P. 1
Conceito de Manufatura - Kelvin Franklin a. Silva

Conceito de Manufatura - Kelvin Franklin a. Silva

|Views: 877|Likes:
Publicado porKelvin Almeida

More info:

Published by: Kelvin Almeida on Jun 03, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/03/2011

pdf

text

original

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS NÚCLEO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CONCEITO DE MANUFATURA

Kelvin Franklin Almeida Silva

São Cristóvão - SE Maio de 2011

MRP/OPT. mas o trabalho era basicamente manual. Principais características dos sistemas de manufatura avançada: y Manufatura Just-in-time (JIT) . JIT (Just-InTime). PFA (Análise do Fluxo de Produção). Os procedimentos para gerenciamento da manufatura quando associados a metas de qualidade e produtividade juntamente com os recursos humanos definem bem a organização e gestão do sistema produtivo. especializa-se e economizam-se movimentos. onde cada trabalhador executa apenas uma pequena porção da tarefa. Dentre as tecnologias mais utilizadas nós temos os seguintes sistemas: ABC (Custeio Baseado nas Atividades). TQC (Controle de Qualidade Total). MC (Manufatura Celular). Este processo pode ser manual (artesanal) ou automatizado. Atualmente. para obter maior volume de produção é aplicada a técnica da divisão do trabalho. JIT/CIM. Pode-se definir um sistema de manufatura avançada como uma configuração de recursos combinados para a produção de bens com elevado grau de desempenho. as quais normalmente não são utilizadas pelos sistemas convencionais de fabricação. que resulta em maior velocidade de produção.Advanced Manufacturing Technologies). Assim. chão de fábrica e suporte. osbens produzidos são iguais e em grande volume. o termo manufaturado é sinônimo de industrializado. manufatura avançada é aquela que emprega modernas tecnologias de manufatura (AMT's . característicos dos modernos sistemas de manufatura.Manufatura O conceito de manufatura está intimamente ligado ao processo de produção de bens em série de forma padronizada. ou seja. Essas tecnologias são todos os hardwares e softwares avançados de produção. Hoje em dia. Podemos definir o sistema de manufatura como um sistema de fabricação que integra seus diferentes estágios. onde se produziam produtos em série. As manufaturas surgiram durante a revolução industrial e se caracterizavam por pequenas oficinas. KANBAN (Cartões para Puxar a Produção). Dificilmente um processo de produção agregará todas essas técn icas. ABM (Gestão Baseada nas Atividades). No processo automatizado. Na maioria dos casos as técnicas são combinadas como é o caso do MRP/KANBAN. emprega-se muito o termo de manufatura avançada. Segundo Son Young (1991). O sistema de manufatura é composto basicamente por atividades básicas de engenharia. TQM (Gestão da Qualidade Total). e necessita de dados de entrada bem definidos para obter resultados esperados.

principalmente através da redução dos tempos de preparação de máquinas. Nesse sentido. eliminação de desperdícios. Manufatura Integrada por Computador y O CIM (Manufatura Integrada por computador) surgiu da evolução das tecnologias e métodos modernos de manufatura. Manufatura Flexível y Os novos padrões da competitividade impõem necessariamente que os sistemas de manufatura produzam de acordo com as conformidades e exigências do cliente. o conceito de manufatura flexível se apresenta como uma resposta adequada a esse problema.O sistema JIT tem por objetivo fundamental a melhoria contínua do processo produtivo. Uma definição dos sistemas CIM pressupõe a articulação obrigatória e prioriza três elementos básicos desses sistemas:    Os serviços de informação computacional. Algumas expressões são usadas para traduzir aspectos da filosofia JIT. O sistema Manufatura Flexível (FMS) é um sistema de produção formado por grupos de máquinas numericamente controladas (centro de máquinas).O JIT inclui aspectos de administração de materiais. como: produção sem estoques. maior confiabilidade de seus equipamentos e fornecedores e maior flexibilidade de resposta. As tecnologias avançadas de produção. projeto do produto. manufatura de fluxo contínuo. de acordo com um computador central. com utilização intensiva dos recursos computacionais. gestão da qualidade. permitindo a produção de lotes menores e mais adequados à demanda do mercado. Os mecanismos de integração das atividades operacionais. além de um mecanismo para processamento de material. organização do trabalho e gestão de recursos humanos na produção. particularmente quando a organização trabalha em um ambiente de produção de baixo ou médio volume. arranjo físico. O JIT visa fazer com que o sistema produtivo alcance melhores índices de qualidade. Manufatura Controlada por Kanban y . os quais operam juntos.

surge o sistema kanban. o termo kanban designa elementos de expressão visual. em termos de resultados a serem alcançados são linearmente similares. . estas que podem ser vistas em termos de sincronização do fluxo produtivo como: a eliminação total de desperdícios. que a operação ³B´ está pronta para receber o trabalho processado na operação ³A´. O cálculo de necessidades dos componentes é feito a partir das necessidades dos produtos finais. da diminuição dos tempos improdutivos. decorrente dos princípios e características que ele assume. entre outros). a operação de controle kanban. assim como a redução dos estoques intermediário e final. analisando-se as abordagens atribuídas ao sistema JIT. ao sistema CIM. por exemplo. pessoas. da integração das atividades organizacionais. tíquete. da otimização das ati idades de sequenciamento. através do just-in-time. equipamentos.placa. Desse modo. no âmbito da filosofialean. Na abordagem gerencial dos sistemas de produção. do melhoramento da qualidade dos produtos. etc. pressupõe a definição de técnicas e mecanismo de controle de produção. Os objetivos principais dos sistemas de cálculo das necessidades são permitir o cumprimento dos prazos de entrega dos pedidos dos clientes com a mínima formação de estoques. das quantidades e dos momentos em que são necessários os recursos de manufatura (materiais. o termo designa um sistema que autoriza a operacionalização da produção. viabilizado pelo uso de computador. Manufatura Programada com MRP y O MRP (cálculo das necessidades de materiais) e MRP II (planejamento dos recursos de manufatura) são os sistemas de administração da produção de grande porte que mais têm sido implantados pelas empresas em todo mundo. O fundamento básico do MRP II é o princípio do calculo de necessidades. Nesse contexto de acepções modernas. uma técnica de gestão que permite o cálculo. através da utilização de sinais que informam.O desenvolvimento do conceito de produção puxada. Em japonês. bem como ao ambiente MRP. ao FMS. v entre outros. planejando as compras e a produção de itens componentes para que ocorram apenas nos momentos e nas quantidades necessárias. verifica-se que seus objetivos operacionais. o qual apresenta igualmente uma particular importância. da redução dos estoques intermediários e finais. tais como cartão.

O sistema toyota de produção: do ponto de vista da engenharia de produção.unne. Porto Alegre.edu.Referências Bibliográficas BRUNSTEIN. Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP. ESTRELA. Israel.ar/contabilidade/costos/VIIIcongreso/261. 1996. Acesso em 22 de maio de 2011. Análise da medição da produtividade na indústria de curtume do Brasil. Artes Médicas.Nigel at al. Shigeo. Administração da produção. George Q. Disponível em: <http://eco.doc>. SHINGO. SLACK. São Paulo. Atlas. . 1997.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->