Você está na página 1de 7

ESTRUTURAS E DINÂMICAS ORGANIZACIONAIS 2010/2011

TEMA DO TRABALHO: DINÂMICAS ORGANIZACIONAIS E CONFIGURAÇÕES
ESTRUTURAIS: CONCEPÇÃO E APLICAÇÃO A UMA EMPRESA FÍCTICIA

´SULCASTINGSµ

1996) Diversos ambientes = Diferentes tipos de Organização Coordenação e Organização fundamentais!(Mintzberg. 1999) .ORGANIZAÇÕES ´Organizações são sistemas vivos. fortemente dependentes do meio que as rodeia e influencia directamente e dos individuos que nela estão inseridos.µ(Morgan.

1998) Sulcastings         Agência do sector da Publicidade e Comunicação Recrutamento modelo/actores Castings para posterior reencaminhamento para agências Constante dinâmica= > envolvimento profissionais Projecto audacioso: novas caras. maior será a sua capacidade de desempenhar o seu papel.A NOSSA EMPRESA« Organização é um instrumento e quanto mais especializado for. propostas Qualidade/Profissionalismo Proporcionar aos nossos agenciados rapidez na obtenção trabalhos Facilitar as agências na procura de agenciados com perfil adequado . a sua missão. ideias.(Drucker.

A NOSSA EMPRESA« Melhor preparação dos nossos agenciados Negociação directa com clientes interessados Satisfação de ambos com maior grau de Excelência Todos colaboradores possuem ´Voz Activaµ ´Encaramos o futuro como um desafio que nos levará para um caminho rumo à intercionalizaçãoµ ´Seremos a agência portuguesa mais competitiva do mercado!µ ALERTA À COMPETIÇÃO!! .

RECURSOS HUMANOS É o recurso + importante numa organização Pessoas qualificadas e inteligentes = Boa Concorrência Sulcastings Estrutura mais achatada/ Poucos níveis hierárquicos Poucos Funcionários/Multiplicidade Tarefas   .

Vera Cruz Coordenação entre Agências ² Carla Matilde de Carvalho Coordenação Castings ² Rui dos Santos Peixoto Maria Cachada Neves Carla Matilde de Carvalho Débora Filipa Costa Sandro da Cruz Morais Marta Piolho Carrapeta Coordenação Financeira ² Maria Cachada Neves Coordenação de Modelos/Actores ² Marta Piolho Carrapeta Modelos/Actores .Jesus Pinto da Luz Cátia dos Santos Vasconcelos Carlos Miguel Neves Tibúrcio Fábio Carvalho Reis Jéssica da Silva Dias Luis Borges Naomi Rodrigues Silva Paul William Walker Noemie Lenoir Tyson Beckford Maria Manuela Dias Ferreira Leite .RECURSOS HUMANOS Direcção-Geral ² Alvaro Delgado. Dália Carvalho.

Procura ² métodos informais Recrutamento -Externo (entrevistas e avaliação curricular) Acolhimento e integração.PRÁTICAS DE GRH       Objectivo: satisfazer as necessidades de todos os intervenientes sociais através de métodos em consonância com a estratégia da Empresa.< tempo adaptação Avaliação de Desempenho ² Padrões de desempenho Gestão Carreiras ² Ziguezag/Pouca hierarquia Sistema de Remunerações ² Recompensas Intrínsecas e Extrínsecas Boas práticas=Controlo Resultados=Atingir Objectivos .