário de plantação de igrejas na


cidade (Lc 10:1-20; At 1:6-14; 2:1-4; 11:19-26; 13:1-5), esse será nosso primeiro passo: o
levantamento de parceiros que partilhem da mesma visão e amor.

Em seguida, recrutaremos voluntários para a formação do grupo piloto, que será o


modelo para todos os que se seguirem. Esse grupo terá o objetivo de ser local de
pastoreio mútuo para tratamento da alma e despertamento do serviço no corpo de Cristo,
bem como de definir a liderança para a igreja que nasce.

ETAPAS:
1. LEVANTAMENTO DE PARCEIROS E RECURSOS
• Igrejas *
• Líderes cristãos
• Mantenedores
• Empresas *

2. RECRUTAMENTO DE GRUPO PILOTO (2008)


• Desafiar Líderes (participação direta e indireta)
• Desafiar Indivíduos (convite à plantação)
3
Extraído do site: Igreja Emergente de Luis F. Batista em 13/1//08
4
Ibid
4
* Anexo II

7
Cremos e queremos desenvolver um estilo de liderança de colegiado para a igreja.
Essa é a etapa que julgamos como nosso fundamento para a plantação e desenvolvimento
desta comunidade que nasce, por isso estaremos formando nosso primeiro grupo com
voluntários que já possuem conhecimento prévio deste sonho e são acompanhados por
nós há mais de três (3) anos. Isso facilitará o processo de assimilação da visão.

3. INICIAR ENCONTROS COM GRUPO PILOTO (2º Semestre de 2008)


• Ensinar e Treinar
• Refinar a Visão
• Definir Papéis (Secretaria, Tesouraria, Ministro de Música, Coordenador de
Grupos Pequenos, etc).

4. DEFINIR LOCAL PARA REUNIÃO PÚBLICA (2º Semestre de 2009)


• Aluguel de prédio por fim de semana ou parceria com alguma escola do bairro.

Pretendemos ter como eixo de nossa vida em comunidade o trabalho de pequenos


grupos. Dessa forma queremos ter, ao ano, dois eventos que chamaremos de Festa da
Multiplicação onde será aberto um espaço na liturgia nos domingos de culto para
fazermos uma menção ao grupo que se multiplica, bem como falarmos da visão.
Para que esta comunidade tenha o DNA de pequenos grupos começaremos nossas
reuniões públicas após nossa primeira multiplicação em um retiro de fim de semana.
Com a intencionalidade de plantarmos outra base no final de 2012.

5. MULTIPLICAÇÃO DO GRUPO PILOTO (1º Semestre de 2010)


• Retiro de Multiplicação com o Grupo Piloto
• Dois Grupos Pequenos

6. INICIAR REUNIÃO PÚBLICA

8
: MODUS VIVENDI
“Vivendo em Cristo de casa em casa, na grande congregação e para o mundo”.
Aqui tentamos refletir o processo, mostrar uma progressão e simplificar a visão
para o membro que se achegar à nossa comunidade.

Em suma, a prática de nossa comunidade pretende ser: o indivíduo que se depara


com o evangelho integral (em sua totalidade, verdade & prática), desenvolve
relacionamentos integrais (Deus, próximo, consigo), desenvolvendo uma missão integral
(age na transformação do próprio meio).

1- EVANGELHO INTEGRAL

• REUNIÃO PÚBLICA DOMINICAL


Classes e Culto Comunitário
a – Escola Dominical - ESCOLA DA VIDA - 16h
b - Confraternização 16:50h
c - Culto Vespertino - CELEBRAÇÃO DA VIDA – 17:30h

2- RELACIONAMENTO INTEGRAL

• GRUPOS PEQUENOS
- Edificação e Tratamento mútuo para o serviço no Reino
• PROGRAMA DE DISCIPULADO
1- Estudos Bíblicos Individuais
Qual é a novidade? Verdades Sobre Sua Nova Vida
2- Pacto Do Membro
PLACE: Plano de Crescimento Espiritual5

5
Anexo III

9
3- MISSÃO INTEGRAL
• REDE DE MINISTÉRIOS
Vida missional: Quando o indivíduo entende a plenitude do Evangelho, desenvolve
um relacionamento saudável com sua cultura e sociedade. Sua missão não se
resume a um dualismo definindo sua vida em sagrada e profana definindo seu
trabalho para Deus como sendo o que ele realiza na instituição eclesiástica. Mas a
mesma é definida pela vocação e somente por ela. Não atendendo a parâmetros
necessariamente convencionais, mas a amplitude de Reino de Deus.
Pessoa e sua cultura ►Igreja ► Sociedade
Sociedade ► Igreja ►Pessoa e sua cultura

1. Dons de Serviço- Cremos na multiforme graça e na multiplicidade de


dons concedidos ao povo redimido de Deus para o desempenho do
sacerdócio universal. Por isso queremos treinar cada membro em seus
dons.
2. Ministérios Internos- Esses não são ministérios voltados para dentro da
instituição. Pelo contrário são...
3. Ministérios Externos- Esses são aqueles definidos pelos limites do
Reino em cada lugar onde os crentes estão inseridos na sociedade.
a. ORA E LABORA
Serviço através dos grupos para manutenção do nosso local de culto.
b. GAV

c.

10
: CRONOGRAMA DE ATIVIDADES ANUAIS

PRIMEIRO ANO
2009

SEMESTRE I
1. Encontro com Grupo Piloto
2. Levantamento de Parceiros e Recursos

SEMESTRE II
1. Formar Grupo de Música
2. Definir Líderes para as Três Áreas (Envagelho, Relacionamento e Missão
Integral)
3. Iniciar Reuniões Públicas

11
SEGUNDO ANO
2010

SEMESTRE I
1. I Encontro do G.A.V. – 09/01/2010.
2. I Culto Celebração da Vida – 31/01/2010.
3. Multiplicação do Primeiro Grupo – 02/03/2010.
4. Continuar a estabelecer os contatos no bairro (líderes comunitários, atletas
projeto interação, diretores de escolas) - 20/03/2010.
5. Identificar as necessidades mais urgentes na região e começar alguma ação
na mesma (primeira parceria - maternidade da encruzilhada - (CISAN)).

SEMESTRE II

1. Programações Ponte (Cinema, Esportes, Música, Cultura).6


2. Iniciar Rede Ministerial
3. Multiplicação dos Grupos (Células Vivas – 4 ou 3)
4. Treinamento para líderes de pequenos grupos
5. NOVA BASE – ALUGUEL E CAMPANHA
6. Atividades com a comunidade (promoção a saúde e Interação)
7. VIRADA DAS PEDRAS

TERCEIRO ANO
2011
6
Com o fim de criar contato com a comunidade local.

12
I SEMESTRE
1. INICIAR DIVULGAÇÃO DA “SEXTA SEM LEI” - JANEIRO
2. INICIAR A “SEXTA SEM LEI”
3. PROGRAMAÇÕES PONTE (cinema, esporte, música, cultura). 7
4. ACAMPAMENTO CARNAVAL
5. Encontros do Aprendiz
6. ENCONTRO DE LÍDERES
7. INICIAR DIVULGAÇÃO DO COLÓQUIO: “FAZENDO A CABEÇA”
– FEVEREIRO
8. INICIAR O COLÓQUIO: “FAZENDO A CABEÇA”
9. ESTABELECIMENTO LOCAL ENCONTRO GAV PÚBLICO ALVO
10. FESTA DA MULTIPLICAÇÃO
11. MINISTÉRIO COMUNICAÇÃO

II SEMESTRE
1. INAUGURAÇÃO BLOG
2. ESCOLA DE LÍDERES/ESCOLA DA VIDA (TEÓRICO)
3. ENCONTRO LÍDERES CÉLULAS VIVAS
4. INICIAR PEDRAS ALFA
5. FESTA MULTIPLICAÇÃO
6. VIRADA DAS PEDRAS

QUARTO ANO
2012 Ano da Multiplicação
I SEMESTRE

7
Com o fim de criar contato com a comunidade local.

13
1. ENCONTRO LÍDERES CÉLULAS
2. Encontro aprendiz
3. ESCOLA DA VIDA/ESCOLA DE LÍDERES (TEÓRICO)
4. INICIAR PROCURA II BASE
5. INICIAR POUPANÇA TERRENO
6. EXPANDIR EQUIPE PROFICIONAL GAV
7. COMCLUIR FORMAÇÃO EQUIPE DE MÚSICA
8. FESTA MULTIPLICAÇÃO

II SEMESTRE
1. ENCONTRO LÍDERES CÉLULAS
2. Encontro aprendiz
3. ESCOLA DA VIDA
4. ESCOLA DE LÍDERES (PRÁTICA)
5. MULTIPLICAÇÃO BASE
6. FESTA DA MULTIPLICAÇÃO
7. VIRADA DAS PEDRAS

PLANO ORÇAMENTAL PREVISTO


A PARTIR DE JUNHO 2011
PASTORAL
Prestação casa R$ 840,00
Condomínio R$ 300,00

14
Luz R$ 150,00
Telefone R$ 200,00
Alimentação R$ 500,00
Plano Saúde R$ 200,00
Outros8 R$ 500,00
TOTAL R$ 2.690,00

MINISTERIAL
Custo Fixo

Aluguel de Edifício R$ 2.500,00


Energia e água R$ 300,00
Matéria de Expediente R$ 400,00
TOTAL R$ 3.200,00

Custo Inicial

Projetor R$ 2.000,00
Cadeiras9 R$ 1.800,00
Som10 R$3.000,00
TOTAL R$ 11.000,00
TOTAL GERAL M R$ 14.200,00

8
Internet, Farmácia, Lazer, ½ Prestação carro.
9
60 cadeiras no preço de R$ 30,00 cada.
10
Caixas de Som, Cabos, Microfones, Instrumentos.

15
ANEXO II

CASAL PLANTADOR
• Pr. Sérvulo Bezerra da Silva E-mail: pr.servulo@gmail.com
• Thaís Ferraz Araújo Bezerra da Silva E-mail: thaiz.servulo@gmail.com
Endereço: Rua São Caetano, n.156, ap.302, Campo Grande, Recife-PE, CEP.:
52.031-070.
Fones: 87760327/92645484.

IGREJA PLANTADORA
Comunidade Da Aliança (Igreja Presbiteriana do Brasil em Iputinga)
• Pastor: Rev. Victor Alexandre N. Ximenes E-mail: ximenes.pr@gmail.com
Endereço: Rua Manoel Joaquim de Almeida, 75 – Iputinga – Recife – PE
CEP.: 50670-370
Sínodo: Central de Pernambuco
Presbitério: Litorâneo de Pernambuco

PARCERIAS CONFIRMADAS E VALORES INVESTIDOS


1. Presbitério Litorâneo de Pernambuco – PLPE – R$ 500 (PLANTADOR)
• Presidente: Rev. Carlos Alberto Gomes de Melo
Rua Ribeiro de Brito, nº 700, Boa Viagem – Recife – PE – CEP.: 51021-310
Fone: 81 3465-6249
2. Colégio Fazer Crescer – R$ 1000 (PLANTADOR E MINISTÉRIO)
• Diretora: Gláucia A. Vitalino Lira E-mail: glaucia@cfcvirtual.com.br
Av. Santos Dumont, 1181 – Rosarinho – Recife – PE – CEP.: 52041-060
Fone: 81 3087 -2614

16
ANEXO III

PACTO DO MEMBRO

PLACE - Plano de Crescimento Espiritual

1. Devocionalidade | Relacionamento com Deus


Desenvolver uma vida de relacionamento constante e prazeroso com Deus,
comprometendo-se diariamente com a Leitura Bíblica, períodos de orações e
contribuição semanal a Deus na igreja.

2. Discipulado | Relacionamento com Pais na Fé


Ter alguém para caminhar junto prestando contas das vitórias e batalhas da vida cristã,
escolhendo alguém mais experiente ou igual a você para manter contatos semanais de
prestação de contas.

3. Comunhão | Relacionamento com Irmãos em Cristo


Participar de um grupo pequeno (GAS), procurando tempo para fazer parte de um GAS
que você se identifique e possa exercer seus dons e praticar a mutualidade.

4. Evangelismo | Relacionamento com Amigos


Viver a fé de maneira que os que lhe cercam sejam contagiados pelo seu modo de viver,
testemunhando com meu estilo de vida as novas perspectivas que o Evangelho lhe
trouxe.

5. Reunião de Celebração | Relacionamento com a Família Cristã


Participar das reuniões de culto da igreja, priorizando o domingo para ir à igreja levando
amigos e familiares para ouvirmos a mensagem do Evangelho e adorarmos a Deus
juntos.

17
ANEXO IV

CONTA BANCÁRIA DO PROJETO PARA PARCEIROS


• Igrejas
• Líderes cristãos
• Mantenedores
• Empresas

Banco do Brasil
Conta Corrente - 11. 454-5
Ag. 1833-3

_______________________ _______________________
Pr.Sérvulo Bezerra da Silva Pr.Victor A. N. Ximenes

18