P. 1
II Regulamento de Uniformes da Guarda Municipal de Curitiba - Claudio Frederico de Carvalho

II Regulamento de Uniformes da Guarda Municipal de Curitiba - Claudio Frederico de Carvalho

|Views: 4.186|Likes:
Publicado porInspetorFrederico
GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA

Por: Claudio Frederico de Carvalho

Com a implantação da Guarda Municipal de Curitiba em agosto

de 1988, mediante instrução normativa, entrou em vigor o Primeiro

Regulamento de Uniformes, este regimento foi elaborado pela equipe

de estudos da extinta Divisão de Operações, na época sob o

comando do Inspetor Nelson.

Ao entrar em vigor a Portaria n. 017 – do Departamento de

Material Bélico do Ministério do Exército, de 26 de agosto de 1996

(atual Comando do Exército pertencente ao Ministério da Defesa),

visando a adequação jurídica entre a norma vigente e a instituição

municipal, o exmo. Senhor Diretor da Guarda Municipal de Curitiba,

Cel PMRR Hélio Gomes de Meirelles, designou o autor, em 19 de

agosto de 1998, a fim de realizar estudos para a implantação e

adequação de um Regulamento de Uniformes específico para os

integrantes desta corporação.

Este regulamento foi concluído e encaminhado ao Comando

do Exército, para análise e posterior aprovação, recebendo o parecer

de retorno favorável, em 08 de março de 2001, através do Comando

de Operações Terrestres do Ministério da Defesa. O referido parecer

de aprovação foi reafirmado a pedido do autor em resposta realizada

pela 5ª RM/5ª DE, em 11 de abril de 2002. Fato lamentável é que

dado a mudança de Gestão Política, todos os trabalhos em

andamento foram perdidos e/ou desprezados pela nova gestão.

Dado a complexidade do assunto e a necessidade de se

implantar regulamento de uniforme nas demais corporações

municipais do país, bem como, pelo fato do autor ser procurado

constantemente sobre o assunto em pauta, nada mais justo

compartilhar este trabalho com os demais gestores públicos.
GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA

Por: Claudio Frederico de Carvalho

Com a implantação da Guarda Municipal de Curitiba em agosto

de 1988, mediante instrução normativa, entrou em vigor o Primeiro

Regulamento de Uniformes, este regimento foi elaborado pela equipe

de estudos da extinta Divisão de Operações, na época sob o

comando do Inspetor Nelson.

Ao entrar em vigor a Portaria n. 017 – do Departamento de

Material Bélico do Ministério do Exército, de 26 de agosto de 1996

(atual Comando do Exército pertencente ao Ministério da Defesa),

visando a adequação jurídica entre a norma vigente e a instituição

municipal, o exmo. Senhor Diretor da Guarda Municipal de Curitiba,

Cel PMRR Hélio Gomes de Meirelles, designou o autor, em 19 de

agosto de 1998, a fim de realizar estudos para a implantação e

adequação de um Regulamento de Uniformes específico para os

integrantes desta corporação.

Este regulamento foi concluído e encaminhado ao Comando

do Exército, para análise e posterior aprovação, recebendo o parecer

de retorno favorável, em 08 de março de 2001, através do Comando

de Operações Terrestres do Ministério da Defesa. O referido parecer

de aprovação foi reafirmado a pedido do autor em resposta realizada

pela 5ª RM/5ª DE, em 11 de abril de 2002. Fato lamentável é que

dado a mudança de Gestão Política, todos os trabalhos em

andamento foram perdidos e/ou desprezados pela nova gestão.

Dado a complexidade do assunto e a necessidade de se

implantar regulamento de uniforme nas demais corporações

municipais do país, bem como, pelo fato do autor ser procurado

constantemente sobre o assunto em pauta, nada mais justo

compartilhar este trabalho com os demais gestores públicos.

More info:

Published by: InspetorFrederico on Jun 26, 2011
Direitos Autorais:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/08/2013

pdf

text

original

Sections

Claudio Frederico de Carvalho

II

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Claudio Frederico de Carvalho

II Regulamento de Uniformes da

GUARDA MUNICIPAL
de Curitiba

2ª Edição

CURITIBA Edição do Autor 2010

III

Claudio Frederico de Carvalho

“Juro sustentar a Constituição, e as Leis, e ser obediente ás autoridades constituídas, cumprindo as ordens legaes que me forem communicadas para segurança publica e particular, fazendo os esforços, que me forem possíveis, para separar tumultos, terminar rixas, e prender criminosos em flagrante; participando, como me incumbe, immediatamente que chegarem ao meu conhecimento, todos os factos criminososo, ou projectos de perpetração de crime”.

(Juramento dos Guardas Municipais e Comandantes no Período Imperial - Art. 13 do Decreto de Criação das Guardas Municipais, de 14 de junho de 1831)

IV

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

DEDICATÓRIA

Dedico esta obra aos Honrosos Policiais com suas diversas denominações em todo o Brasil e em especial aos Guardas Municipais, que nestes últimos dois séculos vêm procurando trazer a paz e a harmonia em uma sociedade conturbada pelos momentos políticos, aspectos socioculturais e econômicos de uma nação em pleno desenvolvimento.

V

Claudio Frederico de Carvalho

AGRADECIMENTOS

Agradeço ao Pai Celestial, por nos dar inspiração para redigir esta obra, pois Ele é o criador de tudo e de todos. Agradeço ao meu filho Lucas, pela compreensão em ser privado da minha companhia nos momentos que dediquei à elaboração deste trabalho, bem como a minha esposa Viviane, que sempre esteve ao meu lado, quer na digitação, pesquisa, produção e, principalmente, no incentivo para a concretização deste livro. Agradeço ao meu amigo Cel. PMRR Helio Gomes de Meirelles, que sabiamente soube conduzir a Guarda Municipal de Curitiba, tornando-a um exemplo de corporação. Trabalhando ao seu lado, tive a oportunidade de ser designado diversas vezes, a fim de elaborar estudos futuristas, buscando a real “identidade” das Guardas Municipais. Agradeço ao Supervisor da Guarda Municipal de Curitiba Marcelo Boza Alves, por ter auxiliado significativamente na elaboração dos desenhos dos anexos I e II do presente Regulamento. Agradeço o auxílio indispensável da minha querida amiga, Analista de Recursos Humanos, Sra. Joana Sirlei de Morais. Agradeço ao Comandante Geral da Polícia Militar do Estado do Paraná, na época, CEL PMPR Luiz Fernando de Lara, bem como, os seus comandados os quais me recepcionaram muito bem, sendo atenciosos durante os seis meses que fiquei freqüentando o Estado Maior da Polícia Militar, estudando suas legislações e demais regulamentos internos. Agradeço ao leitor que me privilegia com a leitura desta obra o qual me coloco a disposição para eventuais esclarecimentos, no endereço eletrônico: cfredericoc@yahoo.com.br

VI

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

DECRETO – DE 29 DE DEZEMBRO DE 1831. Designa o uniforme e distinctivos do corpo de guardas municipaes permanentes. A Regencia, em Nome do Imperador o Senhor D. Pedro II, em execução do art. 3.° da Carta de Lei de 10 Outubro do corrente anno, Decreta: Art. 1.° O uniforme do corpo dos Guardas Municipaes permanentes será: fardeta azul com mui pequena aba, rodeada de um vivo verde, com as pontas da aba voltadas da mesma côr; botões pretos, e sobre os hombros um trancelim largo tambem preto; boné de panno azul; e os Officiaes o terão cingido de um galão largo de ouro. Art. 2.° A cavallaria terá a differença nos vivos, e volta da aba da fardeta, e botões que serão amarellos: sobre os hombros trarão uma corrente de metal tambem amarello, e o bonet, de panno azul, terá o fundo preto com o tope nacional em frente e circulado por detraz com duas correntes amarellas, que servirão para prendel-o quando convier. O correame será preto, e a cavallaria usará de um só, em que estará segura a canana, e da qual penderá a espada. Usarão de calça branca no verão, e azul no inverno, e de botins por baixo. Art. 3.° Os Officiaes e Officiaes inferiores, usarão do distinctivo de galões, como se pratica na tropa de linha, mas só os Officiaes usarão de banda. Art. 4.° As patrulhas rondarão de pistola e espada, quér sejam de infantaria quér de cavallaria. Art. 5.° O figurino junto mostra o uniforme de cavallaria. Diogo Antonio Feijó, Ministro e Secretario de Estado dos Negócios da Justiça, assim o tenha entendido e faça executar. Palácio do Rio de Janeiro em vinte e nove de Dezembro de mil oitocentos trinta e um, décimo da Independência e do Império. Francisco de Lima e Silva. José da Costa Carvalho João Bráulio Moniz. Diogo Antonio Feijó.
Transcrição: Colleção das Leis do Império do Brazil de 1831, segunda parte, Rio de Janeiro, Typographia Nacional, 1873, pg. 90.

VII

Claudio Frederico de Carvalho
INTRODUÇÃO Ao elaborar este livro, dois foram os objetivos propostos: o primeiro, oportunizar ao público alvo, exemplos de padronização de equipamentos e uniformes aos profissionais da área da segurança pública municipal, ofertando alternativas a serem aplicadas nos seus municípios de acordo com as características e tipicidades locais; o segundo, proliferar a informação, objeto do estudo, no aspecto construtivo, de maneira a disponibilizar a coletividade, um modelo de Regulamento de Uniformes, não como premissa máxima, mas sim, como um ponto de partida, um marco zero, para outras grandes obras que poderão advir deste modesto trabalho. Com a implantação da Guarda Municipal de Curitiba em agosto de 1988, mediante instrução normativa, entrou em vigor o Primeiro Regulamento de Uniformes, este regimento foi elaborado pela equipe de estudos da extinta Divisão de Operações, na época sob o comando do Inspetor Nelson. Ao entrar em vigor a Portaria n. 017 – do Departamento de Material Bélico do Ministério do Exército, de 26 de agosto de 1996 (atual Comando do Exército pertencente ao Ministério da Defesa), visando a adequação jurídica entre a norma vigente e a instituição municipal, o exmo. Senhor Diretor da Guarda Municipal de Curitiba, Cel PMRR Hélio Gomes de Meirelles, designou o autor, em 19 de agosto de 1998, a fim de realizar estudos para a implantação e adequação de um Regulamento de Uniformes específico para os integrantes desta corporação. Este regulamento foi concluído e encaminhado ao Comando do Exército, para análise e posterior aprovação, recebendo o parecer de retorno favorável, em 08 de março de 2001, através do Comando de Operações Terrestres do Ministério da Defesa. O referido parecer de aprovação foi reafirmado a pedido do autor em resposta realizada pela 5ª RM/5ª DE, em 11 de abril de 2002. Fato lamentável é que dado a mudança de Gestão Política, todos os trabalhos em andamento foram perdidos e/ou desprezados pela nova gestão. Dado a complexidade do assunto e a necessidade de se implantar regulamento de uniforme nas demais corporações municipais do país, bem como, pelo fato do autor ser procurado constantemente sobre o assunto em pauta, nada mais justo compartilhar este trabalho com os demais gestores públicos.

VIII

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

IX

Claudio Frederico de Carvalho

X

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

XI

Claudio Frederico de Carvalho
ÍNDICE Regulamento de Uniformes da Guarda Municipal de Curitiba .. Das Normas Gerais ........................................................... Sumário ............................................................................. Classificação, Composição e uso dos Uniformes .............. Peças dos Uniformes ......................................................... Disposições Gerais ............................................................ Anexo I .............................................................................. Anexo II ............................................................................. Regulamento de Uniformes – PARTE II ................................... Regulamento de Uniformes é necessário? ........................ O que é Hierarquia e Graduações ..................................... Distintivos e Medalhas ....................................................... Projeto de Gratificação de Aquisição de Uniforme ............ Regulamento de Uniformes em Vigor na GM de Curitiba ........ Decreto n.º 1513/2009 ...................................................... Portaria n.º 25/2009 ........................................................... Conclusão ............................................................................... O Autor .................................................................................... Referências Bibliográficas ........................................................ 001 001 003 008 031 106 109 157 183 184 185 188 189 197 197 213 218 219 220

XII

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Regulamento de Uniformes da Guarda Municipal de Curitiba

DAS NORMAS GERAIS

O presente Regulamento tem por finalidade prescrever os uniformes da Guarda Municipal de Curitiba, bem como regular seu uso, posse e confecção. O uso correto dos uniformes é primordial na boa apresentação individual e coletiva do pessoal da Guarda Municipal de Curitiba, constituindo-se em importante fator para o fortalecimento da disciplina, o desenvolvimento do espírito de corpo e o bom conceito do Departamento no seio da opinião pública. Constitui obrigação do servidor da Guarda Municipal de Curitiba, zelar por seus uniformes bem como pela boa apresentação dos seus pares e subordinados, em qualquer ocasião. Os uniformes prescritos neste Regulamento, bem como as peças complementares, insígnias, distintivos e cores nele estabelecidos ou regulados, são exclusividade da Guarda Municipal de Curitiba, e considerados de uso privativo, para as atividades de segurança e vigilância municipal, sendo proibido a particulares, instituições públicas e privadas, de qualquer natureza, o uso de trajes que se assemelhem aos aqui descritos e que possam provocar confusão na sua identificação.

1

Claudio Frederico de Carvalho
Os uniformes de posse obrigatória são aqueles que o servidor deve utilizar para a execução de suas atividades, e os uniformes facultativos são os previstos neste Regulamento e que poderão ser utilizados sob autorização da Direção ou de acordo com as condições climáticas. devendo em ambos os casos, ser fornecidos pelo Departamento. A critério do Diretor do Departamento poderá ser autorizado aos integrantes da Guarda Municipal, o ingresso, a saída ou o desempenho de atividades administrativas em estabelecimentos de Ensino ou Órgãos Públicos, em trajes civis adequados à missão e ao ambiente de trabalho. Não é permitido alterar as características dos uniformes, nem aos mesmos sobrepor peças, artigos, insígnias ou distintivos que não os previstos neste Regulamento ou os autorizados pela Direção do Departamento. Nas reuniões e manifestações de caráter político-partidário e no exercício de qualquer atividade estranha à Guarda Municipal, é proibido o comparecimento de servidores uniformizados, exceto nos estabelecimentos de ensino. Ao Diretor, Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais, cabe exercer ação fiscalizadora quanto ao correto uso dos uniformes por seus subordinados e pares e adotar as medidas cabíveis quando da inobservância das normas previstas neste Regulamento. Este regulamento, em cumprimento ao item 8, alínea b, da Portaria n. 017 – do Departamento de Material Bélico do Ministério do Exército, de 26 de agosto de 1996 (atual Comando do Exército pertencente ao Ministério da Defesa), será submetido á analise e posterior aprovação do Comando da 5.ª Região Militar (Paraná). Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos pelo Diretor do Departamento.

HÉLIO GOMES DE MEIRELLES DIRETOR DO DEPARTAMENTO DA GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA

2

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

SUMÁRIO
Uniforme de gala para verão .............................................................................. Uniforme de gala para inverno ............................................................................ Uniforme solene (ISS) ......................................................................................... Uniforme solene (GM) ......................................................................................... Uniforme administrativo e passeio de verão (ISS) .............................................. Uniforme administrativo e passeio de verão (GM) .............................................. Uniforme administrativo e passeio de inverno (ISS) ........................................... Uniforme administrativo e passeio de inverno (GM) ........................................... Uniforme operacional de verão básico (ISS) ...................................................... Uniforme operacional de verão básico (GM) ...................................................... Uniforme operacional de verão básico (AS) ....................................................... Uniforme operacional de inverno básico (ISS) ................................................... Uniforme operacional de inverno básico (GM) ................................................... Uniforme operacional de inverno básico (AS) .................................................... Uniforme operacional de verão para proteção ambiental (ISS) ......................... Uniforme operacional de verão para proteção ambiental (GM) ......................... Uniforme operacional de inverno para proteção ambiental (ISS) ...................... Uniforme operacional de inverno para proteção ambiental (GM) ...................... Uniforme operacional de verão para motociclistas (ISS) ................................... Uniforme operacional de verão para motociclistas (GM) ................................... Uniforme operacional de inverno para motociclistas (ISS) ................................ Uniforme operacional de inverno para motociclistas (GM) ................................ Uniforme de educação física ............................................................................. Uniforme de instrução ........................................................................................ Peças dos uniformes 1. Coberturas a. b. c. d. e. f. g. h. Quepes em tecido panamá (azul marinho) ................................................ Quepes em tecido gabardine (preto) ......................................................... Chapéus em feltro (azul marinho) .............................................................. Chapéus em feltro (preto) ........................................................................... Casquetes em tecido panamá (azul marinho) ............................................ Casquetes em tecido terbrim (verde) ......................................................... Boné com pala em tecido terbrim (azul marinho) ...................................... Boné com pala em tecido terbrim (verde) ................................................. 2. Túnicas e jaquetas a. b. c. d. e. Túnicas em gabardine (preta) masculina .................................................. Jaqueta aberta em gabardine (preta) feminina ......................................... Túnicas em gabardine (branca) masculina ............................................... Jaqueta aberta em gabardine (branca) feminina ...................................... Túnicas em panamá (azul marinho) masculina ........................................ 35 36 36 37 37 31 32 32 33 33 34 35 35 08 09 10 11 12 13 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 29 30 30

3

Claudio Frederico de Carvalho
f. g. h. i. j. k. l. Túnicas em panamá (azul marinho) feminina ........................................... Túnicas em panamá (azul marinho) masculina sem presilhas ................. Túnicas em panamá (azul marinho) feminina sem presilhas .................... Jaqueta em náilon (azul marinho) unissex ................................................ Jaqueta em náilon (azul marinho) unissex. para agente de segurança ... Jaqueta em náilon (verde) unissex ........................................................... Jaqueta de couro para motociclista (preta) unissex ................................. 3. Camisas a. b. c. d. e. f. g. h. i. j. k. l. m. n. o. p. q. r. s. t. u. v. Camisa social em tecido polyester (branca) masculina ............................. Camisa social em tecido polyester (branca) feminina ................................ Camisa social em tecido covilhã (azul clara) masculina (com presilhas) .. Camisa social em tecido covilhã (azul clara) masculina (sem presilhas) .. Camisa social em tecido covilhã (azul clara) feminina (com presilhas) ..... Camisa social em tecido covilhã (azul clara) feminina (sem presilhas) ..... Canícula em tecido covilhã (azul clara) masculina (com presilhas) .......... Canícula em tecido covilhã (azul clara) masculina (sem presilhas) .......... Canícula em tecido covilhã (azul clara) feminina (com presilhas) ............. Canícula em tecido covilhã (azul clara) feminina (sem presilhas) ............. Camisa social em tecido panamá (azul marinho) masculina ..................... Camisa social em tecido panamá (azul marinho) masc. (a/s) ................... Camisa social em tecido panamá (azul marinho) feminina ....................... Camisa social em tecido panamá (azul marinho) fem. (a/s) ..................... Camisa manga curta em tecido panamá (azul marinho) masculina ......... Camisa manga curta em tecido panamá (azul marinho) masc. (a/s) ........ Camisa manga curta em tecido panamá (azul marinho) feminina ............ Camisa manga curta em tecido panamá (azul marinho) fem. (a/s) .......... Camisa manga longa (verde) masculina ................................................... Camisa manga longa (verde) feminina ..................................................... Camisa manga curta (verde) masculina ................................................... Camisa manga curta (verde) feminina ...................................................... 4. Calças a. b. c. d. e. f. Calça em tecido gabardine (preta) masculina ........................................... Calça em tecido panamá (azul marinha) masculina .................................. Calça em tecido panamá (azul marinha) feminina ..................................... Culote modelo francês em tecido panamá (azul marinho) masc./fem ...... Calça em tecido terbrim (verde) masculina ............................................... Calça em tecido terbrim (verde) feminina .................................................. 5. Saias a. b. Saia longa em tecido gabardine (preta) ..................................................... 63 Saia em tecido panamá (azul marinho) ..................................................... 63 6. Calçados 60 61 61 62 62 63 43 44 44 44 45 45 46 46 47 48 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 38 38 39 39 40 41 42

4

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

a. b. c. d. e. f. g. h.

Sapato social masculino (preto) ................................................................. Sapato masculino (preto) ............................................................................ Sapato social feminino (preto) ..................................................................... Sapato feminino (preto) ............................................................................... Botina (preta) ............................................................................................... Coturno em couro com náilon (preto) .......................................................... Bota para motociclistas (preto) ................................................................... Tênis branco ............................................................................................... Peças complementares

64 64 64 64 65 65 65 66

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 21. 22. 23. 24. 25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34. 35. 36. 37. 38.

Agasalho de educação física para instrução .............................................. Apito com cordão (branco) e fiel ................................................................. Apito com cordão (ouro) e fiel ..................................................................... Bota de borracha preta ............................................................................... Cachecol (branco) ...................................................................................... Cachecol (verde) ........................................................................................ Calção (azul marinho) feminino .................................................................. Calção (azul marinho) masculino ............................................................... Camiseta meia manga (azul clara) ............................................................. Camiseta regata (branca) ........................................................................... Camiseta sem manga (branca) ................................................................... Capa de chuva com bolsa (azul marinho) ................................................... Capa de chuva com bolsa (azul marinho) para agente de segurança ....... Capa de chuva com bolsa (verde musgo) .................................................. Capacete de motociclista ............................................................................ Capacetes de choque ................................................................................. Capote feminino .......................................................................................... Capote masculino ........................................................................................ Cinta em náilon (azul marinho) com fivela metálica .................................... Cinta em náilon (verde) com fivela metálica ............................................... Cinto (preto) com fivela metálica ................................................................ Cinto de guarnição completo as ................................................................. Cinto de guarnição completo GMC ............................................................. Colete de proteção balística estilo dissimulado (azul marinho) .................. Colete refletivo ............................................................................................ Conjunto impermeável para motociclista .................................................... Gravata cruzada .......................................................................................... Gravata horizontal ....................................................................................... Gravata vertical (azul marinho) feminina .................................................... Gravata vertical (azul marinho) masculina ................................................. Gravata vertical (preta) ............................................................................... Luva de couro ............................................................................................. Luva de couro para motociclista ................................................................. Meia –calça (preta) ..................................................................................... Meia –fina (preta) ........................................................................................ Meia social (preta) ....................................................................................... Meia soquete branca .................................................................................. Pulôver de lã (azul marinho) .......................................................................

66 67 67 67 67 68 68 69 69 69 70 70 71 72 73 74 75 75 76 76 76 77 78 79 79 80 81 82 82 82 82 83 83 83 84 84 84 84

5

Claudio Frederico de Carvalho
39. Pulôver de lã (verde musgo) ....................................................................... 85 Luvas amovíveis e platinas a. b. c. d. e. f. g. h. i. j. k. Luva amovível em lã (para capote) ............................................................. Luva amovível em panamá (azul marinho) masculino ................................ Luva amovível em panamá (azul marinho) feminino .................................. Luva amovível em terbrim plus (verde musgo) masculino ......................... Luva amovível em terbrim plus (verde musgo) feminino ............................ Luva amovível em náilon (azul noite) ......................................................... Luva amovível em náilon (verde musgo) .................................................... Luva amovível em panamá (preta) ............................................................. Platina móvel de veludo (preto) .................................................................. Platina móvel de veludo (azul marinho) masculina .................................... Platina móvel de veludo (azul marinho) feminina ....................................... Tarjas de identificação a. b. c. d. e. f. g. h. i. j. k. l. m. n. o. Tarja de identificação “ISS” masculina (azul marinho) ............................... Tarja de identificação “ISS” feminina (azul marinho) .................................. Tarja de identificação “GM” masculina (azul marinho) ............................... Tarja de identificação “GM” feminina (azul marinho) .................................. Tarja de identificação “AS” masculina (vermelho) ...................................... Tarja de identificação “AS” feminina (vermelho) ........................................ Tarja de identificação “ISS” masculina (verde musgo) ............................... Tarja de identificação “ISS” feminina (verde musgo) .................................. Tarja de identificação “GM” masculina (verde musgo) ............................... Tarja de identificação “GM” feminina (verde musgo) .................................. Tarja de identificação braçal em tecido bordado (agente de segurança) .. Tarja de identificação braçal em tecido bordado (proteção ambiental) ..... Tarja de identificação braçal em silk-screen (agente de segurança) ......... Plaqueta de identificação (ISS) .................................................................. Plaqueta de identificação (GM) .................................................................. 1. Insígnias a. b. c. d. e. f. Inspetor(a) .................................................................................................. Subinspetor(a) ............................................................................................ Supervisor(a) .............................................................................................. Insígnia GMC .............................................................................................. Brasão do município de Curitiba ................................................................. Ramos de louro ........................................................................................... 2. Insígnias metálicas (platina) a. Brasão do município de Curitiba ................................................................. 98 3. Insígnias bordadas de ombro 96 96 97 97 97 97 90 90 91 91 91 92 92 93 93 94 94 94 95 95 96 85 85 86 86 86 87 87 88 88 89 89

6

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

a. b. c. d. e. f.

Disposição das Disposição das Disposição das Disposição das Disposição das Disposição das

insígnias insígnias insígnias insígnias insígnias insígnias

nas luvas amovíveis para inspetor(a) ................ nas luvas amovíveis para sub-inspetor(a) ......... nas luvas amovíveis para supervisor(a) ............ nas platinas para inspetor(a) ............................. nas platinas para sub-inspetor(a) ...................... nas platinas para supervisor(a) ......................... Distintivos

98 98 98 99 99 100

a. b. c. d. e. f. g. h. i. j. k. l. m. n.

Distintivo em metal dourado e esmaltado para cobertura ......................... Distintivo em tecido bordado para boné com pala ..................................... Distintivo em adesivo aderente para capacete .......................................... Distintivo padrão gmc em metal dourado e esmaltado para peito ............. Distintivo padrão gmc em silk-screen para peito ........................................ Distintivo padrão gmc em tecido bordado .................................................. Distintivo padrão gmc em tecido bordado (miniatura) ................................ Distintivo composto gmc em metal dourado e esmaltado para bolso ....... Distintivo braçal gmc em tecido bordado ................................................... Distintivo braçal gmc em silk-screen .......................................................... Bandeira do município de curitiba em tecido bordado .............................. Bandeira do município de curitiba em silk-screen ..................................... Botões de uniformes gmc (brasão do município de Curitiba) .................... Botões de uniformes gmc (brasão do município de Curitiba) 7/8 ..............

100 101 101 101 102 102 103 103 104 104 105 105 105 105

Disposições gerais ........................................................................................... 106

7

Claudio Frederico de Carvalho
CLASSIFICAÇÃO, COMPOSIÇÃO E USO DOS UNIFORMES A classificação, a composição e o uso dos uniformes, obedecem às seguintes prescrições: UNIFORME DE GALA PARA VERÃO Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as) Composição a. masculino Quepe em tecido gabardine (preto) Camisa social em tecido polyester (branca) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina Preta, com a respectiva graduação Gravata vertical em tecido gabardine (preta) ou gravata horizontal em seda (preta) Cinto preto Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Túnica em tecido gabardine (branca) com presilhas Calça em tecido gabardine (preta) Meias pretas Sapato social preto b. feminino Chapéu em feltro (preto) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina Preta, com a respectiva graduação Camisa social em tecido polyester (branca) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso, sem o suporte Gravata em seda preta cruzada Cinto preto Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Jaqueta aberta em tecido gabardine (branca) com presilhas Saia longa em tecido gabardine (preta) Sapato social preto com salto alto Meias calça preta

8

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Uso No verão em recepções de grande gala e reuniões sociais, oficiais ou de caráter particular, devendo ser substituído o uso da gravata vertical, pela gravata horizontal (borboleta) nos eventos em que se exija o “smoking” para os demais convidados, permanecendo em ambos os casos as mulheres com a gravata em seda cruzada. UNIFORME DE GALA PARA INVERNO Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as) Composição a. masculino Quepe em tecido gabardine (preto) Camisa social em tecido polyester (branca) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina Preta, com a respectiva graduação Gravata vertical em tecido gabardine (preta) ou gravata horizontal em seda (preta) Cinto preto Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Túnica em tecido gabardine (preta) com presilhas Calça em tecido gabardine (preta) Meias pretas Sapato social preto b. feminino Chapéu em feltro (preto) Camisa social em tecido polyester (branca) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina Preta, com a respectiva graduação Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso, sem o suporte. Gravata em seda preta cruzada Cinto preto Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Jaqueta aberta em tecido gabardine (preta) com presilhas Saia longa em tecido gabardine (preta)

9

Claudio Frederico de Carvalho
Sapato social preto com salto alto Meia calça preta Uso No inverno em recepções de grande gala e reuniões sociais, oficiais ou de caráter particular, devendo ser substituído o uso da gravata vertical, pela gravata horizontal (borboleta) nos eventos em que se exija o “smoking” para os demais convidados, permanecendo em ambos os casos as mulheres com a gravata em seda cruzada. UNIFORME SOLENE (ISS) Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as) Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Camisa social em tecido covilhã (azul clara) com presilhas Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina azul marinho, com a respectiva graduação Gravata vertical (azul marinho) Cinta (azul marinho) em náilon Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Túnica em tecido Panamá (azul marinho) com presilhas Calça em tecido Panamá (azul marinho) meias pretas sapato social preto b. feminino Chapéu em feltro (azul marinho) Camisa social em tecido covilhã (azul clara) com presilhas Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina azul marinho, com a respectiva graduação Gravata vertical (azul marinho) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Cinta (azul marinho) em náilon Túnica em tecido Panamá (azul marinho) com presilhas

10

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Saia em tecido Panamá (azul marinho) Sapato social preto Meia calça preta Uso Em solenidades oficiais, desfiles, formaturas, reuniões, cerimônias, representações e atos sociais, quando for exigido o traje passeio para os demais convidados. UNIFORME SOLENE (GM) Posse Obrigatório para Guardas Municipais. Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Camisa social em tecido covilhã (azul clara) sem presilhas Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Gravata vertical (azul marinho) Cinta (azul marinho) em náilon Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Túnica em tecido Panamá (azul marinho) sem presilhas Calça em tecido Panamá (azul marinho) meias pretas sapato social preto b. feminino Chapéu em feltro (azul marinho) Camisa social em tecido covilhã (azul clara) sem presilhas Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Gravata vertical (azul marinho) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Cinta (azul marinho) em náilon Túnica em tecido Panamá (azul marinho) sem presilhas Saia em tecido Panamá (azul marinho) Sapato social preto Meia calça preta

11

Claudio Frederico de Carvalho
Uso Em solenidades oficiais, desfiles, formaturas, reuniões, cerimônias, representações e atos sociais, quando for exigido o traje passeio para os demais convidados. UNIFORME ADMINISTRATIVO E PASSEIO DE VERÃO (ISS) Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as) Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Camisa canícula (azul clara) com presilhas Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina azul marinho, com a respectiva graduação Camiseta regata (branca) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Cinta (azul marinho) em náilon Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias pretas Sapato preto b. feminino Chapéu em feltro (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina azul marinho, com a respectiva graduação Camisa canícula (azul clara) com presilhas Camiseta regata (branca) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Cinta (azul marinho) em náilon Saia em tecido Panamá (azul marinho) Sapato social preto Meia calça preta Uso Em trânsito, em solenidades oficiais, visitas, recepções e expediente interno. Canícula com tarja de identificação.

12

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

UNIFORME ADMINISTRATIVO E PASSEIO DE VERÃO (GM) Posse Obrigatório para Guardas Municipais Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Camisa canícula (azul clara) sem presilhas Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camiseta regata (branca) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Cinta (azul marinho) em náilon Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias pretas Sapato preto b. feminino Chapéu em feltro (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa canícula (azul clara) sem presilhas Camiseta regata (branca) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Cinta (azul marinho) Saia em tecido Panamá (azul marinho) Sapato social preto Meia calça preta Uso Em trânsito, em solenidades oficiais, visitas, recepções e expediente interno. Canícula com tarja de identificação. UNIFORME ADMINISTRATIVO E PASSEIO DE INVERNO (ISS) Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as) Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho)

13

Claudio Frederico de Carvalho
Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina azul marinho, com a respectiva graduação Camisa social em tecido covilhã (azul clara) com presilhas Camiseta regata (branca) Gravata vertical (azul marinho) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Cinta (azul marinho) em náilon Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias pretas Sapato preto b. feminino Chapéu em feltro (azul marinho) Camisa social em tecido covilhã (azul clara) com presilhas Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Platina azul marinho, com a respectiva graduação Camiseta regata (branca) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Gravata vertical (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Cinta (azul marinho) em náilon Calça em tecido Panamá (azul marinho) Sapato (preto) Meias finas Uso Em trânsito, em solenidades oficiais, visitas, recepções e expediente interno. Camisa azul, com tarja de identificação. UNIFORME ADMINISTRATIVO E PASSEIO DE INVERNO (GM) Posse Obrigatório para Guardas Municipais Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Camisa social em tecido covilhã (azul clara) sem presilhas Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camiseta regata (branca)

14

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Gravata vertical (azul marinho) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Cinta (azul marinho) em náilon Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias pretas Sapato preto b. feminino Chapéu em feltro (azul marinho) Camisa social em tecido covilhã (azul clara) sem presilhas Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camiseta regata (branca) Distintivo composto GMC em metal dourado e esmaltado para bolso Gravata vertical (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Cinta (azul marinho) em náilon Calça em tecido Panamá (azul marinho) Sapato (preto) Meias finas Uso Em trânsito, em solenidades oficiais, visitas, recepções e expediente interno. Camisa azul, com tarja de identificação. UNIFORME OPERACIONAL DE VERÃO BÁSICO (ISS) Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as) Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Camiseta sem manga (branca) Luva Amovível (azul marinha) com a respectiva graduação Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho)

15

Claudio Frederico de Carvalho
Meias (pretas) Botina (preta) ou sapato (preto) com cadarço Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Camiseta sem manga (branca) Luva Amovível (azul marinha) com a respectiva graduação Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias finas (preta) Sapato (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito Uso No patrulhamento urbano, em deslocamento e em serviços de guarda. UNIFORME OPERACIONAL DE VERÃO BÁSICO (GM) Posse Obrigatório para Guardas Municipais Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Camiseta sem manga (branca) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias (pretas)

16

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Botina (preta) ou sapato (preto) com cadarço Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Camiseta sem manga (branca) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias finas (preta) Sapato (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito Uso No patrulhamento urbano, em deslocamento e em serviços de guarda. UNIFORME OPERACIONAL DE VERÃO BÁSICO (AS) Posse Obrigatório para Agentes de Segurança Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Camiseta sem manga (branca) Tarja bordada de identificação braçal em meia lua, para Agente de Segurança Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias (pretas)

17

Claudio Frederico de Carvalho
Botina (preta) com cadarço Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “AS” completo, com bastão PR -24 Cordão (branco) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Camiseta sem manga (branca) Tarja bordada de identificação braçal em meia lua, para Agente de Segurança Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias finas (preta) Sapato (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “AS” completo, com bastão PR -24 Cordão (branco) com fiel e apito Uso No deslocamento e em serviços de guarda. UNIFORME OPERACIONAL DE INVERNO BÁSICO (ISS) Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as) Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Camiseta regata (branca) Gravata vertical (azul marinho) Luva Amovível (azul marinha) com a respectiva graduação Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho)

18

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Meias (pretas) Botina (preta) ou sapato (preto) com cadarço Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Camiseta regata (branca) Gravata vertical (azul marinho) Luva Amovível (azul marinha) com a respectiva graduação Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias finas (preta) Sapato (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito Uso No patrulhamento urbano, em deslocamento e em serviços de guarda. UNIFORME OPERACIONAL DE INVERNO BÁSICO (GM) Posse Obrigatório para Guardas Municipais Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Camiseta regata (branca) Gravata vertical (azul marinho) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada)

19

Claudio Frederico de Carvalho
Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias (pretas) Botina (preta) ou sapato (preto) com cadarço Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Camiseta regata (branca) Gravata vertical (azul marinho) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias finas (preta) Sapato (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito Uso No patrulhamento urbano, em deslocamento e em serviços de guarda. UNIFORME OPERACIONAL DE INVERNO BÁSICO (AS) Posse Obrigatório para Agentes de Segurança Composição a. masculino Quepe em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Camiseta regata (branca) Gravata vertical (azul marinho) Tarja bordada de identificação braçal em meia lua, para Agente de Segurança Cinta de náilon (azul marinho)

20

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias (pretas) Botina (preta) com cadarço Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “AS” completo, com bastão PR -24 Cordão (branco) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido Panamá (azul marinho) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Camiseta regata (branca) Gravata vertical (azul marinho) Tarja bordada de identificação braçal em meia lua, para Agente de Segurança Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido Panamá (azul marinho) Meias finas (preta) Sapato (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “AS” completo, com bastão PR -24 Cordão (branco) com fiel e apito Uso No deslocamento e em serviços de guarda. UNIFORME OPERACIONAL DE VERÃO PARA PROTEÇÃO AMBIENTAL (ISS) Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as) Composição a. masculino Boné com pala em tecido terbrim (verde) Camisa em tecido terbrim manga curta (verde musgo) Camiseta sem manga (branca) Luva Amovível (verde musgo) com a respectiva graduação

21

Claudio Frederico de Carvalho
Cinta de náilon (verde musgo) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido terbrim (verde musgo) Meias (pretas) Coturno (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido terbrim (verde musgo) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido terbrim manga curta (verde musgo) Camiseta sem manga (branca) Luva Amovível (verde musgo) com a respectiva graduação Cinta de náilon (verde musgo) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido terbrim (verde musgo) Meias finas (pretas) Coturno (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito Uso No patrulhamento de parques e bosques e em deslocamento. UNIFORME OPERACIONAL DE VERÃO PARA PROTEÇÃO AMBIENTAL (GM) Posse Obrigatório para Guardas Municipais Composição a. masculino Boné com pala em tecido terbrim (verde musgo) Camisa em tecido terbrim manga curta (verde musgo) Camiseta sem manga (branca) Cinta de náilon (verde musgo) Fivela em metal com o brasão do município (prateada)

22

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Calça em tecido terbrim (verde musgo) Meias (pretas) Coturno (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido terbrim (verde musgo) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido terbrim manga curta (verde musgo) Camiseta sem manga (branca) Cinta de náilon (verde musgo) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido terbrim (verde musgo) Meias finas (pretas) Coturno (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito Uso No patrulhamento de parques e bosques e em deslocamento. UNIFORME OPERACIONAL DE INVERNO PARA PROTEÇÃO AMBIENTAL (ISS) Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as) Composição a. masculino Boné com pala em tecido terbrim (verde musgo) Camisa em tecido terbrim manga longa (verde musgo) Camiseta sem manga (branca) Luva Amovível (verde musgo) com a respectiva graduação Cinta de náilon (verde musgo) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido terbrim (verde musgo) Meias (pretas)

23

Claudio Frederico de Carvalho
Coturno (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido terbrim (verde musgo) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido terbrim manga longa (verde musgo) Camiseta sem manga (branca) Luva Amovível (verde musgo) com a respectiva graduação Cinta de náilon (verde musgo) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido terbrim (verde musgo) Meias finas (pretas) Coturno (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito Uso No patrulhamento de parques e bosques e em deslocamento. UNIFORME OPERACIONAL DE INVERNO PARA PROTEÇÃO AMBIENTAL (GM) Posse Obrigatório para Guardas Municipais Composição a. masculino Boné com pala em tecido terbrim (verde musgo ) Camisa em tecido terbrim manga longa (verde musgo ) Camiseta sem manga (branca) Cinta de náilon (verde musgo ) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido terbrim (verde musgo ) Meias (pretas) Coturno (preto)

24

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito b. feminino Casquete em tecido terbrim (verde musgo ) Distintivo em metal dourado e esmaltado para quepes Camisa em tecido terbrim manga longa (verde musgo ) Camiseta sem manga (branca) Cinta de náilon (verde musgo ) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça em tecido terbrim (verde musgo ) Meias finas (pretas) Coturno (preto) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito Uso No patrulhamento de parques e bosques e em deslocamento. UNIFORME OPERACIONAL DE VERÃO MOTOCICLISTAS (ISS) Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as) e Supervisores(as) que executem patrulhamento com motos. Composição a. masculino Capacete branco para motociclista padrão GMC Jaqueta de couro para motociclista padrão GMC Luva Amovível em panamá com a respectiva graduação Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Luva Amovível (azul marinha) com a respectiva graduação Camiseta sem manga (branca) Colete de proteção balística, estilo dissimulado (azul marinho) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça culote panamá (azul-marinho) tipo francês para motociclista

25

Claudio Frederico de Carvalho
Meias (pretas) Bota de cano longo (preta) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito b. feminino Capacete branco para motociclista padrão GMC Jaqueta de couro para motociclista padrão GMC Luva Amovível em panamá com a respectiva graduação Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Luva Amovível (azul marinha) com a respectiva graduação Camiseta sem manga (branca) Colete de proteção balística, estilo dissimulado (azul marinho) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça culote panamá (azul-marinho) tipo francês para motociclista Meias finas (preta) Bota de cano longo (preta) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito Uso Na execução de serviços ou patrulhamento com motocicletas. Para deslocamentos à pé pode ser utilizado boné com pala em tecido terbrim (azul marinho ), o quepe (masculino) ou o casquete (feminino) em substituição ao capacete. UNIFORME OPERACIONAL DE VERÃO MOTOCICLISTAS (GM) Posse Obrigatório para Guardas Municipais que executem patrulhamento com motos. Composição a. masculino Capacete branco para motociclista padrão GMC Jaqueta de couro para motociclista padrão GMC

26

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Colete de proteção balística, estilo dissimulado (azul marinho) Camiseta sem manga (branca) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça culote panamá (azul-marinho) tipo francês para motociclista Meias (pretas) Bota de cano longo (preta) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito b. feminino Capacete branco para motociclista padrão GMC Jaqueta de couro para motociclista padrão GMC Camisa em tecido panamá manga curta (azul marinho) Colete de proteção balística, estilo dissimulado (azul marinho) Camiseta sem manga (branca) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça culote panamá (azul-marinho) tipo francês para motociclista Meias finas (preta) Bota de cano longo (preta) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito Uso Na execução de serviços ou patrulhamento com motocicletas. Para deslocamentos à pé pode ser utilizado boné com pala em tecido terbrim (azul marinho ), o quepe (masculino) ou o casquete (feminino) em substituição ao capacete. UNIFORME OPERACIONAL DE INVERNO PARA MOTOCICLISTAS (ISS) Posse

27

Claudio Frederico de Carvalho
Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as) e Supervisores(as) que executem patrulhamento com motos. Composição a. masculino Capacete branco para motociclista padrão GMC Jaqueta de couro para motociclista padrão GMC Luva Amovível em panamá com a respectiva graduação Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Luva Amovível (azul marinha) com a respectiva graduação Colete de proteção balística, estilo dissimulado (azul marinho) Camiseta regata (branca) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça culote panamá (azul-marinho) tipo francês para motociclista Meias (pretas) Gravata vertical (azul marinho) Bota de cano longo (preta) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito b. feminino Capacete branco para motociclista padrão GMC Jaqueta de couro para motociclista padrão GMC Luva Amovível em panamá com a respectiva graduação Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Luva Amovível (azul marinha) com a respectiva graduação Colete de proteção balística, estilo dissimulado (azul marinho) Camiseta regata (branca) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça culote panamá (azul-marinho) tipo francês para motociclista Meias finas (preta) Gravata vertical (azul marinho) Bota de cano longo (preta) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito

28

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (ouro) com fiel e apito Uso Na execução de serviços ou patrulhamento com motocicletas. Para deslocamentos à pé pode ser utilizado boné com pala em tecido terbrim (azul marinho ), o quepe (masculino) ou o casquete (feminino) em substituição ao capacete. UNIFORME OPERACIONAL DE INVERNO PARA MOTOCICLISTAS (GM) Posse Obrigatório para Guardas Municipais que executem patrulhamento com motos. Composição a. masculino Capacete branco para motociclista padrão GMC Jaqueta de couro para motociclista padrão GMC Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Colete de proteção balística, estilo dissimulado (azul marinho) Camiseta regata (branca) Cinta de náilon (azul marinho) Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça culote panamá (azul-marinho) tipo francês para motociclista Meias (pretas) Gravata vertical (azul marinho) Bota de cano longo (preta) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito b. feminino Capacete branco para motociclista padrão GMC Jaqueta de couro para motociclista padrão GMC Camisa em tecido panamá manga longa (azul marinho) Colete de proteção balística, estilo dissimulado (azul marinho) Camiseta regata (branca) Cinta de náilon (azul marinho)

29

Claudio Frederico de Carvalho
Fivela em metal com o brasão do município (prateada) Calça culote panamá (azul-marinho) tipo francês para motociclista Meias finas (preta) Gravata vertical (azul marinho) Bota de cano longo (preta) Distintivo padrão GMC em metal dourado e esmaltado para peito Cinto de guarnição “GMC” completo, com equipamentos Cordão (branco) com fiel e apito Uso Na execução de serviços ou patrulhamento com motocicletas. Para deslocamentos à pé pode ser utilizado boné com pala em tecido terbrim (azul marinho), o quepe (masculino) ou o casquete (feminino) em substituição ao capacete. UNIFORME DE EDUCAÇÃO FÍSICA Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as), e Guardas Municipais. Composição Masculina e feminina Camiseta meia manga (azul clara) padrão GMC Calção (azul marinho) padrão GMC Meia soquete (branca), com mini brasão da GMC bordado no colarinho Tênis em couro (branco) Uso Em atividades de educação física, podendo ser substituída a camiseta meia manga (azul clara), pela camiseta regata (branca) em torneios e competições, tanto internos, quanto externos. UNIFORME DE INSTRUÇÃO Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Composição

30

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Masculina e feminina Camiseta meia manga (azul clara) padrão GMC Agasalho de educação física para instrução, padrão GMC Meia soquete (branca), com mini brasão da GMC bordado no colarinho Tênis em couro (branco) Uso Em atividades de instrução e campeonatos esportivos. PEÇAS DOS UNIFORMES As peças que compõem os uniformes, têm a seguinte descrição: 01) COBERTURAS a. Quepes em Tecido Panamá (Azul Marinho) Composição 67% polyester e 33% viscose, denominado “Panamá”, revestida internamente com napa branca, confeccionada em plástico inquebrável, PVC, revestida em plástico liso preto nas bordas internas e externas, com armação interna em plástico rígido e com uma tela denominada de "aranha", para armar o quepe, esticando as oito pontas; com pala em verniz preto, tendo na parte interna uma carneira picotada de courvim para ventilação; uma fita reveste a parte exterior da armação, sendo em veludo sintético preto; jugular em plástico estriado dourado, presa ao lado da pala por 2 botões dourados de 13 mm; na parte frontal, entre 50 a 60 mm da pala de proteção, um ilhós metálico, de 108/45 na cor preta, para fixar o distintivo em metal dourado e esmaltado para cobertura; tendo em ambas laterais abertura para ventilação, com 02 (dois) ilhoses metálicos, de 108/45 na cor preta, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 30 mm, em linha horizontal. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores, Supervisores, Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Com os Uniformes Solene, Administrativo/Passeio, e Operacional Básico, sendo facultativo quando o servidor estiver com o Uniforme Operacional para Motociclistas (devendo ser utilizado o boné com pala ou o capacete em substituição).

31

Claudio Frederico de Carvalho
b. Quepes em Tecido Gabardine (Preto) Quepe em tecido denominado “Gabardine”, revestida internamente com napa branca, armação, confeccionada em plástico inquebrável, PVC, revestida em plástico liso preto nas bordas internas e externas, com armação interna em plástico rígido e com uma tela denominada de "aranha", para armar o quepe, esticando as oito pontas; com pala em verniz preto, tendo na parte interna uma carneira picotada de courvim para ventilação; uma fita reveste a parte exterior da armação, sendo em veludo sintético preto; jugular em plástico estriado dourado, presa ao lado da pala por 2 botões dourados de 13 mm; na parte frontal, entre 50 a 60 mm da pala de proteção, um ilhós metálico, de 108/45 na cor preta, para fixar o distintivo em metal dourado e esmaltado para cobertura; tendo em ambas laterais abertura para ventilação, com 02 (dois) ilhoses metálicos, de 108/45 na cor preta, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 30 mm, em linha horizontal. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso Nos Uniformes de Gala. c. Chapéus em Feltro (Azul Marinho) Chapéu feminino, confeccionado em feltro originado da mistura de lã de ovelha e pêlo de coelho, de forma oval, compondo-se de duas partes: aba e copa; a copa tem 120 mm de altura de acordo com o número do chapéu, sendo que da base ao topo ela é levemente afunilada, com a parte superior achatada; a aba é ligada à copa no seu limite inferior por um anel de fixação com 45 mm de largura e diâmetro variável conforme a numeração; na parte da frente a aba é levemente caída, enquanto que na parte traseira é levemente levantada, dando o formato final do chapéu; o chapéu todo é forrado de tecido azul marinho, que cobre toda a superfície interna, bordado com o Brasão da GMC, arrematada na base por uma carneira preta de couro com 35 mm de largura, em toda sua extensão; na parte externa, na base da copa, uma fita de veludo com 40 mm de largura, em toda sua extensão, que constitui a cinta; sobre esta cinta será fixada na parte da frente do chapéu uma jugular dourada de 13 mm de largura confeccionada em galão de fio dourado presa pelas extremidades por dois botões pequenos de metal dourado de 15 mm;

32

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

na parte frontal, entre 50 a 60 mm da aba, deverá ser fixado o distintivo em metal dourado e esmaltado para cobertura. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Solene e Administrativo/Passeio. d. Chapéus em Feltro (Preto) Chapéu feminino, confeccionado em feltro originado da mistura de lã de ovelha e pêlo de coelho, de forma oval, compondo-se de duas partes: aba e copa; a copa tem 120 mm de altura de acordo com o número do chapéu, sendo que da base ao topo ela é levemente afunilada, com a parte superior achatada; a aba é ligada à copa no seu limite inferior por um anel de fixação com 45 mm de largura e diâmetro variável conforme a numeração; na parte da frente a aba é levemente caída, enquanto que na parte traseira é levemente levantada, dando o formato final do chapéu; o chapéu todo é forrado de tecido azul marinho, que cobre toda a superfície interna, bordado com o Brasão da GMC, arrematada na base por uma carneira preta de couro com 35 mm de largura, em toda sua extensão; na parte externa, na base da copa, uma fita de veludo com 40 mm de largura, em toda sua extensão, que constitui a cinta; sobre esta cinta será fixada na parte da frente do chapéu uma jugular dourada de 13 mm de largura confeccionada em galão de fio dourado presa pelas extremidades por dois botões pequenos de metal dourado de 15 mm; ; na parte frontal, entre 50 a 60 mm da aba, deverá ser fixado o distintivo em metal dourado e esmaltado para cobertura. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso Nos Uniformes de Gala. e. Casquetes em Tecido Panamá (Azul Marinho) Casco fundido em fibra de vidro endurecida, no formato oval 210 X 180 mm com profundidade de 95 mm; bordas chanfradas de 20 mm; em tecido panamá na cor azul marinho, fibras elásticas de grande resistência, armação fibra cilindrada revestida de faixa plástica preta, com pala em feltro preto sobre lâmina de PVC flexível

33

Claudio Frederico de Carvalho
e inquebrável, debruada com plástico preto; carneira de courvim fazendo o ajuste à cabeça; fixação da armação ao casco por meio de cola e costura firme; lapela em feltro preto tendo por base uma faixa de entretela sendo revestida nas bordas por um debrum em plástico preto e fixada ao casco por meio de costura; jugular em plástico estriado de 13 mm com laço do mesmo material, fixada ao casquete por meio de 2 botões dourados; forro em tecido Failette fixo por baixo da carneira, na parte frontal, aproximadamente a 55 mm da pala de proteção, deverá ser fixado o distintivo em metal dourado e esmaltado para cobertura; tendo em ambas laterais, aproximadamente a 55 mm da base inferior, abertura para ventilação, com 02 (dois) ilhoses metálicos, de 108/45 na cor preta, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 35 mm, em linha horizontal. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras, Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Com o Uniforme Operacional Básico, e facultativo quando a servidora estiver com o Uniforme Operacional para Motociclistas (devendo ser utilizado o boné com pala ou o capacete em substituição). f. Casquetes em Tecido Terbrim (Verde) Casco fundido em fibra de vidro endurecida, no formato oval 210 X 180 mm com profundidade de 95 mm; bordas chanfradas de 20 mm; em tecido terbrim na cor verde musgo , fibras elásticas de grande resistência, armação fibra cilindrada revestida de faixa plástica preta, com pala em feltro preto sobre lâmina de PVC flexível e inquebrável, debruada com plástico preto; carneira de courvim fazendo o ajuste à cabeça; fixação da armação ao casco por meio de cola e costura firme; lapela em feltro preto tendo por base uma faixa de entretela sendo revestida nas bordas por um debrum em plástico preto e fixada ao casco por meio de costura; jugular em plástico estriado de 13 mm com laço do mesmo material, fixada ao casquete por meio de 2 botões dourados; forro em tecido Failette fixo por baixo da carneira; na parte frontal, aproximadamente a 55 mm da pala de proteção, deverá ser fixado o distintivo em metal dourado e esmaltado para cobertura; tendo em ambas laterais,

34

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

aproximadamente a 55 mm da base inferior, abertura para ventilação, com 02 (dois) ilhoses metálicos, de 108/45 na cor preta, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 35 mm, em linha horizontal. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso Com o Uniforme Operacional para Proteção Ambiental. g. Boné com Pala Tecido Terbrim (Azul Marinho) Boné terbrim (azul marinho), com pala dura, seis pense, botão revestido com tecido terbrim (azul marinho) na copa; sistema de fechamento e regulagem com velcro; distintivo bordado para cobertura na parte frontal com fio amarelo (baixa luminosidade). Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com o Uniforme Operacional para Motociclistas (devendo ser utilizado o quepe (masculino) Casquete (feminino) ou o capacete em substituição). Podendo ainda, ser autorizado pela Direção o uso do boné com o Uniforme de Instrução, nas atividades desportivas. h. Boné com Pala em Tecido Terbrim (Verde) Boné terbrim (verde musgo ), com pala dura, seis pense, botão revestido com tecido terbrim (verde musgo ) na copa; sistema de fechamento e regulagem com velcro; distintivo bordado para cobertura na parte frontal com fio amarelo (baixa luminosidade). Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais. Uso Com o Uniforme Operacional para Proteção Ambiental. 02) TÚNICAS E JAQUETAS a. Túnicas em Gabardine (Preta) Masculino Túnica em gabardine, na cor preta, com gola tipo paletó, presilhas para platinas, dois bolsos superiores, com bicos inferiores

35

Claudio Frederico de Carvalho
quebrados, com pregas macho, portinhola reta abotoada no centro, com um botão de massa dourado padrão GMC; dois bolsos inferiores, com bicos inferiores quebrados, sem pregas, portinholas retas, pinchais dianteiros, com quatro botões de massa dourados padrão GMC; parte de trás, com ½ forro e abertura inferior; na manga direita aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, e na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso No Uniforme de Gala para Inverno, devendo usar o distintivo composto GMC para bolso. b. Jaqueta Aberta em Gabardine (Preta) Feminina Jaqueta aberta em gabardine, na cor preta, com gola tipo paletó, presilhas para platinas, mangas com punho; frente com dois pinchais de 240 mm partindo da bainha, a uma distância aproximada de 80 mm das pontas inferiores, sem cós, com abertura inferior estilo colete (aberto abaixo do abdome), com dois botões de massa dourados 7/8 padrão GMC, em cada pinchal, o primeiro á 60 mm e o outro á 170 mm, de distância da base inferior; nas costas recorte no centro e laterais abaixo das mangas, com dois pinchais de aproximadamente 155 mm a partir da bainha; na manga direita aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, e na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetora e Supervisoras. Uso No Uniforme de Gala para Inverno, devendo usar o distintivo composto GMC para bolso, sem suporte, de modo centralizado, na parte superior do lado esquerdo. c. Túnicas em Gabardine (Branca) Masculino Túnica em gabardine, na cor branca, com gola tipo paletó, presilhas para platinas, dois bolsos superiores, com bicos inferiores

36

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

quebrados, com pregas macho, portinhola reta abotoada no centro, com um botão de massa dourado padrão GMC; dois bolsos inferiores, com bicos inferiores quebrados, sem pregas, portinholas retas, pinchais dianteiros, com quatro botões de massa dourados padrão GMC; parte de trás, com ½ forro e abertura inferior; na manga direita aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, e na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso No Uniforme de Gala para Verão, devendo usar o distintivo composto GMC para bolso. d. Jaqueta Aberta em Gabardine (Branca) Feminina Jaqueta aberta em gabardine, na cor branca, com gola tipo paletó, presilhas para platinas, mangas com punho; frente com dois pinchais de 240 mm partindo da bainha, a uma distância aproximada de 80 mm das pontas inferiores, sem cós, com abertura inferior estilo colete (aberto abaixo do abdome), com dois botões de massa dourados 7/8 padrão GMC, em cada pinchal, o primeiro á 60 mm e o outro á 170 mm, de distância da base inferior; nas costas recorte no centro e laterais abaixo das mangas, com dois pinchais de aproximadamente 155 mm a partir da bainha; na manga direita aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, e na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso No Uniforme de Gala para Verão, devendo usar o distintivo composto GMC para bolso, sem suporte, de modo centralizado, na parte superior do lado esquerdo. e. Túnicas em Tecido Panamá (Azul Marinho) Masculino Túnica em Panamá, na cor azul marinho, com gola tipo paletó, presilhas para platinas, dois bolsos superiores, com bicos inferiores

37

Claudio Frederico de Carvalho
quebrados, com pregas macho, portinhola reta abotoada no centro, com um botão de massa dourado padrão GMC; dois bolsos inferiores, com bicos inferiores quebrados, sem pregas, portinholas retas, pinchais dianteiros, com quatro botões de massa dourados padrão GMC; parte de trás, com ½ forro e abertura inferior; na manga direita aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, e na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso No Uniforme Solene, devendo usar o distintivo composto GMC para bolso. f. Túnicas em Tecido Panamá (Azul Marinho) Feminina Túnica em Panamá, na cor azul marinho, com gola tipo paletó, presilhas para platinas, dois bolsos superiores, com bicos inferiores quebrados, com pregas macho, portinhola reta abotoada no centro, com um botão de massa dourado padrão GMC; mangas sem punho com platina; dois bolsos inferiores, com bicos inferiores quebrados, sem pregas, portinholas retas, pinchais dianteiros; frente traspassada com três botões de massa dourados padrão GMC, de cada lado; parte de trás com ½ forro e abertura inferior; na manga direita aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, e na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso No Uniforme Solene, devendo usar o distintivo composto GMC para bolso. g. Túnicas em Tecido Panamá (Azul Marinho) Masculino Sem Presilhas Túnica em Panamá, na cor azul marinho, com gola tipo paletó, sem presilhas, dois bolsos superiores, com bicos inferiores quebrados, com pregas macho, portinhola reta abotoada no centro,

38

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

com um botão de massa dourado padrão GMC; dois bolsos inferiores, com bicos inferiores quebrados, sem pregas, portinholas retas, pinchais dianteiros, com quatro botões de massa dourados padrão GMC; parte de trás, com ½ forro e abertura inferior; na manga direita aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, e na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Guardas Municipais. Uso No Uniforme Solene, devendo usar o distintivo composto GMC para bolso. h. Túnicas em Tecido Panamá (Azul Marinho) Feminina Sem Presilhas Túnica em Panamá, na cor azul marinho, com gola tipo paletó, sem presilhas, dois bolsos superiores, com bicos inferiores quebrados, com pregas macho, portinhola reta abotoada no centro, com um botão de massa dourado padrão GMC; mangas sem punho com platina; dois bolsos inferiores, com bicos inferiores quebrados, sem pregas, portinholas retas, pinchais dianteiros; frente traspassada com três botões de massa dourados padrão GMC, de cada lado; parte de trás com ½ forro e abertura inferior; na manga direita aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, e na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Guardas Municipais. Uso No Uniforme Solene, devendo usar o distintivo composto GMC para bolso. i. Jaqueta em Náilon (Azul Noite) Unissex Jaqueta 100% náilon, cor azul noite, impermeável, em tecido externo 100% náilon, gramatura 210 D, trama Twill, com tecido interno 100% náilon, gramatura 130 D; o forro interno com 5 (cinco) onças de acrílico esponjoso (uma camada de fibra de lã aplicada

39

Claudio Frederico de Carvalho
entre o náilon e o forro); gola esporte, platinas presas, traspassadas com 1 (um) botão de quatro furos, na cor do tecido; frente fechada com 02 (dois) botões de quatro furos, traspassadas na cor do tecido, próximo a bainha e com zíper destacável de vislon esmaltado, de 160 mm, aproximadamente, barra com acabamento em elástico em polyester com 60 mm de largura; mangas com punho com 60 mm de largura e abertura de 160 mm, traspassadas com 1 (um) botão de quatro furos, na cor do tecido; na altura do ilhós para o brasão 01 (um) bolso interno em fecho no forro; os bolsos externos, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados, 1 (um) bolsinho superior embutido de 85 mm por 30 mm, aplicado no lado direito; velcro fêmea de 25 mm de largura por 120 mm de comprimento, na cor preta aplicado acima do bolsinho superior; lado esquerdo do peito, suporte com 02 (dois) ilhoses metálicos, de 108/45, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; nas mangas a bandeira do Município de Curitiba, em tecido, nas cores originais, medindo 80 mm x 60 mm, aplicada no braço direito, a uma distância de 50 mm abaixo da costura do ombro; Distintivo Braçal da GMC aplicado no braço esquerdo a uma distância de 50 mm abaixo da costura do ombro; parte de trás lisa; os Inspetores (as), Subinspetores (as) e Supervisores (as) usarão as insígnia de sua graduação com o cordão de náilon (ouro) fiel e apito; os Guarda Municipal o cordão de náilon (branco) fiel e apito, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com o Uniforme Operacional Básico. j. Jaqueta em Náilon (Azul Noite) Unissex, para Agente de Segurança Jaqueta 100% náilon, cor azul noite, impermeável, em tecido externo 100% náilon, gramatura 210 D, trama Twill, com tecido interno 100% náilon, gramatura 130 D; o forro interno com 5 (cinco) onças de acrílico esponjoso (uma camada de fibra de lã aplicada entre o náilon e o forro); gola esporte, platinas presas, traspassadas com 1 (um) botão de quatro furos, na cor do tecido; frente fechada

40

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

com 02 (dois) botões de quatro furos, traspassadas na cor do tecido, próximo a bainha e com zíper destacável de vislon esmaltado, de 160 mm, aproximadamente, barra com acabamento em elástico em polyester com 60 mm de largura; mangas com 60 mm de largura e abertura de 160 mm, traspassadas com 1 (um) botão de quatro furos, na cor do tecido; na altura do ilhós para o brasão 01 (um) bolso interno em fecho no forro; os bolsos externos, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados, 1 (um) bolsinho superior embutido de 85 mm por 30 mm, aplicado no lado direito; velcro fêmea de 25 mm de largura por 120 mm de comprimento, na cor preta aplicado acima do bolsinho superior; lado esquerdo do peito, suporte com 02 (dois) ilhoses metálicos, de 108/45, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; aplicado na manga esquerda tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, parte de trás lisa; os Agentes de Segurança usarão cordão de náilon (branco) fiel e apito, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Facultativo para Agentes de Segurança. Uso Com o Uniforme Operacional Básico. k. Jaqueta em Náilon (Verde) Unissex Jaqueta 100% náilon, cor verde musgo, impermeável, em tecido externo 100% náilon, gramatura 210 D, trama Twill, com tecido interno 100% náilon, gramatura 130 D; o forro interno com 5 (cinco) onças de acrílico esponjoso (uma camada de fibra de lã aplicada entre o náilon e o forro); gola esporte, platinas presas, traspassadas com 1 (um) botão de quatro furos, na cor do tecido; frente fechada com 02 (dois) botões de quatro furos, traspassadas na cor do tecido, próximo a bainha e com zíper destacável de vislon esmaltado, de 160

41

Claudio Frederico de Carvalho
mm, aproximadamente, barra com acabamento em elástico em polyester com 60 mm de largura; mangas com punho com 60 mm de largura e abertura de 160 mm, traspassadas com 1 (um) botão de quatro furos, na cor do tecido; na altura do ilhós para o brasão 01 (um) bolso interno em fecho no forro; os bolsos externos, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados, 1 (um) bolsinho superior embutido de 85 mm por 30 mm, aplicado no lado direito; velcro fêmea de 25 mm de largura por 120 mm de comprimento, na cor preta aplicado acima do bolsinho superior; lado esquerdo do peito, suporte com 02 (dois) ilhoses metálicos, de 108/45, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; aplicado na manga esquerda tarja de identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL ) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL) em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, parte de trás lisa; os Inspetores (as), Subinspetores (as) e Supervisores (as) usarão as insígnia de sua graduação com o cordão de náilon (ouro) fiel e apito; os Guarda Municipal o cordão de náilon (branco) fiel e apito, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com o Uniforme Operacional para Proteção Ambiental. l. Jaqueta de Couro para Motociclista (Preta) Unissex Confeccionada em couro, na cor preta, em estilo motociclista, gola modelo paletó com possibilidade de fechamento total, com um botão de pressão em cada lado para manter a gola aberta, com reforço nos cotovelos; platinas presas com 2 (dois) botões de pressão de metal na cor do tecido; frente fechada com dois botões de pressão de metal, na cor do tecido, próximo a bainha e com zíper destacável de vislon esmaltado, de 160 mm, aproximadamente; com o sistema

42

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

de fechamento frontal de zíper, o qual deverá ser fechado até o final do sistema, mangas com punho com 60 mm de largura e abertura de 160 mm, com zíper destacável de vislon esmaltado, de 160 mm, aproximadamente; na altura do ilhós para o brasão 01 (um) bolso interno em fecho no forro; os bolsos externos com zíper destacável de vislon esmaltado, de 160 mm, aproximadamente, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados, 1 (um) bolsinho superior embutido de 85 mm por 30 mm, aplicado no lado direito, com zíper ; velcro fêmea de 25 mm de largura por 120 mm de comprimento, na cor preta aplicado acima do bolsinho superior; lado esquerdo do peito, suporte com 02 (dois) ilhoses metálicos, de 108/45, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do brasão metálico; nas mangas a bandeira do Município de Curitiba, em tecido, nas cores originais, medindo 80 mm x 60 mm, aplicada no braço direito, a uma distância de 50 mm abaixo da costura do ombro; Distintivo Braçal da GMC aplicado no braço esquerdo a uma distância de 50 mm abaixo da costura do ombro; parte de trás com pala dupla; os Inspetores (as), Subinspetores (as) e Supervisores (as) usarão as insígnia de sua graduação com o cordão de náilon (ouro) fiel e apito; os Guarda Municipal o cordão de náilon (branco) fiel e apito, devidamente sobreposto na forma circular, com as pontas do cordão guardadas dentro do bolsinho e o mesmo estando semi-aberto. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com o Uniforme Operacional para Motociclista, quando estiver executando serviços ou patrulhamento com motocicletas. 03) CAMISAS a. Camisa Social Branca Masculina Camisa social em tecido polyester (branca), colarinho em pé; sem bolsos; seis a sete botões (brancos) com dois furos, com vista esporte, parte de trás com pala dupla, prega macho aproximadamente 25 mm; punhos abotoados por um botão. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso

43

Claudio Frederico de Carvalho
Nos Uniformes de Gala. b. Camisa Social Branca Feminina Camisa social em tecido polyester (branca), colarinho em pé; sem bolsos; cinco a sete botões (brancos) do lado esquerdo, com dois furos, com vista esporte; parte de trás com pala dupla, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; punhos abotoados por um botão. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso Nos Uniformes de Gala. c. Camisa Social Azul Clara Masculina (Com Presilhas) Camisa social em tecido covilhã (azul clara), colarinho em pé, presilhas para platinas nos ombros para Inspetor, Subinspetor e Supervisor, frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas retas com bicos quebrados, abertura na portinhola esquerda para caneta, abotoados no centro, seis a sete botões (azul claro) com dois furos, com vista esporte; parte de trás com pala dupla, prega macho aproximadamente 25 mm; punhos abotoados por um botão; na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; na manga esquerda, aplicação do Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso Nos Uniformes, Solene e Administrativo/Passeio de Inverno. d. Camisa Social Azul Clara Masculina (Sem Presilhas) Camisa social em tecido covilhã (azul clara), colarinho em pé, frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas retas com bicos quebrados, abertura na portinhola esquerda para

44

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

caneta, abotoados no centro, seis a sete botões (azul claro) com dois furos, com vista esporte; parte de trás com pala dupla, prega macho aproximadamente 25 mm; punhos abotoados por um botão; na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; na manga esquerda, aplicação do Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para os Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes, Solene e Administrativo/Passeio de Inverno. e. Camisa Social Azul Clara Feminina (Com Presilhas) Camisa social em tecido covilhã (azul clara), colarinho em pé, presilhas para platinas nos ombros Inspetora, Subinspetora e Supervisora, frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas retas com bicos quebrados, abertura na portinhola esquerda para caneta, abotoados no centro, cinco a sete botões (azul claro) com dois furos, do lado esquerdo; com vista esporte, pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; punhos abotoados por um botão, na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; na manga esquerda, aplicação do Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso Nos Uniformes, Solene e Administrativo/Passeio de Inverno. f. Camisa Social Azul Clara Feminina (Sem Presilhas) Camisa social em tecido covilhã (azul clara), colarinho em pé, frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm

45

Claudio Frederico de Carvalho
de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas retas com bicos quebrados, abertura na portinhola esquerda para caneta, abotoados no centro, cinco a sete botões (azul claro) com dois furos, do lado esquerdo; com vista esporte, pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; punhos abotoados por um botão, na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; na manga esquerda, aplicação do Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para as guardas Municipais. Uso Nos Uniformes, Solene e Administrativo/Passeio de Inverno. g. Canícula Azul Clara Masculina (Com Presilhas) Camisa em tecido covilhã (azul clara), gola esporte com entretela leve, presilhas para platinas nos ombros Inspetor, Subinspetor e Supervisor, frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas retas com bicos quebrados, abertura na portinhola esquerda para caneta, abotoados no centro, seis a sete botões (azul claro) com dois furos, com vista esporte; parte de trás com pala dupla, prega macho aproximadamente 25 mm; manga curta; na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; na manga esquerda, aplicação do Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso No Uniforme Administrativo/Passeio de Verão. h. Canícula Azul Clara Masculina (Sem Presilhas)

46

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Camisa em tecido covilhã (azul clara), gola esporte com entretela leve, frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas retas com bicos quebrados, abertura na portinhola esquerda para caneta, abotoados no centro, seis a sete botões (azul claro) com dois furos, com vista esporte; parte de trás com pala dupla, prega macho aproximadamente 25 mm; manga curta; na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; na manga esquerda, aplicação do Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para as guardas Municipais. Uso No Uniforme Administrativo/Passeio de Verão. i. Canícula Azul Clara Feminina (Com Presilhas) Camisa em tecido covilhã (azul clara), gola esporte com entretela leve, presilhas para platinas nos ombros Inspetora, Subinspetora e Supervisora, frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas retas com bicos quebrados, abertura na portinhola esquerda para caneta, abotoados no centro, cinco a sete botões (azul claro) com dois furos, do lado esquerdo; com vista esporte, pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; manga curta, na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; na manga esquerda, aplicação do Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso No Uniforme Administrativo/Passeio de Verão.

47

Claudio Frederico de Carvalho
j. Canícula (Azul Clara) Feminina (Sem Presilhas) Camisa em tecido covilhã (azul clara), gola esporte com entretela leve, frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas retas com bicos quebrados, abertura na portinhola esquerda para caneta, abotoados no centro, cinco a sete botões (azul claro) com dois furos, do lado esquerdo; com vista esporte, pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; manga curta, na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; na manga esquerda, aplicação do Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço. Posse Obrigatório para as guardas Municipais. Uso No Uniforme Administrativo/Passeio de Verão. k. Camisa Social (Azul Marinho) Masculina Camisa em tecido Panamá, na cor azul marinho, com colarinho social, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor azul marinho para gravata, aplicação de platinas; frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm; portinholas com bico central partindo do centro com 50 mm para os lados com 45 mm, abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa dourado padrão GMC, frente e portinholas de bolso fechados com botões de massa dourado padrão GMC; com cinco a seis botões de massa dourado padrão GMC do lado direito, com prega macho de aproximadamente 30 mm, com pesponto nos bolsos; na parte de trás com pala dupla e reta; aplicado na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa

48

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

dourado padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com 25 mm de largura e 120 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo fixado à platina do ombro, o cordão de náilon (ouro) com fiel e apito, para Inspetor, Subinspetor e Supervisor: e cordão de náilon (branco) com fiel e apito, para Guarda Municipal, devidamente sobreposto na forma circular, Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Operacionais de Inverno, Básico e para Motociclistas. l. Camisa Social (Azul Marinho) Masculina, para Agente de Segurança Camisa em tecido Panamá, na cor azul marinho, com colarinho social, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor azul marinho para gravata, aplicação de platinas; frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm; portinholas com bico central partindo do centro com 50 mm para os lados com 45 mm, abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa dourado padrão GMC, frente e portinholas de bolso fechados com botões de massa dourado padrão GMC; com cinco a seis botões de massa dourado padrão GMC do lado direito, com prega macho de aproximadamente 30 mm, com pesponto nos bolsos; na parte de trás com pala dupla e reta; aplicado na manga esquerda tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de

49

Claudio Frederico de Carvalho
Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa dourado padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com 25 mm de largura e 120 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo fixado à platina do ombro, o cordão de náilon (branco) com fiel e apito para Agente de Segurança, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Obrigatório para os Agentes de Segurança. Uso No Uniforme Operacional Básico de Inverno. m. Camisa Social (Azul Marinho) Feminina Camisa em tecido Panamá, na cor azul marinho, com colarinho social, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor azul marinho para gravata, aplicação de platinas; frente vincada nos dois lados, com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas com bico central partindo do centro com 50 mm para os lados com 45 mm e abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa dourado padrão GMC, portinholas de bolso fechados com botões de massa dourado padrão GMC; abotoados no centro, com quatro a cinco botões de massa dourado padrão GMC do lado esquerdo; com vista esporte, com pesponto nos bolsos e com pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla e reta, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; aplicado na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa dourado padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com

50

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

25 mm de largura e 115 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo preso à platina do ombro, cordão de náilon (ouro) com fiel e apito, para Inspetora, Subinspetora e Supervisora e cordão de náilon (branco) com fiel e apito, para Guarda Municipal, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Operacionais de Inverno, Básico e para Motociclistas. n. Camisa Social (Azul Marinho) Feminina, para Agente de Segurança Camisa em tecido Panamá, na cor azul marinho, com colarinho social, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor azul marinho para gravata, aplicação de platinas; frente vincada nos dois lados, com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas com bico central partindo do centro com 50 mm para os lados com 45 mm e abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa dourado padrão GMC, portinholas de bolso fechados com botões de massa dourado padrão GMC; abotoados no centro, com quatro a cinco botões de massa dourado padrão GMC do lado esquerdo; com vista esporte, com pesponto nos bolsos e com pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla e reta, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; aplicado na manga esquerda tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA)

51

Claudio Frederico de Carvalho
em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa dourado padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com 25 mm de largura e 115 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo preso à platina do ombro, o cordão de náilon (branco) para Agente de Segurança, com fiel e apito, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Obrigatório para as Agentes de Segurança. Uso No Uniforme Operacional Básico de Inverno. o. Camisa Manga Curta (Azul Marinho) Masculina Camisa em tecido Panamá, na cor azul marinho, com colarinho social, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor azul marinho para gravata, aplicação de platinas; frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm; portinholas com bico central partindo do centro com 50 mm para os lados com 45 mm, abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa dourado padrão GMC, frente e portinholas de bolso fechados com botões de massa dourado padrão GMC; com cinco a seis botões de massa dourado padrão GMC do lado direito, com prega macho de aproximadamente 30 mm, com pesponto nos bolsos; na parte de trás com pala dupla e reta; mangas curtas, aplicado na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa dourado padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar

52

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

fita de velcro com 25 mm de largura e 120 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo fixado à platina do ombro, o cordão de náilon (ouro) com fiel e apito, para Inspetor, Subinspetor e Supervisor: e cordão de náilon (branco) com fiel e apito, para Guarda Municipal, devidamente sobreposto na forma circular, Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Operacionais de Verão, Básico e para Motociclistas. p. Camisa Manga Curta (Azul Marinho) Masc. para Agente de Segurança Camisa em tecido Panamá, na cor azul marinho, com colarinho social, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor azul marinho para gravata, aplicação de platinas; frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm; portinholas com bico central partindo do centro com 50 mm para os lados com 45 mm, abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa dourado padrão GMC, frente e portinholas de bolso fechados com botões de massa dourado padrão GMC; com cinco a seis botões de massa dourado padrão GMC do lado direito, com prega macho de aproximadamente 30 mm, com pesponto nos bolsos; na parte de trás com pala dupla e reta; mangas curtas, aplicado na manga esquerda tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de

53

Claudio Frederico de Carvalho
50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa dourado padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com 25 mm de largura e 120 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo fixado à platina do ombro, o cordão de náilon (branco) para Agente de Segurança, com fiel e apito, devidamente sobreposto na forma circular, Posse Obrigatório para os Agentes de Segurança. Uso No Uniforme Operacional Básico de Verão. q. Camisa Manga Curta (Azul Marinho) Feminina Camisa em tecido Panamá, na cor azul marinho, com colarinho social, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor azul marinho para gravata, aplicação de platinas; frente vincada nos dois lados, com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas com bico central partindo do centro com 50 mm para os lados com 45 mm e abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa dourado padrão GMC, portinholas de bolso fechados com botões de massa dourado padrão GMC; abotoados no centro, com quatro a cinco botões de massa dourado padrão GMC do lado esquerdo; com vista esporte, com pesponto nos bolsos e com pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla e reta, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; mangas curtas, aplicado na manga esquerda o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa dourado padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar

54

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

fita de velcro com 25 mm de largura e 115 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo preso à platina do ombro, o cordão de náilon (ouro) com fiel e apito, para Inspetora, Subinspetora e Supervisora: e cordão de náilon (branco) com fiel e apito, para Guarda Municipal, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Operacionais de Verão, Básico e para Motociclistas. r. Camisa Manga Curta (Azul Marinho) Fem. para Agente de Segurança Camisa em tecido Panamá, na cor azul marinho, com colarinho social, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor azul marinho para gravata, aplicação de platinas; frente vincada nos dois lados, com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas com bico central partindo do centro com 50 mm para os lados com 45 mm e abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa dourado padrão GMC, portinholas de bolso fechados com botões de massa dourado padrão GMC; abotoados no centro, com quatro a cinco botões de massa dourado padrão GMC do lado esquerdo; com vista esporte, com pesponto nos bolsos e com pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla e reta, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; mangas curtas, aplicado na manga esquerda tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE

55

Claudio Frederico de Carvalho
SEGURANÇA) em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa dourado padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com 25 mm de largura e 115 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo preso à platina do ombro, o cordão de náilon (branco) para Agente de Segurança, com fiel e apito, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Obrigatório para as Agentes de Segurança. Uso No Uniforme Operacional Básico de Verão. s. Camisa Manga Longa (Verde) Masculina Camisa em tecido terbrim plus, na cor verde musgo (609), com gola esporte com entretela leve, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor verde musgo para gravata, aplicação de platinas; frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm; portinholas de bicos quebrados e abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa verde musgo padrão GMC, frente e portinholas de bolso fechados com botões de massa verde musgo padrão GMC; com cinco a seis botões de massa verde musgo padrão GMC do lado direito, com prega macho de aproximadamente 30 mm, com pesponto nos bolsos; na parte de trás com pala dupla e reta; aplicado na manga esquerda tarja de identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL ) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL) em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma

56

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço, punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa verde musgo padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com 25 mm de largura e 120 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo fixado à platina do ombro, o cordão de náilon (ouro) com fiel e apito, para Inspetor, Subinspetor e Supervisor: e cordão de náilon (branco) com fiel e apito, para Guarda Municipal, devidamente sobreposto na forma circular, Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais. Uso No Uniforme Operacional de Inverno para Proteção Ambiental. t. Camisa Manga Longa (Verde) Feminina Camisa em tecido terbrim plus, na cor verde musgo (609), com gola esporte com entretela leve e fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor verde musgo para gravata, aplicação de platinas; frente vincada nos dois lados, com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas de bicos quebrados e abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa verde musgo padrão GMC, portinholas de bolso fechados com botões de massa verde musgo padrão GMC; abotoados no centro, com quatro a cinco botões de massa verde musgo padrão GMC do lado esquerdo; com vista esporte, com pesponto nos bolsos e com pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla e reta, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; aplicado na manga esquerda tarja de identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL ) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da tarja de

57

Claudio Frederico de Carvalho
identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL) em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa verde musgo padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com 25 mm de largura e 115 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo preso à platina do ombro, o cordão de náilon (ouro) com fiel e apito, para Inspetora, Subinspetora e Supervisora: e cordão de náilon (branco) com fiel e apito, para Guarda Municipal, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso No Uniforme Operacional de Inverno para Proteção Ambiental. u. Camisa Manga Curta (Verde) Masculina Camisa em tecido terbrim plus, na cor verde musgo (609), com gola esporte com entretela leve, fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor verde musgo para gravata, aplicação de platinas; frente com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 120 mm de largura e 140 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm; portinholas de bicos quebrados e abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa verde musgo padrão GMC, frente e portinholas de bolso fechados com botões de massa verde musgo padrão GMC; com cinco a seis botões de massa verde musgo padrão GMC do lado direito, com prega macho de aproximadamente 30 mm, com pesponto nos bolsos; na parte de trás com pala dupla e reta; mangas curtas, aplicado na manga esquerda tarja de identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL ) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da

58

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

manga; na manga direita, aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL) em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa verde musgo padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com 25 mm de largura e 120 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo fixado à platina do ombro, o cordão de náilon (ouro) com fiel e apito, para Inspetor, Subinspetor e Supervisor: e cordão de náilon (branco) com fiel e apito, para Guarda Municipal, devidamente sobreposto na forma circular, Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais. Uso No Uniforme Operacional de Verão para Proteção Ambiental. v. Camisa Manga Curta (Verde) Feminina Camisa em tecido terbrim plus na cor verde musgo (609), com gola esporte com entretela leve e fechado com 1 (um) botão de quatro furos na cor verde musgo para gravata, aplicação de platinas; frente vincada nos dois lados, com dois bolsos superiores chapados, com canto inferior quebrado, medindo aproximadamente 115 mm de largura e 135 mm de altura, com prega macho de aproximadamente 30 mm, portinholas de bicos quebrados e abertura para caneta na portinhola do bolso esquerdo; platinas com um botão de massa verde musgo padrão GMC, portinholas de bolso fechados com botões de massa verde musgo padrão GMC; abotoados no centro, com quatro a cinco botões de massa verde musgo padrão GMC do lado esquerdo; com vista esporte, com pesponto nos bolsos e com pinchal a partir do meio do bolso até 100 mm da bainha; parte de trás com pala dupla e reta, dois pinchais a partir da pala com 150 mm e 100 mm após a bainha; mangas curtas, aplicado na manga esquerda tarja de

59

Claudio Frederico de Carvalho
identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL ) em tecido, a uma distância de 20 mm e o Distintivo Braçal da GMC em tecido, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura que divide o ombro da manga; na manga direita, aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (PROTEÇÃO AMBIENTAL) em tecido, a uma distância de 20 mm e a Bandeira do Município de Curitiba, em tecido, na cor original, a uma distância de 50 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; punhos com 70 mm de largura, abotoados por um botão de massa verde musgo padrão GMC; sobre o bolso direito aplicar fita de velcro com 25 mm de largura e 115 mm de comprimento para sobrepor a tarja de identificação; acima do bolso esquerdo do peito, bordado a uma distância de 35 mm acima da costura da portinhola, centralizado e em linha reta, suporte com 02 (dois) ilhoses bordados, de 5 mm, com a distância centro a centro entre os ilhoses de 37 mm, para fixação do Distintivo Padrão GMC em metal Dourado e esmaltado; no lado esquerdo preso à platina do ombro, o cordão de náilon (ouro) com fiel e apito, para Inspetora, Subinspetora e Supervisora: e cordão de náilon (branco) com fiel e apito, para Guarda Municipal, devidamente sobreposto na forma circular. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso No Uniforme Operacional de Inverno para Proteção Ambiental. 04) CALÇAS a. Calça em Tecido Gabardine (Preta) Masculina Calça em tecido gabardine, na cor preta, modelo social masculino, com uma prega voltada para o lado interno; bolsos traseiros embutidos com portinhola com bico central, medindo aproximadamente 125 mm de largura e 60 mm de altura no centro com 50 mm nas pontas, distante de 90 a 100 mm do cós; bolso lateral tipo faca e um bolsinho do lado direito com 65 mm de largura junto ao cós; cós com largura de 40 mm, com passador simples, e aplicação de gancho para o fechamento no cós e zíper com 180 mm; aplicação de dois galões de smoking, de seda gorgorão chamalotado, na cor preta, em cada perna, da parte inferior do cós até a barra, com 15

60

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

mm de largura cada uma e intervalo de 5 mm, entre elas, nas costuras laterais. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso Nos Uniformes de Gala. b. Calça em Tecido Panamá (Azul Marinho) Masculina Calça em tecido panamá, na cor azul marinho, modelo social masculino, com uma prega voltada para o lado interno; bolsos traseiros embutidos com portinhola com bico central, medindo aproximadamente 125 mm de largura e 60 mm de altura no centro com 50 mm nas pontas, acima da portinhola centralizada até a altura do cós 01 (uma) pregas voltadas para fora; bolso lateral tipo faca e um bolsinho do lado direito com 65 mm de largura junto ao cós; cós com largura de 40 mm, com passador simples, e aplicação de gancho para o fechamento no cós e zíper com 180 mm; aplicação de debrum azul com 5 mm nas costuras laterais. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores, Supervisores, Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Nos Uniformes, Solene, Administrativo/Passeio e Operacional Básico. c. Calça em Tecido Panamá (Azul Marinho) Feminina Calça em tecido panamá, na cor azul marinho, modelo social feminino, com dois bolsos laterais embutidos, tipo faca com pequena inclinação na forma de L, com 02 (duas) pregas voltadas para fora sem bolso traseiro; cós com 45 mm e 08 (oito) ou mais passador simples e aplicação de gancho para fechamento no cós e zíper de 180 mm; aplicação de debrum azul com 5 mm nas costuras laterais. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras, Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Nos Uniformes, Administrativo/Passeio de inverno e Operacionais Básico.

61

Claudio Frederico de Carvalho
d. Culote Modelo Francês em Tecido Panamá (Azul Marinho) Unissex. Culote em tecido Panamá, modelo francês, na cor azul marinho, masculino e feminino, com cós montado de 45 mm de largura com passadores simples; cós e vista fechados com latão; dois bolsos frontais embutidos com pequena inclinação na forma de L; dois bolsos traseiros embutidos com portinholas com bico central, medindo aproximadamente 125 mm de largura e 60 mm de altura no centro com 50 mm nas pontas acima da portinhola centralizada até a altura do cós 01 (uma) pregas voltadas para fora; reforço traseiro para assento e reforço entre as pernas dividindo no joelho; aplicação de couro para vestuário na parte frontal das pernas; abertura com aproximadamente 100 mm, na parte inferior das pernas e aplicação de fita viés nas barras para amarrar. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Operacionais para Motociclistas. e. Calça em Tecido Terbrim Plus (Verde) Masculina Calça em terbrim plus na cor verde musgo (609) cós com 45 mm de largura, com 08 (oito) passadores, vista fechada com zíper de 180 mm e gancho; bolso dianteiro embutido tipo faca reto, junto à costura lateral; 01 (um) bolsinho do lado direito com 65 mm de largura junto ao cós, no lado esquerdo; com abertura em forma curva; dois bolsos laterais chapados, aplicados na altura aproximada dos joelhos, com prega macho, cantos inferiores quebrados, portinhola reta com cantos quebrados, abotoada nas extremidades com dois botões de massa padrão GMC (um em cada canto) na cor do tecido; dois bolsos traseiros chapados, com prega macho, cantos inferiores quebrados, portinhola reta com cantos quebrados, abotoada nas extremidades com dois botões de massa padrão GMC (um em cada canto) na cor do tecido, acima da portinhola centralizada até a altura do cós 01 (uma) pregas voltadas para fora. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais. Uso

62

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Nos Uniformes Operacionais para Proteção Ambiental. f. Calça em Tecido Terbrim Plus (Verde) Feminina Calça em terbrim plus na cor verde musgo (609) cós com 45 mm de largura, com 08 (oito) passadores, vista fechada com zíper de 180 mm e gancho; bolso dianteiro embutido com pequena inclinação em L; 01 (um) bolsinho do lado direito com 65 mm de largura junto ao cós, no lado esquerdo; dois bolsos laterais chapados, aplicados na altura aproximada dos joelhos, com prega macho, cantos inferiores quebrados, portinhola reta com cantos quebrados, abotoada nas extremidades com dois botões de massa padrão GMC (um em cada canto) na cor do tecido; na parte de trás com 02 (duas) pregas voltadas para fora sem bolso traseiro. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Operacionais para Proteção Ambiental. 05) SAIAS a. Saia Longa em Tecido Gabardine (Preto) Saia longa em tecido gabardine (preto); cós com 70 mm de largura com quatro passadeiras simples feito no próprio tecido da saia e entretela colante fechada com botão de pressão preto e aplicação de zíper medindo 180 mm na parte de trás; duas penses traseiras e duas penses dianteiras; abertura na parte inferior traseira com aproximadamente 400 mm. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso Nos Uniformes de Gala. b. Saia em Tecido Panamá (Azul Marinho) Saia em tecido panamá (azul marinho), com cós com 45 mm de largura com quatro passadeiras simples feito no próprio tecido da saia e entretela colante fechado com botão de pressão azul marinho e aplicação de zíper na parte traseira; bolsinho embutido na altura inferior do cós no lado esquerdo; duas penses traseiras e duas penses dianteiras; abertura na parte inferior traseira com

63

Claudio Frederico de Carvalho
aproximadamente 250 mm; forrada com cetim ou alpaca; a barra ficará posicionada na altura do meio da patela. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes, Solene e Administrativo/Passeio de Verão. 06) CALÇADOS a. Sapato Social (Preto) Masculino Sapato social preto, com cadarço e costura transversal na biqueira. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso Nos Uniformes de Gala e Solene. b. Sapato (Preto) Masculino Sapato social preto, cadarço com cordão de amarrar, possuindo 8 (oito) ilhoses. Posse Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais. Uso Sendo de uso Obrigatório para os Uniformes Solene e Administrativo/Passeio; e Facultativo para os Uniformes Básicos, devendo neste caso em substituição ao sapato fazer uso da Botina. c. Sapato Social (Preto) Feminino Confeccionado em couro, totalmente forrado; com solado em poliuretano; espessura da planta de 8 mm; salto com salto 80 mm de altura; sem atacadores. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso Nos Uniformes de Gala, Solene e Administrativo/Passeio de Verão. d. Sapato (Preto) Feminino

64

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Confeccionado em couro, totalmente forrado; com solado de couro; espessura da planta de 8 mm; salto com aproximadamente 25 mm de altura; sem atacadores. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso Nos Uniformes, Administrativo/Passeio de Inverno e nos Operacionais Básico. e. Botina (Preto) Confeccionada em couro hidrofugado na cor preta; com cordão de amarrar, possuindo 10 (dez) ilhoses; cano curto acolchoado. Posse Facultativo para Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais , sendo de uso Obrigatório para os Agentes de Segurança. Uso Nos Uniformes Operacionais Básico. Os Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais, Podem substituir o uso da Botina pelo Sapato Preto. f. Coturno (Preto) Confeccionado em semi-cromo, todo almofadado, na cor preta; forrado internamente em tecido 100% poliamida; palmilha conformada em PU; solado bi-densidade; cano confeccionado em náilon impermeável. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Operacionais para Proteção Ambiental. g. Bota para Motociclista Confeccionada em couro, na cor preta; cano longo com 350 mm de comprimento na parte frontal e 300 mm na parte traseira; salto com 20 mm de altura; sem atacadores; com zíperes no lado interno medindo 330 mm; solado de borracha antiderrapante. Posse

65

Claudio Frederico de Carvalho
Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Operacionais para Motociclistas. h. Tênis Branco Confeccionado todo em náilon trilobal na cor branca, com atacadores. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com os Uniformes de Educação Física e de Instrução. PEÇAS COMPLEMENTARES Os agasalhos e demais peças usadas como complemento dos uniformes, são os seguintes: 1. Agasalho de Educação Física para Instrução Descrição Conjunto de agasalho esportivo, confeccionado em tecido tactel, na cor azul marinho; calça com bolso dianteiro embutido tipo faca reto, com abertura de 150 mm, junto à costura lateral, com zíper de aproximadamente 150 mm; elástico na cintura com 40 mm de largura, com barra nas pernas aplicada a uma distância de 250 mm acima da costura da perna esquerda; aplicação em tecido bordado do Distintivo Padrão GMC, aplicação de debrum na cor amarela com 5 mm nas costuras laterais, com friso de aproximadamente 5 mm costurada da cintura até a barra na parte da frente, no cós internamente, será usado um cadarço branco para ajustamento à cintura; Jaqueta/camisa com gola esporte, na cor do tecido, frente, abertura frontal fechada com zíper esmaltado, da barra até a gola, elástico interno na cor do tecido, sendo os punhos com 40 mm de largura e a cintura com 60 mm de largura; bolsos laterais externos, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados; no peito do lado esquerdo, o Distintivo Padrão GMC em tecido bordado, aplicado a uma distância de 150 mm abaixo da costura do ombro; na frente.

66

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Em atividades de instrução e campeonatos esportivos 2. Apito com Cordão (Branco) e Fiel Descrição Apito comum, cromado, com cordão em náilon branco, trançado, medindo aproximadamente 1000 mm de comprimento e fiel. Posse Obrigatório para Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Em todos os Uniformes Operacionais. 3. Apito com Cordão (Ouro) e Fiel Descrição Apito comum, cromado, com cordão em náilon amarelo, trançado, medindo aproximadamente 1000 mm de comprimento e fiel. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as) e Supervisores(as). Uso Em todos os Uniformes Operacionais. 4. Bota de Borracha Preta Descrição Confeccionada em borracha, na cor preta, revestida internamente com napa, cano médio, solado antiderrapante, tipo capataz. Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais nos momentos de chuva. Uso Na execução de serviços ou patrulhamento com motocicletas, nos momentos de chuva. 5. Cachecol Branco Descrição

67

Claudio Frederico de Carvalho
Confeccionado em pura lã anti-alérgica, na cor branca, com 200 mm de largura e 800 mm de comprimento; liso sem franjas; acabamento com costuras. Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) Guardas Municipais e Agentes de Segurança, em dias de frio. Uso Cobrindo a gola da camisa, ao redor do pescoço, com as extremidades descendo para dentro da vestimenta, à frente do corpo, quando as condições climáticas assim o exigirem, estando por dentro da jaqueta de náilon (azul noite), Jaqueta de motociclista ou do Capote, 6. Cachecol Verde Descrição Confeccionado em pura lã anti-alérgica, na cor verde musgo, com 200 mm de largura e 800 mm de comprimento; liso sem franjas; acabamento com costuras. Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais, em dias de frio. Uso Cobrindo a gola da camisa, ao redor do pescoço, com as extremidades descendo para dentro da vestimenta, à frente do corpo, quando as condições climáticas assim o exigirem, estando por dentro da jaqueta de náilon (verde musgo). 7. Calção Azul Marinho Feminino Descrição Confeccionado em náilon, na cor azul marinho, sendo que na parte anterior da perna esquerda será aplicado o Distintivo Padrão GMC em tecido bordado; aplicação de debrum na cor amarela com 5 mm nas costuras laterais, com friso de aproximadamente 5 mm costurada da cintura até a barra, na parte da frente, no cós internamente, será usado um cadarço branco para ajustamento à cintura; na parte interna, com forro em tecido de algodão na cor branca. Posse

68

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Facultativo para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso Em atividades de educação física. 8. Calção Azul Marinho Masculino Descrição Confeccionado em náilon, na cor azul marinho, sendo que na parte anterior da perna esquerda será aplicado o Distintivo Padrão GMC em tecido bordado; aplicação de debrum na cor amarela com 5 mm nas costuras laterais, com friso de aproximadamente 5 mm costurada da cintura até a barra, na parte da frente, no cós internamente, será usado um cadarço branco para ajustamento à cintura; na parte interna, com forro em tecido de algodão na cor branca,. Posse Facultativo para Inspetores, subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais. Uso Em atividades de educação física. 9. Camiseta Meia – Manga (azul clara) Descrição Confeccionada em 30% algodão e 70% viscose na cor azul clara; gola redonda com acabamento em galoneira 2 agulhas; mangas com acabamento em pesponto; na frente, centralizado com 240 mm abaixo da gola, aplicação em serigrafia, do Distintivo Padrão GMC, nas cores originais, medindo 230 mm x 155 mm. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com os Uniformes de Educação Física e de Instrução. 10. Camiseta Regata (branca) Descrição Confeccionada em 30% algodão e 70% viscose, na cor branca; com decote modelo “V”, sem mangas; na frente, no lado esquerdo no

69

Claudio Frederico de Carvalho
tamanho padrão com 240 mm abaixo da costura do ombro, aplicação em serigrafia, do Distintivo Padrão GMC, nas cores originais. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as), Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Com todos os Uniformes Operacionais de Inverno e com o Uniforme Solene, abaixo da Canícula, de modo que não fique visível. 11. Camiseta Sem – Manga (branca) Descrição Confeccionada em 30% algodão e 70% viscose na cor branca; gola redonda com acabamento em galoneira 2 agulhas; sem mangas; na frente, centralizado com 240 mm abaixo da gola, aplicação em serigrafia, do Distintivo Padrão GMC, nas cores originais, medindo 230 mm x 155 mm. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as), Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Com os Uniformes Operacionais de Verão e Operacional para Proteção Ambiental de Inverno. 12. Capa de Chuva com Bolsa (Azul Noite) Descrição Confeccionada em tecido náilon 70, impermeável, com resistência a penetração de água equivalente a 500 mm de coluna líquida; tecido externo em náilon 100% com urdume 78/24 e trama de 30 fios por centímetro; costuras com fio polyester e seladas com fita térmica; o sistema de fechamento com quatro botões de plástico de pressão na cor do tecido e velcro, vista esporte com 150 mm por 60 mm, aplicação de platinas presas com 1 (um) botão de plástico de pressão na cor do tecido; dois bolsos externos, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados; capuz embutido na gola, com cadarço (preto) de fechamento e pala curta; uma abertura (ventilação) nas costas com aproximadamente 600 mm de comprimento, tendo da gola até a base 350 mm de altura, abertura da barra para a cintura com 320 mm de altura; na manga direita aplicação em silk-screen da Bandeira do

70

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Município de Curitiba, refletiva, nas cores originais, a uma distância de 50 mm abaixo da costura da platina, na manga esquerda aplicação em silk-screen o Distintivo Braçal da GMC, refletivo a uma distância de 50 mm, abaixo da costura da platina; na frente, no lado esquerdo do peito, aplicação em silk-screen, do Distintivo Padrão GMC, refletivo, medindo 75 mm x 60 mm, a uma distância de 120 mm abaixo da costura do ombro; nas mangas a 100 mm dos punhos, costurado a base junto a costura da manga, no lado de trás com as pontas voltadas para cima, aplicação de platinas presas com 1 (um) botão de plástico de pressão na cor do tecido; nas costas, aplicação em silk-screen, na cor amarela, da inscrição: GUARDA MUNICIPAL – CURITIBA, de forma arqueada, com as letras medindo 30 mm de largura, 50 mm de altura, devidamente centralizado. Bolsa confeccionada no mesmo tecido tendo 270 mm de comprimento por 160 mm de altura, portinhola com bico, contendo botão plástico de pressão, na cor do tecido, na parte de trás 02 (dois) suportes, em náilon preto costurados nas pontas, para fixa-lo junto ao cinto de guarnição. Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais nos momentos de chuva. Uso Com os Uniformes Administrativo/Passeio e Operacional Básico o patrulhamento urbano, em deslocamento e em serviços de guarda, nos momentos de chuva. 13. Capa de Chuva com Bolsa (Azul Noite) para Agente de Segurança Descrição Confeccionada em tecido náilon 70, impermeável, com resistência a penetração de água equivalente a 500 mm de coluna líquida; tecido externo em náilon 100% com urdume 78/24 e trama de 30 fios por centímetro; costuras com fio poliéster e seladas com fita térmica; o sistema de fechamento com quatro botões de plástico de pressão na cor do tecido e velcro, vista esporte com 150 mm por 60 mm, aplicação de platinas presas com 1 (um) botão de plástico de pressão na cor do tecido; dois bolsos externos, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados; capuz embutido na gola, com cadarço (preto) de

71

Claudio Frederico de Carvalho
fechamento e pala curta; uma abertura (ventilação) nas costas com aproximadamente 600 mm de comprimento, tendo da gola até a base 350 mm de altura, abertura da barra para a cintura com 320 mm de altura; na manga direita aplicação em silk-screen da Bandeira do Município de Curitiba, nas cores originais, refletivas, a uma distância de 50 mm abaixo da costura da platina, e aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em silk-screen, a uma distância de 20 mm, abaixo da costura da platina, na manga esquerda aplicação em silk-screen o Distintivo Braçal da GMC, refletivo, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura da platina, e aplicação da tarja de identificação braçal em meia lua escrito (AGENTE DE SEGURANÇA) em silk-screen, a uma distância de 20 mm, abaixo da costura da platina; na frente, no lado esquerdo do peito, aplicação em silk-screen, do Distintivo Padrão GMC, refletivo, medindo 75 mm x 60 mm, a uma distância de 120 mm abaixo da costura do ombro; nas mangas a 100 mm dos punhos, costurado a base junto a costura da manga, no lado de trás com as pontas voltadas para cima, aplicação de platinas presas com 1 (um) botão de plástico de pressão na cor do tecido; nas costas, aplicação em silk-screen, na cor amarela, da inscrição: GUARDA MUNICIPAL – CURITIBA, de forma arqueada, com as letras medindo 30 mm de largura, 50 mm de altura, devidamente centralizado. Bolsa confeccionada no mesmo tecido tendo 270 mm de comprimento por 160 mm de altura, portinhola com bico, contendo botão plástico de pressão, na cor do tecido, na parte de trás 02 (dois) suportes, em náilon preto costurados nas pontas, para fixa-lo junto ao cinto de guarnição. Posse Facultativo para Agentes de Segurança, nos momentos de chuva. Uso No serviços de guarda em deslocamento, nos momentos de chuva. 14. Capa de Chuva com Bolsa (Verde Musgo) Descrição Confeccionada em tecido náilon 70, impermeável, com resistência a penetração de água equivalente a 500 mm de coluna líquida; tecido externo em náilon 100% com urdume 78/24 e trama de

72

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

30 fios por centímetro; costuras com fio poliéster e seladas com fita térmica; o sistema de fechamento com quatro botões de plástico de pressão na cor do tecido e velcro, vista esporte com 150 mm por 60 mm, aplicação de platinas presas com 1 (um) botão de plástico de pressão na cor do tecido; dois bolsos externos, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados; capuz embutido na gola, com cadarço (preto) de fechamento e pala curta; uma abertura (ventilação) nas costas com aproximadamente 600 mm de comprimento, tendo da gola até a base 350 mm de altura, abertura da barra para a cintura com 320 mm de altura; na manga direita aplicação em silk-screen da Bandeira do Município de Curitiba, nas cores originais, refletivas, a uma distância de 50 mm abaixo da costura da platina, na manga esquerda aplicação em silk-screen o Distintivo Braçal da GMC, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura da platina; na frente, no lado esquerdo do peito, aplicação em silk-screen, do Distintivo Padrão GMC, refletivo, medindo 75 mm x 60 mm, a uma distância de 120 mm abaixo da costura do ombro; nas mangas a 100 mm dos punhos, costurado a base junto a costura da manga, no lado de trás com as pontas voltadas para cima, aplicação de platinas presas com 1 (um) botão de plástico de pressão na cor do tecido; nas costas, aplicação em silk-screen, na cor amarela, da inscrição: GUARDA MUNICIPAL – CURITIBA, de forma arqueada, com as letras medindo 30 mm de largura, 50 mm de altura, devidamente centralizado. Bolsa confeccionada no mesmo tecido tendo 270 mm de comprimento por 160 mm de altura, portinhola com bico, contendo botão plástico de pressão, na cor do tecido, na parte de trás 02 (dois) suportes, em náilon preto costurados nas pontas, para fixa-lo junto ao cinto de guarnição. Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais nos momentos de chuva. Uso Com o Uniforme Operacional para Proteção Ambiental, no patrulhamento de parques e bosques e em deslocamento, nos momentos de chuva. 15. Capacete de Motociclista Descrição

73

Claudio Frederico de Carvalho
Confeccionado em termoplástico (ABS ou POLICARBONATO), de modelo comum para motociclistas (casco, viseira e cinta jugular); será pintado na cor branca, tendo faixas adesivas nas laterais nas cores amarelo e azul marinho; na parte traseira, em adesivo de cor azul marinho, a inscrição “GUARDA MUNICIPAL”; na parte traseira, e nas laterais, região inferior, fita refletiva de cor cinza clara, altamente adesiva, compatível com o “lay out” do capacete; na região frontal, acima da viseira (quando baixada) e abaixo da tomada de ar, deverá ser aplicado em adesivo altamente aderente e resistente às intempéries, o Distintivo para Cobertura. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Na execução de serviços ou patrulhamento com motocicletas. 16. Capacete de Choque Descrição Casco na cor preta que resista a impactos mínimos de projéteis .44 Magnum de 15,55g e 9 mm com velocidade de 426 m/s, comprovado por atestado de laboratório independente ou CTSCT do Ministério do Exército; viseira curva construída com material que não apresente distorção óptica acentuada e capaz de resistir a impactos mínimos de projéteis .357 Magnum de 10.26 a 425 m/s e 9 mm de 8.06 a 358 m/s; revestido internamente com espuma de polietileno ou produto similar de igual qualidade para absorção de choques; contém sistema de suspensão com ajuste de altura da cabeça; peso máximo de 3.200 gramas; tamanho único, com suspensão, carneira, cinta jugular de três pontas e queixeira regulável para cabeças entre 54,0 e 610 mm de circunferência; na região frontal, acima da viseira (quando baixada), deverá ser aplicado em adesivo altamente aderente e resistente às intempéries, o Distintivo para Cobertura. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com os todos os Uniformes Operacionais, em situações de controle de distúrbios

74

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

17. Capote Feminino Descrição Confeccionado em tecido “cachemir de lã” na cor azul marinho, com gola tipo paletó, frente com 06 (seis) botões de massa dourado padrão GMC, do lado esquerdo, traspassado; com comprimento de 7/8; manga com 03 (três) botões de massa dourado padrão GMC, traspassado, com comprimento de 7/8, na manga esquerda, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro, deverá estar afixado Distintivo Braçal da GMC em tecido nas suas cores originais; na manga direita, na mesma altura, deverá estar afixada a bandeira do Município de Curitiba, também em tecido nas suas cores originais, dois bolsos externos, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados, com platinas e um botão de massa dourado padrão GMC no tamanho normal; parte de trás com forro e abertura inferior. Posse Facultativo para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso Com os Uniformes de Inverno, Gala, Administrativo/Passeio, Solene e o Operacional Básico. 18. Capote Masculino Descrição Confeccionado em tecido “cachemir de lã” na cor azul marinho, com gola tipo paletó, com 06 (seis) botões de massa dourado padrão GMC, traspassado; com comprimento de 7/8; manga com 03 (três) botões de massa dourado padrão GMC, traspassado, com comprimento de 7/8, na manga esquerda, a 50 mm abaixo da costura que divide o ombro, deverá estar afixado Distintivo Braçal da GMC em tecido nas suas cores originais; na manga direita, na mesma altura, deverá estar afixada a bandeira do Município de Curitiba, também em tecido nas suas cores originais, dois bolsos externos, um inferior de cada lado embutido, com vista de 150 mm por 30 mm, colocados enviesados, com platinas e um botão de massa dourado padrão GMC no tamanho normal; parte de trás com forro e abertura inferior. Posse

75

Claudio Frederico de Carvalho
Facultativo para Inspetores, Subinspetores, Supervisores e Guardas Municipais Uso Com os Uniformes de Inverno, Gala, Administrativo/Passeio, Solene e o Operacional Básico. 19. Cinta em Náilon Azul Marinho com Fivela Metálica Descrição Confeccionada em náilon, na cor azul marinho, com 33 mm de largura e comprimento variável conforme a necessidade, terá numa das extremidades uma fivela metálica prateada, onde está gravado ao centro, em relevo, o brasão do Município de Curitiba, em tamanho que venha a preencher toda a frente da fivela, com fixador de cinta e uma ponteira do mesmo metal e cor. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as), Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Com os Uniformes Solene, Administrativo/Passeio, Operacional Básico e Operacional para Motociclista. 20. Cinta em Náilon Verde com Fivela Metálica Descrição Confeccionada em náilon, na cor verde musgo, com 33 mm de largura e comprimento variável conforme a necessidade, terá numa das extremidades uma fivela metálica prateada, onde está gravado ao centro, em relevo, o brasão do Município de Curitiba, em tamanho que venha a preencher toda a frente da fivela, com fixador de cinta e uma ponteira do mesmo metal e cor. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com o Uniforme Operacional para Proteção Ambiental (verde musgo). 21. Cinto Preto com Fivela Metálica Descrição

76

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Confeccionada em couro, na cor preta, com 33 mm de largura e comprimento variável conforme a necessidade, terá numa das extremidades uma fivela metálica prateada, onde está gravado ao centro, em relevo, o brasão do Município de Curitiba, em tamanho que venha a preencher toda a frente da fivela, com fixador de cinta e uma ponteira do mesmo metal e cor. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as) e Supervisores(as), Uso Com os Uniformes de Gala 22. Cinto de Guarnição Completo AS Descrição Confeccionado em cadarço polipropileno 1260, na cor preta, cadarço com 09 (nove) batidas por cem e 10,80 (dez vírgula oitenta) gramas por cada 100 mm de comprimento, tendo 50 mm de largura e entre 3,0 mm e 3,5 mm de espessura; deverá ter em suas extremidades direita e esquerda, no mínimo 150 mm de velcro preto com largura de no mínimo 25 mm do tipo gancho; em toda extensão de sua parte central, não ocupado pelo velcro tipo gancho, deverá possuir velcro preto, tipo “astrakan” de no mínimo 25 mm de largura, velcro este que servirá para ajuste do cinto pelo usuário e também com a finalidade de fixar os demais componentes evitando que corram livremente durante o uso; fivela: composta de 02 peças em metal apropriado, injetado em forma circular, diâmetro mínimo de 58 mm e máximo 60 mm com engate central, tendo em alto relevo na peça macho e o Brasão da Prefeitura Municipal de Curitiba; na peça fêmea em alto relevo estrelas de 05 pontas, distribuídas de forma homogênea no contorno da peça; acabamento da superfície da peça deve ser texturizado sem rebarbas, na cor preta fosca; 04 passadores (“belt keepers”), para cada cinto, confeccionados em cadarço de polipropileno tipo XN 2.5, na cor preta, reforçado na parte interna, por uma peça de couro sintético ou box 0,17 na mesma largura e comprimento do passador, a qual deverá ser costurada ao cadarço nas laterais, sendo que o cadarço deverá possuir 40 mm a mais que o passador de forma que possa ser dobrado e costurado nas duas extremidades, servindo de reforço para a fixação do botão de pressão. Compõem o cinturão, sendo confeccionado com o mesmo

77

Claudio Frederico de Carvalho
material, um porta bastão, fixado ao cinturão, no lado esquerdo do corpo, com uma argola em metal prateado para calçar o bastão e uma fita com velcro para fixá-lo na empunhadura. Posse Obrigatório para os Agentes de Segurança. Uso Com o Uniforme Operacional Básico, sendo facultativo o uso de equipamentos de comunicação, tais como: telefone celular, hot-toc e pager, na parte frontal do cinto de Guarnição, desde que, não modifique a disposição do porta bastão, assim como, que o mesmo seja em cor escura e discreta. 23. Cinto de Guarnição Completo GMC Descrição Confeccionado em cadarço polipropileno 1260, na cor preta, cadarço com 09 (nove) batidas por cem e 10,80 (dez vírgula oitenta) gramas por cada 100 mm de comprimento, tendo 50 mm de largura e entre 3,0 mm e 3,5 mm de espessura; deverá ter em suas extremidades direita e esquerda, no mínimo 150 mm de velcro preto com largura de no mínimo 25 mm do tipo gancho; em toda extensão de sua parte central, não ocupado pelo velcro tipo gancho, deverá possuir velcro preto, tipo “astrakan” de no mínimo 25 mm de largura, velcro este que servirá para ajuste do cinto pelo usuário e também com a finalidade de fixar os demais componentes evitando que corram livremente durante o uso; fivela: composta de 02 peças em metal apropriado, injetado em forma circular, diâmetro mínimo de 58 mm e máximo 60 mm com engate central, tendo em alto relevo na peça macho e o Brasão da Prefeitura Municipal de Curitiba; na peça fêmea em alto relevo estrelas de 05 pontas, distribuídas de forma homogênea no contorno da peça; acabamento da superfície da peça deve ser texturizado sem rebarbas, na cor preta fosca; 04 passadores (“belt keepers”), para cada cinto, confeccionados em cadarço de polipropileno tipo XN 2.5, na cor preta, reforçado na parte interna, por uma peça de couro sintético ou box 0,17 na mesma largura e comprimento do passador, a qual deverá ser costurada ao cadarço nas laterais, sendo que o cadarço deverá possuir 40 mm a mais que o passador de forma que possa ser dobrado e costurado nas duas extremidades, servindo de reforço para a fixação do botão de pressão. Compõem o cinturão, sendo confeccionados com o mesmo

78

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

material, as seguintes peças, da direita para a esquerda, um porta munição, estilo bolsa para 12 (doze) munições, fixado à 50 mm da fivela do cinturão; um coldre aberto (saque-rápido), o qual deverá ser posicionado do lado direito do corpo; um porta bastão, fixado ao cinturão, no lado esquerdo do corpo, com uma argola em metal prateado para calçar o bastão e uma fita com velcro para fixá-lo na empunhadura e um porta algemas, fixado à 50 mm da fivela do cinturão; tal disposição é usada como referencial os destros sendo facultado aos sinistromanos (canhoteiros) o uso invertido dos equipamentos. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com todos os Uniformes Operacionais, sendo facultativo o uso de equipamentos de comunicação, tais como: telefone celular, hot-toc e pager, na parte frontal do cinto de Guarnição, desde que, não modifique a disposição dos itens obrigatórios, assim como, que o mesmo seja em cor escura e discreta. 24. Colete de Proteção Balística Estilo Dissimulado Descrição Capa dos painéis de proteção balística confeccionada em tecido panamá; na cor azul marinho; com sistema de fechamento de “velcro”; na parte frontal, confeccionado para uso interno. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Quando da execução de serviços de patrulhamento a pé e motorizado, principalmente com motocicletas, e em situações de controle de distúrbios. Devendo o colete ser utilizado veladamente, em baixo da camisa panamá. 25. Colete Refletivo Descrição Confeccionado em náilon telado na cor preta; decote tipo "V" na gola; abertura frontal com velcro na cor preta, medindo aproximadamente 420 mm de comprimento por 20 mm de largura;

79

Claudio Frederico de Carvalho
com 04 (quatro) faixas altamente refletivas de cor amarelo limão, no sentido horizontal, paralelas entre si, com 40 mm de largura e contendo de forma centralizada, uma fita plástica transparente e refletiva com 20 mm de largura, em cada faixa abrangendo toda a sua extensão; nas laterais ligando as partes frontal e posterior, tem 02 (dois) elásticos preto, com 25 mm de largura e 9 mm de comprimento; na parte posterior do colete na altura das costas, com 10 mm acima da faixa refletiva, deverá ser afixado o "Distintivo Padrão GMC" na cor original, com o fundo altamente refletivo substituindo o dourado pelo amarelo limão, com 215 mm de altura e 195 mm de largura; na parte frontal do colete, no lado direito, será costurado um velcro preto para fixação da tarja de identificação, medindo 25 mm de altura por 120 mm de largura; tanto na parte frontal, quanto na parte posterior, a disposição das faixas deverá se dar á 70 mm da base inferior com 35 mm de distância entre a primeira e a segunda, logo acima com 90 mm de distancia das anteriores, será afixada as outras faixas, devendo as mesmas manterem a distância de 35 mm entre si: altura total do colete é de aproximadamente 680 mm; largura total do colete fechado aproximadamente 590 mm: contorno do colete deverá ser feito em debrum, em tecido preto com 10 mm de largura. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Com os Uniformes Operacionais, quando estiverem em serviço de auxílio ao trânsito, principalmente o Pelotão escolar, em frente as escolas públicas municipais 26. Conjunto Impermeável para Motociclistas Descrição Composto de blusão e calça na cor azul noite, confeccionado em náilon, com fios de 24 filamentos, urdume 78/24, trama de 30 fios por centímetro, impermeabilizado com resina de poliuretano ou PVC, resistente a uma pressão mínima de 600 mm de coluna líquida; costuras com fio de náilon ou poliéster, selados com fita térmica; blusão forrado com entretela de náilon, com capuz embutido na gola; com zíper frontal de 240 mm e fechamento com velcro de 295 mm; com platinas, dois bolsos frontais em diagonal medindo 270 mm com fechamento em velcro; faixas altamente refletivas medindo 20 mm de

80

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

largura, na altura do peito circundada às costas, mangas e barra do blusão; as mangas do blusão com fechamento em velcro; na manga direita aplicação em silk-screen da Bandeira do Município de Curitiba, refletiva, nas cores originais, a uma distância de 50 mm abaixo da costura da platina, na manga esquerda aplicação em silk-screen o Distintivo Braçal da GMC, refletivo, nas cores originais, a uma distância de 50 mm, abaixo da costura da platina; na frente, no lado esquerdo do peito, aplicação em silk-screen, do Distintivo Padrão GMC, refletivo, medindo 75 mm x 60 mm, a uma distância de 120 mm abaixo da costura que divide o ombro do braço; nas costas, aplicação em silk-screen, na cor amarela, da inscrição: GUARDA MUNICIPAL – CURITIBA, de forma arqueada, com as letras medindo 30 mm de largura, 50 mm de altura, devidamente centralizado. A calça com elástico na cintura, medindo 35 mm de largura, com reforço na altura dos joelhos, velcro para regulagem da abertura das pernas; uma faixa altamente refletiva que circula as pernas, com 20 mm de largura, aplicada a uma distância de 250 mm acima da costura da perna esquerda; aplicação em silk-screen do Distintivo Padrão GMC, refletiva na cor original, no lado esquerdo da coxa, a uma distância de 120 mm acima da costura da perna. Bolsa confeccionada no mesmo tecido tendo 300 mm de comprimento por 160 mm de altura, portinhola com bico, contendo botão plástico de pressão, na cor do tecido, na parte de trás 02 (dois) suportes, em náilon preto costurados nas pontas, para fixa-lo junto ao cinto de guarnição. Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais nos momentos de chuva. Uso Na execução de serviços ou patrulhamento com motocicletas, nos momentos de chuva. 27. Gravata Cruzada Descrição Confeccionada em seda, na cor preta, dupla, com 300 mm de comprimento, com regulagem em velcro. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras Uso Com os uniformes de Gala

81

Claudio Frederico de Carvalho
28. Gravata Horizontal (preta) Descrição Gravata “Borboleta” comum, confeccionada em gorgorão de seda, na cor preta, com regulagem em velcro na parte de trás. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores Uso Com os uniformes de Gala, nas reuniões sociais, oficiais ou de caráter particular, em que se exija o “smoking” para os demais convidados. 29. Gravata Vertical (Azul Marinho) Feminino Descrição Gravata feminina, na cor preta, confeccionada em tecido Panamá, com o comprimento inferior a gravata masculina, dotada de sistema de fechamento com “zíper”. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras, Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Com os uniformes: Solene, Administrativo/Passeio, Operacional de Inverno Básico e Operacional de Inverno para Motociclistas 30. Gravata Vertical (Azul Marinho) Masculino Descrição Gravata masculina, na cor azul marinho, confeccionada em tecido Panamá, dotada de sistema de fechamento com “zíper”. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores, Supervisores, Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Com os uniformes: Solene, Administrativo/Passeio, Operacional de Inverno Básico e Operacional de Inverno para Motociclistas 31. Gravata Vertical (Preta) Descrição

82

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Gravata masculina, na cor preta, confeccionada em tecido gabardine, dotada de sistema de fechamento com “zíper”. Posse Obrigatório para Inspetores, Subinspetores e Supervisores. Uso Com os uniformes de Gala, nas reuniões sociais, oficiais ou de caráter particular, quando não for exigido “smoking” para os demais convidados. 32. Luva de Couro Descrição Luva de couro comum na cor preta, com revestimento interno em pelica. Posse Facultativo para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as), Guardas Municipais e Agentes de Segurança, quando as condições climáticas assim o exigirem. Uso Para proteção do frio, devendo ser utilizado, com os Uniformes Operacionais de Inverno. 33. Luva de Couro para Motociclista Descrição Luva de couro com parte da palma estofada e punho longo, com revestimento interno em pelica. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Na execução de serviços ou patrulhamento com motocicletas 34. Meia- Calça (Preta) Descrição Meia-calça feminina, social, fina na cor preta. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras e Guardas Municipais. Uso Para os Uniformes de Gala, Solene e Administrativo/Passeio.

83

Claudio Frederico de Carvalho
35. Meia Fina (Preta) Descrição Meia feminina, fina na cor preta. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras, Supervisoras, Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Para todos os Uniformes Operacionais. 36. Meia Social (Preta) Descrição Meia social masculina, comum na cor preta. Posse Obrigatório para Inspetores, subinspetores, Supervisores, Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso Para todos os Uniformes, exceto para os de Educação Física e de Instrução. 37. Meia Soquete Branca Descrição Meia soquete na cor branca, contendo no lado direito e esquerdo da ribana o Distintivo Padrão GMC, bordado em suas cores originais. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com os Uniformes de Educação Física e de Instrução. 38. Pulôver de Lã (Azul Marinho) Descrição Confeccionado em lã, na cor azul marinho, anti-alérgica, com decote modelo “V” com 20 mm de largura; ribana da cintura e das mangas com 70 mm de largura;. Posse Facultativa para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as), Guardas Municipais e Agentes de Segurança. Uso

84

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Com os Uniformes Operacionais de Inverno, Básico e de Motociclistas; devendo o pulôver estar sob a Jaqueta de Náilon ou sob a Jaqueta de Motociclista. 39. Pulôver de Lã (Verde Musgo) Descrição Confeccionado em lã, na cor verde musgo, anti-alérgica, com decote modelo “V” com 20 mm de largura; ribana da cintura e das mangas com 70 mm de largura;. Posse Facultativa para Inspetores(as), Subinspetores(as), Supervisores(as) e Guardas Municipais. Uso Com o Uniforme Operacional de Inverno para Proteção Ambiental, devendo o pulôver estar sob a Jaqueta de Nylon. LUVAS AMOVÍVEIS E PLATINAS a. Luva Amovível para Capote Descrição Confeccionada em lã na cor azul marinho, com 110 mm de comprimento por 60 mm de largura na base e 50 mm de largura na ponta; serão bordadas, em fio brilhante o Brasão do Município de Curitiba (em suas cores originais), com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor e as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias). Posse Facultativa para Inspetores(as), Subinspetores(as) e Supervisores(as). Uso Com o Capote de Lã. b. Luva Amovível em Panamá (azul marinho) Masculino Descrição Confeccionada em tecido panamá na cor azul marinho, com 110 mm de comprimento por 60 mm de largura na base e 50 mm de largura na ponta; serão bordadas, em fio brilhante o Brasão do Município de Curitiba (em suas cores originais), com 02 (dois) ramos

85

Claudio Frederico de Carvalho
de louro ao seu redor e as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias). Posse Obrigatório para Inspetores subinspetores e Supervisores. Uso Com o Uniforme Operacional Básico, no patrulhamento urbano em deslocamento e em serviços de guarda. c. Luva Amovível em Panamá (azul marinho) Feminino Descrição Confeccionada em tecido panamá na cor azul marinho, com 105 mm de comprimento por 60 mm de largura na base e 50 mm de largura na ponta; serão bordadas, em fio brilhante o Brasão do Município de Curitiba (em suas cores originais), com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor e as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias). Posse Obrigatório para Inspetoras Subinspetoras e Supervisoras. Uso Com o Uniforme Operacional Básico, no patrulhamento urbano em deslocamento e em serviços de guarda. d. Luva Amovível em Terbrim Plus (verde musgo) Masculino Descrição Confeccionada em tecido Terbrim Plus na cor verde musgo, com 110 mm de comprimento por 60 mm de largura na base e 50 mm de largura na ponta; serão bordadas, em fio brilhante o Brasão do Município de Curitiba (em suas cores originais), com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor e as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias). Posse Obrigatório para Inspetores subinspetores e Supervisores. Uso Com o Uniforme Operacional para Proteção Ambiental, no patrulhamento de parques e bosques e em deslocamento. e. Luva Amovível em Terbrim Plus (verde musgo) Feminino Descrição

86

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Confeccionada em tecido Terbrim Plus na cor verde musgo, com 105 mm de comprimento por 60 mm de largura na base e 50 mm de largura na ponta; serão bordadas, em fio brilhante o Brasão do Município de Curitiba (em suas cores originais), com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor e as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias). Posse Obrigatório para Inspetoras Subinspetoras e Supervisoras. Uso Com o Uniforme Operacional para Proteção Ambiental, no patrulhamento de parques e bosques e em deslocamento. f. Luva Amovível em Náilon (azul marinho) Descrição Confeccionada em tecido 100% náilon, cor azul noite, impermeável, com 110 mm de comprimento por 60 mm de largura na base e 50 mm de largura na ponta; serão bordadas, em fio brilhante o Brasão do Município de Curitiba (em suas cores originais), com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor e as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias). Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as) e Supervisores(as). Uso Com o Uniforme Operacional Básico, no patrulhamento urbano em deslocamento e em serviços de guarda Fixado nas platinas de jaqueta de náilon azul noite. g. Luva Amovível em Náilon (Verde Musgo) Descrição Confeccionada em tecido 100% náilon, cor verde musgo, impermeável, com 110 mm de comprimento por 60 mm de largura na base e 50 mm de largura na ponta; serão bordadas, em fio brilhante o Brasão do Município de Curitiba (em suas cores originais), com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor e as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias). Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as) e Supervisores(as).

87

Claudio Frederico de Carvalho
Uso Com o Uniforme Operacional para Proteção Ambiental, no patrulhamento de parques e bosques e em deslocamento Fixado nas platinas de jaqueta de náilon verde musgo. h. Luva Amovível em Panamá (preta) Descrição Confeccionada em panamá, cor preta, com 110 mm de comprimento por 60 mm de largura na base e 50 mm de largura na ponta; serão bordadas, em fio brilhante o Brasão do Município de Curitiba (em suas cores originais), com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor e as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias). Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as) e Supervisores(as). Uso Na execução de serviços ou patrulhamento com motocicletas. fixado nas platinas da jaqueta de couro. i. Platina Móvel de Veludo (preta) Descrição Confeccionada em veludo preto, rígida, com 140 mm de comprimento por 65 mm de largura na sua base e 62 mm na parte em que se inicia o afunilamento. Na sua ponta, será afixado um botão dourado chapado, contendo impresso em seu centro o Brasão da Prefeitura Municipal de Curitiba e ao redor de todo o botão 23 (vinte e três) estrelas de cinco pontas. Será afixado, estando centralizado nas laterais, a uma distância de 60 mm da base inferior, o Brasão do Município de Curitiba (em metal dourado, mantendo as suas cores originais), e estando o mesmo envolto em 02 (dois) ramos de louro, bordados com fio de ouro brilhante; na parte inferior da platina, serão bordadas com o mesmo fio, as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias); nas bordas, será feito o contorno da platina bordado, com fio de ouro brilhante, tendo 3 mm de largura. Posse Obrigatório para Inspetores(as), Subinspetores(as) e Supervisores(as).

88

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Uso Com os Uniformes de Gala, sobre as Túnicas. j. Platina Móvel de Veludo (azul marinho) Masculina Descrição Confeccionada em veludo azul marinho, rígida, com 140 mm de comprimento por 65 mm de largura na sua base e 62 mm na parte em que se inicia o afunilamento. Na sua ponta, será afixado um botão dourado chapado, contendo impresso em seu centro o Brasão da Prefeitura Municipal de Curitiba e ao redor de todo o botão 23 (vinte e três) estrelas de cinco pontas. Será afixado, estando centralizado nas laterais, a uma distância de 60 mm da base inferior, o Brasão do Município de Curitiba (em metal dourado, mantendo as suas cores originais), e estando o mesmo envolto em 02 (dois) ramos de louro, bordados com fio de ouro brilhante; na parte inferior da platina, serão bordadas com o mesmo fio, as barretas correspondente a graduação (conforme especificação de insígnias); nas bordas, será feito o contorno da platina bordado, com fio de ouro brilhante, tendo 3 mm de largura. Posse Obrigatório para Inspetores, subinspetores e Supervisores. Uso Com o Uniforme Solene, sobre a Túnica e com os Uniformes de Passeio/Administrativo, sobre a canícula ou sobre a camisa social em Covilhã azul clara k. Platina Móvel de Veludo (azul marinho) Feminina Descrição Confeccionada em veludo azul marinho, rígida, com 135 mm de comprimento por 60 mm de largura na sua base e 57 mm na parte em que se inicia o afunilamento. Na sua ponta, será afixado um botão dourado chapado, contendo impresso em seu centro o Brasão da Prefeitura Municipal de Curitiba e ao redor de todo o botão 23 (vinte e três) estrelas de cinco pontas. Será afixado, estando centralizado nas laterais, a uma distância de 60 mm da base inferior, o Brasão do Município de Curitiba (em metal dourado, mantendo as suas cores originais), e estando o mesmo envolto em 02 (dois) ramos de louro, bordados com fio de ouro brilhante; na parte inferior da platina, serão bordadas com o mesmo fio, as barretas correspondente a graduação

89

Claudio Frederico de Carvalho
(conforme especificação de insígnias); nas bordas, será feito o contorno da platina bordado, com fio de ouro brilhante, tendo 3 mm de largura. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso Com o Uniforme Solene, sobre a Túnica e com os Uniformes de Passeio/Administrativo, sobre a canícula ou sobre a camisa social em Covilhã azul clara TARJAS DE IDENTIFICAÇÃO a. Tarja de Identificação “ISS” Masculina (azul marinho) Descrição Confeccionada em tecido sintético na cor azul marinho, com 120 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor amarela nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma faixa na cor amarela com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão. Posse Obrigatório para Inspetores, subinspetores e Supervisores. Uso Nos Uniformes Operacionais Básico e para Motociclista. b. Tarja de Identificação “ISS” Feminina (azul marinho) Descrição Confeccionada em tecido sintético na cor azul marinho, com 115 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor amarela nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma faixa na cor amarela com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão.

90

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso Nos Uniformes Operacionais Básico e para Motociclista. c. Tarja de Identificação “GM” Masculina (azul marinho) Descrição Confeccionada em tecido sintético na cor azul marinho, com 120 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor branca nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma faixa na cor branca com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão. Posse Obrigatório para Guarda Municipal. Uso Nos Uniformes Operacionais Básico e para Motociclista. d. Tarja de Identificação “GM” Feminina (azul marinho) Descrição Confeccionada em tecido sintético na cor azul marinho, com 115 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor branca nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma faixa na cor branca com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão. Posse Obrigatório para Guarda Municipal. Uso Nos Uniformes Operacionais Básico e para Motociclista. e. Tarja de Identificação “AS” Masculina (vermelho) Descrição

91

Claudio Frederico de Carvalho
Confeccionada em tecido sintético na cor vermelha, com 120 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor amarela nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma faixa na cor amarela com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão. Posse Obrigatório para Agente de Segurança. Uso Nos Uniformes Operacionais Básico. f. Tarja de Identificação “AS” Feminina (vermelho) Descrição Confeccionada em tecido sintético na cor vermelha, com 115 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor amarela nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma faixa na cor amarela com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão. Posse Obrigatório para Guarda Municipal. Uso No Uniforme Operacional Básico. g. Tarja de Identificação “ISS” Masculina (verde musgo) Descrição Confeccionada em tecido sintético na cor verde musgo, com 120 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor amarela nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é

92

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

contornado por uma faixa na cor amarela com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão. Posse Obrigatório para Inspetores, subinspetores e Supervisores. Uso Nos Uniformes Operacionais para Proteção Ambiental. h. Tarja de Identificação “ISS” Feminina (verde musgo) Descrição Confeccionada em tecido sintético na cor verde musgo, com 115 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor amarela nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma faixa na cor amarela com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão. Posse Obrigatório para Inspetoras, Subinspetoras e Supervisoras. Uso Nos Uniformes Operacionais para Proteção Ambiental. i. Tarja de Identificação “GM” Masculina (verde musgo) Descrição Confeccionada em tecido sintético na cor verde musgo, com 120 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor branca nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma faixa na cor branca com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão. Posse Obrigatório para Guarda Municipal. Uso Nos Uniformes Operacionais para Proteção Ambiental.

93

Claudio Frederico de Carvalho
j. Tarja de Identificação “GM” Feminina (verde musgo) Descrição Confeccionada em tecido sintético na cor verde musgo, com 115 mm de comprimento e 25 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor branca nas seguintes dimensões: para o posto ou graduação 5,5 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; para o nome de guerra 7,5 mm de altura e, no máximo, 7 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma faixa na cor branca com 1,5mm de largura; atrás com velcro macho em toda a sua extensão. Posse Obrigatório para Guarda Municipal. Uso Nos Uniformes Operacionais para Proteção Ambiental. k. Tarja de Identificação Braçal em Tecido Bordado (Agente de Segurança) Descrição Confeccionada em tecido na cor vermelha, em formato de meia lua, bordado (AGENTE DE SEGURANÇA); com 95 mm de comprimento na base superior, 75 mm na base inferior e 20 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor ouro, nas seguintes dimensões 8 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma costura de fio de ouro, com 2 mm de largura; Posse Obrigatório para Agente de Segurança. Uso Nos Uniformes Operacionais Básico e na Jaqueta de náilon (azul noite), bordado a uma distância de 20 mm, abaixo da costura que divide o ombro das mangas. l. Tarja de Identificação Braçal em Tecido Bordado (Proteção Ambiental) Descrição Confeccionada em tecido na cor verde musgo, em formato de meia lua, bordado (PROTEÇÃO AMBIENTAL); com 95 mm de

94

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

comprimento na base superior, 75 mm na base inferior e 20 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor ouro, nas seguintes dimensões 8 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma costura de fio de ouro, com 2 mm de largura; Posse Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as), Supervisores(as e Guardas Municipais. Uso Nos Uniformes Operacionais para Proteção Ambiental e na Jaqueta de náilon (verde musgo), bordado a uma distância de 20 mm, abaixo da costura que divide o ombro das mangas. m. Tarja de Identificação Braçal em Silk-Screen Descrição Confeccionada em Silk-Screen, na cor vermelha, em formato de meia lua, bordado (AGENTE DE SEGURANÇA); com 95 mm de comprimento na base superior, 75 mm na base inferior e 20 mm de largura, com inscrições em letras do tipo ARIAL na cor ouro, nas seguintes dimensões 8 mm de altura e, no máximo, 5,0 mm de largura, conforme a configuração própria de cada letra; todo o perímetro externo é contornado por uma costura de fio de ouro, com 2 mm de largura; Posse Obrigatório para Agente de Segurança. Uso Na Capa de Chuva para Agente de Segurança (cor azul noite), fixado a uma distância de 20 mm, abaixo da costura que divide o ombro das mangas. n. Plaqueta de Identificação (ISS) Descrição Em acrílico duplo, na cor azul marinho, com 80 mm de comprimento e 1500 mm de largura, com inscrições em letras tipo ARIAL na cor amarelo ouro, letras com 7 mm de altura e 5 mm de largura, constando o posto ou a graduação, nome de guerra do servidor; Posse

95

Claudio Frederico de Carvalho
Obrigatório para Inspetores(as) Subinspetores(as) e Supervisores(as). uso Camisa azul clara e canícula, a cima do bolso direito, a uma distancia máxima de 5 mm da portinhola do bolso. o. Plaqueta de Identificação (GM) Descrição Em acrílico duplo, na cor azul marinho, com 80 mm de comprimento e 1500 mm de largura, com inscrições em letras tipo ARIAL na cor branca, letras com 7 mm de altura e 5 mm de largura, constando o posto ou a graduação, nome de guerra do servidor; Posse Obrigatório para Guardas Municipais. uso Camisa azul clara e canícula, a cima do bolso direito, a uma distancia máxima de 5 mm da portinhola do bolso. INSÍGNIAS 1. Insígnias As insígnias destinam-se a identificar os postos e graduações na Guarda Municipal de Curitiba e têm as seguintes classificações, composição e uso: a. Inspetor(a): Composição: Na parte superior, com uma distância de 43 mm da base inferior, tem o Brasão do Município de Curitiba, com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor. Na parte Inferior, com 10 mm de distância da base (inferior), tem 03 (três) barretas, bordadas em fio de ouro, separadas por um espaço equivalente a 4 mm de largura entre elas. b. Subinspetor(a): Composição: Na parte superior, com uma distância de 43 mm da base inferior, tem o Brasão do Município de Curitiba, com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor. Na parte Inferior, com 10 mm de distância da base (inferior), tem 02 (duas) barretas, bordadas em fio de ouro, separadas por um espaço equivalente a 4 mm de largura entre elas.

96

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

c. Supervisor(a): Composição: Na parte superior, com uma distância de 43 mm da base inferior, tem o Brasão do Município de Curitiba, com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor. Na parte Inferior, com 21 mm de distância da base (inferior), tem 01 (uma) barreta, bordadas em fio de ouro. d. Insígnia GMC: Composição: Formada por barreta simples (barra horizontal paralela com 45 mm de comprimento, por 7 mm de largura), bordada em fio de ouro. e. Brasão do Município de Curitiba: Composição: Em relevo, medindo 27mm de altura, por 28 mm de largura; sendo para as luvas amovíveis, bordado com as cores originais e para as platinas confeccionado em metal dourado, com as cores originais, devendo ainda conter as inscrições: abaixo das ramas de trigo (29-3), ao centro (CURITIBA) e abaixo das ramas de parreira (1693). f. Ramos de Louro: Composição: Contém 02 (dois) ramos de louro, bordados com fio de ouro, formando uma circunferência, com 47 mm de altura e 45 mm de largura, sendo a parte superior aberta com a distância de 12 mm entre a ponta dos ramos, na base inferior, ambos são cruzados tendo uma sobra de 5 mm de haste nas pontas; cada ramo de louro, contém 25 (vinte e cinco) folhas, sendo estas 12 (doze) em cada lado e (uma) na ponta superior dos ramos, às 12 (doze) folhas externas de cada ramo tem a medida aproximada de 5 mm, às 06 (seis) primeiras folhas internas dos ramos de louro (até o centro da circunferência), tem a medida de 5 mm, sendo que as últimas tem a sua medida inferior a 5 mm de acordo com a curvatura dos ramos; Na parte interna da circunferência, tem o brasão do município de Curitiba, na sua cor original, posicionado ao centro, medindo 27 mm de altura, por 28 mm de largura, tendo na sua base inferior a distância de 10 mm entre o Brasão e o cruzamento dos Ramos de Louro.

97

Claudio Frederico de Carvalho
2. Insígnias Metálicas (Platina) a. Brasão do Município de Curitiba: Composição: Em relevo, medindo 27mm de altura, por 28 mm de largura; confeccionado em metal dourado, com as cores originais, devendo ainda conter as inscrições: abaixo das ramas de trigo (29-3), ao centro (CURITIBA) e abaixo das ramas de parreira (1693). 3. Insígnias Bordadas de Ombro a. Disposição das Insígnias nas Luvas Amovíveis para Inspetor(a) Disposição: Na parte superior, com uma distância de 43 mm da base inferior, tem o Brasão do Município de Curitiba, com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor. Na parte Inferior, com 10 mm de distância da base (inferior), tem 03 (três) barretas, bordadas em fio de ouro, separadas por um espaço equivalente a 4 mm de largura entre elas. Sendo que o comprimento das luvas para os Inspetores é de 110 mm e para as Inspetoras é de 105 mm. b. Disposição das Insígnias nas Luvas Amovíveis para Sub-Inspetor(a) Disposição: Na parte superior, com uma distância de 43 mm da base inferior, tem o Brasão do Município de Curitiba, com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor. Na parte Inferior, com 10 mm de distância da base (inferior), tem 02 (duas) barretas, bordadas em fio de ouro, separadas por um espaço equivalente a 4 mm de largura entre elas. Sendo que o comprimento das luvas para os Sub-Inspetores é de 110 mm e para as Sub-Inspetoras é de 105 mm. c. Disposição das Insígnias nas Luvas Amovíveis para Supervisor(a) Disposição: Na parte superior, com uma distância de 43 mm da base inferior, tem o Brasão do Município de Curitiba, com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor. Na parte Inferior, com 21 mm de distância da base (inferior), tem 01 (uma) barreta, bordada em fio de ouro. Sendo

98

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

que o comprimento das luvas para os Supervisores é de 110 mm e para as Supervisores é de 105 mm. d. Disposição das Insígnias nas Platinas para Inspetor(a) Disposição: Na parte superior, na sua ponta, será afixado um botão dourado chapado, contendo impresso em seu centro o Brasão da Prefeitura Municipal de Curitiba e ao redor de todo o botão 23 (vinte e três) estrelas de cinco pontas; com uma distância de 60 mm da base inferior, tem o Brasão do Município de Curitiba, com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor. Na parte Inferior, com 10 mm de distância da base (inferior), tem 03 (três) barretas, bordadas em fio de ouro, separadas por um espaço equivalente a 4 mm de largura entre elas. Sendo que as platinas confeccionadas em veludo preto (unissex) e as em veludo azul marinho, para os Inspetores, tem 140 mm de comprimento por 65 mm de largura na sua base e 62 mm, na parte que inicia o afunilamento; já para as platinas confeccionadas em veludo azul marinho, para as Inspetoras tem 135 mm de comprimento por 60 mm de largura na sua base e 57 mm, na parte que inicia o afunilamento. e. Disposição das Insígnias nas Platinas para SubInspetor(a) Disposição: Na parte superior, na sua ponta, será afixado um botão dourado chapado, contendo impresso em seu centro o Brasão da Prefeitura Municipal de Curitiba e ao redor de todo o botão 23 (vinte e três) estrelas de cinco pontas; com uma distância de 60 mm da base inferior, tem o Brasão do Município de Curitiba, com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor. Na parte Inferior, com 10 mm de distância da base (inferior), tem 02 (duas) barretas, bordadas em fio de ouro, separadas por um espaço equivalente a 4 mm de largura entre elas. Sendo que as platinas confeccionadas em veludo preto (unissex) e as em veludo azul marinho, para os Sub-Inspetores, tem 140 mm de comprimento por 65 mm de largura na sua base e 62 mm, na parte que inicia o afunilamento; já para as platinas confeccionadas em veludo azul marinho, para as Sub-Inspetoras tem 135 mm de comprimento por 60 mm de largura na sua base e 57 mm, na parte que inicia o afunilamento.

99

Claudio Frederico de Carvalho
f. Disposição das Insígnias nas Platinas para Supervisor(a) Disposição: Na parte superior, na sua ponta, será afixado um botão dourado chapado, contendo impresso em seu centro o Brasão da Prefeitura Municipal de Curitiba e ao redor de todo o botão 23 (vinte e três) estrelas de cinco pontas; com uma distância de 60 mm da base inferior, tem o Brasão do Município de Curitiba, com 02 (dois) ramos de louro ao seu redor. Na parte Inferior, com 21 mm de distância da base (inferior), tem 01 (uma) barreta, bordada em fio de ouro. Sendo que as platinas confeccionadas em veludo preto (unissex) e as em veludo azul marinho, para os Supervisores, tem 140 mm de comprimento por 65 mm de largura na sua base e 62 mm, na parte que inicia o afunilamento; já para as platinas confeccionadas em veludo azul marinho, para as Supervisoras tem 135 mm de comprimento por 60 mm de largura na sua base e 57 mm, na parte que inicia o afunilamento. DISTINTIVOS O presente item trata da discriminação e uso dos distintivos, que são colocados sobre os uniformes ou peças complementares: a. Distintivo em Metal Dourado e Esmaltado para Cobertura Composição Em metal, constituído de um conjunto de forma externa retangular, formado pelo: Brasão do município de Curitiba, ao centro; sendo envolvido por uma faixa descritiva nas extremidades superior e inferior, elipse dupla concêntrica terminada superiormente em círculo, filetada de ouro. traz em campo de blau (azul), a legenda “GUARDA MUNICIPAL” em ouro. A parte inferior terminada em círculo, filetada em ouro, elipse atravessada por uma faixa em arco côncavo, filetada de ouro, traz em campo de blau, a legenda “PRO LEGE SEMPER VIGILANS” em ouro. Contornando o todo, em disposição elíptica, ramos de louro com cinco folhas de cada lado, encostadas à elipse, com nervuras retilíneas e paralelas. com quatro frutos cilíndricos, reunidos os ramos, inferiormente por laço retangular, tudo em ouro. Uso Em todos os quepes, chapéus de feltro e casquetes.

100

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

b. Distintivo em Tecido Bordado para Boné com Pala. Composição Em tecido bordado, constituído de um conjunto de forma externa retangular, formado pelo: Brasão do município de Curitiba, ao centro; sendo envolvido por uma faixa descritiva nas extremidades superior e inferior, elipse dupla concêntrica terminada superiormente em círculo, filetada de ouro. traz em campo de blau (azul), a legenda “GUARDA MUNICIPAL” em ouro. A parte inferior terminada em círculo, filetada em ouro, elipse atravessada por uma faixa em arco côncavo, filetada de ouro, traz em campo de blau, a legenda “PRO LEGE SEMPER VIGILANS” em ouro. Contornando o todo, em disposição elíptica, ramos de louro com cinco folhas de cada lado, encostadas à elipse, com nervuras retilíneas e paralelas. com quatro frutos cilíndricos, reunidos os ramos, inferiormente por laço retangular, tudo em ouro. Uso Nos Bonés com Pala. c. Distintivo em Adesivo Aderente para Capacete. Composição Deverá ser aplicado em adesivo altamente aderente e resistente às intempéries, constituído de um conjunto de forma externa retangular, formado pelo: Brasão do município de Curitiba, ao centro; sendo envolvido por uma faixa descritiva nas extremidades superior e inferior, elipse dupla concêntrica terminada superiormente em círculo, filetada de ouro. traz em campo de blau (azul), a legenda “GUARDA MUNICIPAL” em ouro. A parte inferior terminada em círculo, filetada em ouro, elipse atravessada por uma faixa em arco côncavo, filetada de ouro, traz em campo de blau, a legenda “PRO LEGE SEMPER VIGILANS” em ouro. Contornando o todo, em disposição elíptica, ramos de louro com cinco folhas de cada lado, encostadas à elipse, com nervuras retilíneas e paralelas. com quatro frutos cilíndricos, reunidos os ramos, inferiormente por laço retangular, tudo em ouro. Uso Nos Capacetes de Motociclista e de Choque. d. Distintivo Padrão GMC em Metal Dourado e Esmaltado para Peito

101

Claudio Frederico de Carvalho
Composição Em forma oval, ao centro, escudo com fundo azul marinho, tendo no seu interior na parte inferior, o Brasão do Município de Curitiba, nas cores originai, tendo o contorno em ouro, na forma retangular com bordas inferiores curvilíneas, sendo sustentado por uma harpia, com as asas abertas, olhando para a direita, delineada em ouro com fundo na cor cinza. Acima deste gavião, está escrito em ouro com fundo cinza, “GUARDA” na parte superior , e logo abaixo “MUNICIPAL”, na parte inferior, ambos estando acima da cabeça do gavião de forma centrada e com contorno em alto relevo. Na parte externa do escudo, contornado com ramas de parreira com frutos, no lado esquerdo; no lado direito ramas de trigo com frutos, sendo ambos os lados com bordas vazadas. Nas suas dimensões de 78 mm de altura por 64 mm de largura. Uso Nos Uniformes Operacionais, sendo disposto acima do bolso esquerdo, com uma distancia mínima de 5 mm e uma distancia máxima de 20 mm da portinhola, estando o mesmo de forma centralizada. e. Distintivo Padrão GMC em Silk-Screen para Peito Composição Deverá ser aplicado em adesivo altamente aderente e resistente às intempéries. Em forma oval, ao centro, escudo com fundo azul marinho, tendo no seu interior na parte inferior, o Brasão do Município de Curitiba, nas cores originai, tendo o contorno em ouro, na forma retangular com bordas inferiores curvilíneas, sendo sustentado por uma harpia, com as asas abertas, olhando para a direita, delineada em ouro com fundo na cor cinza. Acima deste gavião, está escrito em ouro com fundo cinza, “GUARDA” na parte superior, e logo abaixo “MUNICIPAL”, na parte inferior, ambos estando acima da cabeça do gavião de forma centrada e com contorno em alto relevo. Na parte externa do escudo, contornado com ramas de parreira com frutos, no lado esquerdo; no lado direito ramas de trigo com frutos, sendo ambos os lados com bordas oval. Uso Nas Capas de chuva, azul noite e verde. f. Distintivo Padrão GMC em Tecido Bordado

102

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Composição Deverá ser confeccionado em tecido resistente. Em forma oval, ao centro, escudo com fundo azul marinho, tendo no seu interior na parte inferior, o Brasão do Município de Curitiba, nas cores originai, tendo o contorno em fio de ouro, na forma retangular com bordas inferiores curvilíneas, sendo sustentado por uma harpia, com as asas abertas, olhando para a direita, delineada em fio de ouro com fundo na cor cinza. Acima deste gavião, está escrito em fio de ouro com fundo cinza, “GUARDA” na parte superior, e logo abaixo “MUNICIPAL”, na parte inferior, ambos estando acima da cabeça do gavião de forma centrada e com contorno em alto relevo. Na parte externa do escudo, contornado com ramas de parreira com frutos, no lado esquerdo; no lado direito ramas de trigo com frutos, sendo ambos os lados com bordas oval. Uso No agasalho de educação física, em ambas as peças, e nos calções masculino e feminino. g. Distintivo Padrão GMC em Tecido Bordado (Miniatura) Composição Deverá ser confeccionado em tecido resistente em miniatura. Na forma oval, ao centro, escudo com fundo azul marinho, tendo no seu interior na parte inferior, o Brasão do Município de Curitiba, nas cores originai, tendo o contorno em fio de ouro, na forma retangular com bordas inferiores curvilíneas, sendo sustentado por uma harpia, com as asas abertas, olhando para a direita, delineada em fio de ouro com fundo na cor cinza. Acima deste gavião, está escrito em fio de ouro com fundo cinza, “GUARDA” na parte superior, e logo abaixo “MUNICIPAL”, na parte inferior, ambos estando acima da cabeça do gavião de forma centrada e com contorno em alto relevo. Na parte externa do escudo, contornado com ramas de parreira com frutos, no lado esquerdo; no lado direito ramas de trigo com frutos, sendo ambos os lados com bordas oval. Uso Bordado na meia soquete branca. h. Distintivo Composto GMC em Metal Dourado e Esmaltado para Bolso Composição

103

Claudio Frederico de Carvalho
Em forma oval, ao centro, escudo com fundo azul marinho, tendo no seu interior na parte inferior, o Brasão do Município de Curitiba, nas cores originai, tendo o contorno em ouro, na forma retangular com bordas inferiores curvilíneas, sendo sustentado por uma harpia, com as asas abertas, olhando para a direita, delineada em ouro com fundo na cor cinza. Acima deste gavião, está escrito em ouro com fundo cinza, “GUARDA” na parte superior , e logo abaixo “MUNICIPAL”, na parte inferior, ambos estando acima da cabeça do gavião de forma centrada e com contorno em alto relevo. Na parte externa do escudo, contornado com ramas de parreira com frutos, no lado esquerdo; no lado direito ramas de trigo com frutos, sendo ambos os lados com bordas ovais. Nas suas dimensões de 44 mm de altura por 40 mm de largura. Com suporte para bolso, em couro na cor preto. Uso Nos Uniformes de Gala, Solene e Administrativo/Passeio. i. Distintivo Braçal GMC em Tecido Bordado Composição Escudo bordado em tecido, com fio de ouro, com fundo azul royal, contendo ao centro o Brasão do Município de Curitiba, nas cores originai, tendo ao seu redor dois círculos, em fios de ouro, os quais guarnecem no seu interior oito estrelas, em fios de ouro. Acima do círculo uma faixa descritiva elíptica, em fio de ouro, com a inscrição “GUARDA”, abaixo do círculo uma faixa descritiva elíptica, em fio de ouro, com a inscrição, MUNICIPAL”, estando abaixo da mesma de forma flutuante a inscrição “CURITIBA”, em fio de ouro. Tendo as suas dimensões de 89 mm de altura por 63 mm de largura. Uso Bordado a 50 mm da costura que divide o ombro da manga esquerda, de todas as túnicas, jaquetas e camisas. j. Distintivo Braçal GMC em Silk-Screen Composição Escudo bordado em tecido, com fio de ouro, com fundo azul royal, contendo ao centro o Brasão do Município de Curitiba, nas cores originai, tendo ao seu redor dois círculos, em fios de ouro, os quais guarnecem no seu interior oito estrelas, em fios de ouro. Acima do círculo uma faixa descritiva elíptica, em fio de ouro, com a

104

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

inscrição “GUARDA”, abaixo do círculo uma faixa descritiva elíptica, em fio de ouro, com a inscrição, MUNICIPAL”, estando abaixo da mesma de forma flutuante a inscrição “CURITIBA”, em fio de ouro. Tendo as suas dimensões de 89 mm de altura por 63 mm de largura. Uso Aplicado a 50 mm da platina esquerda, nas Capas de chuva, azul noite e verde. k. Bandeira do Município de Curitiba em Tecido Bordado Composição Bandeira do município de Curitiba, bordada nas cores originais. Tendo as suas dimensões de 60 mm de altura, por 80 mm de largura. Uso Bordado a 50 mm da costura que divide o ombro da manga direita, de todas as túnicas, jaquetas e camisas. l. Bandeira do Município de Curitiba em Silk-Screen Composição Bandeira do município de Curitiba, em Silk-Screen nas cores originais. Tendo as suas dimensões de 60 mm de altura, por 80 mm de largura. Uso Aplicado a 50 mm da platina direita, nas Capas de chuva, azul noite e verde. m. Botões de Uniformes GMC (Brasão do Município de Curitiba) Composição Botão de massa, metálico dourado ou verde, de forma globosa, em relevo, medindo 15 mm de diâmetro, tendo ao centro Brasão do Município de Curitiba. Uso Nos diversos uniformes da Guarda Municipal de Curitiba, conforme especificação. n. Botões de Uniformes GMC (Brasão do Município de Curitiba) 7/8 Composição

105

Claudio Frederico de Carvalho
Botão de massa, metálico dourado, de forma globosa, em relevo, medindo 20 mm de diâmetro, tendo ao centro Brasão do Município de Curitiba. Uso Nos Capotes (Masc.-Fem.), nas Jaquetas Abertas e nas Túnicas DISPOSIÇÕES GERAIS Constitui obrigação de todo servidor do Departamento da Guarda Municipal de Curitiba, zelar por seu uniforme e pela correta apresentação sua, de seus subordinados e pares. O zelo e o capricho com as peças do uniforme são demonstração de respeito aos erários públicos municipais. Entre esses cuidados estão a limpeza, a manutenção do brilho nos metais, o polimento dos calçados e a apresentação das vestimentas bem passadas. O asseio pessoal é imprescindível para o uso do uniforme, não devendo o servidor fazer uso do mesmo, sem estar devidamente apresentável. São condições de uso: a) para os homens, estar devidamente barbeado e com o corte dos cabelos curtos, b) para as mulheres, estar com os cabelos presos e de maneira que não fique com mechas ou pontas para fora da cobertura, bem como, se estiver maquiada ou com esmalte nas unhas, fazer uso de maquiagem leve na sua tonalidade e o esmalte com cores suaves. É proibido ao servidor do Departamento da Guarda Municipal, utilizar o uniforme de maneira indevida, estando parcialmente uniformizado, ou alterar as suas características, bem como, sobrepor ao mesmo, peças, insígnias ou distintivos os quais não faz jus, que não estejam regulamentados ou autorizados pela Direção do Departamento. Quanto as condecorações, distintivos e breves, outorgadas pelos Governos Federal, Estadual ou Municipal e Instituições Militares ou Civis, cujo o uso é autorizado nos uniformes, deverá o servidor fazer a solicitação por escrito, encaminhando a Direção do Departamento. A adoção se fará por homologação, como "autorização para uso de distintivo", emitida pelo Diretor do Departamento, após análise e parecer das Divisões de Instrução e de Apoio Logístico sobre o

106

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

pedido encaminhado pelo interessado, contendo o original ou cópia do Certificado ou Diploma do curso, em que é anexado o distintivo ou seu desenho detalhado. É proibido, em qualquer peça do uniforme, o uso por baixo de distintivos, insígnias, brasões, plaquetas de identificação e outros, de tecidos, feltros, couros, napas ou similares, não importando a cor, visando ressaltar ou destacar tais peças. Os integrantes da Guarda municipal, que estejam submetidos a procedimento administrativo para se avaliar de suas condições de permanência nos quadros do funcionalismo público municipal ou que pelas suas atitudes comprometam o bom nome do Departamento da Guarda Municipal de Curitiba, poderão ser proibidos do uso dos uniformes até melhoria de conduta, reorientação ou o encerramento do processo disciplinar. O servidor da Guarda Municipal que tiver seu uniforme ou peça do mesmo inutilizado em ato de serviço poderá solicitar sua reposição, o que será feito gratuitamente, após sumária verificação por parte da Divisão de Apoio Logístico e da Direção do Departamento. O servidor da Guarda Municipal que extraviar ou inutilizar o uniforme ou peça do mesmo, antes da época do respectivo vencimento, receberá outro, mediante indenização aos erário público municipal, ou deverá substituí-lo comprando direto com o fornecedor. É permitido o uso de camisetas de uso particular, por baixo dos Uniformes Operacionais de Verão e Operacional de Inverno para Proteção Ambiental, desde que permaneçam com as características da camiseta branca sem manga padrão GMC, tanto na gola (não podendo ter nenhum desenho visível), quanto nas mangas (mangas mais curtas do que as mangas da camisa, ou dobradas), assim como, devendo ser na cor branca. Nos Uniformes Gala, Solene, Administrativo/Passeio (inverno e verão), Operacional Básico de Inverno e Operacional de Inverno para Motociclistas, somente será permitido o uso de camisetas regatas por baixo do uniforme, desde que permaneçam totalmente ocultas, tanto na gola (sugere-se a gola em "V") quanto nas mangas (mangas mais curtas do que as mangas da canícula). A designação do uniforme para solenidades, atos sociais, eventos internos e de estação é da competência do Diretor do

107

Claudio Frederico de Carvalho
Departamento, o qual poderá delegar esta competência quando houver necessidade. È facultativo aos servidores do Departamento da Guarda Municipal, que trabalham no expediente interno, o uso dos Uniformes Operacional Básico e Administrativo/Passeio, devendo neste caso ter sempre a mão os complementos do Uniforme Operacional Básico, para eventuais necessidades. Os tecidos descritos nas peças dos uniformes, se deixarem de ser fabricados, deverão ser confeccionados com tecidos da mesma cor ou similar, não mudando as suas características originais, bem como, a qualidade e capacidade de durabilidade dos mesmos. É facultativo o uso de cobertura no interior de veículos e viaturas. É facultativo ao servidor estando uniformizado, fazer uso de óculos de sol ou de grau, desde que o mesmo seja com o aro com cores discretas, preferencialmente preta, fosca, azul escura, dourada ou prateada; e que as lentes sejam transparentes, fotocromática ou escura. Sendo proibido o uso de óculos com cores fortes (berrante) e lentes espelhadas. É proibido ao servidor estando uniformizado, acrescentar ao uniforme, chaveiros ou adornos, assim como a exposição de chaves, tanto pessoal quanto as de serviço. Exceto para os motorista e motociclista, que em deslocamento a pé, podem fixar as chaves junto ao cinto de guarnição desde que com o chaveiro próprio fornecido pelo Departamento. Estando o servidor uniformizado, o mesmo deverá evitar fumar em público, devendo procurar locais reservados para tal fim. Fica ainda, terminantemente proibido o servidor, fumar em locais onde haja grupos de crianças, idosos e ou doentes. È necessário ao servidor do Departamento da Guarda Municipal, estando uniformizado, fazer uso e transportar consigo, caneta e um bloco de papel para eventuais anotações, colocando-os no bolso esquerdo da camisa. Sendo ainda, facultativo a escolha e compra do respectivo material acima descrito, devendo as custas partirem do próprio servidor. Contudo, é proibido usar canetas com mais de 15 mm para fora do bolso, bem como, com cores chamativas ou que destoem com as características do uniforme, sendo recomendado, canetas com o suporte nas cores foscas, discretas, douradas ou prateadas.

108

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA DEPARTAMENTO DA GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA

ANEXO - I
REGULAMENTO, COMPOSIÇÃO, ILUSTRAÇÕES E USO DOS UNIFORMES DOS SERVIDORES DO DEPARTAMENTO DA GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA

109

Claudio Frederico de Carvalho

110

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

111

Claudio Frederico de Carvalho

112

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

113

Claudio Frederico de Carvalho

114

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

115

Claudio Frederico de Carvalho

116

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

117

Claudio Frederico de Carvalho

118

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

119

Claudio Frederico de Carvalho

120

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

121

Claudio Frederico de Carvalho

122

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

123

Claudio Frederico de Carvalho

124

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

125

Claudio Frederico de Carvalho

126

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

127

Claudio Frederico de Carvalho

128

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

129

Claudio Frederico de Carvalho

130

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

131

Claudio Frederico de Carvalho

132

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

133

Claudio Frederico de Carvalho

134

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

135

Claudio Frederico de Carvalho

136

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

137

Claudio Frederico de Carvalho

138

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

139

Claudio Frederico de Carvalho

140

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

141

Claudio Frederico de Carvalho

142

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

143

Claudio Frederico de Carvalho

144

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

145

Claudio Frederico de Carvalho

146

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

147

Claudio Frederico de Carvalho

148

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

149

Claudio Frederico de Carvalho

150

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

151

Claudio Frederico de Carvalho

152

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

153

Claudio Frederico de Carvalho

154

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

155

Claudio Frederico de Carvalho

156

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA DEPARTAMENTO DA GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA

ANEXO - II
REGULAMENTO, COMPOSIÇÃO, ILUSTRAÇÕES E USO DOS UNIFORMES DOS SERVIDORES DO DEPARTAMENTO DA GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA

157

Claudio Frederico de Carvalho

158

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

159

Claudio Frederico de Carvalho

160

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

161

Claudio Frederico de Carvalho

162

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

163

Claudio Frederico de Carvalho

164

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

165

Claudio Frederico de Carvalho

166

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

167

Claudio Frederico de Carvalho

168

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

169

Claudio Frederico de Carvalho

170

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

171

Claudio Frederico de Carvalho

172

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

173

Claudio Frederico de Carvalho

174

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

175

Claudio Frederico de Carvalho

176

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

177

Claudio Frederico de Carvalho

178

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

179

Claudio Frederico de Carvalho

180

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

181

Claudio Frederico de Carvalho

182

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Claudio Frederico de Carvalho

Regulamento de Uniforme das

GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS
do Brasil

PARTE II

183

Claudio Frederico de Carvalho
REGULAMENTO DE UNIFORMES É NECESSÁRIO? Uma das principais necessidades das Guardas Municipais está na padronização dos seus uniformes e patentes hierárquicas, onde ao encontrarmos um Guarda Municipal em qualquer cidade do país, saibamos que se trata de um servidor da segurança pública municipal, podendo, com facilidade, identificar o município que representa e qual a sua graduação nesta instituição. As Guardas Municipais na sua maioria adotaram o uniforme social na cor azul-marinho, com botões dourados, quase sempre tendo o cunho do brasão do município no interior dos mesmos, a bandeira do município no braço direito, o brasão da instituição no braço esquerdo e o distintivo de metal acima do bolso esquerdo da camisa, contando ainda com o fiel (cordão de apito) no braço direito, na cor branca para os guardas e na cor amarela para os graduados, o quepe para os homens e o casquete para as mulheres. O fato é que esta padronização nem sempre vem sendo seguida, pois por falta de uma regulamentação da União ou de regulamentações internas, alguns comandantes acabam inserindo ou retirando detalhes do uniforme, o que leva a mudar a originalidade e prejudicar inclusive a própria identidade da corporação. Como exemplo, podemos observar os distintivos de peito da Guarda Municipal de Curitiba e suas mudanças nos poucos vinte anos de existência. DISTINTIVOS DE PEITO DA GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA

1988 a 1997 Para todos os servidores. Contava com o número de identificação do Guarda Municipal no espaço amarelo.

1994 a 1997 Exclusivo dos Supervisores. Contava com o número de identificação do graduado na parte inferior.

1997 a 2001 Para todos os servidores. Não mantinha mais o número de identificação do Guarda Municipal.

2001 em diante Para todos os servidores. No lugar ocupado pelo número de identificação, passou a ter o termo “DEFESA SOCIAL”.

184

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

O QUE É HIERARQUIA E GRADUAÇÕES As Guardas Municipais no Brasil necessitam com urgência de regulamentação das suas graduações e respectivas divisas, tendo uma padronização de âmbito nacional, para que, onde quer que esteja o guarda municipal, graduado ou não, seja reconhecido pela função que exerce e o município a que pertence. A Guarda Municipal de Curitiba, tentando adequar as suas esferas gerenciais, supervisora e operativa, de acordo com os seus momentos de desenvolvimento, acabou vindo a inserir e alterar as suas graduações, conforme tabelas abaixo: GRADUAÇÕES E DIVISAS 1988 a 1994

Inspetor de 1ª

Inspetor de 2ª

Inspetor de 3ª

Sub-Inspetor

Supervisor

Guarda de 1ª 1994 a 1997

Guarda de 2ª

Guarda de 3ª

1997 a 2004

Supervisor

185

Claudio Frederico de Carvalho
NOVAS GRADUAÇÕES E DIVISAS APÓS A LEI Nº 10.630/02

Inspetor GM de 1ª

Inspetor GM de 2ª

Inspetor GM de 3ª

Supervisor GM de 1ª

Supervisor GM de 2ª

Supervisor GM de 3ª

Guarda Municipal de 1ª

Guarda Municipal de 2ª

Guarda Municipal de 3ª

Guarda Municipal Quadro Especial

Desse modo, vemos que algumas Guardas Municipais estão buscando implantar, na esfera de ação do seu efetivo, os níveis hierárquicos com as devidas distinções de graduações, preenchendo assim esta carência que é a diferenciação dos servidores de acordo com sua área de atuação. A hierarquia é um poder de caráter social que define o poder sobre as vidas, os recursos e os destinos de outras pessoas,

186

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

conferidas por uma posição na sociedade ou em uma de suas organizações. Um membro de uma hierarquia sempre tem acesso a seu superior imediato e aos colegas da mesma graduação na organização, e é normalmente obedecido por seus subordinados diretos e indiretos. Para que se tenha a disciplina em um corpo civil, faz-se necessário que, dentro do princípio da legalidade, seja implantado regulamento próprio, destinado a fixar limites e atribuições dos superiores e de seus subordinados. De um modo geral, as prefeituras, através de leis ou decretos, vêm disciplinando esta matéria, contudo, sem que haja uma padronização entre todas as Guardas Municipais do Brasil. Conforme estudos realizados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, no Encontro das Guardas Municipais do Brasil, quando em estudo para elaborar o Manual de Referência para Estruturação das Guardas Municipais, concluiu-se que: “independente da estrutura, efetivo ou número de graduações de uma corporação policial as esferas de ação de seu efetivo estarão situadas sempre entre uma destas áreas de ação. 1. Esfera de ação GERENCIAL Nível de Direção e comando da Guarda Municipal, responsável pelo planejamento estratégico estabelecendo diretrizes de ação e métodos. Responsável pela elaboração da planificação dos projetos políticos de segurança pública afetas a Guarda Municipal. 2. Esfera de ação SUPERVISORA Nível intermediário de comando. Responsável pela fiscalização das ações operativas e intermediação das ações de comando junto a base. 3. Esfera de ação OPERATIVA Nível de aplicação de todas as atividades inerentes a função do Guarda Municipal.” Depreende-se daí que as Guardas Municipais, implantando o seu sistema hierárquico, a fim de manter a disciplina em seu próprio corpo, estão corretas, desde que não busquem patentes e formas de ação de instituições de caráter militar. Desse modo, a fim de evitar disparate de algumas corporações, o ideal seria que houvesse uma Legislação Federal padronizando níveis hierárquicos, graduações e forma de ascensão.

187

Claudio Frederico de Carvalho
DISTINTIVOS E MEDALHAS Da mesma forma que as Guardas Municipais carecem de uma padronização em relação à hierarquia e graduações, é também de suma importância que sejam padronizados os distintivos e as medalhas a nível federal. Em relação aos distintivos, como vimos anteriormente, por motivos alheios, muitas vezes vêm a ser alterados, perdendo a sua própria finalidade. A Guarda Municipal de Curitiba, procurando implantar uma forma de identificação eficiente, acrescentou nos uniformes o distintivo de braço e a bandeira do município, conforme segue abaixo:

Tratando-se das medalhas, a Câmara Municipal de Curitiba, por meio da Lei n.º 8369/94, instituiu o Mérito Policial para o integrante das Polícias Civil, Militar e Guarda Municipal, que tiverem sido reconhecidos por ato de bravura no cumprimento do dever. Este título honorífico é transmitido na forma de placa metálica. O interessante seria que houvesse uma medalha representando o referido mérito, pois ao encontrar um policial ostentando-a, pudesse ser feita uma leitura imediata do que representa a insígnia. Por fim, tratando dos distintivos, ainda, as Guardas Municipais de um modo geral mantêm o distintivo de cobertura, que é utilizado nos quepes, casquetes, bonés e capacetes, sendo os dois primeiros em metal e os dois últimos em adesivo autocolante. A Guarda Municipal de Curitiba teve apenas dois distintivos de cobertura, sendo que o primeiro veio a ser melhorado na sua forma visual, sem perder a sua originalidade, conforme segue abaixo:

1988 a 1997 Utilizado em todas as coberturas dos servidores sem distinção.

1997 em diante O mesmo que o anterior, sendo acrescidas as bordas com folhas de louro.

188

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

PROJETO DE GRATIFICAÇÃO DE AQUISIÇÃO DE UNIFORME Em virtude das dificuldades e entraves burocráticos no curso da previsão da verba orçamentária, para a sua efetiva aplicação no uso do uniforme pelos Guardas Municipais, hoje faz-se necessário criar mecanismos de defesa ágeis e previstos em lei, seguindo os já aplicados por outras instituições policiais, as quais têm, no uso do uniforme, a base para o exercício das suas funções, bem como no que tange à questão disciplinar do seu quadro (estar devidamente uniformizado). Desse modo, com base em estudos realizados em conjunto com a Sra. Joana Sirlei de Moraes (funcionária da Prefeitura Municipal de Curitiba), frente à Legislação vigente na Polícia Militar do Estado do Paraná, seguindo ainda as tipicidades dos municípios, apresento um modelo de gratificação de aquisição de uniforme, seguido da justificativa legal, Projeto de Lei Municipal e Decreto de Regulamentação. JUSTIFICATIVA A Gratificação de Aquisição de Uniformes faz-se necessária devido à peculiaridade da Guarda Municipal de ............................., no que diz respeito à prestação de serviços à comunidade, que sempre deverá ser realizada através dos seus servidores devidamente uniformizados. Assim, para o desempenho das atribuições dos servidores pertencentes a esta Corporação, a utilização do uniforme é um requisito indispensável. Considerando que atualmente a aquisição dos materiais ora mencionados não consta de maneira específica em dotação orçamentária, surge com isso a necessidade de criar esta gratificação com a finalidade de suprir tal carência. Com relação ao percentual de 15% (quinze por cento), sobre o vencimento básico do servidor, tal medida se faz necessária, devido a uma fixação do valor da gratificação, bem como, segundo constatouse em estudos realizados na Guarda Municipal de ............................., sobre a receita e a despesa, o custo do uniforme estará próximo ao percentual proposto, considerando que a quantidade anual de uniformes por servidor será de no mínimo 02 (dois) uniformes

189

Claudio Frederico de Carvalho
completos, neste caso, sendo material de boa qualidade que venha a resistir ao uso constante e prolongado. Quanto ao Conselho de Administração de Uniformes, vem a ser o organismo responsável pela aquisição, manutenção e distribuição dos mesmos. Ao ser direcionada esta gratificação ao conselho, este deverá administrá-la, responsabilizando-se pelos seus atos. Se focarmos o assunto através do prisma de que a aquisição de uniformes, realizada pelo Conselho de Administração de Uniformes aos servidores da Guarda Municipal, será feita de maneira mais rápida e eficaz, além de ter um preço mais acessível (devido processo de licitação), respeitando assim, o padrão de qualidade do material, manter-se-á uma uniformização padronizada na instituição. Atualmente, a forma de aquisição de uniformes é realizada através da dependência de recursos disponíveis da Secretaria Municipal de ................. Tal maneira se mostra ineficaz, assim como a demora para a aquisição dos uniformes se faz presente, pois, devido aos procedimentos normais, nem sempre as necessidades imediatas desta corporação são supridas em tempo. Como decorrência deste fato, devido ao uso constante dos materiais, ocorre o processo natural de desgaste do uniforme, necessitando, neste caso, a reposição periódica, para que assim possa o servidor estar sempre bem apresentado, a fim de cumprir com as suas tarefas funcionais, o que nem sempre ocorre devido à realidade atual. Ainda, é de se observar que o servidor uniformizado, devidamente trajado, além de transmitir respeito e segurança pela instituição, acaba indiretamente servindo como um modelo de disciplina, bem como demonstrando que o órgão público que representa está estruturado, a fim de atender às necessidades da população. De tudo que se expôs acima, infere-se que a Gratificação de Aquisição de Uniforme, assim como a criação do Conselho de Administração de Uniformes, são medidas que se fazem necessárias para manter a Guarda Municipal de .........., com os seus servidores devidamente uniformizados. Se, por outro lado, a forma de aquisição de uniformes continuar sendo realizada como ocorre nos dias de hoje, com a morosidade

190

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

entre a carência do material e a sua efetiva entrega, não haverá como suprir as necessidades reais da Guarda Municipal em tempo hábil. *** LEI N.º .............................. Data: ........................................................................... “Institui a Gratificação de Aquisição de Uniforme (GAU) para a Guarda Municipal de ................., cria o Conselho de Administração de Uniformes da Guarda Municipal (CAU-GM), e dá outras providências”.

A Câmara Municipal de ................., capital do Estado do ...................., aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono e promulgo a seguinte lei: Art. 1º Fica instituída a Gratificação de Aquisição de Uniforme (GAU), aos servidores lotados na Guarda Municipal de ............................. § 1º A Gratificação ora instituída será paga mensalmente ao servidor da ativa, no percentual de 15% (quinze por cento) sobre o vencimento básico. § 2º A Gratificação de Aquisição de Uniforme (GAU) tem como objetivo a aquisição e utilização do referido material, por ser este parte essencial ao desempenho das funções dos servidores da Guarda Municipal. Art. 2º Para aplicação dos recursos instituídos no artigo anterior, bem como para exercer a fiscalização de toda a receita e despesa da Guarda Municipal de ..........., referente aos uniformes dos servidores, fica criado o Conselho de Administração de Uniformes da Guarda Municipal de ..................... (CAU-GM), que será composto pelos ocupantes dos cargos de: Secretário Municipal da ...........................; Secretário Municipal de .....................; Dirigente da

191

Claudio Frederico de Carvalho
Guarda Municipal; Chefe da ................ de Apoio Logístico; o Chefe da ............ de Controle de Uniformes; e um representante de classe. Art. 3º O servidor da Guarda Municipal faz jus à importância equivalente a 15% (quinze por cento) sobre o vencimento básico para aquisição de uniformes. § 1º A quantia estabelecida no caput deste artigo será retida e recolhida ao Conselho de Administração de Uniformes da Guarda Municipal de ............ (CAU-GM), o qual manterá conta corrente em rede bancária autorizada, que será movimentada para aquisição e fornecimento das peças de uniformes específicos, por meio de seu órgão competente. § 2º Sobre a Gratificação de Aquisição de Uniforme (GAU) não poderão incidir tributações referentes ao Imposto de Renda, descontos Previdenciários, assim como Pensão Alimentícia. Art. 4º Dentro de 90 (noventa) dias, o Prefeito Municipal baixará decreto de regulamentação do Conselho de que trata o Art. 2º desta lei. Art. 5º A prestação de contas da Gratificação de Aquisição de Uniforme repassados pelo município à Guarda Municipal será processada pela Secretaria Municipal de Finanças, observadas as normas em vigor. Art. 6º As despesas decorrentes desta Lei correrão à conta de dotações normais do orçamento do município, ou por créditos especiais ou extraordinários que venham a ser abertos. Art. 7º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

.............................., em ..........de................................... ***

192

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

DECRETO N.º .............................. Regulamenta a Lei n.º..........., de ... de .................de 2004, que institui a Gratificação de Aquisição de Uniforme (GAU), e que cria o Conselho de Administração de Uniformes da Guarda Municipal de ............... (CAU-GM). O Prefeito Municipal de .............., do Estado do .................., no uso da sua atribuição que lhe confere o artigo ...., da Lei Orgânica do Município de ..............., com fundamento na Lei n.º de ....de .........................de 2004, decreta: Art. 1º A Gratificação de Aquisição de Uniforme (GAU) destinase a prover recursos para aquisição de uniformes ao efetivo da Guarda Municipal. § 1º A gratificação de que trata o caput deste artigo será depositada mensalmente pelo Tesouro Municipal, no Banco do ..................................., na conta especial “CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DE UNIFORMES DA GUARDA MUNICIPAL DE ......................... (CAU-GM)”, com os recursos mencionados no artigo anterior. § 2.º A aplicação dos recursos obedecerá à classificação de despesas estabelecidas pela Legislação Federal. Art. 2º A Gratificação de Aquisição de Uniforme (GAU) será administrada pelo Conselho de Administração de Uniformes, composto pelos seguintes membros: I. O Secretário Municipal ........................, será o Presidente; II. O Secretário Municipal ......................., será o VicePresidente; III. O Dirigente da Guarda Municipal de .............., será o Secretário-Executivo; IV. Os Chefes de Apoio Logístico e de Controle de Uniformes e o representante de classe, todos pertencentes à Guarda Municipal, como membros do Conselho.

193

Claudio Frederico de Carvalho
Parágrafo único: A investidura dos cargos acima mencionados far-se-á automaticamente, conforme Decreto de nomeação das respectivas funções públicas. Art. 3º O Conselho de Administração de Uniformes reunir-se-á em seção ordinária, mensalmente, para deliberar sobre assuntos relativos a uniformes da Guarda Municipal de ...................., bem como para verificação das contas relativas ao mês anterior e extraordinariamente quando convocados pelo Presidente. § 1º As reuniões do Conselho serão determinadas pelo Presidente e anunciadas por meio de memorandos expedidos pelo Secretário-Executivo, com o prazo mínimo de 24 horas de antecedência. § 2º As decisões do Conselho serão tomadas por maioria de seus membros, cabendo ao Presidente o voto de desempate. § 3º Das reuniões do Conselho o Secretário-Executivo lavrará Atas, as quais serão, ao final, assinadas por todos os membros e tornadas públicas aos servidores da Guarda Municipal de ..............., juntamente com o balancete de verificação mensal. Art. 4º Cabe ao Presidente do Conselho, em conjunto com o Secretário-Executivo, a administração dos recursos provenientes da Gratificação de Aquisição de Uniforme, os quais só poderão ser aplicados para aquisição de uniformes, em benefício dos servidores da Guarda Municipal de .............................. Parágrafo único: O Presidente do Conselho, juntamente com o Secretário-Executivo, prestarão contas, mensalmente, do recebimento e aplicação dos recursos da Gratificação de Aquisição de Uniforme. Art. 5º Ao Conselho de Administração de Uniformes da Guarda Municipal de ...................... (CAU-GM) compete: I. Definir as prioridades de aplicação dos recursos da Gratificação de Aquisição de Uniforme; II. Elaborar o plano anual de aplicação de recursos; III. Encaminhar à Secretaria Municipal de Finanças, em época fixada, o programa de trabalho para viabilizar a proposta orçamentária referente às atividades do Conselho;

194

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

IV. Cumprir as disposições legais, referentes à aquisição de bens, para os fins previstos no artigo 1º deste regulamento; V. Assumir compromissos até o limite dos recursos efetivamente arrecadados, por meio da Gratificação de Aquisição de Uniforme; VI. Velar pela observância das disposições deste regulamento e demais atos pertinentes. Art. 6º Ao Presidente do conselho, compete: I. Convocar e presidir as reuniões do conselho; II. Orientar e fiscalizar as resoluções; III. Assinar com o Secretário-Executivo os cheques de movimentação dos recursos provenientes da gratificação; IV. Velar pela observância das disposições deste regulamento e demais disposições pertinentes, promovendo o cumprimento das resoluções aprovadas pelo colegiado; Art. 7º Ao Vice-Presidente do conselho compete substituir o Presidente em suas faltas e impedimentos, podendo praticar quando na função os atos a ele inerentes. Art. 8º Ao Secretário-Executivo do conselho compete: I. Auxiliar o Presidente nas questões administrativas de ordem interna do Conselho, executando as ordens imediatas, instruções e resoluções emanadas; II. Secretariar as reuniões, fazendo lavrar as respectivas Atas; III. Receber, examinar, acompanhar, tramitar e processar as prestações de contas; IV. Cumprir e fazer cumprir, dentro dos respectivos prazos, as decisões ou diligências ordenadas pela Secretaria Municipal de Finanças, nos processos de prestação de contas; V. Providenciar de acordo com as instruções do Presidente, as medidas complementares para a convocação e a realização das reuniões ordinárias e extraordinárias; VI. Movimentar junto com o Presidente a conta bancária do Conselho de Administração de Uniformes da Guarda Municipal de ................ (CAU-GM), conforme as deliberações; VII. Outras atividades que lhe forem designadas pelo conselho, no regular exercício de sua função.

195

Claudio Frederico de Carvalho
Art. 9º Aos membros do Conselho competem: I. Participar das discussões, apresentar emendas ou substitutivos às questões apresentadas; II. Requerer urgência para discussão e votação de processos não incluídos na ordem do dia da reunião, bem como a preferência nas votações ou na discussão de determinado assunto; III. Votar a matéria em discussão, podendo pedir vistas dos processos por prazo determinado; IV. Desempenhar os encargos para os quais tenham sido incumbidos pelo conselho ou seu Presidente. Art. 10 O Conselho, por proposta de seu Presidente, organizará anualmente, o plano de aplicação da gratificação de Aquisição de Uniforme (GAU), nele incluídos os recursos previstos e o saldo do exercício anterior se houver, e o encaminhará até a segunda quinzena do mês de janeiro de cada exercício financeiro à Secretaria Municipal de Finanças, para exame, parecer e posterior aprovação pelo chefe do Poder Executivo. Art. 11 O Presidente do Conselho prestará contas à Secretaria Municipal de Finanças, até 31 de março de cada ano, das aplicações dos recursos da Gratificação de Aquisição de Uniforme (GAU) referentes ao exercício anterior. Art. 12 A Guarda Municipal de ................., prestará ao Conselho o necessário apoio técnico administrativo, auxiliado, quando necessário, pela Secretaria Municipal ............................... Art. 13 Os integrantes do Conselho de Administração de Uniformes da Guarda Municipal de ..................... (CAU-GM) não serão remunerados em virtude desta função. Art. 14 Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

...................., em ..........de.......................................de 2004. Prefeito Municipal

196

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

Regulamento de Uniformes em Vigor na GM de Curitiba

197

Claudio Frederico de Carvalho

198

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

199

Claudio Frederico de Carvalho

200

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

201

Claudio Frederico de Carvalho

202

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

203

Claudio Frederico de Carvalho

204

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

205

Claudio Frederico de Carvalho

206

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

207

Claudio Frederico de Carvalho

208

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

209

Claudio Frederico de Carvalho

210

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

211

Claudio Frederico de Carvalho

212

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

PORTARIA No

25 /2009

Regulamenta o uso de equipamentos obrigatórios e acessórios dos integrantes da carreira de Segurança Municipal de acordo com o Decreto Municipal nº 1513/2009 de 03/12/2009. O Secretário Municipal da Defesa Social, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei 1656/58, combinado com a Lei nº 10.630 de 30/12/2002 e do Decreto nº 100 de 06/02/2003, regulamenta o uso de equipamentos obrigatórios e acessórios dos integrantes da Secretaria Municipal da Defesa Social. Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação. Curitiba, 15 de dezembro de 2009. ITAMAR DOS SANTOS Secretário Municipal da Defesa Social

PARTE INTEGRANTE DA PORTARIA N

o

25/09

REGULAMENTA USO DE EQUIPAMENTOS OBRIGATÓRIOS E ACESSÓRIOS DA GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Os equipamentos obrigatórios e acessórios utilizados nos uniformes pelos integrantes da carreira de Segurança Municipal são disciplinados pela presente portaria. Art. 2º É dever de todo integrante da carreira: I - utilizar os equipamentos obrigatórios e acessórios fornecidos pela Guarda Municipal de Curitiba, mantendo as suas características; II - zelar pela limpeza e conservação de todos os equipamentos e acessórios. Art. 3º É expressamente proibido: I - alterar a composição e as características, bem como suprimir ou adicionar peças, não previstas nesta portaria; II - usar o uniforme incompleto, faltando algum tipo de equipamento ou acessório; III - uso de qualquer equipamento obrigatório e/ou acessório da Guarda Municipal de Curitiba por pessoas que não pertençam à carreira de Segurança

213

Claudio Frederico de Carvalho
Municipal de Curitiba, bem como, a doação de equipamentos e acessórios que contenham as características e a sua identificação. IV - Fazer qualquer tipo de inscrições, desenhos ou qualquer símbolo que possa descaracterizar os Equipamentos e Acessórios distribuídos pela Guarda Municipal de Curitiba. DA COMPOSIÇÃO E DO USO DOS EQUIPAMENTOS OBRIGATÓRIOS E ACESSÓRIOS Art.4 Os equipamentos obrigatórios e acessórios utilizados nos uniformes operacionais – UO – Uniforme Operacional, UOM – Uniforme Operacional para Motociclista, UOC – Uniforme Operacional para Ciclista e UOE – Uniforme Operacional para Operações Especiais, são compostos das seguintes peças: I - masculino e feminino: a) Cinto de guarnição; b) Porta-bastão; c) Bastão PR-24; d) Bastão PR 24 retrátil; e) Porta-algema; f) Algema; g) "Belt keeper" (presilha) para cinto de guarnição; h) Coldre; i) Armamento; j) Porta Jet-loader; k) Munição; l) Colete balístico, de uso interno com capa na cor azul-negro. Art.5º - Os equipamentos obrigatórios e acessórios utilizados no uniforme social – US I e US II, são compostos das seguintes peças: I - masculino e feminino: a) Cinto de guarnição; b) Porta-bastão; c) Bastão PR-24; d) Belt keeper (presilha) para cinto de guarnição; e) Coldre; f) Armamento; g) Porta Jet-loader; h) Munição i) Colete balístico, de uso interno com capa na cor azul-negro. Art.6º - Dos equipamentos obrigatórios de uso específico: § 1º da UGH – Uniforme para Guarda de Honra I - masculino e feminino: a) cinto de guarnição, na cor branca; b) coldre, na cor branca; c) armamento; d) talabarte, na cor branca. Uso: Na participação de desfiles cívicos, solenidades, formaturas e cerimônias § 2º da UOC – Uniforme Operacional para Ciclistas
o

214

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

a) capacete de proteção, cor branca; b) bastão PR 24 retrátil c) cinto, na cor azul-negro, com fivela na cor prata, contendo o brasão do município de Curitiba; d) quepe de oito pontas, na cor azul-negro, com detalhes na cor dourada para homens e casquete na cor azul-negro, para mulheres. Uso: Na execução de atividades operacionais em parques, bosques, ciclovias e eventos. § 3º da UOM – Uniforme Operacional para Motociclistas e) capacete, na cor branca/azul, com viseira de acrílico, contendo o distintivo da Guarda, na parte frontal e listas refletivas nas laterais e os seguintes dizeres: “GUARDA MUNICIPAL”; f) calça, na cor azul-negro, com reforço na altura dos bolsos traseiros, estilo motociclista e em couro na cor preta na parte anterior; g) bastão PR 24 retrátil; h) cinto, na cor azul-negro, com fivela na cor prata, contendo o brasão do município de Curitiba; i) quepe de oito pontas, na cor azul-negro, com detalhes na cor dourada para homens e casquete na cor azul-negro, para mulheres; Uso: Na execução de atividades operacionais em parques, bosques, ciclovias e eventos. § 4º da UI – Uniforme de Instrução a) Agasalho, na cor azul-negro, com detalhes na cor amarela, contendo na blusa o distintivo bordado da Guarda Municipal aplicado no lado superior esquerdo da blusa e da calça. Na parte posterior da blusa serão impressos os seguintes dizeres: “GUARDA MUNICIPAL CURITIBA”. b) camisa modelo pólo, manga curta, cor branca e detalhe azul-negro, contendo o distintivo bordado da Guarda Municipal de Curitiba impresso na frente, e inscrição “GUARDA MUNICIPAL CURITIBA”, nas costas; c) camiseta sem mangas, na cor branca, com detalhe azul-negro, contendo o distintivo da Guarda Municipal de Curitiba; II - no uniforme feminino: a camiseta branca poderá se substituída por camiseta sem mangas, modelo feminino e bermuda, na cor azul-negro, modelo feminino. DA IDENTIFICAÇÃO DOS INTEGRANTES DA GUARDA MUNICIPAL Art. 7° A identificação dos integrantes da Guarda Municipal dar-se-á mediante: I - a tarja de identificação afixada logo acima do bolso, do lado direito, nos uniformes UO, US-I, UOC, UOM, UOE, UGH, UM. II - a plaqueta de identificação afixada logo acima do bolso, do lado direito, no uniforme US-II. III – Nas tarjas e plaquetas de identificação estará escrito em letras padronizadas no conjunto considerado; a) Para integrantes da carreira da segurança municipal, pertencente ao quadro especial e do nível I, constará escrito: “Guarda Municipal” precedendo o nome de guerra convencionado;

215

Claudio Frederico de Carvalho
b) Para integrantes da carreira da segurança municipal, pertencente ao nível II, constará escrito: “Supervisor GM” precedendo o nome de guerra convencionado; c) Para integrantes da carreira da segurança municipal, pertencente ao nível III, constará escrito: “Inspetor GM” precedendo o nome de guerra convencionado; d) nos uniformes UOC, UOE, UI, UM e na jaqueta do UOM, o distintivo será bordado do lado esquerdo do peito, conforme padrão Guarda Municipal de Curitiba; DAS PEÇAS COMPLEMENTARES Art. 8º São consideradas peças complementares: I - de uso geral: a) capa de chuva, na cor azul-negro; b) cachecol em lã, na cor azul negro; c) blusa básica em lã, decote “v”, na cor azul negro, para uso sob o uniforme; d) Ceroula e/ou calça em malha, na cor azul negro, para uso sob o uniforme. e) Luvas na cor preta; II - de uso especifico: a) Conjunto impermeável (roupa de chuva) - UOM b) Fuzil para solenidades - UGH c) Capacete antimotim – UOE d) Escudo antimotim – UOE e) Colete refletivo - UO f) Porta-talonário - UO g) Bastão 90 cm - UO h) Braçal - UGH i) Porta lanterna -UO j) Lanterna - UO k) Caneleira - UOE l) Joelheira – UOE III - Entende-se por EPI (equipamento de proteção individual): a) Colete balístico - de uso obrigatório nas atividades operacionais; b) Algema; c) Bastão; IV - Equipamentos; a) Cinto de guarnição; b) Coldre; c) Porta Jet-loader; d) Porta algema; e) Porta bastão; V - Acessórios; a) Tarja de identificação; b) Escudo; c) Luva amovível, d) Distintivo metálico e ou bordado; e) Cordão;

216

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

f) g) h) i)

Apito; Platina de ombro; Distintivo de bolso; Medalha de honra; PRESCRIÇÕES DIVERSAS

Art. 9º Os Guardas Municipais do Quadro Especial que não passaram pelo Curso de Formação Técnico-Profissional para Guarda Municipal não usarão coldre, armamento, porta jet-loader e munição. Art. 10º O colete balístico completo (com capa) deverá obrigatoriamente ser usado por baixo do uniforme. Art. 11º - É vedado o uso de cinturão de guarnição e do colete balístico no Uniforme Social – US III. Art. 12º - As coberturas devem ser utilizadas da seguinte maneira: I - devem ser colocadas na cabeça horizontalmente, com a pala voltada para frente; II - o Guarda Municipal ao se descobrir deve colocar a cobertura entre o braço esquerdo e o corpo, com a copa para fora e a pala voltada para frente III - em cerimônias fúnebres e religiosas, bem como, no interior de templos e edifícios o GM não deverá usar a cobertura, ressalvando-se os casos de guardas de honra nesses locais. IV – O cordão entrelaçado deve ser utilizado no lado direito da camisa ou jaqueta, preso na platina, com o apito dentro do bolso. Art. 13º - É admitido o uso de: I - telefone celular com capa preta, preso ao cinto de guarnição; II - insígnias de curso (distintivos) e condecorações, outorgadas pelos Governos Federal, Estadual ou Municipal e Instituições Militares ou Civis, desde que haja solicitação, por escrito, e a devida autorização do Diretor da Guarda Municipal de Curitiba. DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 14º Os Guardas Municipais somente poderão utilizar os equipamentos e acessórios distribuídos pelo Departamento da Guarda Municipal de Curitiba. Art. 15º Todas as peças e acessórios deverão seguir rigorosamente o previsto nesta portaria. Art. 16º Os casos omissos serão resolvidos conforme determinação do Secretário Municipal da Defesa Social. Art. 17º As chefias de Núcleo e demais setores que tiverem Guardas Municipais sob sua subordinação deverão efetuar a cada semestre uma vistoria de todos os EPIS – equipamentos de proteção individual, e demais acessórios a fim de verificar o estado de conservação e seu uso adequado. Art. 18º O descumprimento ao estabelecido na presente portaria implica aos servidores integrantes da Guarda Municipal às penalidades previstas na Lei nº 1.656/1958.

217

Claudio Frederico de Carvalho
CONCLUSÃO A Guarda Municipal, mesmo sendo uma instituição de caráter civil, por ser um organismo de segurança pública municipal, deve primar pela hierarquia e disciplina, quando mantemos uma padronização nos equipamentos, uniformes a serem utilizados e forma de agir e se portar, estamos em verdade disciplinando o seu efetivo operacional, evitando com isso o risco de criarmos um grupo de profissionais dispersos e desestruturados, onde várias condutas são aceitas sem que haja um parâmetro coerente, correndo o risco dos profissionais, por falta de clareza cometerem ações as quais possam ser ilegais ou imorais. É notório que grandes empresas se espelham na organização das forças armadas em todo o mundo, e acabam consequentemente, transferindo e adaptando regras aparentemente de caráter eminentemente militar para o convívio empresarial, aplicar regras semelhantes a um organismo civil municipal, o qual utiliza o uniforme como forma de diferenciação, não vem a ser a militarização desta corporação, mas sim, a preservação da disciplina, fator fundamental para os profissionais que fazem da Lei seu instrumento de trabalho, ou seja, a manutenção da lei e da ordem faz parte da sua atribuição funcional. A consciência do profissional da área de segurança pública municipal de executar de forma correta o seu dever de ofício é a premissa máxima existencial, para que se tenha um corpo de profissionais armados e uniformizados, devidamente preparados e disciplinados. Cabe lembrar que Segurança Pública é uma atividade exclusiva do Poder Estatal, sendo desenvolvida pela União, Estados Membros, Distrito Federal e Municípios, todos tendo o dever legal de fornecer dentro da sua esfera de atuação, uma prestação de serviço de excelência, minimizando desta forma os índices de insegurança. Por fim, esclarecemos que a presente obra, conforme pode-se verificar, em absoluto tem pretensões de ser uma “obra completa”, requintada de dotes literários ou eminentemente original, pois a maior parte da mesma é fruto de estudos com base em pesquisas de obras já existentes, bem como, legislações em vigor.

218

2.º Regulamento de Uniformes da

Guarda Municipal de Curitiba

O AUTOR    Bacharel em Direito pela Universidade Tuiuti do Paraná – Habilitação específica em Direito Civil e Penal. Aprovado no Exame da OAB/PR. Pós Graduação Especialização (Latu Sensu) em “Ciência Política e Desenvolvimento Estratégico” – Instituto Martinus de Educação e Cultura, e Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra - ADESG-PR. Pós Graduação Especialização (Latu Sensu) “MBA em Gestão Pública” – Faculdades OPET. Pós-Graduando em Direito Público, pela Faculdade UNIBRASIL Curitiba – PR. Membro da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – ADESG – Curitiba – PR, XXX Ciclo de Estudos. Curso Regular da Escola da Magistratura Federal do Paraná – Esmafe/Pr - Associação Paranaense dos Juízes Federais - APAJUFE – Curitiba – PR. Pós-Graduando em Direito Aplicado, pela Escola da Magistratura do Paraná (EMAP) – Associação dos Magistrados do Paraná (AMAPAR) - Curitiba – PR.

    

219

Claudio Frederico de Carvalho
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Colleção das Leis do Império do Brazil de 1831, segunda parte, Rio de Janeiro, Typographia Nacional, 1873, pg. 90. CARVALHO, Claudio Frederico de. “O que você precisar saber sobre Guarda Municipal e nunca teve a quem perguntar”. São Paulo: Edição do autor, 2010. BALESTRERI, Ricardo Brisolla. “Direitos Humano: Coisas de Polícia”. 2ª Edição. Passo Fundo: Gráfica e Editora Berthier, 2002. BRASIL, “Anais do Senado do Império”. BRASIL, “Coleção de Leis do Brasil”. BRASIL, “Constituição da República Federativa”. São Paulo: Editora Atlas, 2000. BRASIL, “Leis, Decretos e Medidas Provisórias”. Diário Oficial da União, Brasília – DF.

220

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->