Você está na página 1de 7

O autor autoriza e estimula a oistribuicão oeste arquivo. na integra e sem alteracoes. em listas oe e-mails. Entretanto.

. Entretanto. a publicacão oas inlormacoes aqui


contioas em sites. portais. blogs. e em outros meios que não o correio eletrônico. mesmo que em parte. está vetaoa sem a expressa autorizacão por escrito
oo autor. Tambem está vetaoa a oivulgacão oas inlormacoes. em tooo ou em parte. por e-mail caso este arquivo não esteja anexo à mensagem.
Quant o Ganha um Engenhei ro?
Na média, R$ 5.096,50 por mês.
A pesquisa online loi realizaoa no periooo oe 19 oe Marco
a 8 oe Abril e colheu inlormacão oe ouzentos pronssionais
espalhaoos por tooo o pais. nas mais oiversas especialioaoes oa
engenharia. Com a análise oos oaoos loi possivel perceber que
quase a metaoe oos pronssionais tem renoimentos inleriores ao
piso salarial oa categoria e que o local oe trabalho e a tempo oe
experiencia são os latores que mais innuenciam no salário
oesses pronssionais.
10º oas pessoas alegaram ter tioo renoimentos inleriores
a 20 mil reais em 2009. o que corresponoe a um salário inlerior
a RS 1.503.75 por mes. No extremo oposto. tivemos 2º
aleganoo que receberam mais oe 15 mil reais por mes. O
resultaoo oa pesquisa mostra ainoa que a mooa oos
renoimentos em 2009 loi oe o0 mil reais. Este valor
corresponoe a um salário mensal proximo ao piso salarial oa
categoria nxaoo em 9 salários minimos para uma jornaoa oe 8
horas oiárias.
Conclui-se que um granoe numero oe engenheiros
trabalha ganhanoo o valor minimo estipulaoo em lei.
< P$ 20.000
P$ 20.000
P$ 30.000
P$ 40.000
P$ 50.000
P$ 60.000
P$ 70.000
P$ 80.000
P$ 90.000
P$ 100.000
P$ 110.000
P$ 120.000
P$ 150.000
> P$ 150.000
Dlstrlbulcáo oe Penoa
Qual setor paga melhor?
Petróleo
Os setor que paga os melhores salários e o oe petroleo.
com meoia oe 115 mil reais por ano.
Os orgão oo governo pagam em meoia 8o mil anuais para
os engenheiros. Setores como consultoria. construcão civil.
eoucacão. telecom. TI. e computacão são os que pagam os
menores salários. Na área oe consultoria a meoia e oe RS !.!00
reais mensais. A construcão civil paga uma meoia oe 57 mil
anuais. Setores como Telecom e TI pagam salário em torno oos
!2 mil anuais. enquanto os que trabalham com computacão
recebem menos que RS 2.200.00 mensais.
Petroleo
Flnancelra
Governo
Aeronautlca
Automovels
Consultorla
Constr. Clvll
Loucacáo
Telecom
T|
Computacáo
Penoa Méola (P$ mll)
SALAP|O DOS LNGLNHL|POS A8P|L 2010
O autor autoriza e estimula a oistribuicão oeste arquivo. na integra e sem alteracoes. em listas oe e-mails. Entretanto. a publicacão oas inlormacoes aqui
contioas em sites. portais. blogs. e em outros meios que não o correio eletrônico. mesmo que em parte. está vetaoa sem a expressa autorizacão por escrito
oo autor. Tambem está vetaoa a oivulgacão oas inlormacoes. em tooo ou em parte. por e-mail caso este arquivo não esteja anexo à mensagem.
Onoe estão os melhores salários?
No Distrito Federal
Ao lazer uma análise geogránca oos salários meoios.
encontramos uma granoe concentracão oe renoa na mão
oaqueles que trabalham na região centro-oeste. com oestaque
para os salários oo Distrito Ieoeral. onoe a meoia oe renoimentos
anuais está em 1o0 mil reais.
A região suoeste vem em seguioa. lioeraoa pelo estaoo oo
Rio oe ]aneiro que possui salários em torno oos 83 mil por ano.
seguioo por São Faulo onoe a meoia oos salários gira proxima aos
Centro-Oeste
Suoeste
Sul
Noroeste
Norte
Penoa Méola (P$ mll)
RS o7.000. As regioes norte e noroeste pagam os piores salários
com meoias oe 20 e !7 mil respectivamente.
Quanoo vou ganhar melhor?
Com 10 a 15 anos de e×periência.
Ao analisarmos a evolucão oo salário oo engenheiro ao
longo oa carreira. percebemos que os engenheiros recem-
lormaoos ganham salários meoios oe RS 2.700.00 mensais.
Fronssionais entre 2 e 5 anos oe experiencia possuem
renoimentos em torno oos RS !.800.00. Com mais tempo oe
experiencia. entre 5 e 15 anos. a meoia oe salário se eleva para os
RS o.300.00. Apos 15 anos oe lormaoo percebe-se uma reoucão
oe aproximaoamente 10º na meoia salarial.
0 - 2 anos
2 - 5 anos
5 - 10 anos
10 - 15 anos
> 15 anos
O DINHEIRO:
Se o olnbelro tor sua unlca
esperanca oe lnoepenoêncla, você
jamals a tera. A unlca seguranca
veroaoelra conslste em uma
reserva oe sabeoorla, oe
e×perlêncla e oe competêncla.
Henry Ford
SALAP|O DOS LNGLNHL|POS A8P|L 2010
O autor autoriza e estimula a oistribuicão oeste arquivo. na integra e sem alteracoes. em listas oe e-mails. Entretanto. a publicacão oas inlormacoes aqui
contioas em sites. portais. blogs. e em outros meios que não o correio eletrônico. mesmo que em parte. está vetaoa sem a expressa autorizacão por escrito
oo autor. Tambem está vetaoa a oivulgacão oas inlormacoes. em tooo ou em parte. por e-mail caso este arquivo não esteja anexo à mensagem.
Não consegue terminar a laculoaoe?
$eu futuro está garantido.
Iizemos tambem uma análise buscanoo ioentincar a
innuencia oo tempo oe permanencia na universioaoe sobre o
valor oo renoimento oos pronssionais. Nesta análise observou-se
que aqueles que se lormaram em ! anos obtiveram renoimentos
meoios oe 81 mil por ano. Os que levaram mais oe 11 anos para
conseguir o oiploma estão no topo oa lista oos que ganharam
melhor em 2009. com meoia oe salários em 93 mil reais no ano.
]á aqueles que se lormaram no tempo regulamentar oe 5 anos
tiveram renoimentos meoios oe o1 mil.
4 anos
5 anos
6 - 7 anos
8 - 10 anos
11 - 15 anos
Qual engenharia oevo lazer?
Engenharia de Produção.
Com relacão à innuencia oa área oe lormacão nos salários.
os engenheiros oe prooucão lioeram o ranking oos mais bem
pagos. com meoia salarial oe 11! mil reais. seguioos oos
engenheiros mecanicos e oos aeronáuticos. com meoias oe 8o e
82 mil respectivamente. Os engenheiros oe computacão
aparecem como os que recebem os piores salários. com meoia oe
!o mil reais por ano. preceoioos oos engenheiros oe
telecomunicacoes e oos sanitaristas. que obtem salários oe 52 e o1
mil reais. respectivamente.
Prooucáo
Mecânlca
Aeronautlca
Clvll
Lletrònlca
Llétrlca
Telecom.
Comput.
O FUYURO:
O tuturo náo é o resultaoo oa escolba entre camlnbos
alternatlvos oterecloos pelo presente, mas um lugar que
é crlaoo - crlaoo prlmelro na mente e na vontaoe, crlaoo
oepols na atlvloaoe. O tuturo náo é um lugar para o qual
estamos lnoo, mas um lugar que estamos crlanoo. Os
camlnbos náo sáo para ser encontraoos, e a atlvloaoe oe
contrul-los, muoa tanto quem os taz quanto o oestlno.
Deborah Janes
8OLLT|M |NvLST|DOP LD|CÃO N°3 OUTONO 2009
O autor autoriza e estimula a oistribuicão oeste arquivo. na integra e sem alteracoes. em listas oe e-mails. Entretanto. a publicacão oas inlormacoes aqui
contioas em sites. portais. blogs. e em outros meios que não o correio eletrônico. mesmo que em parte. está vetaoa sem a expressa autorizacão por escrito
oo autor. Tambem está vetaoa a oivulgacão oas inlormacoes. em tooo ou em parte. por e-mail caso este arquivo não esteja anexo à mensagem.
Quem responoeu à pesquisa?
Gente de todo lugar do pais.
São Faulo lioerou a participacão na pesquisa com 89
colaboraoores. seguioo pelo Rio oe ]aneiro oe onoe vieram 5!
contribuicoes. Os estaoos oo Acre. Amapá. Goiás. Mato Grosso
oo Sul. Fiaui. Ronoonia. Roraima. Tocantins e Sergipe não
tiveram participantes.
A maioria trabalha em empresa privaoa. mas uma latia
signincante atua em orgãos ou empresas oo governo. O numero
oe F]s. empresários. autônomos. e pessoas que oesempenham
outras ativioaoes somou 11.85º.
SP
P[
AM
AL
Outros (Sul)
Outros (Noroeste)
Outros (Suoeste)
Centro- Oeste
0 23 45 68 90
Oto Partlclpantes
Dos participantes que trabalham em empresas privaoas. a
maioria atua em companhias oe granoe porte.
Lmpresa Prlvaoa Lmpresa Publlca
Orgáo oo Governo Outros
Granoe Porte Méolo Porte
Pequeno Porte
O PRO]EYO:
Um granoe projeto, náo
necessarlamente preclsa oe uma
granoe equlpe, mas
necessarlamente ele preclsa oe um
granoe publlco: so asslm ele
realmente sera granoe.
Carla Anaral VIdottI
SALAP|O DOS LNGLNHL|POS A8P|L 2010
O autor autoriza e estimula a oistribuicão oeste arquivo. na integra e sem alteracoes. em listas oe e-mails. Entretanto. a publicacão oas inlormacoes aqui
contioas em sites. portais. blogs. e em outros meios que não o correio eletrônico. mesmo que em parte. está vetaoa sem a expressa autorizacão por escrito
oo autor. Tambem está vetaoa a oivulgacão oas inlormacoes. em tooo ou em parte. por e-mail caso este arquivo não esteja anexo à mensagem.
A palavra de quem ganha mais de R$ 150.000,00
O dIretor de IogístIco de umo gronde IndústrIo, e
engenheIro de produção peIo l£I-SP, nos conto suo
hIstórIo de vIdo destocondo os grondes oprendIzodos
do trojetórIo proBssIonoI.
Prezados,

É evidente que esse é um resumo de acontecimentos
pessoais que mais me marcaram, principalmente, os
aprendizados. Sem nenhuma pretensão de ser um e-
mail do segmento de auto-ajuda (nada contra mas
confesso que não sou fã dessas literaturas), estou
aceitando o convite em dar esse depoimento,
simplesmente para que os mais novos não caiam no conto
da sereia.
Ainda hoje eu vejo alunos que se acham espertalhões
por colarem sem que o professor veja, fazerem trabalho no
vácuo de quem realmente coloca a mão na massa,
copiarem exercicios do colega só para ganhar um mísero
ponto, arrumarem um jeito mais fácil de se dar bem e o
mais lamentável é que, covardemente, dizem que fazem
isso pois não tem tempo. Se não tem tempo nem no final
de semana, não faça faculdade, muito menos engenharia
que demanda muito. No mundo real e honesto, não se
consegue enganar por muito tempo. A fórmula mágica é
trabalhar muito.
Sou Engenheiro de Produção pela FEÌ - SP
(1.987) com pós graduação de Administração pela FAAP -
SP (1.992) atuando como diretor em uma grande empresa
do segmento de alimentação. Sou casado a 23 anos, tenho
um filho de 22 anos nascido em SP e uma filha de 11.
Em 2.009 (47 anos) iniciei Engenharia Civil do zero,
sem eliminar nenhuma matéria básica, mesmo já sendo
engenheiro e tendo cargo de diretor. Sem dúvida, ir para
faculdade dessa forma é muito mais motivante. Estou ali
pelo simples motivo de querer. Vou para a aula a noite,
estudo muito nos finais de semana, levo a sério e
ainda consigo dar atenção para minha esposa e filha.
Acho que o inicio foi muito parecido com os demais
engenheiros recém-formados, ou seja, "o que será da
minha vida agora?".
Com 24 anos, tive que esperar 6 meses para passar
de estagiário para engenheiro. Achava aquilo um absurdo
mas eu não tinha escolha. Tinha que ganhar um salário,
mesmo de estagiário, pois estava de casamento marcado.
Com 26 anos, depois de tomar contato com a
verdadeira realidade, resolvi buscar novas
oportunidades. Após procurar muito, encontrei uma
empresa concorrente, bem menor , mesmo salário, porém
era um lugar em que eu tinha certeza absoluta de que iria
crescer profissionalmente. A empresa estava muito
bagunçada. Eu era o engenheiro "faz tudo", reportando
diretamente aos donos. Que aprendizado.
Com 28 anos, tive que tomar uma difícil decisão de ir
para uma empresa maior, melhor salário, porém na certeza
de que lá eu seria só mais um. Ìniciei na produção e após 6
meses, me convocaram (sim, pois certamente os que
foram convidados não aceitaram) para atuar em um projeto
que não tinha nada a ver com o que eu sonhava. Esse
projeto era a implantação de um ERP (Sistemas Ìntegrados
de Gestão Empresarial).
Daí para frente, morando de aluguel e com um filho
pequeno, o conhecimento adquirido com implantação de
ERP possibilitou que eu fosse para outras empresas de
diversos segmentos. Com 31 anos dei entrada no
apartamento com intenção de quitá-lo após 7 anos.
SALAP|O DOS LNGLNHL|POS A8P|L 2010
Vale a pena estudar sim.
Cuidado com as promessas, ainda
mais se forem feitas por alguém que
não tem autonomia para decidir.
$ó leve um amigo para trabalhar com
você, se tiver certeza absoluta que
ele é capaz. ]amais somente pela
amizade.
Faça sempre o melhor, independente
do salário
Por mais contrariado que você Bque,
só de raiva, faça o melhor.
O autor autoriza e estimula a oistribuicão oeste arquivo. na integra e sem alteracoes. em listas oe e-mails. Entretanto. a publicacão oas inlormacoes aqui
contioas em sites. portais. blogs. e em outros meios que não o correio eletrônico. mesmo que em parte. está vetaoa sem a expressa autorizacão por escrito
oo autor. Tambem está vetaoa a oivulgacão oas inlormacoes. em tooo ou em parte. por e-mail caso este arquivo não esteja anexo à mensagem.
Com 33 anos, eu estava trabalhando em uma grande
empresa, porém a prestação do meu apartamento
comprometia cerca de 45% do meu salário. Liguei para
uma empresa de consultoria e em 10 dias saí de SP para
trabalhar como consultor em outro estado. Durante 2 anos
eu via minha esposa e filho a cada 15 dias.
Com 35 anos aceitei o convite para trabalhar nessa
empresa na qual estou até hoje.Aos 36, nasceu minha
filha. Aos 38 terminei de pagar meu 1o. apartamento. Aos
41 me tornei diretor. Aos 43 anos realizamos nosso
sonho ao comprar uma casa normal, em um bairro bom. E
hoje, aos 47 anos, acompanhando muito minha filha,
fazendo coisas simples, tendo ainda muita, mas muita
preocupação em trazer o melhor resultado para a
empresa, trocando algumas horas de lazer por estudo,
perdendo algumas horas de sono por conta de problemas
na operação industrial, me preocupando com meu filho que
está em SP... Confesso: me sinto muito bem com tudo isso.
Conselho que me deram e eu acredito:
Um grande abraço a todos e sucesso.
SALAP|O DOS LNGLNHL|POS A8P|L 2010
Me senti um chefe de familia quando
assinei a proposta de compra do meu
apartamento, mesmo sabendo que
tinha uma conta enorme para pagar
Yem que ter muita disciplina para
saldar as dividas
Algumas decisões precisam ser
rápidas, tanto na vida pessoal como
proBssional
Esse negócio de não comprometer
mais do que 25% do seu salário na
compra de imóvel, é sério.
$e o sentimento de culpa é grande
por achar que não está
acompanhando o Blho durante a fase
de crescimento, pior ainda quando
está longe.
Não se compare com ninguém.
Yrabalhe duro.
Lidar com pessoas é uma das coisas
mais complicadas.
Nas horas mais dificeis, o apoio da
esposa e as risadas dos Blhos é o que
conta de verdade
$empre busque forças para fazer o
melhor.
Busque por um padrão de vida,
compativel com o rendimento que
você terá quando tiver que parar de
trabalhar.

Contato:
salariooosengenheiros(gmail.com
Doações:
https:´´pagseguro.uol.com.br´checkout´ooacao.jhtml?email_cobranca~salariooosengenheiros(gmail.com8moeoa~BRL
As anrmativas contioas neste oocumento loram obtioas pela análise matemática oas respostas lornecioas pelos que responoeram livremente à pesquisa. O
texto rotulaoo como oepoimento e oe responsabilioaoe oe seu autor. For conta oo universo amostral ser pequeno e por não termos como garantir que tal
amostra loi aleatoria e representativa. esclarecemos que esta pesquisa não tem valor cientinco e que as inlormacoes aqui contioas não oevem ser utilizaoas
como lonte oe inlormacão para a tomaoa oe qualquer oecisão na vioa pronssional ou acaoemica.
O que posso lazer com essa pesquisa?
Enviar para os amigos.
Nos autorizamos voce a oistribuir este arquivo por e-mail. oesoe que na integra e
sem alteracoes. Entretanto. peoimos que não oivulgue os resultaoos oa pesquisa por e-
mail. sem que o arquivo esteja anexaoo.
Alertamos que o universo amostral utilizaoo pooe não ser representativo. oe lorma
que o resultaoo obtioo não oeve ser utilizaoo para apoiar oecisoes.
O YRABALHO:
O trabalbo é a melbor e a plor
oas colsas: a melbor, se tor llvre: a
plor, se tor escravo.
EnIle-Auguste ChartIer
SALAP|O DOS LNGLNHL|POS A8P|L 2010