Você está na página 1de 2

AVALIAÇÃO DISCIPLINA ECLESIOLOGIA

 Igreja, Eklesia, palavra grega que significa assembléia reunida. Para nós cristãos é uma
assembléia que se reúne em torno de Cristo, para realizar o memorial de sua vida,
morte e Ressurreição.

 No Novo Testamento, usa-se a palavra Koinonia para definir Igreja, que significa
comunhão, participação.

 Muitas pessoas pensam que a Igreja é igual a hierarquia, ou padres, ou templo, poucos
de dão conta que a Igreja somos nós, povo de Deus, Igreja viva, atuante, caminhante,
missionária, de comunidades, composta de seguidores e seguidoras do mestre Jesus
Cristo.

 A Igreja nasce da experiência das comunidades, nasce da experiência pascal, e


manifesta-se em Pentecostes. A Igreja é peregrinante, da esperança, homo viator
(pessoas a caminho).

 A Igreja está onde está quem chora e sofre. A Igreja é uma semente do Reino, uma
possibilidade de construí-lo e de vivê-lo.

 O Reino é maior que a Igreja. Não é o Reino que está dentro da Igreja, mas a Igreja que
está dentro do Reino.

 O que identifica a Igreja não são somente atos pastorais, mas também a liturgia, a
catequese, a espiritualidade, o ecumenismo, a missão, o cuidado com os pobres, a vida
da comunidade.

 Destaque para a Trindade, modelo de comunidade, circularidade do amor, sem


hierarquia, contrariamente ao modelo de Igreja oficial, que é visível, hierárquica e
monárquica, centralizadora.

 Ação de Jesus que pode ser modelo para a Igreja de Cristo: Itinerância, comunidade,
acolhida.

 E Eclesiologia parte sempre da pergunta: O que é Igreja. Dependendo da resposta que


damos assumimos determinado jeito de ser Igreja.

 Estudar o tema ecleosiologia nos desafia a pensar e sonhar que tipo de Igreja queremos
e que Igreja vamos construir.

 O Espírito é fonte de vitalidade, um fator de comunicação, um construtor de unidade


para a Igreja. Ele é sempre o Kairós, dinâmica de renovação na Igreja, empurra em
múltiplas direções (DA), é a chama de irrupções.

 O Espírito na Igreja forja missionários decididos e corajosos como Pedro e Paulo, indica
os lugares que devem ser evangelizados e escolhe aqueles que devem fazê-lo. Sem o
Espírito Santo, a obra da Igreja é falha.

Grupo e auto-avaliação:

Everton Machado – 9,0

José David de Godoi Gomes – 9,0

Sueli Rosane Gonzatti – 9,0


Marta Biesdorf – 9,0

Gessi Terezinha Borowicc – 9,0

Maristela Christiano – 9,0