Você está na página 1de 28

Radiologia aplicada à Pediatria CASO 22

Mariana Lie Yamaguishi fevereiro/2002

Caso Clínico
‡ID: ROS, masculino, 13 anos, procedente de São Paulo ‡QD: parada de crescimento desde os 7 anos ‡HPMA: Há mais ou menos 6 anos, a mãe reparou que a criança não crescia, porque o número dos sapatos e roupas não aumentavam. Procurou o médico na época, que fez suas hipóteses diagnósticas e solicitou exames. ‡ISDA: refere muita cefaléia frontal, não tem voz fina, bebe muita água, dentes não são encavalados, hábito intestinal 1vez/dia, é muito esperto, bom aluno e come bem ‡AP: nasceu de parto normal (4kg), sem intercorrências, mãe não usou medicações durante a gestação e os pais não são consangüíneos. Teve anemia ferropriva ‡AF: tem três irmãs (6, 5, 2 anos), todas saudáveis, altura mãe 1,55cm; pai 1,65cm

2 tempos. Estatura=118cm. FC=88bpm. sem visceromegalias ‡Pele e anexos ressecados ‡Testículos tópicos (G1P1) ‡DNPM sem alterações . tireóide não palpável ‡Cardio: BRNF.8Kg. plano. FR=24ipm ‡Cabeça e pescoço: sem gânglios palpáveis. sem sopros ‡Pulmonar: MV+.‡Exame físico: P=31. sem ruídos adventícios ‡Abdome: flácido. RHA+.

Curva de Crescimento .

Hipóteses Diagnósticas ‡Deficiência de hormônio tireóideo ‡Deficiência de GH (Síndrome de Silver-Russel: baixa estatura. no metabolismo dos glicosaminoglicanos. a formação e maturação dos centros de ossificação não estão alteradas. fraturas. baixo peso ao nascimento) ‡Condrodistrofia (doença hereditária do tecido conectivo. fáscies pequena e triangular. e ocorre macrocefalia) ‡Constitucional ‡Nutricional (raquitismo: fechamento tardio de fontanelas. genu varu. Turner) . protuberâncias ósseas) ‡Síndromes Congênitas (Down. deformidades ósseas. bossa frontal.

Crn:0.Exames Complementares  Glicemia:82mg/dL.37.7-1.8ng/dL (60-190ng/dL) T4=4. Uréia:22mg/dL.3mg/dL(9-11).5). P:4.4mEq/L.5-6.K:4.5mg/dL  Ca:10. captação em 24 horas = 2% (NL 20-48) . após administração oral de 100g de glicose (<5µg/L)  Hormônios tireoidianos: T3=117.3µg/dL (5-11µg/dL) T4livre=0.área focal de tecido captante em projeção do assoalho da cavidade oral (Tireóide ectópica sublingual) . Colesterol:196mg/dL  Na:135mEq/L. FA:174 (normal)  Teste de estimulação de GH: 4µg/L.4µg/dL (0.6mg/dL(4.6 µUI/L)  Cintilografia de tireóide: captação em 2 horas = 4% (NL 8-18).9µg/dL) TSH >100 µUI/mL ( 0.

Radiologia .

pseudoepífises nas bases metacarpianas.Características Radiológicas  Rarefação óssea difusa. segundo o Índice de Greulich-Pyle com idade óssea compatível com 4anos e 2 meses (Idade cronológica=13 anos) .

B) Menino (13anos) .Radiologia Normal de Punho: Idade Óssea Radiografia normal de punho: A) Menina (13anos) .fusão completa da epífise proximal do 1°metacarpo e a epífise distal do 3°metacarpo.

falanges e vértebras  aposicional e endocondral  Anel pericondral (circunda a fise).Maturação Óssea  Índice Greulich-Pyle: baseado em presença ou ausência de centro de ossificação. comparando padrões com a radiografia a ser estudada  Maturação: # ossos longos  ossificação endocondral (plascas de crescimento/fises) # ossos sem fise  crescimento aposicional pelo pericôndrio e periósteo (pelve. e suas configurações. tendo a mesma densidade das partes moles na radiografia . escápula. de acordo com idade e sexo. Pericôndrio (ao redor da epífise). carpo e tarso) # metacarpo. Periósteo (recobre a metáfise) fazem o crescimento circunferencial  Cartilagem é radiolucente quando comparada ao osso. metatarso.

tíbia. cabeça do ímero e cubóides)  Ao nascimento: ossos separados por espaços radiolucentes (epífises cartilaginosas)  Após o nascimento: 1 ou + centros de ossificação aparecem nas epífises (centros de ossificação epifisária) > ossificação dos ossos do carpo. tarso. epífises de ossos longos e crânio  Puberdade: ossificação das cartilagens de crescimento .Maturação Óssea  Pré-natal: ossificação das cartilagens diafisárias (núcleos epifisários de fêmur.

placa de crescimento/fise permanece entre epífise e metáfise. que continua até a fusão de epífise com metáfise . com pequenos centros de ossificação em fêmur e tíbia.  D)8anos: fise permanece.  B) 2anos: centros de ossificação cresceram bastante. e côndilos femorais semelhantes ao do adulto.  C) 5anos: desenvolvimento epifisário que já lembra bastante o do adulto. com irregularidade normal na epífise distal do fêmur.  E) 10anos: ossificação da placa de crescimento.Fases da Maturação Óssea Ossificação normal do joelho:  A) 1ano: epífise praticamente cartilaginosa.

Outros casos clínicos Menino de 4 anos: com atraso de desenvolvimento. hipotonia e apatia ‡Ponto de ossificação femoral já deveriam estar maciços .

‡Fontanela aberta. suturas largas. ossos ainda heterogêneos .

a radiografia de abdome ainda mostra cabeça do fêmur com pontos de disgenesia . em um episódio de ITU.‡Dois anos depois.

baixa estatura e peso normal ‡Atraso de maturação óssea (idade óssea de 4 anos) .Criança de 6 anos com atraso psicomotor.

‡Contornos dentários bem visíveis. O contorno da sela túrcica é evidente. mas pouco arredondada . principalmente nas proximidades das suturas. irregularidades ósseas em grande quantidade.

‡Atraso de maturação na cabeça do fêmur proximal. que está pequena. e núcleo ósseo femoral fragmentado . com aspecto de osteocondrite. com irregularidades.

Metimazol) ‡Deficiência de iodo (bócio endêmico) B) Adquirido ‡Tireoidectomia ou radioiodoterapia ‡Destruição por raio-X ‡Deficiência de tireotropina ‡Deficiencia de TRH ‡Auto-imune ‡Infeções crônicas .Classificação A) Congênito ‡Aplasia/Hipoplasia ou falha na migração ‡Defeitos Metabólicos que induzem ao bócio ‡Uso de medicação durante a gravidez (PTU.Hipotireoidismo .

Hipotireoidismo .Fisiopatologia .

Quadro Clínico  Lentidão física e mental  Palidez.Hipotireoidismo . pele fria  Mixedema não depressível  Constipação  Macroglossia  Hérnia umbilical  Lordose lombar  Hipotermia  Bradicardia  Diminuição da sudorese e PA  Rouquidão  Cabelos secos e quebradiços  Cefaléia .

Hipotireoidismo . configuração naso-orbital infantil (ponte nasal achatada.Quadro Clínico  Alterações de crescimento: baixa estatura. retardo de erupção dentária . alargada. olhos mais afastados). desenvolvimento epifisário atrasado. subdesenvolvida. fechamento de fontanelas tardio. extremidades curtas.

cardiomegalia.Diagnóstico       T4 e T4-livre diminuídos TSH elevado Captação de iodo <10% (normal = 10-30%) Anemia normocítica (pode ser micro ou macro) Colesterol elevado Creatinina urinária baixa  IMAGEM: atraso na idade óssea. com fragmentação (disgenesia epifisária). bico vertebral anterior (12ª VT ou 1ª/2ª VL). derrame pericárdico .Hipotireoidismo . epífises com múltiplos focos de ossificação. coxa vara e plana.

hiperextensibilidade das articulações.Hipotireoidismo .Diagnósticos Diferenciais  Deficiência hipotalâmica ou hipofisária  Nutricionais  Sd Down (manchas de Brushfield na íris. textura normal de pele e cabelo)  Condrodistrofia  Sd Hurley e Sd Hunter .

Tratamento  Puran T4: 10-15µg/kg Hipotireoidismo . menor chance de desenvolver retardo mental Hipotireoidismo .Prevenção  Dosagem de T4 e TSH ao nascimento (Teste do Pezinho) .Hipotireoidismo .Prognóstico  Melhor quando maior de 2 anos.

Tratamento PRÉ-TRATAMENTO PÓS-TRATAMENTO .Hipotireoidismo .

XXYY. geralmente não ocorre em meninos  Tumor de células granulosas no ovário: puberdade precoce. hipertireoidismo  Genéticas: Síndrome de Klinfelter.Causas de aceleração de crescimento  Constitucional  Síndrome de Albright: lesões ósseas fibrodisplásicas e áreas pigmentadas na pele (manchas café au late). Síndrome de Marfan . Síndrome XYY. masculinização  Endócrinas: excesso de somatotropina. fechamento precoce das epífises  Hiperfunção do córtex da adrenal: puberdade precoce. excesso ou falta de andrógenos.

1999 Current Medical Diagnosis and Treatment. 13 edição Pediatria em consultório .Tachdjian Essencials of radiologic imaging .Bibliografia         Current Pediatrics .4 edição Tratado de Pediatria .Harrison.Diagnosis and treatment.Nelson.Paul and Juhl¶s 17 edição . 16 edição Fractures in children .Rockwood Ortopedia Pediátrica . 2000 Medicina Interna .