Você está na página 1de 1

A RECOMPENSA DE SABER OUVIR

“Então, Davi disse a Abigail: Bendito o SENHOR, Deus de Israel, que hoje te enviou ao
meu encontro.”
1 Samuel 25.32

Há coisas que nos aborrecem e nos fazem decidir executar uma vingança. Nabal não
somente recusou atender Davi, como também o humilhou perante seus homens. O
guerreiro de Deus havia tomado uma séria decisão em seu coração, a qual culminaria com
a morte daquele homem que não o ajudou quando precisava, ainda que soubesse que
Davi e seus comandados haviam protegido seus servos e bens. Naquele tempo, nada teria
sucedido a Davi se ele tivesse acabado com esse próspero agropecuarista de coração
ruim. Contudo, a intercessão de uma mulher mudou a história.
Abigail, a esposa de Nabal, quando soube do acontecido, pegou pães, ovelhas
preparadas, passas e mais algumas coisas e foi ao encontro de Davi. Quando ela o
encontrou, não usou palavras de persuasão humana para tirar do coração do servo de
Deus seu intento de vingança. Mas, mostrando-se como serva verdadeira do Senhor, ela
profetizou para o pastor de Israel. Assim, Davi atendeu ao pedido de Abigail, a qual,
depois, tornou-se esposa dele. Você não sabe o que lhe pode acontecer quando se deixa
ser usado por Deus. A recompensa virá na mesma medida que você se comprometer com
o Senhor.
Preste sempre atenção em quem o Altíssimo lhe envia; ele poderá ser alguém que
necessita da sua ajuda ou lhe trará uma bênção. Saiba que, em todo o tempo, sua roupa
deve ser alva, e o seu pensamento santo (Ec 9.8). A disposição do coração de quem serve
ao Senhor precisa ser aquela que dá ouvidos ao Espírito de Deus. O Pai pode usar
alguém para lhe dar uma repreensão, abrir-lhe os olhos em relação a alguma de Suas
promessas ou trazer-lhe direção em algum negócio. Em todo o tempo, seja servo de Deus.
Ao reconhecer que fora o Senhor quem tinha enviado Abigail ao seu encontro, Davi
mudou de decisão. Os que servem a Ele jamais marcharão para realizar algo se sentirem
uma advertência dos Céus mostrando que façam o contrário. Não é errado pedir perdão,
por exemplo, reconhecer que errou e estava tomado por alguma emoção. O melhor
sempre é curvar-se ante a direção do Santo Espírito.
Se você for sempre servo de Deus, verá que Ele será sempre seu Senhor, e você será
capaz de se esquivar das coisas desagradáveis que possam surgir em sua vida. Aqueles
que têm o Altíssimo no controle jamais deixarão de seguir Seus santos conselhos e, por
isso, em tempo algum, serão usados pelo espírito da desobediência.
Em Cristo, com amor,
R. R. Soares

Mensagem enviada em: 30/03/2011