P. 1
DETERMINAÇÃO DE GORDURA PELO MÉTODO DE EXTRAÇÃO À SOLVENTE OK2

DETERMINAÇÃO DE GORDURA PELO MÉTODO DE EXTRAÇÃO À SOLVENTE OK2

|Views: 3.408|Likes:
Publicado porEduardo Mazzuco

More info:

Published by: Eduardo Mazzuco on Jun 07, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/19/2013

pdf

text

original

ALAOR ANDRADE JUNIOR EDUARDO MAZZUCO GUILHERME HENRIQUE CARDOSO DE SOUZA

DETERMINAÇÃO DE GORDURA PELO MËTODO DE EXTRAÇÃO À SOLVENTE

Tubarão, 2011

ª Msc. Prof. 2011 .ª Dra. Márcia Luzia Michels Prof. UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA Tubarão.ALAOR ANDRADE JUNIOR EDUARDO MAZZUCO GUILHERME HENRIQUE CARDOSO DE SOUZA DETERMINAÇÃO DE GORDURA PELO MÉTODO DE EXTRAÇÃO À SOLVENTE Relatório apresentado à disciplina Química Geral Experimental do Curso de Engenharia Química. Marilene Klug.

.................7 4................... REAGENTES UTILIZADOS....................2..................................................................1...................................................................................................6 4.................................................................. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO UTILIZADOS................................................6 3............... RESULTADOS E DISCUSSÃO.........5 3...................................... REVISÃO BIBLIOGRÁFICA...... EXTRAÇÃO DE GORDURA À SOLVENTE...................................... MATERIAIS UTILIZADOS................................................................................................................... CONCLUSÃO.....7 5........................8 6.................................... MATERIAIS E REAGENTES.......6 3..........1.......9 REFERÊNCIAS............................................................................11 ..........6 3..................................................................................................................10 ANEXOS.... INTRODUÇÃO................................................................................................3..............................4 2................................................................................1....................................................5 2....................................SUMÁRIO 1.. MÉTODOS ...................................................... DETERMINAÇÃO DE GORDURA PELO MÉTODO DE EXTRAÇÃO À SOLVENTE......

A informação deve ser precisa. número de ciclos realizados e por fim o treinamento do individuo que realizara a análise. mais que o dobro fornecido por carboidratos e proteínas. INTRODUÇÃO A gordura é composta de carbono. e dependendo do método. .1. Ao determinar o teor de gordura é possível obter valores nutricionais. já que é importante fonte de calorias. A escolha do método se deve ao teor de umidade do alimento. A determinação do teor de gordura em alimentos possui grande importância nutricional. hidrogênio e oxigênio sendo encontrada em diversos alimentos. presença de outras substâncias que dificultam a liberação da gordura. descobrir qual o tipo de gordura presente. Cada grama de gordura fornece 9 kcal. qualidade do equipamento e reagentes utilizados. e para isso deve-se escolher o método de análise correto.

acesso em 3 de maio de 2011. eliminação do solvente por evaporação e quantificação por meio de pesagem da gordura extraída. porém a remoção da mistura para pesagem da fração lipídica pode ser dificultada. pois o volume total deve ser suficiente para atingir o sifão. geralmente é utilizado o éter de petróleo. o tamanho das partículas. não extrair frações que não sejam lipídicas e não ser afetado por pequenas quantidades de água. por ser mais barato. só pode ser utilizado com amostras sólidas. mais fácil será a penetração do solvente. pois existe maior penetração do solvente na amostra.com/doc/7164422/Apostila-de-AnAlise-deAlimentos>. Em alguns casos. Fonte: VICENZI. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 2. pode existir pouca penetração do solvente.2. a umidade da amostra. semelhança entre as polaridades do solvente e da amostra e a velocidade com que o ciclo acontece. pois a água presente dificulta a penetração do solvente por imiscibilidade. Ele foi originalmente desenvolvido para a extração de lipídios de um material sólido.1. é vantajoso pelo fato de evitar que o solvente em alta temperatura não entre em contato com a gordura da amostra evitando assim a decomposição da mesma. Disponível em <http://pt. A extração com solventes é mais eficiente quando o alimento é seco antes da análise. .scribd. É necessário um controle da temperatura e tempo de exposição do material no solvente. pois se a mesma for muito alta. EXTRAÇÃO DE GORDURA À SOLVENTE O método de extração de gordura através da utilização de solvente é realizado pelas seguintes etapas: extração da gordura presente na amostra contendo solvente. Química Industrial de Alimentos UNIJUI. Este equipamento utiliza refluxo de solvente em um processo intermitente. A amostra não fica em contato com o solvente muito quente. RAUL. quanto menores. é conveniente utilizar mistura de solventes como no caso de produtos lácteos. O extrator Soxhlet é característico pelo processo de extração intermitente. Soxhlet é um aparelho de laboratório inventado em 1879 por Franz Von Soxhlet. A eficiência do processo depende de fatores como. Análise de alimentos. porém ocorre um gasto excessivo de solvente.

3.: Valores aproximados.Máscara .1.Jaleco . MATERIAIS E REAGENTES 3. TABELA 2 .MATERIAIS UTILIZADOS NO EXPERIMENTO Materiais Capacidade Tripé Manta de aquecimento Suporte universal Garra Condensador de Refluxo Estufa Extrator Soxhlet Balão 250 mL Pérola de ebulição Balança Filtro de papel Fonte: Acadêmicos realizadores do experimento.2. Quantidade 150 mL 3g 3. TABELA 1 . Quantidade 1 1 1 3 1 1 1 1 3 1 1 3. Obs.REAGENTES UTILIZADOS NO EXPERIMENTO Reagentes Hexano Leite em pó Fonte: Acadêmicos realizadores do experimento.Óculos de proteção . EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL UTILIZADOS .Luvas nitrílicas .3.

que foi manejado posteriormente em uma estufa para secar a 105º C durante 2 horas. colocou-se o filtro de papel dentro do aparelho de extração Soxhlet.1. calculou-se seu peso. MÉTODOS 4. Foram colocadas 3 g de leite em pó dentro de um filtro de papel. Fixou-se na parte superior do aparelho um condensador de refluxo possuindo dois orifícios. Fixou-se o balão de extração em um suporte universal disposto em cima de uma manta de aquecimento. Ligou-se a manta de aquecimento e o extrator realizou 11 ciclos para extrair a gordura utilizando aproximadamente 150 mL de hexano como solvente. pesou-se e determinou-se o rendimento. Fonte: Acadêmicos realizadores do experimento. Em seguida. Após o resfriamento do balão de extração em um dessecador. Em seguida. o qual foi fixado na parte superior do balão. . no qual o inferior seria a entrada de água através de uma mangueira e o outro a saída por meio de outra mangueira. colocouse o balão com a gordura (transportado dentro do dessecador) dentro do forno de aquecimento durante 15 minutos. em seguida.4. DETERMINAÇÃO DE GORDURA PELO MÉTODO DE EXTRAÇÃO À SOLVENTE Utilizou-se um balão de extração contendo 3 pérolas de vidro.

9% no teor de gordura. tal variação se deve ao fato de que foram realizados 11 ciclos. maior será a proximidade entre valores obtidos e os presentes na embalagem. CONCLUSÃO . nota-se uma diferença de 9.9% = 51 3 = (111.0 g TABELA 4 .89 – 111.P1) x 100 g amostra (0. marca Elegê) Porção 26 g Fonte: Embalagem do produto Quantidade de Gorduras Totais 7.5.51 g Fonte: Acadêmicos realizadores do experimento Cálculo da % de gordura presente: % de gordura = (P2 .51) x 100 3 Porcentagem de gordura da amostra = 17% Porcentagem de gordura exibido na embalagem = 26.VALORES PRESENTES NA EMBALAGEM DO PRODUTO (Leite em Pó Integral. e que quanto maior for o número de ciclos efetuados. Fonte: Acadêmicos realizadores do experimento 6.RESULTADOS OBTIDOS ATRAVÉS DO EXPERIMENTO PORÇÃO Quantidade de Gorduras Totais 3g 0.38) x 100 3 = P1: Balão de extração retirado do dessecador P2: Balão contendo a gordura extraída Observando-se os dados obtidos no experimento (tabela 4) e comparando-os com os valores apresentados na embalagem do produto (tabela 5). RESULTADOS E DISCUSSÃO TABELA 3 .

houve uma diferença em relação aos valores estipulados na embalagem. devido ao número de ciclos. Ao realizar estas operações deve-se tomar cuidado com a umidade dos frascos. Nota-se que quanto maior for o número de ciclos realizados no extrator. Porém. REFERÊNCIAS . maior será a precisão nos resultados.A extração de gordura através do extrator de Soxhlet apresentou resultados satisfatórios. para que não interfiram nos resultados e devese prestar atenção para que não haja perda de solvente devido à alta temperatura da manta de aquecimento.

ANEXOS .Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos – UFSC. disponível em <www. disponível em <www.G.C.. acesso em 3 de maio de 2011. Silva. 2000. FRYHLE. T.BARBOSA. 2001.sc.Departamento de Química – UFSC disponível em <www.br>. . Rio de Janeiro: LTC.wikipedia.Constantino.cdcc. . .br>. Química orgânica . .qmc. L.A. Paulo Marcos.org>..SOLOMONS.uma introdução para ciências agrárias e biológicas. disponível em <www.Centro de divulgação científica – USP. Mauricio Gomes. Química orgânica. . acesso em 3 de maio de 2011.enq.br>. Fundamentos da Química Experimental – 2003.ufsc.Wikipedia.usp. . Viçosa: UFV.ufsc. acesso em 3 de maio de 2011. Donate. acesso em 3 de maio de 2011. 7a ed.W. C. Gil Vando Jose.

Fonte:<http://www.elege. Fonte: <http://www.0 g Gorduras Saturadas 3.400 kJ.technologylodging. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.Instrumentação utilizada na extração.000 kcal ou 8.6 g Gorduras Totais 7.7 g Gorduras Trans 0g Fibra alimentar 0g Sódio 100 mg Cálcio 223 mg %VD* 6 3 9 13 17 ** 0 4 22 * Valores diários com base em dieta de 2.com/tag/soxhlet-extractor/> acesso em 3 de maio de 2011. .com. ** Não declarar.br/detalhamento. Tabela 6 – INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS DO LEITE EM PÓ Porção de 26g (2 colheres de Quantidade sopa) Valor Energético 129 kcal = 542 kJ Carboidratos 10 g Proteínas 6.cfm?marca=3&linha=30&codigo=160> acesso em 4 de maio de 2011.Figura I .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->