Você está na página 1de 1

O terror no Rio de Janeiro Uma bala é disparada. Cai um traficante que corria para longe da favela.

Fugia para o outro morro, que ainda não foi tomado pelo exercito. O complexo do alemão. O resto, dezenas, corre para a mata. Algum tempo depois um helicóptero vasculha a area, procurando por fugitivos, e , no morro do Alemão, os traficantes já preparam novas barricadas para impedir a entrada dos tanques de guerra. Tanques de Guerra para uma guerra civil que acontece no Rio da Janeiro. Guerra civil entre traficantes e policia, exercito, marinha e aeronáutica. 800 paraquedistas, tropa de elite do exercito Brasileiro. A cidade maravilhosa está passando por maus bocados. Mas isso nos leva a uma pergunta intrigante. Por que agora? O Trafico no Rio é fruto de décadas de descaso e falta de atitude por parte dos responsaveis, e , magicamente, as vésperas da Copa de 1014 e das Olimpiadas de 2016, as autoridades percebem que tem que fazer alguma coisa, como uma intervenção militar tão grande e eficiente. Eficiente é um adjetivo questionavel, já que podemos ver apenas uma tomada simbólica do poder do tráfico, ele continua operando nas inumeras outras favelas, e até mesmo bairros nobres, do Rio. O Brasil, como país tão preucupado com sua imagem, tão narcizista, pode ter conseguido visibilidade no exterior ( e no interior também ). A imagem pode está melhor. Mas a realidade, não é assim tão facil.