P. 1
ÁCIDO PERACÉTICO

ÁCIDO PERACÉTICO

|Views: 720|Likes:
Publicado porLuciana Verroni

More info:

Published by: Luciana Verroni on Jun 03, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/09/2013

pdf

text

original

FICHA DE EMERGÊNCIA

Nome apropriado para o embarqu

Rua João Lunardelli, 1301-Curitiba-PR

www.peroxidos.com.br

ORGÂNICO Aspecto : Líquido límpido, incolor, com odor irritante e lacrimatório. Este produto pode sofrer decomposição exotérmica PROXITANE® 1512 AL
auto-acelerável em temperaturas superiores a 55ºC.

Tel.: 0800 41 8182

ÁCIDO PERACÉTICO TIPO F, estabilizado PERÓXIDO ORGÂNICO TIPO F, LÍQUIDO

Número de risco : Número da ONU : Descrição da classe

539 3109 5.2

Classe ou subclasse de risco :

ou subclasse de risco : PERÓXIDO

EPI : Luvas, avental e botas, de borracha ou PVC, capacete, máscara panorâmica com filtro para gases ácidos. RISCOS Fogo : Não é inflamável, porém há possibilidade de vapores inflamáveis acima da temperatura de decomposição auto-acelerada com liberação de oxigênio e pode ndo causar ignição espontânea de materiais combustíveis (papel, madeira, graxas,
óleo combustível, entre outros) com consequente incêndio ou explosão. Se submetido a altas temperaturas ou contaminações pode entrar em decomposição acelerada gerando gases e calor. O oxigênio liberado em conseqüência da decomposição exotérmica(acima de 55ºC) pode favorecer a combustão no caso de incêndio próximo. Uma sobre-pressão pode acontecer em caso de decomposição em espaços ou recipientes confinados. Saúde: A gravidade das lesões e o prognóstico da intoxicação dependem diretamente da duração da exposição. Corrosivo para as mucosas, olhos e pele. Inalação: Irritação intensa do nariz e da garganta, acessos de tosse e respiração difícil. No caso de exposições repetidas ou prolongadas: risco de dor de garganta, de perda de sangue pelo nariz, de bronquite crônica. Contato com os olhos:Irritação intensa, lacrimejo, vermelhidão dos olhos e edema das pálpebras, queimaduras, risco de lesões graves ou permanentes do olho ou perda de visão. Contato com a pele:Irritação dolorosa, vermelhidão e destacamento ou erosão da pele. Risco de queimaduras profundas. Ingestão: Pouco provável(odor picante). Face pálida e ciazonada. Irritação intensa com risco de queimaduras profundas e perfurações digestivas.

Meio Ambiente: Tóxico para os organismos aquáticos. Contudo, o perigo para o ambiente é limitado em virtude das das propriedades do produto: A fraca persistência dos produtos da degradação, não há bioacumulação e sua considerável degradabilidade abiótica e biótica. EM CASO DE ACIDENTE Vazamento: Isolar e sinalizar a área próxima ao veículo. Afastar qualquer pessoa não essencial(curiosos). Deixar intervir
apenas pessoas treinadas, aptas e informadas sobre os perigos do produto. Usar aparelho autônomo de respiração em intervenções próximas ou em locais confinados. Usar vestuário anti ácido em intervenções próximas. Afastar os materiais e produtos incompatíveis com o produto, principalmente madeira, papel, óleo diesel, gasolina, álcool. Se for seguro, sem expor o pessoal, tentar parar o vazamento, tomando cuidado quanto à proteção individual. Utilizar EPIs acima relacionados. Não retornar produto ao recipiente original. Se possível, delimitar com areia ou terra grandes quantidades de líquido derramado. Não adicionar produtos químicos. Nãopermita descarga para o meio ambiente(esgotos, rios, solos). Em caso de grande vazamento informar imediatamente a Polícia Rodoviária e/ou Autoridades locais e a Peróxidos do Brasil. Eventual transbordo deve ser feito somente com materiais compatíveis: Alumínio 99,5%, Aço inox 304L, 316 ou 316 L, PVC, polietileno de alta densidade, vidro, teflon®. Tudo muito bem descontaminado. Para evitar qualquer risco de contaminação, o produto recuperado não pode ser reintroduzido na embalagem original. Proceder a limpeza dos equipamentos após intervenção (passagem sob chuveiro, limpeza cuidadosa, lavagem e verificação). Materiais combustíveis expostos a este produto devem ser imediatamente submergidos ou lavados com água para garantir que o mesmo tenha sido removido. O residual do produto se secar sobre materiais orgânicos como papel, tecido, algodão, couro, madeira ou outros combustíveis podem causar a ignição dos mesmos resultando em fogo. Fogo: Em caso de incêndio, usar somente água.

Poluição: Pequenas quantidades podem ser direcionadas para o esgoto com bastante água (0,1%). Ver acima em Riscos
Meio Ambiente. Informar imediatamente o Órgão de Proteção Ambiental e de Abastecimento Público local. Envolvimento de pessoas: Inalação: Remover a vítima da área contaminada.Contato com os olhos:Lavar com água corrente em abundância por pelo menos 15 minutos. Contato com a pele:Retirar os calçados, as meias e roupas contaminadas, de preferência sob uma ducha de água e lavar a pele atingida com água corrente. Manter a vítima aquecida, cobrindo-a. Providenciar roupas limpas.Ingestão: Vítima consciente:Fazer lavar a boca e beber água fresca e potável. Não induzir o vômito. Vítima inconsciente: Ações clássicas de reanimação. Afrouxar o colarinho e roupas e deitá-la sobre o próprio lado esquerdo, em posição lateral. Reanimação respiratória ou oxigênio, se necessário. Mantenha a vítima aquecida, cobrindo-a. Nunca dê nada pela boca a uma pessoa inconsciente. Informações ao médico: Ingestão: Não induzir o vômito. Olhos: Em caso de dificuldade de abertura das pálpebras administrar um colírio analgésico(por exemplo, oxibuprocaína). Observações: As instruções ao motorista, em caso de emergência encontram-se descritas, exclusivamente no envelope para transporte. GRUPO DE EMBALAGEM: II. (ATC-FE-0001-11-03)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->