Você está na página 1de 26

m  


|  |
    |  
 

|    |
  

› 
m 


!
"#$
%#&
'(" '
(!# )$%*
pm 
|  
   
  
processo contínuo =

   
produção de alguma coisa nova e útil
útil
habilidade criativa
 

 habilidade criativa

diversas teorias   
   
 diversas
 
    
 
  
      

  

       
estímulos =   

 estímulos
ato criativo
ato criativo
0   m 
G TEORIA DO GÊNIO
³Criatividade é um dom de domínio de um grupo
limitado de pessoas com elevado Q I 

 TEORIA DA NECESSIDADE
³Criatividade é motivada por uma forte necessidade
de algo ser resolvido 

 TEORIA DA SORTE OU DO ACASO


³Criatividade é produto da sorte ou do acaso 
è TEORIA DA REALIZAÇÃO
³Criatividade nasce da vontade de se realizar algo, de
superar dificuldades e de buscar excelência 

 TEORIA DA INTELIGÊNCIA
³Criatividade é a capacidade de resolver problemas pelo
uso da inteligência 

 TEORIA DE GESTALT
³Criatividade é o resultado da reestruturação de padrões
de raciocínio percebidos como insatisfatórios 

 TEORIA PSICANALÍTICA
³Criatividade é o produto de processos irracionais,
incontroláveis e de natureza intuitiva, que ocorrem no
subconsciente 
V›  m 
Criatividade

ü 


+ ,- ./ Tempo
(anos)
p  m 
ETAPAS ATIVIDADES

Identificação do problema Y

  
 

Y

   
Preparação     
       

|  !Y



   
Incubação


 

" 
Iluminação
#   

$  
Verificação   
Y 
V  
m 

 
m 
 m 
OBJETIVOS:
G% 
 
&   
 
   
  =
   
  
   
 
' 
  
  =   

      

CRIATIVIDADE x COMPETÊNCIA
„
 


O MITO DA ³GRANDE IDÉIA


$ 
 (        
)  *    &  
     
"  +   
=  
         = ) 
 * , 
          
   
m 


inteligência      
 inteligência
  
    
   

 -
  

 

   

  ( 
 
mente inteligente

 
=   mente
 
        
 
mente
 
       mente
criativa 
 (    
   
criativa
             
.
  


  m  
0    
       
          
          

    


  /
" 
     
"    
0       
1  
    
   

"        
m     m  
Y

  
      

   
       
 2  , 
  
      
    
  
| 
    =   (   
    =
  2    
  
  
BUROCRACIA X CRIATIVIDADE
O JEITINHO BRASILEIRO
Vm  

m 
 
!!#'%01 6'
20!& "!# !07
&3$3&$ 82
&3!4 &$4##
$$ 4##
|5 401
&!01#2# !
„  
[  


 

 


 

    
 


     
    

 
 š|! " š
#    
÷  m 

! ÷
u &02%&&6#
,.$'!!$# 
&#!2%$ 9

2 &
u"#61&##
$:&2!! 9

"
u &#612&&
4016;!#
'&##
$#<4##$ 9

=
$4#>
u?;!@|&
#4%&
;!#2%A!&
;!u$#!912% 9

" 
?
u#$4#&!#06
;!$$&'#
$!##$2
##'%07 9

! 4
u4##"
%
4&!4%
&;!#
4! 9

&
u&&$16
B&##6;!
&%!$C
&&;!! 9

D!!
V  

"
V›