Você está na página 1de 22

1| 22

abordagens epistemológicas e práxicas da

Filosofia
AEDECCA/FACHUCA Cabo de Santo Agostinho maio | 2010
Prof. Patrocínio Freire

Palavras que Introduzem
* Subjetividade * Racionalidade * Conhecimento Objetividade Logos Sabedoria

2 | 22

...

*VERDADE

...

3 | 22 II MENTOS EPISTEMOLÓGIC DO FILOSOFAR .

4 | 22 Pressupostos ou condições de possibilidade ‡ Filosofia ± *MPSWSJME ± ´Por quê?µ = fundamento ± ´Para quê?µ = utilidade EXISTÊNCIA CONTEÚDO: a) ideias e conceitos. . b) visão de totalidade. c) refletir sobre o refletir. d) preocupação com a Verdade.

.. ‡ Modo de pensar ‡ Postura diante do mundo ± NÃO É. ‡ Conjunto de conhecimentos prontos ‡ Um sistema acabado ‡ Abrangência da Filosofia = além dos fenômenos.µ .... ‡ reflexão ² realidade a partir de posições teóricas...5 | 22 A existência da filosofia ‡ FILOSOFIA ± É. Abrange valores históricos / econômicos/ políticos/ éticos/ estéticos ´A FILOSOFIA VOLTA-SE PARA QUALQUER OBJETO..

reflexão e crítica.6 | 22 ‡ FILOSOFIA ± Pensa: [] ± Indaga o que existe ‡ Ciência = valores/ métodos / mitos ‡ Religião / arte ‡ Ser humano = sua história e vida cotidiana ± Incomoda ‡ Ponto de partida /Critica / coloca em dúvida ‡ Faz perguntas inoportunas / abre a porta das possibilidades ‡ Faz-nos entrever outros mundos e outros modos de compreender a vida. ‡ Questiona o modo de ser das pessoas / cultura / mundo. ‡ Questiona as práticas políticas / científica / técnica / ética / econômica / cultural / artística ´além de análise. a filosofia é a busca do fundamento e do sentido da realidade em suas múltiplas formas indagando o que são. qual a sua permanência e qual a necessidade interna que as transforma em outras. O que é o ser e o aparecer-desaparecer dos seres? (Marilena Chauí. Convite à Filosofia) ...

.7 | 22 SUBVERSÃO DA ORDEM Gerar novas possibilidades de comportamento e de relação social ² Maiêutica ´dar à luzµ  ANARQUIA Ausência de disciplina (lei) para a ORDEM.

C) Da Teogonia Cosmogonia Arché (princípio) Da consciência mítica e religiosa à Consciência racional e filosófica .8 | 22 Pré-socráticos (VI a.

9 | 22 II ENTOS DA PRÁXIS FILOSÓ .

.10 | 22 Necessidade de iniciar-se na Filosofia Reflexão Coloca o SH dentro da vida. Para revirá-la até encontrar seus sentidos mais profundos É pensar. Considerar cuidadosamente o que já foi pensado ....

11 | 22 Radical (Raiz)) Reflexão Rigorosa (método adequado) (características) De Conjunto ³verticalidade e horizontalidade´ .

o que é método científico. ± Faz a crítica da ação e dos fundamentos do conhecimento humano. ± Reflete o que é ciência.12 | 22 ‡ FILOSOFIA ± Considera a realidade a partir de uma visão de conjunto. sua validade e seus limites. emite juízos. ± Reflete sobre a arte« o belo. . ± Reflete sobre a condição humana ± Quer encontrar o significado mais profundo dos fenômenos.

13| 22 Coragem de filosofar filosofia e coragem Indica rompimento com amarras que impedem a busca da verdade ² amizade. Solidão Filosófica Maior incerteza do solo pisado = Maior coragem ...

OS VÁRIOS TIPOS DE CORAGEM FILOSOFIA PACIÊNCIA BRAVUVRA ARROJO AUDÁCIA FIRMEZA SEVERIDADE CONTRA A FORTUNA CONTRA AS MISÉRIAS NA GUERRA NOS EMPREENDIMENTOS 14| 22 ALTIVA E TEMERÁRIA CONTRA A INJUSTIÇA CONTRA O VÍCIO .

Filosofar - Enfrentamento (sem prudência) Autonomia da Razão (exercício da criticidade) .15| 22 ê Inibicão (acomodar-se) Três Possibilidades .

16 | 22 Confiança na Razão  RACIONALISMO Ruptura com tradição filosófica anterior Opção IMANENTISTA Construção de toda a filosofia pela razão ² realidade necessariamente existente Afasta a possibilidade do mistério ² de realidades que superem a razão humana .

O que rege a vida humana é o fado. inexorável. Determinismo histórico. fatalista. repetitivo.17 | 22 Tempo e lazer  Tempo     circular Circular. . O homem só escapa do tempo circular na memória ² feitos heróicos.

‡ Tempo = matéria.18| 22 ‡ Tempo histórico = presença de possibilidades ± Tipos de duração (Henri Bergson ² 1858/1951) ‡ Tempo físico (cosmológico) = períodos iguais. ‡ Tempo da consciência = conforme interesse do homem ‡ ± Formas básicas da duração: ‡ Eternidade = existência sem começo ou fim ‡ Evo = com começo. . movimento até atingir o fim. mas sem fim (anjos).

O método é. agora pré-intuitivo. e tem como propósito essencial conseguir a intuição. INTUITIVO DESCARTES . pois. Métodos ou caminhos 19 | 22 MAIÊUTICA DIALÉTICA SÓCRATES O método da filosofia consiste em perguntar Contraposição a uma opinião e a crítica dela mesma De uma afirmação passamos à seguinte PLATÃO LÓGICA/DIALÉTICA ARISTÓTELES DISPUTATIO IDADE MÉDIA Contraposição de opiniões divergentes Recai sobre a própria intuição e os modos de consegui-la.

.20 | 22 TRANSCENDÊNCIA IMANÊNCIA FILÓSOFOS CONTEMPORÂNEOS Perceber e relacionar o inteligível e o imanente Duas missões à razão humana 1. Construir ³aprioristicamente´ a estrutura do homem e do universo que participa. no coisas INTUIÇÃO INTELECTUAL HEGEL SCHELLING FICHTE 2. Penetrar intuitivamente coração das mesmas.

A filosofia deve se manter como o livre exercício da razão treinada. possibilidades A reflexão filosófica deve ser radical. que descobre os significados mais profundos da realidade e que dialoga com idéias e teorias do passado e do presente...21 | 22 Finalizando. fundamentos. . rigorosa e de conjunto. A Filosofia é o pensar crítico sobre todas as áreas do saber e do agir humanos ² princípios.

22 | 22 E perguntamos: por quê para quê A Filosofia ? .