P. 1
DETERMINAÇÃO DE Cu POR ELETROGRAVIMETRIA A CORRENTE CONSTANTE

DETERMINAÇÃO DE Cu POR ELETROGRAVIMETRIA A CORRENTE CONSTANTE

|Views: 1.474|Likes:
Publicado porKesiaAline

More info:

Published by: KesiaAline on Jun 05, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/20/2013

pdf

text

original

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA CURSO DE QUÍMICA

CQ 121-Química Analítica Instrumental

DETERMINAÇÃO DE Cu POR ELETROGRAVIMETRIA A CORRENTE CONSTANTE

Alunos: Fabiano Soares de Araújo Késia Aline de Jesus Murian Rafael Caetano Di Cicco

Professores: Luiz Humberto Marcolino Jr Marcio Bergamini

Curitiba, 17 de maio de 2011

denso. cada um destes íons são dirigidos aos seus eletrodos contrários as suas cargas em ambientes ácidos propícios. onde a quantidade de material depositado é proporcional a corrente aplicada ao sistema. Este tipo de análise pode ser de potenc ial controlado (potenciostático) ou de corrente controlada. que seja aderente a superfície do eletrodo. Para a eletrodeposição é de interesse que este não seja reativo com a atmosfera. . Esta élula eletrolíti a que por um potencial externo era um fluxo de íons em solução cátions (positivos) e ânions (negativos). onde uma excitação em um sistema estimula uma resposta.I U Ã ív i p i q ã p i m li çã é vimét i . Um áli mét l t Este método é necessário à formação de um depósito eletronicamente sobre um eletrodo com a massa aferida antes e após o procedimento. E ta análi e f ndamentada pela q antidade de analito presente na amost ra sendo este determinado em f nção da massa depositada sobre m dos eletrodos após a sua totalel etrólise. p ém p m çõ p l l lém t i mo m método demorado.

por eletrogravimetria a corrente constante. . y eterminar.OBJE IVO esenvolver os conceitos básicos envolvidos na eletrogravimetria a y corrente constante. a concentração de cobre em uma solução contendo este metal.

        . -1 0.0643x10 -4 mol 9. -1 y = 4. (g. pode ser devido a um tempo inferior ao necessário para reduzir todo o cobre em solução.0362 mol.7546x10 -3 mol 1.546 g 1 mol 0.546 g 1 mol 0.5H2O 63. obtém-se que a massa de cobre que deve ser depositada na tela é 100 mg através dos cálculos: assa mola do uSO 4.5H2O 251.51. consequentemente diminuindo o rendimento. -1 arga passada durante a eletrolise: 1ª replicata: orrente = 1.5 g 63.8 V 2ª replicata: orrente = 1.0631 mol x = 15. a segunda replicata obtivemos um resultado acima do rendimento teórico.0097g de u em 1000 mL Replicata a a btida de b e úmero de mol onc.546 g mol -1 assa atômica do u: 63.6 mg 63. -1) onc.546 g de uSO4.304 g.0702 mol. na primeira replicata obtivemos um valor bem inferior ao esperado.5H2O: 2.1115 g 25x10-3 L zg 1L z = 4.RESU OS E IS USS O Tendo em vista que a concentração da solução de uS 4.7546x10 -3 mol 25x10 -3 L z mol 1L z = 0.1115 g z mol z = 1.8 25g de uSO4.0576 g y mol y = 9.0643x10 -4 mol 25x10-3 L y mol 1L y = 0.0576 g 25x10 -3 L yg 1L y = 2.50 A Voltagem = 4.5H2O 15. 63 mol. apesar de tomar os devidos cuidados no procedimento é possível ter havido a oxidação do elet rodo de platina (tela metálica).5H2O é . e foi possível verificar que antes do término do procedimento houve desprendimento de partículas de cobre metálico em solução. -1 0.546 g mol -1 251.L -1. (mol.8 25g de uSO4.50 A Voltagem = 4.46 g.546 g mol xg 0.546 g de u y g de u em 25 mL usados = 100 mg 2 111.0 V omo pudemos observar. -1) 1 57.

. por incluir erros. os quais devem ser analisados para uma próxima realização. Os resultados obtidos não podem ser considerados satisfatórios.CONCLUS O A análise por eletrogravimetria utilizando corrente constante. Este experimento tende a umlongo tempo estabilização. onde foi possível utilizar a metodologia experimentalmente. foi utilizada completando seu intuito para fins didáticos. podendo ocorrer reações paralelas. assim encontrando o cobre presente na amostra.

.REFERÊNCI S VOGEL. & IE A . 1998.A. A. SKOOG. 1989. Sounders.. ohn Willey and Sons. HOLLE . ew York.J. .. Vogel¶s Textbook of quantitative inorganic analysis 5th edition.. 5th edition. Pricipies Of Instrumental Analysis. Ed. Philadelphia. T. Ed. .A.I.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->