Você está na página 1de 5

Universidade da Beira Interior Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura Tecnologias de Sistemas Construtivos

Maria Ana Carloto, nº 17700

Sistemas construtivos praticados em Portugal e na Europa: 

Betão armado 

Painéis Pré-fabricados 
 

Madeira Madeira lamelada colada Casas de palha 

Pedra  Estrutura metálica 
  

Light Steel Framing Alvenaria cerâmica armada Alvenaria cerâmica estrutural Contentores

É possível aplicar no todo ou em parte a metodologia de avaliação para uma avaliação expedita dos sistemas construtivos? Para realizar uma avaliação expeditados sistemas construtivos, seja pelo produtor ou pelo utilizador, é possível aplicar parte da metodologia de avaliação, tendo em conta que os parâmetros de avaliação são bem definidos.

Há outras metodologias disponíveis e mais práticas para se poder fazer uma avaliação? Procedimentos descritos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT, Brasil: 
   

Segurança estrutural Durabilidade Conforto térmico e acústico Estanqueidade à água Segurança ao fogo

Análise pós-ocupação: esta análise é feita após o término da construção. Além disso. através de entrevistas dos usuários e vistoria técnica dos imóveis. o desempenho do sistema frente a cargas de impacto de corpo duro e corpo mole. de cargas suspensas e outras cargas actuantes na edificação. observando o seu estado conservação. elaboração do manual de montagem do sistema e analise estrutural preliminar.  Fase 2 . sobre um protótipo construído. Para complementar a análise. através do acompanhamento técnico. acústico e de estanqueidade à umidade. documentado com fotografias e relatórios parciais. para verificar se a construção segue o descritivo do projecto e manual do sistema construtivo e introduzir melhorias no mesmo.  c) Fase 3 .Análise do sistema quanto à resistência e estabilidade: esta fase contempla a determinação experimental das características resistentes dos materiais e componentes do sistema. são executados ensaios de envelhecimento dos materiais e acção do fogo ou de altas temperaturas. paredes.Monitorização da construção e controlo tecnológico: nesta fase é executado uma monitorização da execução das moradias.  Fase 5 . determinada na fase2. Brasil:  Fase 1 . se necessário. num prazo mínimo de 1 ano de ocupação das moradias.  d) Fase 4 . são executados ensaios de controle tecnológico para averiguar o comportamento dos materiais.Análise do desempenho: esta análise é feita sobre um protótipo de casa construída com o sistema e contempla o comportamento térmico. bem como acompanmhamento na montagem do memorial descritivo. para determinar o comportamento do sistema a longo prazo. analisa.Metodologia do Laboratório de Ensaios e Modelos Estruturais ± LEME. determina cargas críticas de flambagem dos painéis. KOSKELA (1993):        just in time gestão da qualidade total (TQM) competição baseada no tempo engenharia simultânea reengenharia engenharia baseada no valor gerenciamento visual .Análise de Projetos: corresponde a análise do projecto arquitetónico e complementares.

atmosféricos e a desgastes mecânicos Peso próprio alto. Transmissão de calor e som. Dificuldade de reformas e demolições.  total productive maintenance (TPM) employee involvement KRAJEWSKI & RITZMAN (1992):            tamanhos de lote de produção reduzidos tempos de setup minimizados padronização dos componentes e dos métodos de trabalho qualidade mão de obra polivalente e com condições de trabalho formação de parcerias manutenção preventiva melhoria contínua foco no produto stocks reduzidos Comparação entre os sistemas construtivos Vantagens Betão armado Desvantagens Economia Maleabilidade Estruturas monolíticas hiperestática Manutenção e conservação quase nulas e grande durabilidade Boa resistência à compressão variável Resistência a efeitos térmicos. Vantagens Painéis Pré-fabricados Desvantagens Durabilidade Custo Tempo de construção Isolamento térmico e acústico Elevada resistência em relação à baixa densidade Madeira Vantagens .

Manutenção Teor de humidade Desvantagens Degradação pelos agentes atmosféricos Tendência para fender Ataque por agentes biológicos Vantagens Madeira lamelada colada Defeitos naturais e de processamento Durabilidade Custo Tempo de construção Isolamento térmico e acústico Elevada resistência em relação à baixa densidade Grande estabilidade dimensional. Desvantagens Vantagens Casas de palha Desvantagens Vantagens Pedra Desvantagens Manutenção Vulnerabilidade ao fogo Maior produtividade Reduz despesas indirectas Vantagens Estrutura metálica Desvantagens Menor utilização de mão de obra Redução de desperdícios de matérias Maior rapidez na execução das obras Menor flexibilidade de projectos rapidez de construção leveza e rigidez Vantagens insonorização e conforto térmico Light Steel Framing permite mais criatividade remodelações são complicadas Desvantagens paredes em placa de gesso Vantagens Alvenaria cerâmica armada Desvantagens Técnica executiva simplificada Facilidade de mão-de-obra Facilidade de controlo Alvenaria cerâmica estrutural Vantagens Excelente Flexibilidade e Versatilidade Flexibilidade no planeamento de execução da obra Facilidade de organização do Processo de Produção Possibilidade de diferentes níveis de mecanização .

não admite improvisações em obra Vantagens Contentores Desvantagens . restringe a possibilidade de mudanças. Inibe a destinação dos edifícios.Desvantagens Condiciona a arquitetura.