AGENTE E ESCRIVÃO DA POLÍCIA FEDERAL Disciplina: Noções de Administração Prof.

Carlos Ramos Aula “on-line”

MATERIAL DE APOIO – PROFESSOR

Revisão Geral de Noções de Administração

(ANATEL/2009 – Analista Administrativo – CESPE) - Uma organização pode ser definida como um processador, no qual os insumos — pessoas, informação, conhecimento, espaço, tempo, dinheiro e instalações — são geridos de modo a atingir, da melhor forma possível, os objetivos que lhe são próprios. E, mediante o alcance desses objetivos, os fornecedores daqueles insumos são remunerados, o que os faz fornecer, novamente, os insumos para a transformação social. Dentro desse contexto de organizações, julgue os itens seguintes. 01 – Dentro dessa visão sistêmica, a expressão stakeholder designa as pessoas interessadas na continuidade das organizações, como os funcionários, clientes e fornecedores. 02 – Correlacionado à idéia de administração estratégica, consolidada no final dos anos 70 do século passado, tem-se, seqüencialmente, as fases de planejamento estratégico, acompanhamento e avaliação da estratégia e implementação da estratégia. 03 – A expressão benchmarking pode ser definida como a reformulação da maneira de condução dos negócios de uma organização. 04 – A teoria da liderança situacional procura definir qual estilo de liderança se ajusta melhor a cada situação organizacional. Para atingir-se esse propósito, deve-se, preliminarmente, diagnosticar a situação existente. 05 – O verdadeiro modelo de autogestão é aquele no qual os empregados detêm a propriedade da organização. Nesse ponto, devido ao modelo econômico adotado, o Brasil não tem alcançado esse índice de participação organizacional, dada a inexistência em solo nacional de empresas pertencentes a seus empregados.

(ANATEL/2009 – Analista Administrativo – CESPE) - Acerca da conceituação dos projetos, julgue os itens a seguir. 06 – Os projetos não precisam necessariamente ter uma duração, pois há casos em que não é possível definir o tempo de execução, como no caso da elaboração de produtos intelectuais. 07 – A boa técnica de administração aconselha que os projetos sejam geridos em conjunto, em uma carteira, visto que, nesse caso, tem-se a visão do todo de uma organização e a possibilidade do compartilhamento de recursos. 08 – O planejamento organizacional deve ser flexível a ponto de poder retroalimentar o sistema, com vista ao seu ajustamento, ainda que no seu transcurso.

(ANATEL/2009 – Analista Administrativo – CESPE) - A cultura organizacional dispõe de indicadores importantes que o administrador deve sempre acompanhar, visto que o bom convívio interno

AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line”

Esses princípios não incluem: a) b) c) d) e) A satisfação do cliente. 11 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . 13 – (TRE-GO /2009 – Analista Judiciário . incluindo aquisição de imóveis considerados necessários à realização dessas últimas. despesas orçamentárias correntes. não sendo salutar que alterem o clima organizacional já existente. sob pena de causarem prejuízo à empresa. às seguintes denominações: a) Inversões financeiras.CESPE) . • Contribuições que derivam da contraprestação à atuação estatal exercida em favor de determinado grupo ou coletividade. a) Todas as receitas e despesas públicas devem ser incluídas na lei orçamentária. 12 – (TRE-GO /2009 – Analista Judiciário . há o denominado princípio da unidade.O modelo de excelência em gestão pública está fundamentado nos princípios da gestão pública pela qualidade. vedadas as deduções de qualquer natureza. d) Cada ente federativo deve aprovar uma única lei orçamentária. O envolvimento de todos os servidores. 09 – Faz parte do processo de entrada de novos colaboradores em uma organização a aculturação que sofrerão do grupo. • Despesas orçamentárias com planejamento e execução de obras.Considere as seguintes definições. julgue os itens que se seguem. respectivamente.CESPE) – Entre os princípios orçamentários. A centralização decisória. Assinale a opção correspondente à definição correta desse princípio. receita derivada. tendo em vista o novo ambiente que lhes é apresentado. e com aquisição e instalações de equipamentos e material permanente. AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” . c) Os conceitos e critérios de elaboração da lei orçamentária devem ser uniformes ao longo do tempo. • Receita resultante da venda de produtos ou serviços colocados à disposição dos usuários ou da cessão remunerada de bens e valores. A respeito da gestão de recursos humanos focada na cultura organizacional. as organizações são classificadas em adaptativas e não-adaptativas. b) Todas as receitas e despesas públicas devem ser consignadas pelos seus valores brutos. para a formação ou a aquisição de um bem de capital. Essas definições correspondem. A gestão participativa. 10 – Na classificação do clima organizacional quanto à relação com o futuro. diretamente. A melhoria contínua.contribui para que as empresas enfrentem um mercado cada vez mais competitivo. contribuições de intervenção no domínio econômico. • Despesas que não contribuem.

receita originária. despesas orçamentárias correntes. Contingenciamento das dotações orçamentárias. a) Nesse tipo de organização. 16 – (TRE-GO /2009 – Analista Judiciário . um permanente — formado pelos trabalhadores de carreira — e outro nãopermanente — composto por administradores políticos. despesas orçamentárias de capital. e) Há facilidade dos agentes políticos em controlar os servidores. c) Inversões financeiras.b) Investimentos. 14 – (TRE-GO /2009 – Analista Judiciário . Em função disso. o que propicia que sejam produzidos de maneira eficiente. principalmente. Pertencem à primeira categoria: a) b) c) d) Os bancos.(TRE-GO /2009 – Analista Judiciário .De acordo com as teorias da liderança. serviços dos quais ela detém o monopólio. A respeito das características específicas das organizações públicas. 15 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . Liberação de recursos uniformemente ao longo do exercício. b) Os governos tendem a dar continuidade aos projetos das administrações anteriores. d) A administração pública oferece. conferindo às organizações públicas características específicas. c) Com o objetivo de ter retorno político. As empresas industriais que produzem e fornecem bens em série. há duas categorias de organizações. receita originária. Essa descontinuidade é um dos pontos que diferenciam as organizações públicas das privadas. é prática comum nos governos privilegiar projetos que possam ser concluídos em seu mandato. d) Investimentos.CESPE) .A implementação da estratégia por meio da administração de projetos depende da natureza das atividades realizadas pela organização. As empresas comerciais em geral. dependendo de sua atividade principal ser a realização dos projetos ou o fornecimento de bens e serviços de forma contínua.CESPE) . contribuições sociais.Um aspecto fundamental do planejamento e da gestão pública é a presença de dois corpos funcionais com características nitidamente distintas. substituídos a cada novo mandato. receita originária. despesas orçamentárias correntes. contribuições de intervenção no domínio econômico. contribuições de intervenção no domínio econômico. os AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” . Insignificante proporção de créditos adicionais aprovados e abertos durante o exercício. assinale a opção correta. 17 .As peculiaridades do processo de elaboração e execução orçamentária no Brasil incluem o(a): a) b) c) d) Seu caráter impositivo.CESPE) . bem como de definir e medir com exatidão os resultados da administração pública. predominam os critérios que privilegiam a capacidade técnica em detrimento dos critérios políticos para preenchimento dos cargos em comissão disponíveis. As empresas de consultoria e de desenvolvimento de software.

prevista no art. c) Constituem a quantidade de produto ou serviço a ser ofertado. § 8º.A lei orçamentária anual não conterá dispositivo estranho à previsão da receita e à fixação da despesa. 19 – (TRE-GO /2009 – Analista Judiciário . 20 – (TRE-GO /2009 – Analista Judiciário .CESPE) . Aberto exclusivamente por decreto do Poder Executivo. nos termos da lei.CESPE) . c) d) As diretrizes são debatidas e decididas pelo grupo. Deve conter a indicação da fonte de recursos. Crédito orçamentário. a) Princípio da legalidade. que é estimulado e assistido pelo líder. seja em termos de bens ou serviços.Um instrumento de alteração da lei orçamentária anual tem as seguintes características: • • • Necessita de prévia autorização em lei especial.Em relação às ações que devem ser incluídas no plano plurianual. • Pode ter sua vigência prorrogada. b) Representam a realização de uma atividade orçamentária vinculada a um programa que viabilizará a geração de um produto final. Crédito extraordinário. é correto afirmar que a) Representam o menor nível de categoria de programação do plano plurianual.CESPE) . Crédito especial. AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” . Assinale a opção que corresponde ao comportamento típico de um líder de estilo liberal. Esse instrumento recebe a denominação legal de: a) b) c) d) Crédito suplementar. O líder determina qual tarefa cada um deverá executar e qual o seu companheiro de trabalho. ainda que por antecipação de receita. identificador de uso e fonte de recurso. 18 . modalidade de aplicação. sem a participação do líder.165.líderes podem ser agrupados em três estilos diferentes. a) O próprio grupo esboça providências e técnicas para atingir o alvo com o aconselhamento técnico do líder. grupo de natureza de despesa. da Constituição Federal. desde que tenha sido autorizado nos últimos quatro meses do exercício financeiro. Assinale a opção que contém o princípio orçamentário definido pela regra acima. b) Tanto a divisão das tarefas como a escolha dos colegas ficam por conta do grupo. d) Correspondem ao conjunto de despesas de natureza tipicamente administrativas relacionadas com o custeio da máquina estatal. em determinado período e definida para cada exercício financeiro. As tarefas ganham novos contornos com os debates. detalhado por esfera orçamentária. de forma regionalizada se for o caso.(TRE-GO /2009 – Analista Judiciário . não se incluindo na proibição a autorização para abertura de créditos suplementares e contratação de operações de crédito.

c) As organizações tayloristas podem ser consideradas estruturas matriciais.(TRE-GO /2009 – Analista Judiciário .CESPE) . a rigidez de procedimentos e de estruturas organizacionais e a meritocracia. já que o termo intra-orçamentário destina-se apenas a distinguir a receita orçamentária da receita extra-ornamentaria. Por outro lado. b) Os termos receita corrente e receita intra-orçamentárias corrente podem ser considerados sinônimos. a responsabilização dos agentes públicos e a transparência.(AUGE/MG – 2009 – Auditor Interno – CESPE) . mediante o pagamento de tributos e multas.São princípios comuns às reformas gerenciais ou modelos pós-burocráticos: a) O estímulo à melhoria na qualidade dos serviços públicos. a gratificação ao desempenho individual e organizacional e o empowerment. e) O modelo de organização hierárquica baseia-se na especialização vertical da organização. d) A ênfase no controle em detrimento dos resultados. 22 – (AUGE/MG – 2009 – Auditor Interno – CESPE) . d) Receitas originárias são obtidas pelo Estado em função de sua autoridade coercitiva.Com relação às receitas públicas. assinale a opção correta: a) Operações de crédito podem ser constituídas pelos ingressos provenientes da colocação de títulos públicos no mercado financeiro. é correto afirmar que: a) XX. o modelo de departamentalização baseia-se na especialização horizontal da organização. 23 . tendem a privilegiar aspectos de controle de seus fluxos e processos de trabalho.b) c) d) Princípio da especificação ou discriminação. orientadas para resultados. e) A administração orientada para resultados. c) Os serviços públicos orientados ao cidadão. b) A centralização. As estruturas flexíveis foram a base das reformas burocráticas da primeira metade do século b) Os modelos de natureza top-down tendem a privilegiar maior participação e responsabilização dos escalões inferiores da organização. d) As estruturas organizacionais. c) A transferência dos valores arrecadados à conta específica do Tesouro responsável pela administração e controle da arrecadação e programação financeira é denominada arrecadação. Princípio da não afetação das receitas.Com relação aos modelos organizacionais. Princípio da exclusividade 21 . a ênfase no controle dos meios e a responsabilização dos agentes públicos. a nomeação para cargos públicos baseada fundamentalmente no livre provimento e a rigidez de normas e procedimentos. AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” .

o funcionamento e os resultados. (MTE/2008 – Administrador – CESPE) . 26 – Segundo a teoria de sistemas. b) As organizações governamentais recebem claros sinais do mercado e conseguem avaliar facilmente a necessidade dos seus clientes. para satisfazer as necessidades dos seus clientes.A respeito das teorias administrativas e da dinâmica das organizações. o aumento salarial dado a uma categoria de servidores públicos. que buscou enfatizar a importância das condições do ambiente de trabalho para obter a maior eficiência e racionalização das tarefas. d) A gestão com foco no cliente pode ser facilmente adaptada da administração privada para o setor público.Em relação ao arranjo. Na gestão privada. ao desenho organizacional e aos tipos de estruturas. adota pressupostos coerentes com a abordagem clássica da administração. os objetivos econômicos e financeiros são preponderantes. Quanto às diferenças entre a gestão pública e a gestão privada. 25 – Um marco na abordagem clássica da administração foi a experiência de Hawthorne. procurando racionalizar as tarefas e eliminar os movimentos inúteis. finanças e produção é um exemplo de estrutura matricial. mesmo que os valores democráticos tenham de ser abandonados. Na gestão privada. julgue os itens que se seguem: 30 – A estrutura organizacional que possui apenas três grandes áreas e nelas enfatiza as chefias das áreas específicas como pessoas. a) b) c) d) e) A gestão privada é geralmente orientada para o bem-estar social. têm impacto político.Os dirigentes das organizações públicas se deparam com limitações que não são encontradas nas atividades comerciais e industriais. há um alto grau de interdependência entre as organizações. 28 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . bons ou maus. Na gestão pública. e) Uma das principais características de uma administração pública com alto desempenho é a reestruturação de seus serviços e processos de trabalho. julgue os itens a seguir: 24 – O gestor público que se preocupa em eliminar o desperdício de esforço desenvolvido pelos demais colaboradores.(MTE/2008 – Administrador – CESPE) . assinale a opção correta. 31 – A organização que possui uma estrutura organizacional em que a autoridade é única e AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” . 29 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . Na gestão pública.A respeito do paradigma do cliente na gestão pública. as funções de um sistema independem de sua estrutura. seja amenizada. tais como igualdade e transparência. desde que a aplicação de alguns princípios básicos que regem as organizações públicas. por exemplo. assinale a opção correta. não seria um fator motivacional. 27 – Segundo a teoria proposta por Herzberg. uma vez que o seu objetivo é atender a demanda do cidadão no menor prazo possível. as ordens e instruções estão concretizadas em leis e regulamentos. c) A administração pública voltada para o cliente menospreza a qualidade dos serviços. a) A administração pública com foco no cliente visa à construção de uma gestão eficiente.

na Lei Orçamentária Anual (LOA). dos estados. Acerca das receitas orçamentárias e extra-orçamentárias. d) São receitas de capital as provenientes da realização de recursos financeiros oriundos de constituição de dívidas. c) O princípio da anualidade foi reforçado pela Constituição Federal.Os estágios da realização da receita e da despesa pública são nessa ordem: AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” . seus fundos. 34 . e orçamento da seguridade social. de investimentos das empresas em que a União. de três orçamentos: orçamento fiscal. mas que constitui renda do Estado. órgãos e entidades da administração direta e indireta. e) O superávit do orçamento corrente que corresponde à diferença entre receitas e despesas correntes é considerado receita corrente. que estatui normas gerais de direito financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União.320/1964.A Lei n. d) Pelo princípio da anualidade. da conversão em espécie. industrial e diversa. com aspecto piramidal. a Constituição Federal a inclusão.centralizada. todas as receitas e despesas do governo e. b) Em determina orçamento maioria do consonância com os princípios da unidade e da universalidade.320/1964 representa o marco fundamental da receita orçamentária. a) O princípio da unidade permite que o Poder Legislativo conheça. assinale a opção correta acerca dos princípios orçamentários. além dos recursos recebidos de outras pessoas de direito público ou privado destinados a atender despesas classificáveis em despesas correntes. de bens e direitos. universalidade e anualidade. excluindo-se as provenientes de recursos financeiros recebidos de outras pessoas de direito público ou privado.Os princípios orçamentários são premissas e linhas norteadoras de ação a serem observadas na elaboração do orçamento público. a LOA deve dispor das alterações na legislação tributária. a) São receitas correntes as receitas tributária. detenha a capital com direito a voto. 33 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . e) De acordo com o princípio do equilíbrio. sendo que esse princípio está consagrado na legislação brasileira por meio da Constituição Federal e da Lei n.320/1964. o orçamento deve conter todas as receitas e despesas referentes aos poderes da União. assim. pode ser descrita como uma estrutura linear. a priori.(TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . assinale a opção correta. que influenciarão as estimativas de arrecadação. A Lei n.º 4. 32 .(TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . determina a obediência aos princípios de unidade. quando destinadas a atender despesas classificáveis em despesas de capital ou em despesas correntes. direta ou indiretamente. dos municípios e do Distrito Federal (DF). possa dar prévia autorização para a respectiva arrecadação e realização. Tendo o texto acima como referência inicial.º 4. b) Os restos a pagar do exercício serão computados na receita extra-orçamentária para compensar sua inclusão na despesa orçamentária. que proíbe a incorporação dos créditos especiais e extraordinários ao orçamento do exercício financeiro subseqüente. patrimonial. c) As receitas extra-orçamentárias são valores provenientes de toda e qualquer arrecadação que não figure no orçamento.º 4.

. AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” .Em relação à execução orçamentária e financeira. 36 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . devendo o Poder Executivo. liquidação. Por área de conhecimento. Receita corrente. sub-repasse. Por cliente. departamento de finanças. estimação. empenho. Territorial ou geográfica. Progressivo. a) O ano financeiro dura 12 meses. Fixação. empenho. arrecadação. receita tributária. O crédito orçamentário é constituído pelo conjunto de categorias classificatórias e contas que especificam as ações e operações autorizadas pela lei orçamentária. liquidação e pagamento. regressivo. Pagamento. arrecadação. coincidindo ou não com o ano civil. arrecadação. excetuando-se os restos a pagar. b) As dotações consignadas aos créditos orçamentários e adicionais representam autorizações de despesas válidas para utilização no período de vigência da LOA. aos quais estão consignadas dotações. assinale a opção correta. lançamento. sentir e agir de todos em relação aos desafios internos e externos à organização. empenho. empenho. estabelecer a programação financeira e o cronograma de desembolsos. e) A movimentação dos recursos entre as unidades do sistema de programação financeira é executada por meio de cota. empenho. que norteia as formas de perceber. imposto. repasse. enquanto a dotação é o montante de recursos financeiros com que conta o crédito orçamentário. proporcional. liquidação e pagamento. o Poder Executivo deve considerar no decreto orçamentário os créditos adicionais e as operações extra-orçamentárias. d) A lei orçamentária é organizada na forma de créditos orçamentários.(TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . dá-se o nome de: a) b) Estratégia organizacional. como departamento de marketing. no prazo de 60 dias após a publicação da lei orçamentária. pagamento e liquidação. pensar. Estrutura organizacional. enquanto o exercício financeiro inicia-se com o ano financeiro e encerra-se no ano seguinte. Para tanto. a) b) c) d) e) Funcional.Ao conjunto de premissas básicas validadas ao longo do tempo para determinado grupo. sendo a cota a liberação de recursos do órgão setorial de programação financeira para unidades gestoras de um mesmo órgão ou entidade. recolhimento. departamento de recursos humanos etc. é denominado de modelo de organização. os recursos financeiros devem estar disponíveis para quitar as obrigações. recolhimento. 37 .. liquidação e pagamento.. Por produto. c) Na programação das cotas trimestrais.O modelo de departamentalização que consiste em atribuir a cada uma das unidades de trabalho a responsabilidade por uma função organizacional. 35 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) .a) b) c) d) e) __35 – Lançamento.

Quanto à gestão de projetos. Em relação à cultura organizacional. Cultura organizacional. no momento em que se avalia se as estratégias adotadas estão surtindo o efeito que se esperava ao adotá-las.c) d) e) Coordenação estratégica. e) A desmobilização e realocação da equipe e dos demais recursos ocorrem na fase de execução do projeto. e de aspectos formais. uma vez que sua adoção prescinde da avaliação das condições de funcionamento da organização. c) Os pesquisadores estão cada vez mais convencidos de que os elementos lógicos da cultura organizacional não exercem qualquer influência sobre o desempenho e os resultados da AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” . de fácil percepção. gerenciado e acompanhado pela liderança da alta administração da instituição. b) Gestão estratégica é o processo sistemático. substituindo-a pela nova cultura de comando e obediência. de difícil compreensão e interpretação. planejado. assinale a opção correta. métodos e procedimentos. envolvendo e comprometendo todos os colaboradores da organização. necessidades. como sentimentos. encomendas ou outras demandas da organização. Planejamento organizacional. 39 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . c) Planejamento estratégico é utilizado apenas ao final do processo de gestão estratégica. simultânea. a) A tendência atual é a de que as organizações ultrapassem a velha cultura de liderança e compromisso.Alguns autores vêem a cultura organizacional como a maneira costumeira ou tradicional de pensar e fazer as coisas. como políticas. assinale a opção correta: a) Gestão estratégica e planejamento estratégico tradicional são conceitos idênticos. e) Diagnóstico estratégico é uma forma de gestão estratégica bastante eficaz. 40 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . d) O processo de revisão estratégica pode ser deflagrado a qualquer tempo. que é compartilhada em grande extensão por todos os membros da organização e que os novos membros devem aprender e aceitar para serem aceitos na empresa. por isso.A respeito de conceitos relacionados à gestão estratégica. b) A cultura organizacional é composta de aspectos informais. e. d) O processo de controle ocorre na fase de execução do projeto e possibilita a administração das variações relativas aos planos e a garantia de realização dos objetivos. assinale a opção correta. c) As atividades previstas no projeto devem ser implementadas de maneira sucessiva e não. 38 – (TCE-AC/2008 – Analista Controle Externo – CESPE) . o seu planejamento é dispensável. b) Os projetos nascem de problemas. diretrizes. atitudes e valores. a) Os projetos são feitos com a finalidade de resolver problemas rotineiros da administração e acabam se confundindo com as próprias atividades funcionais da organização. embasada no estímulo ao crescimento e na garantia de sobrevivência da organização.

Nas leis orçamentárias da União.organização em um ambiente altamente competitivo.ACE-TCU/2004) .Empréstimo recebido pelo ente público constitui receita de capital.(TCE-ES/2004) A previsão da receita é ato executado por repartição competente que verifica a procedência do crédito fiscal e a pessoa que lhe é devedora (CERTO ou ERRADO?).(CESPE – Perito Criminal Federal/2004) . 49 .(TCE-ES/2004) . enquanto os juros referentes aos empréstimos concedidos pelo ente são receitas correntes (CERTO ou ERRADO?). no primeiro caso. 41 . enquanto o produto da venda de participação acionária dessa mesma empresa constitui receita de capital (CERTO ou ERRADO?). 42 . d) A cultura organizacional espelha a mentalidade que predomina em uma organização.A receita de contribuição tem como uma de suas fontes os recursos oriundos de contribuição de melhoria (CERTO ou ERRADO?). e referentes aos resultados de uma empresa controlada constituem receita patrimonial. 47 . do mesmo modo que a amortização de empréstimo concedido anteriormente pelo ente público. 45 .CESPE/2004) – Com relação à administração geral.O pagamento de inativos e pensionistas é classificado como despesa de capital.(CESPE-TCU/2004) . a diferença entre construir e alugar um imóvel para funcionamento de um órgão público é representada pela classificação do fato como um investimento.Do ponto de vista da classificação econômica da despesa e de sua contribuição na composição do PIB. (Agente/PF . 46 . e) A definição do planejamento estratégico da organização é que determina o nascimento da sua cultura organizacional. julgue os itens abaixo. 43 . (CERTO ou ERRADO?).(CESPE – Perito Criminal Federal/2004) . por meio da classificação institucional que compreende os órgãos e as unidades orçamentárias (CERTO ou ERRADO?). no segundo (CERTO ou ERRADO?). a percepção seletiva não constitui barreira para a comunicação AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” .(CESPE .(CESPE – Perito Criminal Federal/2004) . 48 .Pessoas mais motivadas intrinsecamente tendem a estar mais comprometidas com o trabalho e a estabelecer relação mais profunda com a organização e com as pessoas que a compõem (CERTO ou ERRADO?).Lucros e dividendos recebidos pelo ente público. e como uma inversão financeira.No contexto organizacional. 44 . as receitas e as despesas são apresentadas segundo as instituições que arrecadam e que aplicam os recursos do orçamento.

B 19 – B 20 – D 21 . etc (CERTO ou ERRADO?).A 22 – A 23 – E 24 – C 25 – E 26 – E AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” . atitudes em relação ao futuro. Gabarito 01 – C 02 – E 03 – E 04 – C 05 – E 06 – E 07 – C 08 – C 09 – E 10 – E 11 – E 12 – D 13 – B 14 – C 15 – C 16 – C 17 .eficaz (CERTO ou ERRADO?). 50 .B 18 . individualismo versus coletivismo.Alguns elementos do dia-a-dia da empresa podem servir como indicadores de traços da cultura de uma organização. revelando aspectos como distanciamento do poder.

E 42 – E 43 – C 44 – C 45 – E 46 – E 47 – C 48 – C 49 – E 50 – C AGENTE E ESCRIVÃO DA PF – Noções de Administração – Carlos Ramos – Aula “on-line” .27 – C 28 – B 29 – E 30 – E 31 – C 32 – B 33 – B 34 – A 35 – D 36 – A 37 – D 38 – B 39 – D 40 – D 41 .