Você está na página 1de 2

A REVOLUÇÃO INGLESA

TRI UNFO DA BUR GUESIA
A RE VO L UÇÃO IN G L ESA D O SÉC UL O X VII R EP R E SEN TO U A P RIM EI RA M AN IFE STA ÇÃO D E CRIS E D O SIST EM A D A ÉPO C A M O D E RN A, ID EN TIFIC AD O CO M O ABSO L UTISM O .

A CRI SE DO SÉCUL O XV I I

No século XVI, a Inglaterra tinha se tornado uma grande potência económica europeia. O comércio marítimo com outras nações, as manufacturas de tecidos de lã e as colónias na América eram exemplos da sua prosperidade. Porém, no século XVII, a situação alterou-se, a Europa sofreu um longo período de crise económica, que afectou diversos países. Para que o Estado continuasse forte apesar da crise, os reis ingleses aumentaram os impostos. Com a excepção dos nobres proprietários de grandes terras e dos grandes comerciantes que recebiam privilégios do Estado, a maioria dos Terceiro Estado estava insatisfeita. No século XVII, o absolutismo dos reis da dinastia Stuart tornou-se tão controlador que acabou por provocar a rebelião das classes sociais menos ou não privilegiadas. Os camponeses odiavam pagar tributos feudais aos nobres, os pequenos e médios proprietários queriam liberdade para ampliar as suas propriedades e os burgueses que precisavam desenvolver seus negócios eram restringidos pelas restrições mercantilistas. Por todos esses motivos, as classes sociais insatisfeitas dirigiam o seu ódio e descontentamento ao Estado absolutista. Afinal, o rei protegia os nobres e alguns burgueses privilegiados, enquanto que o restante da população se sentia completamente oprimida. Desde o século XVI já existia um Parlamento na Inglaterra, no início, o Parlamento não era um órgão permanente da política inglesa, mas uma assembleia temporária e aconselhadora. O monarca inglês podia ordenar a sua dissolução. O Parlamento era composto por representantes da pequena nobreza e tinha o cargo de recolher os impostos e taxas do rei. O rei recebia os avisos do Parlamento por intermédio os chamados bill of rights, todavia o rei não tinha obrigação de os seguir. Com o decorrer do tempo, os monarcas absolutistas foram ganhando tanta autoridade que o Parlamento praticamente não era ouvido. No século XVII, porém, a situação mudou, cresceu muito o número de parlamentares representantes da burguesia e da nobreza descontentes, que eram as classes sociais que mais enriqueciam no país. O Parlamento, então, ligado a essas classes que estavam fortalecendo-se economicamente, queria aumentar os seus direitos. Mas o rei tentava manter seus poderes absolutos intactos.

APÓS SER DE RROTADO POR OLIVER C ROMWELL. liderado por Oliver Cromwell. Para obter mais produtos eles começaram a cercar os seus domínios. Este grupo dedicava-se à agricultura comercial: produziam e vendiam lã e alimentos para a exportação. na Inglaterra e na Escócia. os calvinistas eram chamados de PURITANOS OU PRESBITERIANOS. os camponeses. e os pequenos e médios proprietários (yeomen) vinham enriquecendo. a pequena nobreza rural (os gentry). A população em geral. A essa prática deu-se o nome de cercamento. À medida que os navios ingleses chegavam a lugares mais distantes levando mercadorias da Inglaterra. CARLOS I FOI DECLARADO CULPADO DE TRAIÇÃO E E XECUTADO. Além de política. era em grande parte calvinista.A GUER RA CI VIL A DI VISÃO DE UM PAÍS. Os calvinistas. O rei Carlos I era apoiado pelos tradicionais senhores feudais e pelos grandes comerciantes. os artesãos. vindo de Deus.uma vez que. que mantinham monopólios mercantilistas. Depois várias batalhas. a guerra civil inglesa foi também um conflito religioso. estava ligada à maioria dos senhores feudais. No campo. enfrentaram-se os exércitos fiéis ao rei D. O CONFRONTO E NTRE O REI CARLOS I E O P ARLAME NTO FE Z ECLODIR A GUE RRA CIVIL INGLE SA. Deste modo a Inglaterra deixou de ser uma monarquia e tornou -se uma república. o exército do Parlamento derrotou o exército real e o rei Carlos I foi preso e condenado à morte.e os pequenos e médios proprietários. O parlamento. tinha apoio das classes revolucionárias: a burguesia. não aceitavam a doutrina do direito divino dos reis. expulsando as famílias de camponeses que lá viviam. A guerra civil inglesa foi uma guerra política (1641 1645). O rei tentou impor o ANGLICANISMO por todo o país e esperava que o povo aceitasse o absolutismo como um direito divino. A IGREJA ANGLICANA criada pelo rei Henrique XVIII no século XVI . que formavam em grande parte o exército do Parlamento. chamados de YEOMEN. Carlos I e os exércitos leais ao Parlamento.estava ligada ao Estado absolutista. porém. mais a gentry e os yeomen enriqueciam. . por sua vez. a pequena nobreza rural . ou seja.chamada pelos ingleses de GENTRY . Todas as classes sociais estavam de algum modo envolvidas neste conflito.